JOHAN CRUYFF (1947-2016)



 

Feche os olhos e pense na imagem mais bela que o futebol proporcionou nos últimos quarenta anos.

Independentemente de suas preferências, apenas pense.

Seja qual for o resultado da pesquisa, Johan Cruyff será responsável por ela.

Tudo o que existe de bom no futebol nas ultimas quatro décadas ou foi inventado por Cruyff, ou por alguém para tentar responder ao que ele inventou.

Johan Cruyff é o pai do futebol moderno. O que vemos hoje e nos faz sorrir, ele já via quando jogava, nos anos sessenta e setenta.

Como jogador brilhante, Cruyff já era um técnico; como técnico, transformou-se na figura mais influente da história do futebol.

Desde sua aparição, nenhum time que marcou época neste jogo teria existido sem sua presença ou suas ideias.

O Ajax tricampeão da Europa, o Milan de Arrigo Sacchi, o Barcelona de Pep Guardiola… a Holanda de 1974 e todas as seleções que se inspiraram na filosofia do futebol total, da qual Cruyff é o melhor aluno e principal intérprete.

O “Príncipe de Amsterdã” foi um futebolista rebelde, um jogador contestador que desafiou convenções e provou que o futebol pode ser tudo que a imaginação quiser.

O técnico foi um professor de alegria e liberdade, o homem que acabou com o divórcio entre a beleza e a vitória, sempre pensando que o que de fato importa é o caminho, não a chegada.

Cruyff jogou apenas uma Copa e não conseguiu vencê-la, mas o futebol que ele criou segue conquistando tudo o que existe, incluindo as duas últimas Copas do Mundo.

Ele tinha dois vícios. Um era o cigarro, que desgraçadamente terminou por encerrar sua vida nesta quinta-feira.

O outro, ao contrário, faz com que sua morte seja um engano, e sua presença, uma certeza eterna: o passe.

O futebol moderno está órfão a partir de hoje, mas Johan, filho de Rinus, pai de Josep, avô de Xavi, Andrés e Lionel, estará vivo sempre que uma bola rolar como um pensamento…

… e provocar um sorriso.



MaisRecentes

Arturito



Continue Lendo

Terceirão



Continue Lendo

“Algumas tapas”



Continue Lendo