CAMISA 12



(publicada hoje, no Lance!)

CORPO, ALMA E PRASS

1 – Doze segundos. E Gabriel Jesus teve em seu pé direito um gol do Palmeiras ainda mais precoce do que houve na Vila. Chegou inteiro, posicionou o corpo, bateu com defeito. Por isso Vanderlei desviou. A expressão em seu rosto mostrou consciência do gol que ele deveria ter feito.

2 – A trave esquerda de Fernando Prass impediu o quinto (o pênalti e as chances de Ricardo Oliveira, Marquinhos Gabriel e Nilson no jogo de ida) gol do Santos no confronto. Um sinal claro de volume e, também, de desperdício.

3 – A pressão palmeirense, organizada como há muito não se via, foi ajudada pelo atendimento médico a David Braz. Lucas Barrios surgiu desmarcado na área, e só não comemorou porque o quique da bola dificultou o cabeceio. O encontro ainda não tinha meia hora e o Palmeiras já jogava mais do que fez em Santos.

4 – O Santos não assumiu o recuo deliberado para especular com o placar favorável, mas também não conseguiu gerar perigo ou manter a bola distante da própria área. Uma abordagem que não investe no valor de um gol praticamente decisivo e subestima o risco de se ver em desvantagem.

5 – Palmeiras na frente aos 11 minutos do segundo tempo. Prêmio e castigo merecidos pelo que um time fez e o outro não. Gelo nas veias de Robinho, no passe limítrofe que poderia encontrar Dudu em impedimento. Mesma linha.

6 – Importante salientar que o Santos não era encaixotado em seu campo pelo adversário. A postura conservadora era a razão do futebol insuficiente, e pouco característico, para uma decisão.

7 – Uma falta desnecessária de Paulo Ricardo em Cristaldo, na intermediária, encomendou o problema. Dudu o entregou na jogada ensaiada. Seria o gol do título palmeirense se Ricardo Oliveira não salvasse o Santos dois minutos depois. E pela primeira vez, os pênaltis definiriam o campeão da Copa do Brasil.

8 – Gol de Fernando Prass! O Palmeiras ganhou o título que disputou com corpo e alma no segundo jogo.

INSTÁVEL

Além dos indícios exibidos pela chapa oposicionista no Flamengo, duas pessoas confirmam o princípio de acordo com Jorge Sampaoli. O que parece é que a divulgação não foi bem ensaiada com o argentino no que diz respeito ao posicionamento que ele teria, ou que Sampaoli não agiu como estava combinado. Ele já desistiu do São Paulo por situação semelhante.

ENCAIXES

Se o futebol é dinâmico, as negociações são voláteis. Durante a decisão da Copa do Brasil, o que as conversas por whatsapp indicavam era Cuca entre um clube paulista e o Atlético Mineiro. A vantagem para o paulista aumentou a cotação de Diego Aguirre em Belo Horizonte. Muricy Ramalho entre o Flamengo e o Internacional, com vantagem para os gaúchos.



  • Anna

    Prass foi o heroi do jogo, muito ídolo! Grande abraço, Anna.

  • José Henrique

    Alguma coisa o Santos tem bom. Poucos torcedores para protestar.rsrsrsrs

    • Alisson Sbrana

      Vou me arrepender por perguntar, mas por que deveríamos protestar? Houve alguma injustiça que eu não percebi?

      • José Henrique

        Apenas uma brincadeira, afinal a torcida toda desceu tranquilamente para a baixada em uma Towner.rsrsrs

        • Alisson Sbrana

          É. Foi essa quarta esquisita no Brasil, com a molecada apanhando da polícia de um lado, chantagem política do outro, derrota na copa… perdi o humor na quinta.

          E que legal a nota da torcida do corinthians em apoio aos meninos nas escolas.

          Somos até uma torcida muito grande, levando em consideração que nem somos time de capital. Acho que somos o maior time de bairro do mundo, o time da vila.

      • Juliano

        Ele não é capaz de tamanho discernimento, Alisson.

        Parabéns aos torcedores palmeirenses. Fizeram por merecer, enquanto o Santos cometeu ao longo dos dias desde que foi pra final erros que foram determinantes. É bom pra aprender. Agora desmancha o time e joga o Paulista de novo.

        Abraço!

        • Alisson Sbrana

          C’est la vie!

          (e gastei todo meu francês)

  • RENATO77

    Que historia do Prass.
    E a humildade, nada de “dar uma resposta” à esse ou aquele…nem mesmo ao Ricardo Oliveira(pastor beiçola…um dos melhores sarros dessa final) com quem andou se desentendendo ultimamente. Exemplo! Depois do Marcos, outro monstro!
    Parabéns ao Palmeiras…viva o mata mata!!!

  • Marcelinho

    Nossa sociedade precisa mudar o caminho que está seguindo. Urgentemente.

    Um jogo de futebol, uma bela final, e claro, apenas um vencedor.

    E o que se viu? Provocações ao adversário. Entrevistas manjadas com discursos clichês: “não fomos respeitados”; “faltou humildade ao rival”; etc..

    O Palmeiras venceu por que foi melhor nesta partida. E ponto final. E o Santos perdeu porque não transformou em gol as inúmeras chances que teve. Principalmente no 1o. jogo. E apenas isso.

    Alisson. Bacana seus comentários. Não há nada mesmo que protestar. Um time de jovens, que lutou para chegar a final (eliminou Corinthians e SPFC), e perdeu para outro que merecidamente ficou com a taça.

    Repito. Apenas isso. Futebol …

    Sou corinthiano. Parabenizo SEP e Santos pela final. Um pelo título e o outro por nos oferecer bons jovens jogadores para o futuro.

    Abraços.

    • Juliano

      Pra turma que me rotula de anti:
      Marcelinho, que postura bacana! Precisamos de mais torcedores assim. Corinthianos ou não. O mundo precisa! Matou a pau, grande abraço!

      • José Henrique

        É isso aí mesmo. “Corinthianos ou não”. Ato falho ou não, é por aí mesmo. Corinthianos e Antis.rsrsrsrs

        • RENATO77

          Viu um blogueiro doente questionando a legalidade da venda do Mendoza? kkkkkkk…o Lucas para o PSG por aquela fortuna(quase a multa do Neymar na época), e ainda ficando 6 meses após a venda por aqui, foi normal…só tomando umassss…
          Abraço.

          • Juliano

            77, era essa o assunto?
            seu comentário está fora de lugar, sugiro ir até o “blogueiro doente” citado e fazer seu comentário onde talvez seja pertinente.

            tome mais “umas” e use menos a internet. vai lhe fazer bem.
            abraço!

          • José Henrique

            Essa foi normal mesmo, pro blogueiro. Lucas x Leonardo x São Paulo x PSG. Jogador mediano por esse valor foi tratado como “excelente negócio”. O Mendoza por essa quirera incomodou o dito cujo. Mesmo se fosse de graça, não faltaria um “aí tem”. O bom é que ele pensa que está enganando quem hoje em dia.? A coisa mais fácil é descobrir quem é seletivo nas criticas, e principalmente, porque o é

        • Juliano

          Aprendam com o amigo Marcelinho acima. Apenas aprendam.

          • RENATO77

            Ok, moderador. Obedecerei. Melhor não contrariar.
            Melhoras.

  • Ailton

    Musiquinha do Prass para o ricardo Oliveira

    Chora Ricardinho o sonho acabou, Libertadores sou eu que vou.

    E a outra mensagem seria:
    Fazer gol é fácil, quero ver é defender penalti e fazer o gol do título

  • Ailton

    Caro André

    O lance do Vasco contra o Santos foi jogada perigosa ou temerária?

    Regras do futebol nº 12
    As faltas e condutas antiesportivas serão sancionadas da seguinte maneira:
    Tiro livre direto:
    Será concedido um tiro livre direto a equipe adversária se um jogador comete uma das seguintes seis (06) faltas de uma maneira que o árbitro considere imprudente, temerária ou com o uso de uma força excessiva:
    • dar ou tentar dar um pontapé em um adversário;
    • dar ou tentar dar uma rasteira em um adversário;
    • saltar sobre um adversário;
    (…)

    Tiro penal:
    Será concedido um tiro penal se um jogador comete uma das 10 (dez) faltas mencionadas acima dentro de sua própria área penal, independentemente da posição da bola e sempre que a mesma esteja em jogo.
    Tiro livre indireto:
    Será concedido um tiro livre indireto à equipe adversária se um goleiro comete uma das seguintes cinco faltas dentro de sua própria área penal:
    (…)

    • joga de forma perigosa;
    • obstruir o avanço de um adversário;

MaisRecentes

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo