COMUNICAÇÃO FINAL



A carta publicada abaixo elimina a última possibilidade de sustentação de Carlos Miguel Aidar no comando do São Paulo. É o selo da renúncia do presidente.

______

São Paulo, 10 de Outubro de 2015

Ilmo.Sr.Dr.
Carlos Miguel Castex Aidar
DD.Presidente do São Paulo Futebol Clube.

Nós conselheiros do São Paulo Futebol Clube e também membros da Diretoria, pertencentes do Grupo de Participação, abaixo relacionados, reunidos na noite de hoje, decidimos após a sua solicitação de apoio a governabilidade da nossa instituição, que diante das evidencias objetivas da sua atitude em prejuízo do São Paulo Futebol Clube, que somente estaremos oferecendo apoio a governabilidade se V.Sa. pedir demissão do cargo de Presidente do São Paulo.

Não há como oferecer apoio a governabilidade da instituição enquanto V.Sa. estiver ocupando o cargo de Presidente diante dos fatos e das evidencias apresentadas ultimamente, onde V.Sa. aparece como sendo titular da pasta de Presidente, prejudicando a instituição.

Não nos prestamos a dar colaboração e nem tampouco legitimidade as atitudes que V.Sa. vem tomando em prejuízo ao São Paulo Futebol Clube.

Vale destacar que há longo tempo vimos ouvindo boatos e comentários sobre o seu comportamento inadequado à frente do São Paulo Futebol Clube, mas somente nesta semana é que a evidencias sobre tais comportamentos foram objeto de comprovações.

A participação por meio dos seus membros sempre se pautou por atitudes coerentes, com evidencias e responsabilidades para preservar a Instituição. Nunca se deixou levar por boatos ou leviandades que pudessem comprometer o São Paulo Futebol Clube.

Não estamos e nunca estivemos comprometidos com pessoas que não tivessem o compromisso de levar a bom termo a administração da nossa instituição. Nunca tomamos medidas intempestivas sobre atos de gestão que não tivessem pautadas em boas práticas de condução do processo de organização e gestão do São Paulo Futebol Clube.

Todavia, faz-se necessário deixar registrado que o São Paulo Futebol Clube, desde o inicio de sua gestão nunca teve tranquilidade de conduzir as suas atividades sem que tivesse repercussão negativa seja dentro do campo de jogo ou fora dele.

Assim, resolvemos por unanimidade, respondendo ao seu pedido de governabilidade, que não manteremos nosso apoio enquanto V.Sa. estiver na Presidência de nossa instituição .
Não há como referendar as suas atitudes.

Atenciosamente

Antonio de Oliveira Rego
Antonio Ferreira de Andrade
Antonio José Baptista Ferreira
Antonio Luiz Belardo
Carlos Vanderli Machado
Deusdete Rodrigues Filho
Douglas Valverde
João Ademar Lopes
José Alberto Rodrigues dos Santos
José Alfredo Madeira Simões
José Jacobson Neto
Julio Cesar Casares
Juvenal Juvencio
Kenkichi Ricardo Atoji
Luiz Antonio Cunha
Marcos Francisco de Almeida
Mario Jorge Ramon Quezada Paredes
Orlando Rossini Jr.
Oswaldo Vieira de Abreu
Ricardo Granja
Silvio Francesco e Fazio
Themistocles de Almeida Jr.
Valter Maria Pereira



  • Estão pulando pra fora do barco pois sabem que vai afundar…. Tudo da msm índole moral

    • acho q vc tem problema de interpretação, por favor releia amigo…

  • OSCAR

    O SPFC é mesmo um clube diferenciado , mesmo diante de sua maior crise política da historia , o time esta na briga pelo G4 e na semi da Copa do Brasil ! Se fosse outros clubes estariam brigando para não cairem para a segunda divisão novamente !

    Gracias Lorde Osorio por saber revolucionar e conduzir o time tao bem mesmo com desmanches , choque de cultura futebolística e crise políticas!

    • É caro caro amigo, vc escreveu pouco mas disse muito.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo