ATAÍDE X AIDAR



O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, foi agredido na manhã desta segunda-feira pelo vice-presidente de futebol do clube, Ataíde Gil Guerreiro, em um hotel paulistano.

A briga aconteceu no hotel Radisson, onde membros da diretoria do São Paulo se encontraram para uma reunião.

A cena se deu diante de hóspedes e funcionários do hotel.

Duas pessoas com quem conversei relatam que Guerreiro acertou Aidar com um soco no rosto, derrubando o dirigente, e depois jogou-se sobre ele e apertou seu pescoço, gritando ameaças. Funcionários do hotel agiram para conter o vice-presidente, um homem consideravelmente maior e mais forte do que Aidar, e evitaram consequências piores.

Uma terceira pessoa descreve o entrevero de maneira um pouco menos violenta: enfurecido, Guerreiro levantou-se de sua cadeira gritando com o presidente são-paulino. Chegou com o dedo em riste próximo ao rosto de Aidar, ameaçando lhe “quebrar a cara”. Aidar ficou sentado, imóvel. Guerreiro fechou o punho e o encostou na bochecha de seu chefe e o empurrou, mas não desferiu o golpe com violência suficiente para machucá-lo fisicamente.

Aidar e Guerreiro podem esclarecer o nível de violência envolvido. Especialmente porque Ataíde disse a pessoas próximas a ele, logo após os fatos, que deu “um murro na cara de Carlos Miguel”. Aidar, por sua vez, nega tudo.

O motivo do desentendimento ainda é nebuloso. Fala-se em uma discordância sobre o substituto do técnico Juan Carlos Osorio, mas o que apurei é diferente.

Aidar pediu para Ataíde chegar ao hotel um pouco mais cedo do que o horário combinado com outros presentes, como o vice-presidente Julio Casares e o vice-presidente de comunicações e marketing, Douglas Schwartzmann. A discussão que levou às agressões não foi testemunhada por eles, mas conselheiros importantes do São Paulo sabem do que se trata.

É o tipo de assunto que um jornalista não pode publicar se não tiver provas documentais ou uma gravação, e que, por conta da gravidade, deveria ser objeto de deliberações no clube.

Indo quase ao limite, o que posso dizer é que Guerreiro se sentiu extremamente ofendido pelo que ouviu de Aidar antes de se levantar.

O episódio aconteceu pela manhã, mas só se tornou conhecido à noite, quando a jornalista Vera Magalhães, do blog Radar On-Line, publicou a notícia.

Este post é resultado de apurações posteriores.

Talvez não só por causa do que aconteceu no hotel, mas certamente também por isso, diretores do São Paulo se reuniram à noite. Parece óbvio que um fato como esse terá repercussão na relação profissional entre Aidar e Guerreiro.

Aguarda-se a manifestação de ambos.

Negar a agressão brutal, apesar do testemunho de quem estava no local, talvez permita – até por temor – a Carlos Miguel desviar-se da obrigação de demitir Ataíde. Seria mais um desdobramento quase inacreditável em uma gestão que se encontra em sérios apuros.



  • Thiago

    A se isso é no Corinthians kkkkkk soberano kkkkkkkk é ainda é poko pra essa corja.

  • Ricardo

    Pelo jeito, o fundo do poço não está próximo, quando pensamos que não há mais nada de ruim a se praticar numa gestão cheia de conflitos, temos mais essa. Eles parecem estar se esforçando pra empurrar o clube ladeira abaixo. Falta muito pra terminar a temporada?

  • Rafael

    Mentira!!!! Notícia plantada para querer desestabilizar o Tricolor!!! Mídia tendenciosa!!!!

    AK: Não seja ridículo.

    • Shaolin

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Lá vem a Terceira FALÊNCIA… kkkkkkkkkkkkkkkk

    • Alberto

      Esse aí gosta de ser enganado …

    • Caio

      Se mentira porque ele pediu demissão?! kkkkkk

      Time de várzea!

    • Luiz Roberto Rodrigues

      É mesmo deve ser notícia plantada! O São Paulo está muito bem! As finanças em ordem, administrativamente dá aulas de um clube muito bem organizado, muito bem estruturado em uma administração moderna e na política então nem se fala. Reina a união e a competência de seus dirigentes. Enfim o SPFC é um orgulho para seus sócios, dirigentes e torcedores, apesar da imprensa ficar plantando notícias ruins!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ACORDA MEU!!!!!!!!!!!!!!!

  • Marcelo

    Mais uma trapalhada desses dirigentes que estão acabando com o SP. Se o Osório ainda tinha dúvidas se ficaria ou não, acho que encerra a questão. Nunca pensei que fosse dizer, mas “saudades do JJ”

  • Willian Ifanger

    Minha nossa, que situação patética. O São Paulo está sendo gerido pro adultos adolescentes, profissionais amadores. Não há fundo do poço.

    Agora, uma coisa que todo são paulino deveria pensar/repensar, depois dessa briga: sempre cogitamos um presidente que tenha uma identificação intrínseca com o São Paulo, um campeão mundial, como Raí, Leonardo ou Rogério Ceni. Também acho que um campeão mundial poderia sim melhorar a administração do clube, dar mais credibilidade e tranquilidade, mas diante dos últimos acontecimentos, esse campeão mundial deveria ser o Éder Jofre.

  • Rubens

    Nos relatos enformados em outros canais de noticias, fizeram o mesmo não noticiaram o verdadeiro motivo para o soco ou agressão se existiu realmente, e agora como fica quem vai falar o verdadeiro motivo????

    • Emerson

      Precisa desenformar para ver.

      • Ricardo

        #SENSACIONAL

  • Renato

    Herança genética do nosso país. Interesses políticos acima de tudo e de todos!
    Sou palmeirense e vejo o quanto meu time sofre com isso. Somos gigantes, mas seríamos 10X mais gigantes sem estes sanguesugas no poder!

  • não creio, isso é pago pra criar problemas, cade a prova, hoje todos tem celulares, ou será que jj paga jornalistas…

    AK: Ele poderia pagar a sua formação acadêmica.

    • Adriano

      Hahahahahahahahaha

      TURN DOWN FOR WHAT!!

  • Ricardo D Vicente

    lamentável, a imprensa corintiana esta em êxtase, pois este episódio é típico no corinthians, não no SP, mas fazer o que? Esperamos que haja uma intervenção no SP, que sejam retirados estes crápulas e que o SP volte sim ser o modelo do resto…Não adianta o Juca Kfouri ou qualquer outro corintiano ficar alegre e dizer que não somos diferentes, até antes destas ultimas gestões éramos sim diferentes, clube de vanguarda e modelo para os demais, hoje os outros aprednderam com o SP e o SP ” desaprendeu” com eles

    • Eduardo

      O Corinthians nunca foi um primor de gestão mas fatos como esse e outros q estão imperando no SPFC nunca aconteceram no Pq São Jorge, Ricardo D. Vicente. A vdd é q o futebol brasileiro como umtodo está obsoleto e desatualizado e os dirigentes fazem parte do todo, então, nada a estranhar e nada q não possa ficar pior.

      • Adriano

        Não se esqueça de que o guerreiro e outros jogadores do corinthians foram surrados dentro do ct e o presidente fez vista grossa para agressão.
        Mais é lamentável ver em que ponto chegou um dos maiores clube do Brasil.

    • Robson Pacheco

      Ricardo, o SPFC era diferente, ERA do verbo “NÃO É MAIS”.

    • Mug

      Não me lembro desse tipo de notícia (agressões físicas) no Corinthians… É típico lá???
      O São Paulo não era diferente, mas está se tornando agora. Agressões físicas entre pessoas de tão alto nível… Inacreditável, pareciam pessoas honestas e de boa conduta, pois maloqueiros e bandidos só existem no outro clube né?

    • Rodrigo-CPQ

      Boa, Ricardo Vicente!! O tópico é sobre uma briga vergonhosa na diretoria do seu time que vem afundando o time dia após dia. É aquela velha história batida do cara ser informado que está sendo traído e matar o informante. E, no meio disso tudo, você vem falar do Corinthians! Ok, pode falar de Corinthians à vontade, mas depois não vem chorar que o Corinthians recebe mais cota de TV, tem mais jogos ao vivo, que isso, que aquilo. Você queria o quê? Com essa audiência cativa, citando o Corinthians até em matéria do seu time, o Ibope só aumenta.

      Sobre seu time ser diferente: nunca foi diferente, só fazia parecer ser diferente. O São Paulo teve duas fases boas, na época do Telê e no mundial de 2005. Tirando isso, sempre foi um time como qualquer outro. O que ganhou antes de 1992? E entre 1994 e 2005? E depois disso? Fica no mesmo nível que Corinthians, Palmeiras e Santos. E depois de comer um atum Gomes da Costa no almoço vem arrotar uma suposta soberania… ah, passa amanhã… (em tempo: gosto pra caramba desse atum).

    • José Henrique

      À moda agora é : “eles também eram assim” , para justificar pedaladas.
      SPFC, a soberba é tanta que quando fazem das suas, invocam o Corinthians.
      Mediocridade.

      • Ricardo

        Nunca gostei dessa pecha de Soberano, preferia o antigo “O mais querido”, soa mais familiar…
        Mas vocês são ridículos com esse ódio todo no coração.

  • Francisco Melo

    Com certeza um pegou o batom do outro sem avisar…

    • Paulo Sergio Arellaro

      O batom era do Vampeta, do Ronaldo, do Zé Maria, do Sheik ou do Dinei?

  • Joao Marcos

    Oque Presidente e vice do SPFC brigam em um Motel??? Em briga de casal ninguém pode se meter deixa que eles se resolvam!!! Kkkkk

  • diego

    eu não sei quem é mais idiota, quem publica esse tipo de coisa ou quem acredita!!!

    AK: É simples identificar o tolo. É aquele que briga com os fatos e ainda se expõe ao ridículo. Um abraço.

    • Fernando Itirapuã/SP

      não resisti Diego. Poderia passar a tarde sem essa óbvia resposta!

    • Rodrigo-CPQ

      A cada dia que passa isso fica mais engraçado… hhahahahahaha

  • Mauricio Ferreira

    Quando acho que as coisas não podem piorar Aidar & Cia Ltda trazem fato novo ao já turbulento ambiente do SPFC… Qual será o novo escândalo patrocinado por esses Srs.??

  • Anna

    André, o São Paulo não era um time diferenciado? Estou surpresa. rs Que fase!!

  • Francisco

    A várzea tomou conta do então clube elitista considerado de primeiro mundo. Coincidência ou não, depois que o Corinthians deixou de jogar no Morumbi e no bojo veio Santos e Palmeiras e com a aquisição das arenas novas de Corinthians e Palmeiras o clube do São Paulo nunca mais foi o mesmo. Parece que a ausência dessa receita mostrou a cara verdadeira do São Paulo. Mergulhado em uma crise financeira gravíssima, sem patrocinador Master, com um estádio ultrapassado com altos custos de manutenção e o que é pior. Receitas de Shows que alavancavam parte substancial das finanças hoje, quem ganha é o estádio do Palmeiras.

  • Fabio

    O grande perigo é infecção causada por unhadas!!! Houve ainda a tentativa de puxões de cabelo , mais nessa o presidente saiu perdendo!!!

  • Fernando

    se de fato ocorreu mesmo, Ataíde tem o meu respeito.

  • amaral

    é uma pena o que esta acontecendo com os diretores do São Paulo que já teve vários presidentes integros e dedicados pelo clube, agora a gambasada se diverte mas eles esquecem que tiveram Kia,Andres e sobrou para o velho Dualibi e os outros sairam de santinho mas faziam parte da cupula que desfalcaram o timinho da marginal mas eles tem memoria fraca e se julgam maior que os outros clubes,alias ninguem é maioir ou melhor que ninguem todos tem sua fase jogando bola e não ajudando com as arbritragam como temos visto neste campeonato e os arbitros que erraram a favor do corinthians nenhum foi afastado, dá vergonha

  • Cleibsom Carlos

    O presidente Aidar nunca quis profissionalizar o S.Paulo e sua briga com o Diniz deixa isso claro. O chefão evitará o quanto puder uma auditoria independente no S.Paulo. Essa briga para mim apenas comprova que o feudo que sempre sugou o clube do Morumbi parece antever que o tempo do S.Paulo o sustentar está próximo do fim e o desespero está fazendo a quadrilha trocar acusações dentro de si. Tudo isso e ainda não falei da situação financeira calamitosa do Tricolor…

  • Rodrigo Santos

    André, divergências sobre nomes para novo técnico não causariam agressões físicas! Me parece óbvio, também, que o motivo da briga é bem mais sério. Não conheço nenhum dos dois dirigentes do São Paulo, portanto não posso fazer suposições acerca de seu caráter. Entretanto se tem um assunto, que veio a público, que pode ter levado à briga é a discussão sobre de quem é a responsabilidade no caso da contratação do zagueiro do Criciúma Maidana! Aidar pode estar tentando despejar toda a responsabilidade pela desastrosa negociação no colo de Ataíde e o ultimo explodiu de raiva. Se fosse apostar, diria que esse foi o motivo.

  • oscar berbert

    AK , sugiro que nao perca seu tempo respondendo comentários infantis e inúteis….parabéns pelo blog ! O SPFC teve na sequencia as duas piores diretorias de sua historia , juntos Aidar e JJ conseguiram manchar o nome da instituição de tal maneira que torcedores de outros clubes tradicionalmente conturbados tem se identificado com o Sao Paulo…é uma pena isto estar acontecendo no único time Tri-campeao mundial do futebol brasileiro ! é um retrato do que acontece em outras instituiçoes do Brasil , mas tem gente que tem orgulho de ser corintiano e petista como o LULA por exemplo

    AK: Assim como tem gente que se orgulha por ser como Eduardo Cunha. Como escrevi após a eleição, nenhum lado me representa. E acho a polarização um equívoco.

  • Alberto

    Vocês aí que tão falando que a notícia é inventada, anotem essa:

    Ataíde acabou de cair. Aguardem …

  • Amauricio

    Interessante notar que mesmo o SPFC enfrentando problemas financeiros, sentem-se seus dirigentes no direito de se reunir em hotel. Poderiam ter-se reunido na sede administrativa do clube, sem nenhum custo.

  • Rafael

    Olá, me encaminhe por email o que foi dito! haha

  • Fernando Itirapuã/SP

    Ainda temos chance de dar a volta por cima….M1T0 PRESIDENTE, MURICY COORDENADOR DE FUTEBOL…E O ATAÍDE GERENTE DE FUTEBOL (BATEU NO aidar..tem meu respeito) Chegamos ao fundo do poço e o que nos resta é sair dele!!!! FORA AIDAR!!

  • Eu quero que o São Paulo se exploda !!!!

  • Ricardo

    Pelo nível dos comentários é fácil fazer uma relação com tudo que acontece no Brasil, nível de educação muito baixo, brigas de torcidas organizadas na política…

    Ah claro, a imprensa mentiu, como foi possível evidenciar no Blog do Juca
    http://imguol.com/blogdojuca/1/files/2015/10/IMG_4319.jpg

    E pensar que por muito menos, vimos grandes clubes rebaixados, meu São Paulo não merece uma gestão desastrosa como essa. Aliás, nenhum clube merece tamanho castigo.

  • Douglas

    VERGONHA!!….É tudo que sinto neste momento!! Estão manchando a imagem de um clube 3 vezes o melhor do mundo! Isso é pouco? Bando de palhaços vaidosos!!

  • Alvaro

    Parabéns André pela sua reportagem e coragem, sendo no São Paulo o clube mais bem administrado do Brasil (sic)……….
    Se fosse no Corinthians, outros coleguinhas seu tornariam isto manchete de primeira página..

  • RENATO77

    O “mentor” intelectual da criação do crube dos treze em 1987 x o redator do edital de licitação para transmissão dos jogos do C.Brasileiro a partir de 2012. Que bacana!
    A vida imita o futebol…ou o contrário?
    Abraço.

  • Permita-me André, fugindo da vergonha atual do tricolor, e também do contexto desta postagem, mas acho que esse registro vale a pena. A Fiel Torcida já soma mais de 955 mil pagantes em 30 jogos do Timão como mandante em 2015. São exatos 955.317 ingressos vendidos nesta temporada, dando à Arena Corinthians, Alcácer Alvi-Negro, uma média superior a 32 mil torcedores por jogo (lembrando que na partida na Fonte Luminosa, em Araraquara, no 1 x 0 sobre a Chapecoense – o time do 5 x 1 nas Evas Verdes Nascidas das Costelas do Timão – pouco mais de 10 mil pessoas compareceram). Somando-se os 72 mil ingressos já comercializados – mesmo que parte destes estejam “somente reservados” – para as duas próximas partidas na Arena (Goiás e Flamengo), eis que o Corinthians ACABA DE SUPERAR A MARCA DE UM MILHÃO DE PAGANTES EM SEUS JOGOS EM CASA NESTE ANO. Essa marca o Timão bate sempre? É uma marca expressiva?

  • Fabiana

    Exatos 7 nos, o São Paulo está vivendo uma crise politica, antes meio camuflada, mas já no final da presidência de J.J. foi ficando mais clara, só piorou quando o mesmo deixou como herança Aidar e sua diretoria, um verdadeiro festival de lambanças, vexames e crise financeira. O São Paulo parou no tempo. Temos apenas 1 titulo conquistado neste meio tempo. Temporadas medíocres e até lutamos para não cair para segunda divisão.
    Assim como Brasil vive uma crise politica forte o mesmo acontece no tricolor. Acredito que é fundamental a saída de Aidar, para mim o principal foco desde momento vergonhoso. Creio seja necessário investigar a fundo a situação financeira do clube pq eu não se pode duvidar que haja corrupção no clube. Saída urgente desta patota que se tornou um cancer na historia tricolor. Momento importante para renovação. No campo, o time da fé vai precisar elevar e muito a fé, para que todos esses problemas não invada o desempenho em campo, terão que ser verdadeiros heróis pq a coisa tá feia demais.

  • lipe

    AK, afinal, qual o motivo da briga, vc pode comentar ?

    AK: Você leu?

  • Pingback: Escândalo atrás de escândalo | Fala Bandana()

MaisRecentes

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo