TERÇA GORDA



Terça-feira turbulenta no São Paulo. Fazia tempo que um clube do futebol brasileiro não era premiado com um noticiário tão farto no mesmo dia.

Recapitulando:

Este Lancenet! tem uma entrevista com Gustavo Vieira de Oliveira, na qual o ex-gerente de futebol do São Paulo revela que foi tratado com deslealdade no final de sua passagem pelo clube.

O Blog do Menon, no Uol, conversou com Carlos Augusto Barros e Silva, presidente do Conselho Deliberativo. Leco falou sobre a demissão do executivo Alexandre Bourgeois, sobre o ambiente político do clube, e confirmou a informação publicada aqui duas semanas atrás: o São Paulo não tem recursos para honrar a folha de pagamento de outubro.

Na Folha de S. Paulo, Bourgeois detalha a reunião em que foi demitido do São Paulo pelo assessor de imprensa Olivério Júnior, que ainda o ameaçou de agressão física dentro da sala em que estava o presidente Carlos Miguel Aidar. Ambiente de alto nível.

Mas a peça mais intrigante do dia é a carta aberta a Aidar, publicada por Abilio Diniz em seu blog, também no portal Uol.

O empresário diz, textualmente, que não acredita nas razões expostas pelo dirigente para demitir Bourgeois. E se oferece para financiar, por conta própria, uma auditoria feita pela PriceWaterhouseCoopers nas finanças do São Paulo.

A oferta de Diniz deixa Carlos Miguel Aidar em uma posição desconfortável, aumentando a tensão entre eles. Se decidir recusar a proposta, Aidar terá alguma dificuldade em explicar os motivos. Primeiro porque seria uma contradição: o presidente do São Paulo tem reclamado que, em suas manifestações de colaboração com o clube, Diniz até hoje não tinha se mostrado disposto a abrir o talão de cheques. Pois bem, esse argumento não pode mais ser usado. Uma auditoria como essa custa na casa das centenas de milhares de reais, valor que um clube endividado adoraria não ter de desembolsar.

Por outro lado, aceitar a oferta de Diniz também representa um desconforto: submetidas ao Conselho Deliberativo do São Paulo, as informações sobre a auditoria devem alimentar a oposição.

Novamente, Carlos Miguel Aidar está preso ao território entre seu discurso e suas práticas. A gestão moderna exige transparência, hoje oferecida por Abilio Diniz a custo zero. Mas o custo político pode ser alto.

Esta terça-feira tem boas chances de não ser apenas mais um dia.



  • João Henrique Levada

    “(…) Aidar terá alguma dificuldade em explicar os motivos.”

    André, talvez ele peça uma forcinha pro Feldman e nos brinde com uma fantástica história.

  • FERNANDO ITIRAPUÃ/SP

    Acredito muito numa mudança no SPFC assim que o M1t0 parar de jogar. É sério, equilibrado e se aliar a pessoas certas, no episódio acima , a Abilio Diniz, a mesa vai virar. O Maior do Mundo tem gente muito capaz de torna-lo ainda mais avassalador. Muricy pode ser o diretor de futebol Integral (das categorias de base ao profissional), um Manager com plenos poderes. O MAC voltar a comandar o futebol profissional no dia-dia. Pintado, ótimo treinador para a base e para transição até a barra funda. O M1t0 na presidência. Encontramos um treinador sério Juan Carlos, no MKT, já temos o Julio. De volta o Gustavo Oliveira para o jurídico. Basta apenas a oposição unir este principalmente o M1t0 colocar seu nome a disposição para presidente. Já era. A torcida vai boicotar qualquer outro nome até o M1t0 levar o posto!
    Outra coisa se o SPFC não se aliar a nomes sérios, jamais terá parcerias sérias! Aidar você é uma piada, para não dizer outra coisa! O pior é que dependemos da ajudinha do “juju” para tirar este Aidar do comando!

    • Ricardo

      Apesar do Rogério ser a esperança que temos em resolver os problemas administrativos do clube, não acredito que seja uma boa ideia se meter nisso agora. Também não acho que ele faria uma loucura dessas.
      Acredito que o ideal seja ele descansar, se preparar, estudar, se unir às pessoas corretas antes de enfiar a mão nesse vespeiro que é o SP hoje, e aí sim, tentar alguma ação corretiva nesse sentido.
      Caso contrário, queimaríamos mais um importante jogador com uma bela história em um clube de futebol, como tantos outros já o fizeram.

      • FERNANDO ITIRAPUÃ/SP

        Respeito esta visão Ricardo, porém na hora que as coisas vão mal, é a hora que vemos quem é quem! O Rogério sabe muita coisa ali dentro, sabe que vai detonar alguma coisa séria a qualquer momento. Ficar nessa que Cotia vai ser uma Universidade do Futebol, que contrato 2,3 que seja 4 auditorias é balela. Chegou a hora das pessoas que tiraram todo seu sustento e seu conforto, que conquistou fama no SPFC, colocar as mangas para fora e ajudar (remuneradamente) aquele (SPFC) que os ajudou a ser quem é hoje!. Rogério, Pintado, Zetti, Raí, Muricy, G. Oliveira, o MAC, o Miltão, salvo Abilio Diniz que é um apaixonado pelo SPFC e dali não se formou financeiramente, mas tem muito a ajudar e a Profissionalizar ainda mais a gestão. Quantos ali tem, que não conhecemos e são idôneas? Quantas passaram por ali a bem prazer? Como o Mr. Audi (A. Baptista). Ta caro manter quem não tem o que fazer!!!
        Responsabilidade buscamos quando QUEM NOS DEU TUDO OU NOS QUER BEM, precisa de nós, mas que nós deles! Forte Abraço Ricardo.

  • Ricardo

    A cada dia que passa CMA nos brinda com mais confusões e contradições. Como são-paulino não vejo a hora de seu mandato terminar. E pensar que está longe.

  • Ricardo

    Aí o presidente me vem com essa pérola… “Eu já contratei duas auditorias, ele (Abílio) está um pouco atrasado, não conhece a vida interna do São Paulo. …”

    Tá no no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/sao-paulo/Aidar-Abilio-Diniz-contratou-auditorias_0_1432056827.html#ixzz3lvFkDlLN

    é cada uma…

  • Klaus

    Carta de São Paulo aos Coríntios:

    “Naquele tempo, inflando ainda mais a máquina pública divina, o Soberano criou o 11o mandamento: não Aidarás”.

    O problema do São Paulo? Fé demais!

    Um abraço!

  • José Henrique

    No programa “Bate-bola na veia”(rsrs parece nome de filme pornô nacional), embora tenha acertado no resultado (Santos 4×0), achei que Trajano foi muito infeliz em colocar: “Está na hora do atlético tomar uma sova”.
    Desejar isso, é normal entre torcedores, mas partindo de um jornalista, se equipara a um outro de cabeça grande, torcedor do Santos. Foi mal.

    • RENATO77

      O Krusty calado é um poeta. Torcedor do SPFC enrustido, diz que é só o filho. Tem uma relação doente com o futebol.
      Não vejo faz tempo, mas pelo que disse, continua o mesmo. Minha decisão foi certa ao não assinar mais com essa empresa.
      Aconselho o mesmo a todo e qualquer Corinthiano, faz mal a saúde.
      Abraço.

      • Juliano

        Queridos,
        Até acho o Trajano engraçado, esse tipo de comentário não pode ser tirado de contexto. É um momento de palpite informal, relaxado. Quer tratar tudo a ferro e fogo? Ok, trate. Não acho que ele deseje mal ao time do Atlético MG, mas enfim… sou eu achando isso.

        Agora, é até engraçado ler vocês dizerem que alguém tem uma relação doente com o futebol… oh, wait!

        Abraços!

        AK: 1) Ele falou do Corinthians, não do Atlético. E 2) Evidentemente foi um comentário bem humorado, no sentido de ser bom para o campeonato se o líder levasse uma goleada. Um abraço.

        • José Henrique

          André.? Foi ao Corinthians que ele desejou uma goleada? Que ótimo. Deve ter ficado frustrado, São Paulino que deve ser, como disse o Renato.
          De qualquer forma desejar que o líder levasse uma goleada..me desculpe…isso está mais para outro tipo de jornalista, como eu mencionei no inicio, do que um “comentário bem humorado”.
          Este último, torcedor e conselheiro do Santos, com um microfone na boca, tem sim uma relação doente com o futebol.

          • RENATO77

            Bem, talve a relacao doente seja com o SCCP, o que pra mim, da na mesma…OU ATE PIOR.

        • Juliano

          Perfeitamente AK, comentário bem humorado, como eu percebi quando cito que era um ‘momento de palpite informal, relaxado’.

          Quem não percebeu? O Sapiente, sempre ele. E claro, a relação doente com o esporte é minha, nitidamente.

          Abraço!

          • José Henrique

            Juliano, permita-me fazer-lhe uma pergunta? Você sabe o nome do garoto morto em Oruro, em jogo do Corinthians contra o San José?

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo