NOTINHAS PÓS-RODADA



Os jogos da rodada 4 do BR-15:

* A Ponte Preta (3 x 1 na Chapecoense: Tiago Alves, Biro-Biro, Gil e Renato Cajá – portões fechados no Moisés Lucarelli) é um dos três times invictos no campeonato.

* Mais uma pintura de gol de Renato Cajá.

* Segunda vitória seguida do Avaí (2 x 1 no Coritiba: Anderson Lopes, Paulinho e Roberto – 9.906 pagantes no Couto Pereira), a dois pontos do topo da tabela.

* O Coritiba já sente a força do campo gravitacional do U-4.

* O Atlético Paranaense venceu (2 x 1 no Joinville: Nikão, Douglas Coutinho e Rafael Costa – 9.144 pagantes na Arena Joinville) fora de casa e lidera.

* O Joinville marcou seu primeiro gol no campeonato.

* O Sport buscou o empate (2 x 2 com o Santos: Robinho, Joelinton, Werley e Samuel Xavier – 13.481 pagantes na Vila Belmiro) nos acréscimos e ganhou um ponto que vale o segundo lugar.

* Não há como evitar o sabor de derrota ao sofrer um gol aos 47 minutos do segundo tempo.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 (25.213 pagantes no Beira-Rio), além de que o empate fez o Inter se distanciar da parte de cima da classificação.

* O Atlético Mineiro (3 x 0 no Vasco: Thiago Ribeiro e Dátolo – 17.958 pagantes no Independência) só precisou do primeiro tempo para golear.

* O Vasco é um dos cinco times que ainda não venceram.

* E o Goiás (1 x 1 com o Grêmio: Giuliano e Rodrigo – 3.850 pagantes no Serra Dourada) segue pontuando.

* Bom primeiro tempo do Grêmio, com um gol e chance para fazer mais.

* As pessoas que vinham pedindo a queda do técnico do Palmeiras (2 x 0 no Corinthians: Rafael Marques e Zé Roberto – 29.869 pagantes na Arena Corinthians) mantém a opinião após a vitória no clássico?

* Que a diretoria do Corinthians seja honesta com o torcedor e esclareça que tipo de time o clube terá até o final do ano.

* Os dois gols de Fred na vitória do Fluminense (3 x 2 no Flamengo: Fred-2, Pará-contra, Alecsandro e Eduardo da Silva – 25.289 pagantes no Maracanã) o transformaram no maior artilheiro (107) da era dos pontos corridos.

* O Flamengo é um dos três times que têm apenas um ponto.

* Primeira vitória do Figueirense (2 x 1 no Cruzeiro: Marquinhos, Henrique e Carlos Alberto – 6.211 pagantes no Orlando Scarpelli) no campeonato, com gol de Carlos Alberto após 722 dias.

* O Cruzeiro, vice-lanterna, não venceu nas quatro rodadas iniciais pela primeira vez sob o comando de Marcelo Oliveira.

______

O fantástico gol de Messi, no sábado, não pode ficar sem registro.

Está nos primeiros segundos deste clip.

Quem estava no Camp Nou conta que o estádio ficou sem reação, como se todos os presentes – até os jogadores que treinam com Messi diariamente – se unissem para perguntar: como é possível?

O fato de Messi continuar a gerar esse impacto é uma boa medida de sua grandeza.

Mas o gol não teria acontecido sem a colaboração de Luis Suárez. Na foto 21 da galeria do “El País”, o motivo pelo qual o mundo deve agradecer ao uruguaio pelo que viu.



MaisRecentes

Amanhã



Continue Lendo

Novo



Continue Lendo

Virtual



Continue Lendo