NOTINHAS PÓS-RODADA



Os jogos da rodada 3 do BR-15:

* O Vasco (1 x 1 com o Internacional: Nilmar e Lucas – 4.520 pagantes em São Januário) é o único time que só empatou até agora.

* A 3 pontos do topo da classificação, o Inter não se descola em nome da Libertadores.

* A torcida do São Paulo (3 x 0 no Joinville: Dória, Michel Bastos e Alexandre Pato – 12.740 presentes no Morumbi) está mesmo dividida entre Luis Fabiano e Pato?

* Incluindo o Campeonato Paulista, o São Paulo venceu dez jogos seguidos em seu estádio.

* O Grêmio venceu (1 x 0 no Figueirense: Braian Rodríguez – 8.333 pagantes na Arena do Grêmio) a primeira, mas não jogou bem.

* Foi apenas o segundo gol do atacante uruguaio com a camisa tricolor.

* O Goiás (1 x 0 no Palmeiras: Victor Ramos-contra –  37.337 pagantes no Allianz Parque), invicto, é um dos 3 líderes.

* O resultado foi um castigo para o Palmeiras, que jogou para vencer. Futebol.

* O segundo gol do Avaí (2 x 1 no Flamengo: Hugo-2 e Gabriel – 11.918 pagantes na Ressacada) foi irregular. A bola saiu.

* O Flamengo, sem vitória, está no U-4.

* O Atlético Mineiro jogou mais, o Atlético Paranaense venceu (1 x 0: Douglas Coutinho – 13.510 pagantes na Arena da Baixada) em casa.

* Walter foi expulso e a súmula relata ofensas ao árbitro Thiago Duarte Peixoto. Problemas à vista.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Fluminense e Corinthians (14.932 pagantes no Maracanã), além de uma defesa de Cássio e um inacreditável gol perdido por Guerrero.

* A “lei do ex” prevaleceu na segunda vitória da Chapecoense (1 x 0 no Santos: Apodi – 6.374 pagantes na Arena Condá) em seu estádio.

* Apodi jogou no Santos em 2008.

* O líder Sport (1 x 0 no Coritiba: Neto – 12.119 presentes na Ilha do Retiro) não perde em casa há 21 jogos.

* O gramado da Ilha vive seu melhor momento em anos ou é impressão?

* Ao contrário do Internacional, o Cruzeiro (1 x 1 com a Ponte Preta: Charles e Biro-Biro – 9.639 pagantes no Mineirão) segue perdendo pontos para a Copa Libertadores.

* Notável o poder de reação demonstrado pela Ponte até o momento.



  • É impressionante a “sonolência” mostrada pelos times do Corinthians e Fluminense. Não se vê os times com vontade, a impressão que dá é que não valorizam o começo do campeonato, aliás, nem parecia que era jogo de campeonato. Espero que melhorem.

  • bruno uzac

    Time que quer ser campeão não pode perder o jogo que o Galo perdeu ontem pro xara paranaense. Não adianta dominar o jogo, tem que concluir em fatos.

    • Concordo. Já vi muitos jogos que um time “massacra” o outro, sufoca, e perde todas as chances criadas, toma um gol e já era. Em 1990 isso aconteceu num fatídico Brasil x Argentina. Ficou atravessado em minha garganta por muito tempo. Só bola na trave foram 3 ou 4. Chegavam na cara do gol e ….nada. Parecia fácil e que poderiam fazer o gol a qualquer hora. Não fizeram, tomaram um gol a 10 minutos do final e adeus copa do mundo. Ou seja, não adianta só jogar bem, tem que fazer gol.

      • Nilton

        Falando em fazer gol e Atlético MG, lembro de um jogo do campeonato mineiro em que o Atlético chutou mais de 20 vezes no gol do adversário e o adversário chutou apenas uma vez, resultado Atlético perdeu de 1 a 0.

      • Junior

        Palmeiras x Manchester em 99 foi assim… só deu Palmeiras o jogo inteiro, mas tomou um gol e…

MaisRecentes

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo