NOTINHAS PÓS-RODADA



A segunda rodada do BR-15:

* A amostra pode ser insuficiente, mas o Coritiba (2 x 0 no Grêmio: Thiago Galhardo e Matías Rodríguez-contra – 11.785 pagantes no Couto Pereira) se mostra um time melhor do que a campanha no estadual sugeria.

* Provavelmente não veremos um gol contra tão bizarro neste campeonato.

* O Goiás (2 x 0 no Atlético Paranaense: Bruno Henrique-2 – portões fechados no Serra Dourada) vai somando pontos cruciais.

* Um gol de Walter, no segundo tempo, foi mal anulado pela arbitragem.

* O Corinthians (1 x 0 na Chapecoense: Fábio Santos – 10.144 presentes na Fonte Luminosa) é o único time com 6 pontos, o que, obviamente, não quer dizer muita coisa neste momento.

* O que diz mais é o fato de a vitória ter sido fruto de um gol ocasional.

* Geuvânio e Lucas Lima, destaques da vitória do Santos (1 x 0: Geuvânio – 7.246 pagantes na Vila Belmiro) sobre o Cruzeiro.

* A Copa Libertadores segue roubando pontos do bicampeão brasileiro, zerado no campeonato.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Figueirense e Vasco (11.004 pagantes no Orlando Scarpelli), além de ter sido o segundo empate sem gols do campeão carioca.

* Não se notou qualquer abatimento na atuação do Atlético Mineiro (4 x 1 no Fluminense: Jemerson-2, Dátolo, Luan e Fred – 11.958 pagantes no Mané Garrincha), no primeiro jogo após a eliminação na Libertadores.

* Victor fez apenas uma defesa no jogo, o que diz o suficiente sobre a atuação do Fluminense.

* O Flamengo encontrou o empate (2 x 2 com o Sport: Diego Souza, Élber, Canteros e Éverton – 28.794 pagantes no Maracanã) nos acréscimos, aproveitando uma situação incomum.

* Diego Souza vestiu as luvas por causa da lesão de Magrão, e não teve chances de defender o chute de Éverton.

* Concentrado na Libertadores, o Internacional (1 x 0 no Avaí: Vitinho –  15.752 presentes no Beira-Rio) fez 3 pontos importantes em casa.

* Vitinho marcou apenas 4 minutos depois de entrar em campo.

* O placar da vitória da Ponte Preta (1 x 0 no São Paulo: Renato Cajá – portões fechados no Moisés Lucarelli) foi enganoso.

* A Ponte deveria ter vencido por diferença maior.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Joinville e Palmeiras (portões fechados na Arena Joinville), além do fato de o Palmeiras completar o oitavo jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro.



  • Matheus Brito

    Muito a dizer sobre a quantidade de jogos com portões fechados nessa rodada. Um absurdo que pune o clube, deixa livre quem causou os problemas e deprecia o produto Brasileirão. Acho que deveriam pensar em punições alternativas. Que a renda não fosse para o clube, ou uma pesada multa. depreciar o espetáculo nunca vai ser a solução. Pra mim, inclusive é causar um problema devido a outro. Como que esses gênios imaginam querer vender esse campeonato lá fora? Imagina se uma TV inglesa compra um clássico e na hora de transmitir dá de cara com o estádio vazio? não compram nunca mais.
    Quanto aos jogos:
    1 – O São Paulo está mal treinado, mal dirigido, desorganizado em campo e com uma das folhas mais altas do futebol Brasileiro. Resultado disso será a falta de resultados em campo que desencadeará em dívidas.
    2 – O Vasco anula os adversários com a mesma facilidade com que é anulado. Vai ser o rei do empate no campeonato.
    3 – Galo parece recuperado e Flu rezando pra Unimed mudar de idéia.
    4 – O Corinthians desponta como sério candidato ao título, não pelo que está jogando, mas pelo que já está conseguindo somar sem jogar. Quando jogar bola será um time muito forte.
    5 – A administração do Flamengo entende muito de ADMINISTRAR, mas de futebol entende pouco. o time foi montado com claras deficiências e ficará pelo meio da tabela se muito, principalmente se insistir no “pojeto”.

    OBS: O dia que fizerem isso com o Flamengo e alguém do clube, da federação, da torcida, da crítica, da mídia, do inferno vier defendê-los eu vou começar a concordar com as famosas teorias conspiratórias de que o Flamengo é o protegido da “mídia”. No lugar deles, quando seus jogadores caírem para ganhar tempo, não jogaria a bola para fora mais não, pois duvido que algum clube devolva a bola pra eles nesse campeonato depois desse jogo de ontem.

    • Espero que esse momento do Corinthians “jogar bola” chegue logo. Pois a coisa tá feia mano, vai de mal a pior. Futebol horrível de cabo a rabo, salvo pouquíssimas exceções.

    • Paulo Pinheiro

      Não sou muito fã do comentarista Roger Flores, mas ontem ele foi brilhante sobre esse assunto do “fair play não praticado”: Fair play inclui também não ficar se jogando no gramado demonstrando contusões que não existem. Que moral tem o ixporti pra reclamar?

      • Matheus Brito

        Concordo com ele. Muita gente faz isso. Mas ou todo mundo muda a postura ou ninguém mais devolve a bola pois o mesmo Flamengo cOs certeza já jogou bola pra fora pra atendimento de jogador fazendo cera e achou lindo receber de volta. Não condeno a atitude deles ontem, vou condenar o dia que o contrário acontecer e eles reclamarem.

        • Paulo Pinheiro

          A questão é que esse caso tem que trazer essa discussão à tona. Essa é a pergunta: com toda a cera ridícula do ixporti naquela partida pode alguém querer reclamar porque não se devolveu uma bola que o “goleiro” deliberadamente joga pra fora mesmo vendo seu companheiro já de pé?
          E o Flamengo já teve bola não devolvida também, amigo. Ou você não lembra daquele caso do Kléber “Gladienganador” pelo Palmeiras em que o Renato Abreu quase saiu no tapa com ele? E olha que era primeiro tempo e o jogo estava empatado. Além disso, naquele caso foi o árbitro que paralisou a partida, não um jogador que botou a bola pra fora. O Renato nem disputou a “bola ao chão” porque não contava com tamanha falta de noção.

      • RENATO77

        Matheus Brito, não aos portões fechados…confisco da renda e doação para entidades filantrópicas.
        Abraço.

        • Matheus Brito

          Portões fechados é a vitória da incompetência até pra punir. Nem punir eles sabem. Pensam em punir um e acabam prejudicados todos.

  • Espero que seja só o começo, mas a coisa tá feia. Me lembro do ano passado, com pouquíssimos jogos que valeram a pena assistir. Na última rodada de 2014 teve time que jogava para não rebaixar e parecia estar “dormindo em campo”, o que salvou o Palmeiras. O Corinthians parece que “desaprendeu”, não marca, não ataca, não faz as famosas “triangulações. Porque não usam o princípio básico já apregoado por “Guardiola”, o princípio da SIMPLICIDADE?

  • Zé Bigorna

    André, você tem pouco a dizer sobre JOIxPAL porque não assistiu o jogo, no que fez muito bem, principalmente para sua saúde mental. Foi um verdadeiro insulto ao bom futebol, talvez o pior jogo de futebol profissional de primeira divisão que já assisti.

    • Matheus Brito

      Vasco e Palmeiras de 2010 foi o pior jogo da história do futebol Brasileiro.

      • Zé Bigorna

        Em comum a ambos, meu Palmeiras. Afff…

  • RENATO77

    AT/MG o melhor futebol de 2014 volta e é o principal candidato ao título.
    Diante do baixo nível técnico dos clubes com maior elenco, talvez o SFC tenha boas chances de checar no G4. Robinho já fez algumas bobagens no direcionamento de sua carreira. Se deixar o SFC, onde pode aumentar ainda mais sua historia já vencedora, será mais uma.
    Sobre o SCCP, tem tido sorte, pois mesmo sem jogar nada é o líder. A sorte não dura pra sempre.
    Abraço.

  • Rodrigo J.

    AK, me explica…

    Quando um time foi prejudicado pela arbitragem e foi eliminado, a eliminação foi MERECIDA.

    Quando um time não consegue fazer mais gols pq um goleiro pegou quase tudo, a vitória DEVERIA ter sido por mais gols.

    Pq essa necessidade de esconder os méritos de uma certa equipe?

    AK: Sua dificuldade de compreensão o faz supor que uma coisa exclui a outra. Um abraço.

MaisRecentes

Feliz Natal



Continue Lendo

Mudar o meio



Continue Lendo

“O PF dos caras”



Continue Lendo