CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

DIGA-ME O QUE SENTES

Imagine se os eleitores brasileiros fossem surpreendidos, quando chegassem aos locais de votação no próximo domingo, pela informação de que não escolheriam políticos para ocupar cargos públicos. Em vez de votar, deveriam responder a duas questões: 1) você se interessa por futebol?; 2) você considera a CBF uma vergonha?

Teríamos um mapa da opinião pública brasileira a respeito da entidade que controla o futebol no país, especialmente entre os setores da população que acompanham o esporte. Saberíamos o que o torcedor “comum” pensa a respeito de um campeonato que ignora os compromissos das seleções nacionais, enfraquecendo clubes em jogos importantes, às vezes decisivos.

Com a CBF na chamada pauta nacional, conheceríamos a impressão que a sociedade tem do inoxidável Marco Polo Marin, veríamos se as pessoas em geral estão de acordo que, “mais do que nunca”, a Seleção Brasileira recuperou o prestígio abalado na Copa do Mundo. Como você, que por estar com este diário em mãos provavelmente consome futebol de alguma forma, responderia à questão número dois?

Cada um opina conforme as informações de que dispõe, e, neste campo, os jogadores possuem uma experiência particular por lidar diretamente com a CBF durante o transcorrer de suas carreiras. Seria valioso escutá-los. Ocorre que o STJD, esse coletivo de presunção tão bem comparado (em termos de importância, pelo jornalista Márvio dos Anjos) a uma assembleia condominial, entende que jogadores de futebol não podem criticar a confederação.

Em sessão na tarde de ontem, o Pleno do STJD condenou Émerson Sheik – entre outras infrações – por dizer que a CBF é uma vergonha. O tribunal entendeu que a declaração do ex-jogador do Botafogo teve “claro conteúdo intimidatório e desrespeitoso”. Lamentável exagero. Quem se considera defensor das leis deveria garantir a Sheik o direito de se expressar.

CINCO

Além do atacante Luiz Adriano (ex-Internacional, hoje no Shakhtar Donetsk), apenas um jogador conseguiu marcar cinco gols em uma partida da Liga dos Campeões da UEFA: Lionel Messi. Mas só o brasileiro fez quatro gols no primeiro tempo. Que as coisas tenham a importância devida, mas, se fosse simples, haveria outros nomes na lista. E se vale para aplaudir Messi…

1 x 1

Gol do Palmeiras aos 43 minutos do segundo tempo no Mineirão, e quem quer ver disputa pelo título se convenceu de que o Cruzeiro havia aberto a porta, de novo. Empate, justíssimo, nos acréscimos e a sensação se modificou. Mesmo? No primeiro jogo da tabela considerada “fácil” até o fim do campeonato, o líder deixou de ganhar dois pontos em casa. Alguém se habilita?



  • José Henrique

    STJD? Como diria o grande Milton Leite: “Melllll Deoooos!”
    13 acusações contra o Corinthians neste ano. Tardelli e Kaka, disseram a mesma coisa que Gil, no entanto somente o Corinthiano foi denunciado.
    Caso Guerrero, absolvido no tribunal, e resultado mudado, para 3 jogos, mesmo com o árbitro isentando o jogador.
    Caso Petros: Mesmo com a FPF afirmando ter cometido erro, vai a julgamento e ameaça o clube com perda de 4 pontos.
    Ou seja. 4 pontos, que separam justamente qual clube do G-4?
    E como um pequeno bônus, Valdivia escolheu o jogo para cumprir a pena.
    O que está acontecendo? Pode isso Arnal…. (desculpe) André?rsrs

    • Charles

      “Óh!!” Coitadinho desse time, tão injustiçado!

    • Teobaldo

      Curioso é que o Petros, num caso de agressão acintosa ao árbitro, tomou 6 meses de suspensão no primeiro julgamento e, no Pleno, teve a pena reduzida para 3 jogos. Aí, sim, a justiça foi feita, certo? Em relação à perda de pontos, também envolvendo o Petros, apesar da asneira cometida pela Federação Paulista (Puxa vida, que pressa eles tiveram para assumir a culpa, não?), ninguém está livre de ser punido ao transgredir uma lei alegando ignorância da lei (Eita advogado de porta de boteco esse, sô!). Um abraço!

    • Ricardo

      José Henrique, eu acho que isso é coisa da IUPST, desde 2009 assombrando nossos clubes. Com certeza eles têm membros infiltrados no STJD. Abre o olho!

      A comparação feita no quarto parágrafo é perfeita e resume as condições de quem julga nosso futebol, uma vergonha.

      • RENATO77

        Luta inglória JH…
        Como vc pode defender um agressor contumaz como Petros, em lance claríssimo onde não há dúvidas de sua intenção de atingir duramente o juiz?
        Como pode querer que seu clube não seja punido por erro de terceiros?
        Como pode defender outro agressor de árbitros, em ato de violencia explícita, o jogador Guerrero?
        Como pode querer que seu clube não seja punido pelas barbáries de sua torcida, sendo que temos toda a certeza de que a punição ao clube acabará com a violência entre torcidas?
        Pô JH, o STJD é uma aberração! Menos quando o alvo é seu time!!!
        Kkkkkkkkkkkkkk…me poupem…
        Abraço.

        • Que isso chará, tá zoando com o “Curintia”. Mano, é nóis na fita.

      • José Henrique

        Ricardo.Obrigado pelo alerta, afinal quem sabe das coisas enxerga longe.
        Mas amanhã vou votar para melhorar essa parada. Vou firme no candidato do Juca, e você?

        • Teobaldo

          Desculpe a minha ignorância, JH, mas quem é Juca? E qual é o candidado dele?

          • José Henrique

            O voto é secreto!

  • André, o Cruzeiro literalmente perdeu “fôlego” na reta final. Só não foi alcançado pela irregularidade dos demais concorrentes. Creio que a Raposa ainda será campeã, mas corre sério risco. Se houvesse um time em ascensão no G6, o risco era maior. Mas devida a instabilidade de Corinthians, Internacional, Atlético MG, São Paulo e Grêmio, acredito no título da Raposa.

    • Nilton

      Renato não é questão de irregularidade e questão mesmo de “fôlego”, os outros perderam o fôlego antes, e a todo momento que o líder vacila um tentar dar uma braçada mais forte, mas na segunda braçada já vem sem força. Pelo menos é assim que vejo o comportamento de Inter e SPFC nas últimas rodadas.

      Mas o campeonato ficaria bem interessante se esta diferença caísse para uns 3 ou 4 pontos.

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo