O LINK DA LIGA



Quarenta gols (eles estão aqui, jogo a jogo) em oito partidas.

Quarenta! Um recorde na Liga dos Campeões da Uefa, que abriu a terceira rodada da fase de grupos nesta terça-feira.

Em homenagem a um dia especial, trataremos dos jogos por ordem de gols.

Oito gols: além do placar de 7 x 1 (jogo do grupo E) , a vitória do Bayern sobre a Roma teve mórbidas – dependendo do ponto de vista, claro – semelhanças com a surra da Alemanha no Brasil na Copa. O primeiro tempo terminou com 5 x 0 para o visitante, com saraivada de gols (23′, 25′, 30’e 36′) em um curto intervalo.

Neuer, Boateng, Lahm, Müller, Götze (banco no Mineirão) e Dante (banco no Olímpico) estiveram em ambos os jogos e podem dizer isso aos descendentes.

Fabulosa exibição do time alemão (63% de posse, 23 finalizações, 6 faltas cometidas), evocando alusões à lendária Holanda do “futebol total”, que Pep Guardiola classificou como “exageradas”.

Sete gols: o Shakhtar Donetsk mandou 7 x 0 no BATE Borisov (grupo H), também fora de casa. TODOS os gols foram marcados por jogadores brasileiros. Alex Teixeira e Douglas Costa marcaram um cada, e Luiz Adriano, cinco.

Apenas dois jogadores anotaram cinco gols em um jogo da Liga dos Campeões. O outro se chama Lionel Messi.

Sete gols: em Gelsenkirchen, o Schalke venceu o Sporting por 4 x 3, em jogo do grupo G.

O gol da vitória alemã aconteceu nos acréscimos do segundo tempo e foi fruto de um pênalti generosíssimo para o time da casa.

Seis gols: o placar tenístico do dia foi cortesia do Chelsea, que aplicou 6 x 0 no Maribor (grupo G).

O último gol, de Hazard, foi o ponto alto da vitória inglesa. Vale a pena ver o controle ao receber o lançamento pelo alto e a maneira como o belga preparou o chute de pé direito.

Quatro gols: em casa, o Barcelona passou pelo Ajax por 3 x 1 (grupo F) e somou três pontos que se tornaram obrigatórios após a derrota em Paris.

Neymar fez mais um gol com assistência de Messi. Recomendo o passe de Iniesta para Messi, no segundo dos catalães.

Quatro gols: na Rússia, o Manchester City se colocou em situação enrolada no grupo E ao empatar com o CSKA por 2 x 2.

Os ingleses venciam por 2 x 0 e abriram a porta para o empate, que veio em um pênalti duvidoso.

Três gols: vitória do Porto por 2 x 1, em casa, sobre o Athletic Bilbao (grupo H).

Bonita jogada coletiva dos portugueses no primeiro gol. E o goleiro Iraizoz colaborou muito para a derrota do Athletic.

Um gol: no Chipre, o PSG conseguiu a vitória (1 x 0, grupo F) sobre o APOEL graças a um gol acrobático de Cavani, aos 42 minutos do segundo tempo.

Os parisienses lideram o grupo, com um ponto a mais do que o Barcelona.



  • Nilton

    Realmente esta terça foi muito “louca”, tivemos até jogos da Séria A.

  • João

    Procurei informações, mas não encontrei. Por que o Schweinsteiger não está jogando?

    Abraços

  • Juliano

    Já é certo: “deu liga” essa dupla, Neymessi. E eles parecem se gostar, mesmo, não aquele faz-de-conta para as câmeras. Isso conta, e como!

    A UEFA pode ser dividida em 3 camadas:
    – Bayern, Real e Barça
    – Forças da Inglaterra, PSG e o que restou de forças da Itália
    – O resto.

    Abraço!

  • Discordo Juliano.
    Não dá pra deixar o Borussia Dortmund de fora desta lista, um nível abaixo dos 3 favoritos.
    Abraço.

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo