NOITE DE CAMPEÕES



O Cruzeiro ganhou os pontos que faltavam para assegurar um troféu que já era dele.

Campeão durante o intervalo, teve atitude e futebol para construir a vitória no segundo tempo e, depois, comemorar da maneira devida.

Havia muito tempo que um time não conquistava o Campeonato Brasileiro com um desempenho tão superior aos outros.

Por momentos, desde que assumiu a liderança definitivamente, jogos do Cruzeiro eram vitórias certas, com dúvidas restritas ao placar e aos autores dos gols. Houve jogos em que a volúpia do time mineiro chegou a assustar.

Futebol de ataque, de pressão, de passe, de força, de velocidade, de tudo.

Futebol de indiscutível campeão.

Parabéns ao Cruzeiro e aos cruzeirenses.

Mas eles não são os únicos a merecer aplausos pelo que se viu na rodada de ontem, marcada por cenas inéditas no futebol brasileiro.

Houve campeões em todos os estádios onde os participantes do Bom Senso FC se fizeram ouvir por intermédio de uma manifestação silenciosa e elegante.

É simples entender a mensagem: “não nos subestimem”.

Ridículo o que aconteceu em Itu, onde o árbitro Alício Pena Júnior ameaçou são-paulinos e flamenguistas com cartão amarelo caso cruzassem os braços.

Parabéns aos jogadores dos dois times, que rapidamente encontraram uma solução e, esboçando um “gol a gol” despretensioso, expuseram o árbitro ao constrangimento de correr de um lado para outro, até perceber que o jogo não havia começado de fato.

Os jogadores avisam que os protestos crescerão enquanto as reivindicações não forem levadas a sério, o que aumenta a possibilidade de uma atitude de um desses árbitros desprovidos de vergonha.  A imagem simbolizaria o momento, os problemas, quem quer resolvê-los e quem não quer.

A noite do campeão Cruzeiro se converteu na noite dos campeões do bom senso.

Palmas para eles.



  • pó André “muito tempo” é sacanagem
    o São Paulo 2006 foi líder desde a 12ª rodada de 38!
    e em 2007, foi campeão 15 pontos na frente e sem tomar gols em 22 jogos de 38!!
    mais superior que isso, impossível!!!

    AK: Faz seis temporadas. E a superioridade do Cruzeiro ficou mais evidente pela forma como o time venceu seus jogos. Um abraço.

    • Mauricio

      A diferença do cruzeiro foi realmente a maneira de jogar. Time altamente envolvente e ofensivo, que já fez 72 gols e ainda faltam 4 jogos para o fim (ou seja, deve passar dos 80 gols). O SP fez apenas 55. O saldo do Cruzeiro até agora é 42 (suponho que deverá chegar a uns 50). Ou seja, o Cruzeiro terá de saldo aquelo que o SP fez de gols. Outro ponto: o segundo melhor saldo do BR-2013 é o do Atletico-PR, que tem 30 gols a menos do que o Cruzeiro.
      Abs.

  • Boa tarde André.

    Como diz o pessoal do contra, “esse campeonato de pontos corridos é muito chato”, no meu caso, digo apenas porque não torço para o Cruzeiro.

    Igual ao Sebastian Wettel na fórmula 1, quatro rodadas de antecedência.

    Abraço.

  • adams

    Mas um chatíssimo Brasileirão se vai. Como sempre, já sabíamos o campeão (nesse caso desde setembro). A exceção foi 2009, quando o FLA foi campeão na última rodada, mas mesmo nesse ano, uma rodada antes do título, o FLA era o líder. Aliás, nesses 10 anos, com a exceção de 2009, o campeão sempre lidera a partir de agosto/setembro. A mídia esportiva, para creditar o campeonato, fica vendendo aquele papo furado, ‘3 times brigam pelo título’; ‘2 times brigam pelo título’, mas o torcedor, o mínimo esclarecido sabe que é balela. Mas tem sempre os caixas-de-ressonância, esses acreditam vão acreditando no campeonato, ‘que cada partida é uma decisão!’

    AK: É realmente uma questão de ser ou não esclarecido. Pena você não ter gostado.

    • Ricardo

      Não tem essa de enganação. É que pontos corridos sempre vai ganhar o melhor. E as ajudas extra campo ficam mais atenuadas. Cobre mais do seu time trabalho certo que as coisas poderão ser mais emocionantes para você

      • Bruno

        Me lembro de 2010, Cruzeiro e Corinthians em SP… Uma vergonha!

    • Bru no

      O campeonato de pontos corridos reconhece o planejamento e trabalho sério. Diminui as chances de ajudas extra-campo, juizes comprados e tudo mais que ja conhecemos. Em 2010, meu Cruzeiro foi vice campeão, após uma partida nitidamente comprada a favor do Corinthians….. REDE Globo, CBF….! Jogos manipulados, juizes comprados! Dessa vez, não conseguiram segurar!

  • Geraldo Félix

    Tomara que este campeonato sirva de exemplo para outros times que se enchem de brucutus fazemos o futebol de defesas em detrimento do gol, parabéns ao cruzeiro que ganhou o campeonato privilegiando o gol.

  • Fabio

    Parabens ao Cruzeiro e sua torcida, simplesmente incontestavel. Agora, vai ser engraçado ver os “haters” dos pontos corridos que falavam durante o intervalo que o Vitoria seria beneficiado na briga pelo G4 porque ia enfrentar um time desmotivado.

  • silas

    Caro André,

    Mais uma vez ficou provado que os que entram em campo para jogar -não considere os juízes, por favor, mesmo porque eles não jogam, só complementam o espetáculo – são infinitamente mais capazes e criativos do que aqueles que comandam o futebol.
    A decisão tomada na hora pelos jogadores de ficar tocando a bola de um campo ao outro foi muito criativa (e de Bom Senso). Uma Pena que o Alício ainda é Júnior. Um dia ainda ele vai compreender que o que os atletas fizeram foi um favor ao esporte.
    Porém, em face a tudo o que já vimos, creio que os atletas ainda vão ser subestimados pelos dirigentes. Estes não têm o discernimento, a boa intenção e a capacidade de entende-los.

  • RENATO77
  • Ailton

    Caro André

    O que você achou das entrevistas do Elias e do Carlos Eduardo sobre a saída do Mano, Os dois disseram quase a mesma coisa “Quando o Mano pediu para sair, nos reunimos e decidimos que, se a gente não fizesse uma boa campanha no Campeonato Brasileiro, não tirasse o time da situação que estava, a culpa ia ser dos jogadores. A partir desse momento, a equipe se fechou. Começamos a ser companheiros de clube. Porque companheiro é aquele que no momento difícil vai lá e faz por você – afirmou”. Enquanto a culpa é do Mano não precisamos correr.
    Estas entrevistas podem ser comparada com a do Vampeta: “eles fingem que pagam eu finjo que jogo”?
    As entrevistas dos jogadores mostram que eles não quiseram cooperar com o Mano para que os créditos de uma boa campanha não fosse creditado ao treinador?

  • tma

    não entendo os que reclamam desça formula,e a mais simples e justa.para beneficiar o eixo e mais complicado porque tem que roubar em varias partidas,no mata mata basta um jogo e o melhor pode perder matade dos titulos do eixo foi na mão grande,o cruzeiro foi prejudicado em alguns jogos mas foi tão superior que não faz sentido focar isso sou fanatico pelo cruzeiro,mais torço que os times,mg-rs-sc-pe-ba,domine o futebol não da pra guentar um lixo de time igual do flamerda 09 campeão e inter com time que tem da tanto vexa.a vida me fez cruzeiro eu fiz o cruzeiro minha vida.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo