NO LANCE! DE HOJE



MITO DIVIDIDO

Até a noite de 16 de outubro, quando o São Paulo venceu o Náutico por 3 x 0, Rogério Ceni estava decidido a se aposentar no fim do ano. Essa era a posição que ele passaria à diretoria do clube quando se encontrassem para uma conversa definitiva, após o encerramento da temporada.

O São Paulo também trabalhava com o iminente adeus do goleiro, capitão e ídolo. O departamento de marketing planejava o que pretende ser a maior despedida de um jogador na história do futebol brasileiro. Um evento com características diferentes de tudo o que nos acostumamos a ver.

Havia até um plano para o pós-aposentadoria, idealizado pelo presidente Juvenal Juvêncio no breve período em que Paulo Autuori comandou o time. Autuori passaria a exercer um cargo executivo no departamento de futebol em 2014, com Rogério como novo treinador da equipe profissional. Seria uma forma de iniciar a carreira à beira do gramado num ambiente confortável e com a tutela de um profissional que ele considera um amigo. Mas hoje está tudo em espera. Ceni não sabe se quer parar ou seguir jogando.

Não foi a vitória sobre o Náutico que fez Rogério voltar a conviver com dúvidas, mas a declaração de Muricy Ramalho após o jogo. Ao dizer que tentaria convencer o goleiro a renovar seu contrato se fosse diretor do São Paulo, o técnico acarinhou o capitão e proporcionou a oportunidade de rediscutir o assunto. O excelente desempenho de Rogério embaixo das traves, aos 40 anos, vinha sendo camuflado por uma temporada de mau futebol coletivo, ameaça de rebaixamento e pênaltis desperdiçados. As palavras de Muricy permitiram que Rogério enxergasse pontos positivos em 2013 e a possibilidade de um 2014 muito melhor.

O próprio retorno de Muricy teve impacto no processo de decisão, uma vez que com ele a opção de Rogério ser técnico do São Paulo no ano que vem está afastada. Trabalhar como treinador em outra cidade, ou até outro país, são alternativas complicadas do ponto de vista familiar. Um período sabático de aprendizado com técnicos consagrados, obrigatoriamente no exterior, também imporia uma mudança de vida que não lhe agrada no momento. Por outro lado, ficar em casa em frente à televisão não lhe passa pela cabeça. A falta de um desejo claro sobre o futuro próximo estimula Rogério a prorrogar sua trajetória no gol.

Suas condições físicas e técnicas não seriam obstáculos. Rogério tem se sentido bem e jogado ainda melhor. A atuação notável contra a Universidad Católica, anteontem, ajudou a comprovar que os reflexos estão em dia e que a confiabilidade permanece intacta. Basta dizer que a noite em Santiago tem sido comparada com a final do Mundial de Clubes da Fifa de 2005, contra o Liverpool, quando Rogério fez o melhor jogo de sua vida.

Outros aspectos o impulsionam a continuar: a disposição da diretoria do São Paulo de concordar com qualquer decisão que ele tome, e as manifestações de pessoas que Rogério considera importantes. Em seu círculo mais próximo, ninguém deseja vê-lo aposentado. E há também a chance de estender a marca de Pelé como o jogador que mais vezes vestiu a camisa de um clube, recorde que Rogério pode superar já neste ano.

Contemplar a retirada é um processo angustiante até mesmo para quem tem um caminho estabelecido na chamada “segunda carreira”. O ícone são-paulino experimenta as idas e vindas desta conversa interna, em que o vislumbre de um encerramento apoteótico é um objetivo e uma miragem. O ano sofrido simultaneamente o empurra para longe do gramado e o impede de sacar as luvas. Por isso a Copa Sul-Americana tem um papel dúbio e potencialmente decisivo: pode representar um 2014 atraente e, ao mesmo tempo, significar a despedida perfeita. Dúvidas que se recusam a ir embora.

Há um ano, Ceni vivia um impasse. Pretendia jogar mais uma temporada, mais uma Copa Libertadores, mas o clube estava politicamente dividido quanto ao jogador que o simboliza. Hoje, todas as opções estão estendidas diante dele, como cartas de um baralho. Rogério só não sabe qual escolher.



  • André.

    Eu acredito que o Rogério tem fôlego para mais uma temporada, especialmente em razão de haver um prenúncio de 2.014 ser melhor que 2.013, conforme vemos desde a chegada do Muricy ao time do São Paulo.
    Mas também acredito que o goleiro tem que pensar muito, a questão de “parar quando está bem” deve ser levada em conta. Afinal, por tudo o que fez, merece sair “por cima”. E nesse momento, ele está em alta novamente, talvez seja a hora, seria inquestionável.
    A escolha realmente não é fácil, pois ele deve estar sentindo que pode jogar o ano que vem em alto nível e até conquistar títulos.
    No entanto, para abraçar a carreira de técnico, eu ficaria com a opção “estágio na Europa com um grande treinador”. Ele tem o privilégio de poder se organizar e partir, ficar um ano na Europa, em um misto de trabalho no futebol e conhecimentos em outras áreas.
    Parar ou não parar, eis a questão.
    Abraço.

    • Se o texto do André já é elogiável a colocação do Espanhol é ainda mais precisa.
      Mito tem que encerrar em alta. Sempre.
      Olha dois exemplos: Air Jordan e Pelé. Mantém uma carreira fora das quatro linhas ainda hj na medida em que a ultima imagem que deixaram é extremamente positiva e olha quantos não souberam encerrar (ou não puderam) como por exemplo Rivaldo, eleito melhor jogador do mundo com justiça e hj perambulando por times e campeonatos menores, Federer descendo ladeira e tantos outros.
      Viva o mito.

      • Agradeço pelas palavras.

        Abraço.

  • Emerson Cruz

    Que R. Ceni tome a melhor decisão para ele.

  • Sidney

    Bom dia André!

    Belo texto, como sempre.
    Na minha opinião, RC deveria se aposentar no fim do ano se o time conseguir conquistar a Sulamericana. Parar em alta, com um título, e não encarar um ano que tem tudo pra ser tão conturbado como o de 2013, pois vale lembrar que é ano de eleições no clube e isso invariavelmente respinga no futebol.
    Mas se o time não conseguir o título, acho que seria interessante se o Rogério disputasse o paulistinha e o clube fizesse uma homenagem a cada jogo, a cada cidade visitada. Algo parecido com o que o NY Yankees fez na última temporada do Sandman. Seria um fim digno de alguém com o tamanho de RC.

    E qual seria opinião André?

    Abraço

    AK: Mundos diferentes, percepções diferentes. Obrigado e um abraço.

    • Rodrigo

      Sidney,

      Seria uma excelente idéia a questão da renovação com o RC para o paulista do ano que vem e trabalhar esse lado como o NY Yankees fez…

      Inclusive, creio que seja a idéia minima da diretoria, renovar,pelo menos, para o paulistão 2014, ou, caso conquistamos a vaga na Libertadores, até o meio do ano…

  • david

    se estiver bem!!!com certeza goleiro no nivel dele nao ha!!!

  • Marcel de Souza

    É uma situação muito dificil pro Rogério. Sempre vão existir críticas, não importa o lado que ele escolher. Porém o Rogério está mais do preparado para tomar essa decisão. Concordo que o momento hoje parece muito mais favorável para essa decisão que no ano passado.

    Eu gostaria que ele continuasse, mas também gostaria que o São Paulo realmente fizesse um processo de transição com ele. Jogar menos durante o ano, definitivamente escalar outro jogador (que treine) para cobrar faltas e penaltis, ou seja, pra preservar o Rogério embaixo do gol. Também seria bom a diretoria dar uma força do Denis, já deixar claro que ele seria o próximo a assumir o gol. Acho que sendo feito tudo isso o ambiente ficaria muito mais tranquilo.

    1 abraço, bom final de semana! 🙂

  • willian rodrigo

    Ceni e o melhor goleiro do mundo para mim,acho nao tenho certeza que ele poderia ser o titular goleiro do brasil na copa ele e demais pega muito.

  • Paulinho

    Fica M1to!!

  • Rubens

    Rogerio M1TO Ceni, para por cima, se ganhar a sulamericana, melhor ainda, o Tricolor não vai cair para a serie B ( time grande com goleiro grande não cai), se aposenta, assume um cargo de auxiliar do Muricy, e faz o que ele Muricy fez no começo da carreira, aprendeu com o Mestre Tele , a ser tecnico, a saber o futebol, e vai ser um coordenador de base, um auxiliar do Muricy, ou algo assim, com uma nova diretoria e uma nova filosofia, você Rogerio merece tudo o que o São Paulo futebol Clube pode lhe dar.

  • Ricardo

    È hora de parar né e dar oportunidade aos que vem atras e que possam brilhar tanto ou até mais
    (o que acho quase impossivel.

  • FredTricolor

    O nosso grande Rogério Ceni é um humano.

    Ele erra, ele acerta, ele é humilde, ele às vezes é arrogante.

    Ele acerta, ele falha, ele é humano.

    Ele é amado, ele é odiado.

    Ele é como qualquer outro, só que naturalmente brilha sem precisar estar no escuro.

    Nós brasileiros deveríamos reverenciar mais nossos craques. Temos que idolatrar mais nosso Pelé, o jogador, temos que valorizar o Rogério, o Marcão pois isso é que é ser Brasil.

    É apoiar quem sempre esteve por aqui dando o seu melhor e principalmente enfrentando esse mundo ferrenho de críticas do dia-a-dia.

    Rogério, vc tem o meu respeito.

    Pare quando precisar, vc merece !

    Vamos tricolor!

  • Agora o cara e bom, imprensa e f viu semana passada ja derrubava o cara , agora ja falam em levar pra seleçao,,,,,,,,,,,noobs

    AK: Fica mais f… quando existe tamanha dificuldade de compreensão. Um abraço.

    • Bruno

      leet speak não te faz ser levado a sério em lugar algum

  • Paulo Roberto

    Sou Sampa e muito Sampa… E com certeza gostaria de ver o super goleiro Rogério Ceni ter um contrato renovado por mais um ou dois, ou porque não, um contrato permanente. Tudo isso pelo que ele representa para o São Paulo. Mas conheço o ser humano como é. E o ser humano é covarde, esquecido. Ao menor deslize de Rogério Ceni, tudo o que o cara fez, vai para o ralo, numa boa, sem peso de consciência em quem esta mandando pau. Então, muitas vezes fico com a decisão de Pelé, que no alto do espetáculo apresentado por ele, ele decidiu parar. Que Deus habilite a este atleta, seu humano e de um caráter invejado, a sabedoria de saber o que fazer em momentos como este. (Vai ser presidente do sampa, cara. Você é o cara)

  • Fica Rogerio so faltam dois gols para o Corinthians completar 100 em suas redes ( jogos da base e dos profissionais) ….

  • Fábio

    Não sou São Paulino, acho o cara realmente único no futebol mundial, mas esse ano foi um exemplo que ja deveria ter parado, parar no topo, esse ano provavelmente não será rebaixado, mas sempre tem ano que vem, nunca se sabe, pra um cara que ganhou o que ele ganhou na carreira, ficar num time que a muito não tem mais cara de time de futebol não compensa, subiram num salto a muito tempo atráz, e acham que até hoje ta lá em cima…mas todos os times tão desse jeito hoje, virou “dinheirama” de vez e na cara dura, antigamente ainda rolava uma raça a mais pela camisa, hoje fudeu.
    Aposenta cara, deixa de perder sono à toa, ser o único no time a realmente amar a camisa que veste, deve ser uma merda!

  • luis carlos

    Rogério é sem dúvida alguma um dos maiores golerios da história do futebol. Acho que foi injustiçado na Seleção, deveria ter tido mais chances. Agora a questão da aposentadoria é muito difícil decidir. Na minha opinião deveria ficar até o fim do Paulistão, pois é um título que o SPFC não ganha faz tempo, ou quem sabe, se conseguir a vaga na Libertadores neste ano, ficar até o fim do torneio continental. Mas de qualquer Rogério M1to Ceni vai ficar marcado na história do SPFC. Talvez no mundo não há nenhum time que tenha um golerio que esteja à altura do Ceni como ídolo da torcida.

  • Juca

    Hehehehe…. Falou da imprensa, ficou dodói… XD
    Mas que a opinião dela é mais volátil que éter, não dá pra contestar… Abraço.

    AK: “A imprensa” não existe. Por isso, frases como “a opinião dela” não se referem a nada. Um abraço.

    • Rodrigo

      Pergunta pro Mino Carta se a imprensa não existe. Mas no ‘mundo encantado dos Kfouri’ eles são os donos da verdade absoluta.

      AK: Você me parece a bruxa malvada.

  • Schwarza

    Acho que o destino está dando a ele a chance de se aposentar em grande estilo, jogando bem, ESSE ANO. Resta saber se ele conseguirá entender isso, ou se o sempre presente estilo FOMINHA fará com que escolha renovar, e arriscar mais uma vez sua imagem.

  • Fernando

    Como torcedor, torço para ele ficar. Se fosse amigo, aconselharia a parar. Ele vem jogando muito bem, mas o torcedor é ignorante. Se ele falhar em dois jogos, dirigentes e torcedores desmemoriados e sem consideração irão criticá-lo. Ele é o melhor profissional que vi no futebol, ama o clube e deveria ser mais respeitado por todos nos momentos em que não foi bem. Ele tem que esquecer de todos, e ver o que é melhor para ele.

  • David

    Esse povo q reclama da tal “imprensa” eh tudo chato mesmo e tem essa mania de generalizar e nao pensar…

    Mas eu entendo um pouco da impressao que se tem. No pais onde parece q 100% dos politicos sao safados, q todo cartola eh corrupto, todo juiz eh ruim, todo jogador eh burro, as vezes parece q todo jornalista eh corintiano. Mas soh parece.

    A verdade eh que esse blog eh no minimo top 5 e o Andre eh dos melhores jornalistas esportivos na midia mundial.

    Abraco
    David

  • george

    Você está numa festa. E a festa está ótima. Você toma umas biritas, fica feliz, conversa, dança, mas não está breaco. Mas aí começa a ficar tarde. Aparece um bêbado inconveniente falando uma besteira ali, a canseira começa a bater. Por melhor que a festa esteja, a hora de ir embora é enquanto ela ainda está legal. Porque quando você passa da hora, você fica bêbado demais sem perceber, vem a amnésia e a única lembrança que sobra é só a do último vexame, dos amigos mamados caindo no chão, do salão sujo, e da ressaca moral do dia seguinte. Vai nessa Rogério, vai descansar.

  • Juarez Fleming Jr.

    Rogério Ceni, a grande dúvida do futebol.
    Como um cara de 40 anos pode jogar em alto nível? Com trabalho e dedicação, pra mim não seria surpresa alguma ele renovar por mais um ano, e mais duvido que o Felipão não esteja observando, e se as atuações continuarem duvido que ele não seja titular em 2014,Marcos em 2002, Dida em 2006 e o M1TO EM 2014, imagine ele com a tarja de capitão de deixado a copa do mundo por aqui mesmo.
    Parabéns Rogério Ceni, os que te julgam, são os mesmo que te aplaude

  • Clayton

    Rogério Ceni é genial, e eu o compararia ao Alain Prost pela regularidade (alto/bom nível) em toda a carreira. É impressionante o vídeo dele no youtube com as defesas neste jogo, onde há comentários elogiosos de torcedores de todo o mundo.

    Ele tem tudo, ao final da carreira, para seguir a trajetória de outro goleiro ícone da história tricolor, que depois chegou até a presidência do clube: Roberto Gomes Pedrosa (nome da praça defronte ao estádio).

  • Gbs

    Parabéns pelo texto André, imparcial e informativo. Perfeito.

MaisRecentes

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo