NOTINHAS PÓS-RODADA



Abrindo a vigésima-nona…

* O Cruzeiro voltou a vencer (1 x 0 no Fluminense: Borges – 31.564 pagantes no Mineirão) e está na regressiva.

* Olha o Fluminense a três pontos do calabouço.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Santos e Internacional (3.846 pagantes na Vila Belmiro), além da boa atuação do goleiro Aranha.

* A Ponte Preta (1 x 0 no Coritiba: Uendel – público ND no Moisés Lucarelli) ainda é a vice-lanterna, sim. Mas está a cinco pontos da superfície.

* O Coritiba será vizinho do time paulista se o Vasco (x Goiás) vencer nesta quinta.

* Vitória crítica da Portuguesa (3 x 1 no Criciúma: Gilberto, Bergson, Matheus Ferraz e Henrique – 11.633 pagantes no Heriberto Hulse), em confronto direto pela permanência na Série A no próximo ano.

* A pressão inicial da Lusa (2 gols em 13 minutos) foi determinante para o resultado.

* Para não ser trollado aqui, apenas direi que Ganso foi decisivo na vitória (3 x 0 no Náutico: Ademilson, Ganso e Welliton – 14.942 no Morumbi) do São Paulo.

* Meus elogios a ele costumam ser motivo de perseguição por parte dos indignados.

* Barcos fez um gol de quem sabe, e o Grêmio (1 x 0 no Corinthians – 15.352 pagantes na Arena do Grêmio) permanece 10 pontos atrás do líder.

* Alerta de risco de rebaixamento acionado no Corinthians, que recebe o Criciúma no sábado com obrigação de vitória.

* Paulo Baier não marcou seu centésimo gol pelo Atlético Paranaense (1 x 0 no Atlético Mineiro: 6.811 pagantes no Durival de Britto), mas deu a assistência para Roger.

* Ao contrário do que afirmou o presidente Mário Celso Petraglia, o Atlético renovou o contrato de Baier.

* Flamengo (2 x 1 no Bahia: Paulinho, Fernandão e Hernane – 8.474 pagantes no Maracanã) em nono lugar, a dois pontos do quinto.

* Hernane, 11 gols, é o artilheiro do novo Maracanã.

ATUALIZAÇÃO, sexta-feira 18/10, 15h08 – Fechando a rodada:

* No momento da arrancada final, o Goiás (2 x 0 no Vasco: Rodrigo e Hugo – 6.460 pagantes no Moacyrzão) alcança sua melhor posição na tabela, sexto lugar.

* O Vasco assumiu definitivamente a posição de “time grande sob risco”, algo que se tornou frequente no campeonato. Para estes, é mais difícil lidar com as forças que puxam para baixo.

* O Vitória (1 x 0 no Botafogo: William Henqrique – 16.086 pagantes no Barradão) está em quinto, o que pode dar um lugar na Libertadores 2014.

* O Botafogo chegou ao Barradão menos de uma hora antes do jogo, por causa do trânsito de Salvador. Mesmo problema sofrido pelo Vitória, antes do Ba-Vi da rodada 28, realizado na Fonte Nova.



MaisRecentes

Plano B?



Continue Lendo

Pendurado



Continue Lendo

Porte



Continue Lendo