NOTINHAS PÓS-RODADA



Os jogos da rodada 23 do Campeonato Brasileiro:

* Sequências mantidas após o empate (1 x 1: Lincoln e Gum – 28.550 pagantes no Maracanã) entre Fluminense e Coritiba.

* O time carioca segue sem perder (6 jogos). O paranaense, sem vencer (4).

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 (13.378 pagantes no Barradão) entre Vitória e Grêmio, um jogo que teve mais de 100 passes errados.

* Desta vez, Rodrigo comemorou um gol (Goiás 1 x 0 – 24.789 pagantes no Serra Dourada) marcado no São Paulo. No primeiro turno, ele também foi à rede.

* Se Rogério Ceni não fosse para a bola, o São Paulo não perderia. É o que se chama de falta de sorte.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Náutico e Flamengo (15.003 na Arena Pernambuco), além do incrível gol perdido por Elias, no final.

* A Portuguesa venceu (1 x 0 no Internacional: Wanderson – 3.012 pagantes no Estádio do Vale) fora de casa pela primeira vez no campeonato. Livrou 4 pontos do calabouço.

* Esquentou a cadeira de Dunga, apesar do pronunciamento da diretoria do Inter, garantindo-o no cargo.

* Algo a dizer sobre o 0 x 0 entre Corinthians e Cruzeiro (27.053 pagantes no Pacaembu), além das defesas de Cássio, que impediram a nona vitória seguida do líder.

* No primeiro tempo, o Cruzeiro deu as cartas. No segundo, o Corinthians se comportou como não fazia há várias rodadas.

* O Botafogo falhou em casa (Bahia 2 x 1: Edílson, Fernandão e Obina – 20.826 pagantes no Maracanã) pela primeira vez, e agora vê o Cruzeiro 8 pontos acima.

* Duvidosa a posição de Obina, no lance do segundo gol.

* Ederson e William estavam em campo, mas o gol do jogo entre Atlético Paranaense (1 x 0 – 7.657 presentes no Durival de Britto) e Ponte Preta quem marcou foi Paulo Baier.

* O Atlético só tem um ponto a menos do que o Botafogo, segundo colocado. A Ponte tem oito a menos do que o Flamengo, o décimo-sexto.

* O Santos venceu (2 x 1 no Criciúma: Thiago Ribeiro, Willian José e Tony – 5.147 pagantes na Vila Belmiro) e receberá o lanterna na próxima rodada. Oportunidade.

* O Criciúma irá ao Maracanã enfrentar o Flamengo, que está 3 pontos acima.

* Um toque de calcanhar de Ronaldinho criou o primeiro gol do Atlético Mineiro (2 x 1 no Vasco: Fernandinho, Rafael Vaz-contra e Dakson – 12.834 pagantes no Independência), logo a 2 minutos de jogo.

* Rara falha de Victor, no gol vascaíno.



  • Lm_rj

    O futebol carioca venceu 3 dos ultimos 4 brasileiros. Para o sr tostão o futebol brasileiro esteve obsoleto no período. Mas eis q o time de coração do tostão o mineiro celeste lidera com sobras o certame . então, o futebol brasileiro deu, na opinião do mineiro t ostão em sua ultima coluna, um salto qualitativo.bairrismo pouco eh bobagem

    AK: Bobagem, desculpe a franqueza, é você ter essa opinião sobre Tostão. Um abraço.

    • felipe

      bobagem e falar mal de times q o campeao tinha adriano,conca e fred, quem tem o cruzeiro? entao tostao e bairrista sim

      AK: Que maravilha de raciocínio.

      • Kaddu Xavier

        Felipe, o que tem uma coisa com a outra? o fato dos times cariocas que foram campeoes terem os jogadores que voce citou só corrobora o que está sendo dito. o futebol jogado pelo cruzeiro independe de um ou outro atleta. é competitivo, bonito e eficiente pelo sistema, não pelo brilhantismo de alguém.

        os tres campeoes recentes do campeonato brasileiro (flamengo, corinthians e fluminense) jogavam, nos anos de seus títulos, menos futebol que o cruzeiro tem jogado.

        talvez o meu corinthians campeao brasileiro de 2011 ganhasse desse cruzeiro de hoje. mas o cruzeiro joga mais bonito.

    • Thiago

      Lm_rj, vc acabou de dizer uma grande bobagem! O tostão é tão bairrista quanto o prezado pai do redator é palmeirense. Ou seja, nada!

  • Alexandre Reis

    Sério, tem coisas que é melhor não ler. Estão malhando o Tostão?

    O cara é um dos comentaristas mais conscientes do Brasil, um dos melhores com certeza. Bem sobre a carreira dele como jogador de futebol, melhor nem comentar né. rss

    Abs

  • Lm_rj

    AK, quero deixar claro que admiro o tostão como ser humano, como jogador e como cronista.

    Mas a ultima coluna dele (ainda que não intencionalmente) acabou sendo bairrista, pelo fato de elogiar o retorno do “futebol bem jogado no brasil” no momento que seu time do coração lidera (com méritos) o certame.

    Abs

    AK: Discordo. Um abraço.

    • Fred

      Lm_rj, analise os últimos campeões brasileiros (e da Libertadores) até 2012. São Paulo (com o Muricy), Corinthians (Tite) e Fluminense (novamente Muricy); o que esses times tiveram em comum, sendo campeões? Resposta: futebol de resultados. Preocupação em não levar gol e fazer 1×0, tocando o campeonato assim até o fim. E o que mudou em 2013, que o Tostão tão bem viu? O futebol ofensivo que voltou, com o Atlético sendo campeão da América jogando pra cima, idem o Cruzeiro na liderança do Brasileiro 2013. Serem times mineiros foi apenas uma coincidência. E tanto é coincidência que os técnicos dos respectivos times, em times anteriores – o Cuca, no Botafogo e o Marcelo Oliveira, no Coritiba – se destacaram justamente pela “escola Telê” de armar os times, tocando bola com técnica e ofensividade. Foi isso que o inteligente Tostão reparou e comentou.

      AK: Não é bem isso. E não creio que Tostão precise que alguém explique o que ele escreveu. Um abraço.

      • Fred

        Puxa, não precisava dessa deselegância ao responder. Mas um abraço, assim mesmo.

        AK: ??? Não era a intenção. Um abraço.

        • Ligia Maria Carvalho

          Puxa..o moço foi explicar com toda educação, (e clareza) e recebeu mesmo uma “deselegância.”kkk Fred, concordo com vc!! Abraços.

          AK: kkk?

  • Cícero

    As 5 maiores torcidas do Brasil, e consequentemente quem atrai mais mídia, não estão nem entre os 10 primeiros do Brasileiro (o palmeiras está na B). Sou são paulino e acho que o bairrismo é quase que inevitável, visto que uma boa parte da imprensa prefere noticiar fofocas em clubes de SP e RJ, do que o bom momento de Cruzeiro e dos Atléticos (MG e PR).

    AK: Mas estamos falando de um elogio ao Cruzeiro…

  • Fred

    Mais um item pra “análise pós-rodada”: o Botafogo se distanciou do título por demérito exclusivamente seu (claro, sabendo da qualidade dos adversários com que jogou). Explico: o Bota teve, nas duas últimas rodadas, a chance tomar a liderança do campeonato. Caso tivesse vencido o Cruzeiro e o Bahia, teria somado 48 pontos, enquanto o Cruzeiro estacionaria nos 46 pontos. Apesar de não parecer, ou não serem lembradas, as duas últimas rodadas foram fundamentais pra definição do campeonato!

  • roger

    fala fala e fala Mas o tityulo parece que ja tem dono !!!!!!

    e parabens pelo blog sempre leio mas nem sempre comento

    e obrigado por publicar o publico do jogo do atletico mg

    porque a imprensa falou aqui que o estadio estava lotado rsrsrsrsrs

    Eles tentam mas nao conseguem

    CRUZEIRO O MAIOR DE MINAS !!!!!!!!!!!!!

  • Matheus Brito

    Como eu havia dito em outro post por aqui, a “briga de foice no escuro” vai ser mais legal de se ver do que a briga pelo título (que ninguém vai tirar do Cruzeiro). Quem será o “peso pesado” que cairá esse ano? Devido a inconsistência de só jogar um tempo em cada jogo, acho que o Vasco (para meu desespero) dificilmente escapará. Há esperanças, apesar da matemática jogar contra. O Vasco se cair será por motivos simples: Não arrumou um goleiro, não paga salários, contratou o Cris, não paga salários, deu azar com Guina e Sandro Silva, não paga salários, está no terceiro ou quarto técnico no ano e falando em outro, não paga salários, perdeu batalhas que valiam seis pontos (esse contra o vitória foi um absurdo) e não paga salários. Mês de 90 dias é para apresentação de números da economia.
    Mas flamengo, São Paulo, Lusa, Bahia, Coritiba, Vitória e Fluminense tem que abrir o olho pois o calabouço está a distância de uma pequena sequência de resultados ruins. Vide o próprio Vasco, que virou o turno em 10°, e hoje é apontado como um dos principais “caíveis” apenas quatro rodadas depois.
    Sobre a Coluna do Tostão, se você pegar a última década e os 02 campeonatos dessa, o melhor foi o que o próprio Cruzeiro venceu. os demais foram de razoáveis para bons. Nível técnico baixo, lampejos de dois ou três jogadores, jogos ruins, times sem dinheiro, enfim. Esse campeonato atual, até alguns times lá de baixo estão jogando futebol razoável. Quem assistiu Cruzeiro e Vasco (melhor jogo do campeonato) entenderia fácil o que o Tostão quis dizer.

  • Lécio

    Felipe ganhou 1 título com Fred ,Conca e Simon no apito não expulsou o lateral esquerdo Carlinhos por um carrinho covarde no jogador do guarani em 2010 .foi assim que foram campeões com o Simon ,ajuda do apito para variar .Isso que é bairrismo .

    • Lécio,

      Discordo dessa história de apito amigo, porque todos os títulos são atacados pela mesma história. O Flamengo de 2009, Fluminense 2010, Corinthians 2011, Fluminense 2012.
      Também falam que a libertadores e o mundial do Corinthians foi comprado, eu queria saber o preço de um mundial, principalmente sendo um adversário rico e poderoso como o Chelsea. O Corinthians deve ser mais rico do que parece, para comprar algo tão caro.

      Abraço

  • Acho que o Tostão não é bairrista, ao contrário, sabe o que fala.
    Mas esse ano a qualidade do campeonato não está melhor que os últimos 3 ou 4 anos.
    O Corinthians, que deu uma pequena reagida (moralmente) diante do Cruzeiro, está mal. O Galo ganhou as Américas, mas patina feio no Brasileiro, e acho que está mais que na hora de começar a arrumar o time para o Mundial. Flamengo e São Paulo não estão bem, o Santos está melhor que eu esperava diante da reformulação com a saída do Neymar, Ganso e outros.
    Mas, de modo geral, não estamos diante de um grande campeonato, mesmo os times do G4 não apresentam um futebol de qualidade. Basta olhar os jogos oscilantes de Botafogo e Grêmio.

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo