NOTINHAS PÓS-RODADA



Abrindo a rodada 22 do Campeonato Brasileiro:

* O Vasco perdeu de novo (Vitória 2 x 1: André, Alemão e Marquinhos – 3.508 pagantes em São Januário) em casa. E de virada.

* E do jeito mais doloroso: sofrendo um gol aos 44 minutos, cortesia de Marquinhos.

* Após o segundo resultado ruim seguido em seu estádio, o Grêmio (1 x 1 com o Santos: Elano e Willian José – 12.447 pagantes na Arena do Grêmio) ficou a 11 pontos do líder.

* Artilheiros do jogo em Porto Alegre foram algozes dos ex-clubes.

* Segundo empate consecutivo do Coritiba (2 x 2 com o Goiás: Lincoln, Roni, Eduardo Sasha e Robinho – 7.982 pagantes no Couto Pereira) como mandante.

* O jogo teve 4 bolas na trave. Três para o Coritiba.

* O Fluminense (2 x 1 no Criciúma: Lins e Bruno-2 – 10.344 presentes no Heriberto Hulse) não perde há cinco rodadas.

* A arbitragem interferiu no resultado. Anulou um gol legítimo do Criciúma e exagerou no pênalti marcado para os donos da casa.

* A Ponte Preta não vencia (2 x 0 no Corinthians: Felipe Bastos e Adailton – 6.777 pagantes no Moisés Lucarelli) havia oito jogos.

* O Corinthians vive seu pior momento desde o vexame para o Tolima. Na ocasião, as pessoas acima de Tite tiveram calma e criaram o ambiente para tudo o que aconteceu depois. É preciso fazer o mesmo agora.

* É visível a alteração de confiança no time do São Paulo (1 x 0 no Atlético Mineiro: Welliton – 28.503 pagantes no Morumbi), vencedor de três jogos seguidos.

* Marcos Rocha teve uma atuação para esquecer. Envolveu-se no que aconteceu e no que deveria ter acontecido.

* No encontro dos primeiros colocados, o Cruzeiro (3 x 0 no Botafogo: Nilton e Julio Baptista-2 – 43.361 pagantes no Mineirão) não mostrou apenas quem é o líder. Mostrou por quê.

* Notável ver o Cruzeiro adiantar a marcação e pressionar a saída do oponente, na metade DO SEGUNDO TEMPO.

ATUALIZAÇÃO, sexta-feira 20/9, 15h32 – Fechando a rodada:

* O Flamengo começou bem, terminou mal (Atlético Paranaense 4 x 2: Hernane, Luiz Antonio, Fran Mérida, Dellatorre, Marcelo e Roger – 16.014 pagantes no Maracanã) e perdeu seu treinador. Em virtude das declarações de Mano Menezes nos dias anteriores ao jogo, foi surpreendente sua decisão de se demitir.

* Foi a primeira vitória do Atlético sobre o Flamengo, no Maracanã.

* O gol mil na história do Campeonato Brasileiro foi o primeiro da vitória do Bahia (2 x 0 no Internacional: Feijão e Fernandão – 6.715 pagantes na Fonte Nova), algo que não acontecia havia cinco rodadas.

* O trio gringo (D’Alessandro, Forlán e Scocco) do Inter não jogou.

* A Portuguesa (3 x 0 no Náutico: Moisés, Gilberto e Bruno Henrique – 1.808 pagantes no Canindé) deixou o calabouço.

* Formidável gol de Gilberto.



MaisRecentes

Vitória com bônus



Continue Lendo

Anormal



Continue Lendo

Saída



Continue Lendo