NOTINHAS PÓS-RODADA



Os jogos da rodada 21 do Campeonato Brasileiro:

* No encontro de pontuadores seriais em Belo Horizonte, o Cruzeiro (1 x 0 no Atlético Paranaense: Nilton – 30.339 pagantes no Mineirão) continuou imparável.

* Após o gol (muito) mal anulado de Ricardo Goulart, árbitro e assistente se encontraram, conversaram, conversaram, e, após mais de dois minutos, MANTIVERAM O ERRO. Tempo desperdiçado e jogo prejudicado. Ridículo.

* Nada contra o uniforme laranja do Fluminense, que estreou com sorte (2 x 1 na Portuguesa: Diogo, Rafael Sóbis e Wagner – 15.473 pagantes no Maracanã). Terceira camisa tem de ser diferente mesmo.

* Houve um pênalti para a Portuguesa no final do jogo, não marcado. Lance fácil.

* O São Paulo venceu (2 x 0 no Vasco: Rodrigo Caio e Antônio Carlos – 7.815 pagantes em São Januário) em duas bolas levantadas na área, numa partida em que usou esse tipo de jogada em frequência muito menor do que nas rodadas anteriores. Data-PVC informou.

* Falha clamorosa do goleiro Diogo Silva, no segundo gol.

* O Internacional (1 x 0 no Criciúma: Otávio – 13.982 presentes no Heriberto Hulse) encostou na área nobre da tabela, que é onde seu elenco deve mantê-lo.

* O Criciúma tem a mesma pontuação do Vasco, no momento o primeiro time que seria rebaixado.

* E após sete rodadas, a Ponte Preta somou (1 x 1 com o Flamengo: Artur e André Santos – 10.346 pagantes no Moisés Lucarelli) um ponto.

* O Flamengo tinha um jogador a menos quando conseguiu o empate.

* O Bahia alcançava um resultado precioso fora de casa, até…

* … Alex empatar para o Coritiba (2 x 2: Wallyson, Willian Barbio, Titi-contra e Alex – 11.693 pagantes no Couto Pereira), de puxeta, aos 46 do segundo tempo.

* É provável que, após mais uma atuação decepcionante e a derrota para o Goiás (2 x 1: Hugo, Alexandre Pato e Amaral – 21.354 pagantes no Pacaembu), o Corinthians tome a perigosa decisão de priorizar a Copa do Brasil.

* O gol do Corinthians não deveria ter sido concedido a Pato. Foi gol contra de Ramon.

* Que partida de Victor, na vitória do Atlético Mineiro (1 x 0 no Grêmio: Fernandinho – 33.304 pagantes na Arena do Grêmio) em Porto Alegre.

* Foram pelo menos cinco chances gremistas rejeitadas pelo ex-goleiro do clube.

* Ney Franco venceu (2 x 1 no Náutico: Hugo e Dinei-2 – 10.054 pagantes no Barradão) o primeiro jogo como técnico do Vitória.

* Dinei não fazia um gol havia mais de um mês.

* É verdadeiramente formidável a campanha do Botafogo (2 x 1 no Santos: Elias-2 e Cícero – 11.301 pagantes na Vila Belmiro).

* O próximo desafio é o Cruzeiro, no Mineirão.



MaisRecentes

Pendurado



Continue Lendo

Porte



Continue Lendo

Segunda vez



Continue Lendo