NOTINHAS PÓS-RODADA



Seis times já estão nas quartas-de-final da Copa do Brasil, após a interessante rodada desta quarta-feira:

* Botafogo a Atlético Mineiro (2 x 2: Marcos Rocha, Rafael Marques, Fernandinho e Dória – 16.048 pagantes no Independência) proporcionaram 10 gols em dois ótimos jogos.

* A classificação do Botafogo, buscando o resultado que lhe interessava na casa do campeão da América, diz muito sobre a capacidade do time.

* Com duas assistências, Walter conduziu o Goiás na vitória (2 x 0: Renan Oliveira e William Matheus) sobre o Fluminense.

* Ele cometeu falta no lance do segundo gol.

* O Atlético Paranaense (3 x 0 no Palmeiras: Éderson-2 e Paulo Baier – 10.789 pagantes no Durival de Brito) é um dos melhores times do país no momento.

* O Palmeiras é o mesmo time que recentemente virou um jogo contra o Paysandu, com 3 gols em 20 minutos. As dificuldades contra um adversário como o Atlético Paranaense é que são muito maiores.

* Terceira nota: Paulo Nobre errou ao se pronunciar de forma tão inflamada e precipitada após o jogo. O discurso pareceu moldado para o consumo do torcedor, mas evidentemente criou dificuldades para o ambiente interno. Se havia a expectativa de que o Palmeiras poderia conquistar a Copa do Brasil com o time atual, o equívoco é ainda maior.

* Duas movimentações ofensivas muito bem feitas, uma por cada lado do campo, levaram o Grêmio (2 x 0 no Santos: Souza e Werley – 25.871 pagantes na Arena do Grêmio) adiante.

* O Santos certamente lamenta algumas chances desperdiçadas em Porto Alegre.

* Elias era dúvida para enfrentar o Cruzeiro. No segundo tempo, recusou a substituição oferecida por Mano Menezes e fez o gol da classificação do Flamengo (1 x 0 – 47.103 pagantes no Maracanã).

* O Cruzeiro experimentou o que acontece quando um time vai a um estádio inflamado e opta por especular.

* A atuação do Corinthians (2 x 0 no Luverdense: Alexandre Pato e Fábio Santos – 28.576 pagantes no Pacaembu) não foi boa, mas suficiente para eliminar uma equipe muito inferior. Se houve um destaque, foi Douglas.

* Interessante declaração de Alexandre Pato (que não chegou a jogar bem, diga-se): “Hoje eu queria a bola, estava inspirado”. O que houve nos outros jogos?



  • Fernando

    André, não sei como são definidas as transmissões dos jogos, mas ontem foi demais. Globo, Bandeirantes, Sportv e ESPN todas transmitindo o mesmo jogo – do Corinthians, que foi em São Paulo, assim como a rádio Bandeirantes e a Jovem Pan. São SEIS veículos, todos transmitindo a mesma coisa em São Paulo, cidade onde ocorreu o jogo. OK, o time pode até gerar mais audiência, mas faz sentido todos os meios transmitirem a mesma coisa? E mais, ontem tivemos jogos de Santos e Palmeiras (ambos fora de SP), e na ESPN Brasil e Sportv2 foi transmitido o jogo do Flamengo para a cidade de São Paulo.
    Ok, eu sei que não é você quem decide isso, mas não faz nenhum sentido.

    Abraço

  • Paulo Pinheiro

    * Ontem o Éverton Ribeiro não compareceu no Maracanã (que pena… queríamos devolver o chapéu).

    * André, vale chamar a atenção pra lição que a diretoria do Fla tem que aprender: ingresso atraente + partida atraente = Maracanã todo com o Flamengo = time jogando com raça. O Elias não resistiu quando viu aquele estádio inteiro urrando pelo gol classificador. Ajoelhou e chorou.

    * Uma nota negativa e outra positiva para a arbitragem:

    * A negativa é que deixou de expulsar um jogador de cada lado. O Nilton (Cruzeiro), no primeiro tempo, que agrediu o Cáceres duas vezes seguida (até tirá-lo do jogo) e o André Santos (Fla), no segundo tempo, após pisar no tornozelo do mesmo Nilton numa entrada por trás.

    * A positiva é ele ter acrescentado apenas 3 minutos no segundo tempo, já que houveram demoradas paralisações (pra 6 minutos, sem exagerar), mas todas foram provocadas pelo Cruzeiro, antes do gol. O árbitro agiu corretamente ao não beneficiar o infrator. Parabéns por isso.

    * Uma palavra sobre o Corinthians. Aquele SCCP de 2005, que havia bobeado no jogo de ida contra o Cianorte (tomando 3 x 0) deu uma resposta necessária fazendo mais do que era necessário, porque sabia que alem da classificação havia a premência de apagar quaisquer dúvidas sobre o time. Este Corinthians de ontem fez o necessário e nada mais do que o necessário. Neste sentido ficou devendo…

    AK: O Corinthians de 2005 caiu na fase seguinte, para um time mais fraco. Vejamos o que acontece com este. Sobre o público no Maracanã: a principal missão de dirigentes é fazer tudo o que for possível para o torcedor ir ao estádio. Um abraço.

  • Joao CWB

    Se você pensa que a caveira é fraca, a caveira não é fraca não…

    Furacão nos enchendo de orgulho. O time pode não jogar um futebol de encher os olhos, mas empolga a torcida com sua garra e determinação.

    ATLÉTICO ATÉ A MORTE

    Abraço.

  • Joao b. Ferreira

    1- sabe qual deve ter sido a prelecao do nosso técnico de segunda antes do jogo? Vamos segurar o 0x0. Deu no que deu. COVARDE!COVARDE!COVARDE!COVARDE!COVARDE!COVARDE!
    Se fosse um técnico de primeira tinha dado um esporro no intervalo e o time teria entrado pelo menos com o espirito de alguns jogos da serie B. Poderíamos ate ser eliminados, mas nao humilhados!
    Técnico de segunda nao sabe diferenciar um jogo de oitavas de copa do Brasil de míseros joguinhos da serie B.
    O time tinha que ter entrado com a faca nos dentes nesse jogo, mas o técnico de serie B jamais vai enxergar isso!
    2- tenho certeza que se tivéssemos um técnico de serie A para comandar a equipe só na copa do Brasil a história seria outra. O cara mostrou que realmente si serve para serie B!
    3 – Um time que vende um zagueiro titular por míseros 700 mil êh porque realmente se coloca como time de serie B! Ou alguém discorda!

  • Rafael Wüthrich

    André, comprei o LANCE! hoje e consta que, aqui do lado da minha casa no Maracanã (como pé bom voltar para o trabalho à noite e ouvir o estádio pulsando novamente…) foram 53.538 ingressos comprados (pg 16). O box do jogo (pg. 14) inclui os 47 mil que você menciona. Qual é o correto?

    AK: A informação que tive foi de 53.538 presentes. Um abraço.

  • Paulo

    O Walter não fez falta coisa nenhuma, o jogador do saiu da bola e tentou dar um “empurrão de corpo” no Walter que tava parado. Isso que dá colocar juvenil pra jogar…

  • Juliano

    Defendi Claudinei Oliveira, já não defendo mais. Ele não tem um time definido em sua cabeça, cada jogo escala meio-campo e ataque diferentes. Escalou o time com 3 volantes covardemente, Muricy-like. Além disso, Dracena e Arouca fazem muita falta, já que o time base é juvenil. Montillo fazia talvez seus melhores 25 minutos com a camisa do Santos até se contundir. Fez muita falta, me arrisco a dizer que o Santos sairia classificado com ele em campo. Thiago Ribeiro AMARELOU diante de Dida e passou para o jovem Gabriel (faz hoje 17 anos) em impedimento. O menino depois perdeu gol sem goleiro. Quando o Santos precisou mexer no time, entrou EVERTON COSTA, outro embuste, em sua ESTREIA pelo Santos. É isso mesmo? Voce precisa reverter um resultado e aposta em EVERTON COSTA?? Preferia que apostasse em Neílton (que não foi relacionado e não viajou), que pode não decidir como Everton Costa não decide, mas ao menos vai ganhando cancha e pode ter um bom futuro, enquanto o outro já é um fracasso.

    AINDA ASSIM o Grêmio só foi se garantir depois dos 40 do segundo tempo. Um time com esse elenco e folha salarial deveria ter atropelado a garotada, e não foi o que aconteceu. Aranha não trabalhou o jogo todo. Foram DUAS bolas e dois gols. DUAS. No primeiro, o volante não acompanha Souza (no momento do passe para o Barcos e seu deslocamento na diagonal em direção à área eu já tinha visto o gol). No segundo, Durval e Gustavo foram ridículos. Foi suficiente. De qualquer maneira, Renato soube explorar melhor o mesmo elenco que Luxa dispunha, está no G4 no BR13 e avançou na Copa-BR. Já o Luxa…

    O Corinthians passou incríveis 135 minutos sem marcar gol no time de Lucas do Rio Verde (todo o primeiro jogo e todo o segundo tempo no segundo jogo). É o atual campeão do mundo. É o elenco mais caro do Brasil (mais caro mesmo que seu elenco de 2012). Eu ainda acho um vexame. Deveria ter feito como Luverdense o que o Santos’2010 fizera com o Naviraiense (após empate no primeiro jogo), ou o que o Barcelona fez com o próprio Santos dias atrás.

    A julgar pelo que vi nas oitavas, Grêmio x Corinthians será um confronto de baixo nível técnico.

    De qualquer maneira, esta Copa-BR’13 está muito bacana. Uma pena que tenha matado de vez a Copa Sulamericana. O que acha disso, AK?

    Abraço!

MaisRecentes

Presente



Continue Lendo

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo