NOTINHAS PÓS-RODADA



A rodada 13:

* André Bahia provavelmente fará de tudo para esquecer a noite em que o Botafogo empatou (1 x 1: Rafael Marques e André Bahia-contra – 23.322 pagantes no Serra Dourada) com o Goiás.

* O zagueiro botafoguense se machucou, voltou para o jogo com uma proteção na cabeça e no nariz, e ainda fez um gol contra. Acontece.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 (19.997 pagantes na Arena Pernambuco) entre Náutico e Atlético Mineiro, além do gramado ruim e de um pênalti – a favor dos mineiros – não marcado no final do jogo.

* O ex-coxa Pedro Ken fez o gol da vitória do Vasco (1 x 0 – 19.140 presentes no Couto Pereira) sobre o Coritiba, primeira derrota do time paranaense em casa.

* Para o Coritiba, pior do que o resultado foi a lesão muscular de Alex.

* O Flamengo (3 x 2: Rafael Sóbis-2, Elias e Hernane-2 – 29.538 pagantes) dominou o Fluminense no primeiro Fla-Flu do novo Maracanã.

* Ficará na história do lendário estádio um gol de letra – sim, letra – de Hernane, o brocador.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Cruzeiro e Santos (27.444 pagantes no Mineirão), o primeiro jogo do Cruzeiro no novo estádio que não termina com três pontos ganhos.

* Dez pontos somados em doze disputados, e o Corinthians (2 x 0 no Vitória: Ralf e Alexandre Pato – 25.603 pagantes no Pacaembu) está no G-4.

* O gol de Pato – de pênalti – foi o primeiro que ele marcou no Pacaembu neste campeonato.

* E se não fosse um gol tardio, em chute que desviou na zaga e entrou, o Atlético Paranaense (2 x 2 com o Internacional: João Paulo, Juan, Éderson e Otávio – 8.436 pagantes no Estádio do Vale) teria vencido o quinto jogo seguido.

* O empate do Inter saiu aos 42 minutos do segundo tempo.

* A Ponte Preta comemorou 113 anos de vida vencendo (3 x 1: William, Arthur, Lins e Éverton Santos – 6.008 pagantes no Moisés Lucarelli) o Criciúma.

* Nono gol de William, artilheiro do BR-13.

* O Grêmio venceu (3 x 0 no Bahia: Riveros, Maxi Rodríguez e Guilherme Biteco – 18.498 pagantes na Arena Fonte Nova) pela primeira vez como visitante.

* No dia dos pais, os irmãos Biteco fizeram a jogada do terceiro gol gremista. Bonito presente.

* Num clássico de pé de tabela, a Portuguesa (2 x 1: Diogo-2 e Lucas Evangelista – 8.593 pagantes no Canindé) impôs ao São Paulo o décimo jogo sem vencer no campeonato.

* O gol são-paulino anulado corretamente, já no final do jogo, resume a fase do time. Aloísio não precisava participar do lance.



  • Dennis

    André, no jogo do Atlético-PR há que se destacar que foram marcados dois impedimentos inexistentes no fim do jogo – o segundo foi um pecado, pois seria o 3º gol, provavelmente o que significaria a vitória.

  • Anna

    Pedro Ken foi a melhor contratação do Vasco. São Paulo está numa draga incrível. Pena. 🙁

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo