CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

CIMENTO

1 – O hino nacional na voz da torcida, que ignora a gravação da Fifa e faz a própria apresentação, já é uma das marcas desta Copa das Confederações. Tem o simbolismo que a Seleção e o torcedor deveriam cultivar. Tem a emoção que os jogadores certamente absorvem. Um caso raro de “imagina na Copa” que produz boas sensações.

2 – Diego Lugano levou David Luiz para a escola no episódio do pênalti. O plano é clássico: agarrar primeiro, fazer a falta e esperar o revide. A diferença é que falta do atacante é, apenas, falta. Falta do defensor é pênalti e cartão amarelo. David tem experiência para não se deixar envolver.

3 – A televisão mostrou Diego Forlán sorrindo para Julio César, antes da cobrança. Pareceu uma resposta a algo dito pelo goleiro brasileiro. Pareceu, também, que Julio sabia onde deveria buscar a bola. Há defesas que alteram jogos e o comportamento dos times em campo. Foi isso que Julio César fez.

4 – Três instantes do primeiro gol: o lançamento de Paulinho, com mira a laser conectada com o peito de Neymar. O domínio do jovem astro, de extremo grau de dificuldade. O toque de Fred, errado e certo. Ele provavelmente não faria o gol se batesse na bola como imaginou.

5 – A ampla galeria de gols de Fred no Mineirão, quarenta e dois agora, recebeu o primeiro dele com a camisa da Seleção. A reforma não o afetou.

6 – Como explicar o gol de Cavani? Falhas que coincidiram no mesmo lance. Foram muitas, e importa menos quem “começou”. A defesa fez tudo o que era possível para presentear o Uruguai com o empate.

7 – Paulinho. Novamente, um pouco de bom humor: teria Felipão comemorado um gol de volante tanto quanto este?

8 – Conclusão: a Seleção Brasileira não fez a partida que queria e deveria. Mas venceu num esforço final que foi bonito de ver. No chamado processo de construção, o tijolo que o Mineirão ajudou a colocar na parede não foi pequeno.

HÁBITO

Com um cabeceio certeiro após um escanteio, Paulinho marcou o gol que tornou a Libertadores de 2012 possível ao Corinthians. Com outro, levou a Seleção Brasileira à final da Copa das Confederações. Ele tem a confiança dos que sabem escrever o próprio caminho e a tranquilidade dos que não serão vencidos por qualquer dificuldade. Ascenções rápidas assim não são por acaso.

CELESTE

Notável o caráter da seleção uruguaia. Uma exibição de como atuar de acordo com a capacidade e a vocação dos jogadores à disposição. Cavani, um exemplo. Marca e ataca com a mesma disposição. Dobrou a vigilância sobre Neymar e ainda incomodou a defesa brasileira com o perigo que conhecemos. Não perdoa falhas. Protótipo do atacante imprescindível.



  • Emerson Cruz

    Sobre o hino nacional, este tem sido um dos momentos mais tocantes envolvendo torcedor e Seleção Brasileira desde muito tempo. Parte disso se deve a Fifa que acha que uns 20 segundos a mais de execução irão ser tão significativos e danosos ao seu valioso protocolo.
    Fugindo um pouco do tema, mas nem tanto, até agora não entendi o que passa na cabeça de quem elaborou os horários para estes últimos 4 jogos da Copa das Confederações. Isto é, se a decisão de terceiro e quarto pode ser realizada no mesmo dia da final, por que as semi-finais não? As equipes que jogaram na quinta claramente serão prejudicadas com tal fato
    Outra coisa, por que a final será as às 19:00 horas, meia noite de domingo na maior parte da Europa e horário nada nobre no futebol brasileiro e que certamente não agrada por exemplo que tem os direitos transmissão na TV aberta?

    • Julio

      Quanto ao horário, imagino que um dos motivos seja o mercado asiático. Mesmo assim, não faz tanto sentido.

      AK: É por causa do Blatter, que precisa estar presente a ambos os jogos. Um abraço.

      • Juliano

        A FIFA vai além. Apesar do hino e do horário da final, a seleção brasileira vai jogar de camisa amarela, calção e meias brancas. Um pijama. Como contra a Itália. É muito, muito desrespeito. Como na concepção do mundial como um todo. Também dentro de campo. Desprezível.

        Abraço

  • RENATO77

    ITEM 4 – Perfeita descrição. Grau de dificuldade altíssimo no domínio de Neymar.
    E o velho, tá legal?
    Abraço.

    AK: Bem. Obrigado. Um abraço.

  • Sou torcedor do Napoli, e tal postura do Cavani é de longa data. É um jogador diferente, que compensa a falta de um talento excepcional, com uma aplicação muito acima da média. E por essas e outras é tão querido pelo povo napolitano

    E o seu pai, André? Como anda a recuperação dele?

  • Ricardo Medeiros

    André, vale a pena ler o que Arbeloa disse sobre jogar no Maracanã:

    “Tenho que dizer que quando estivemos no Maracanã não tive a sensação de jogar em um estádio com tanta história. Você chega e vê um estádio moderno, novo, cheio de cores, então não é capaz de te transmitir a história, dos jogadores que passaram aqui. Tem vestiários confortáveis, modernos e amplos. Não é como quando vamos a Anfield, La Bombonra, ao Monumental, que você sente o tempo, te transmite a história. Eu gostaria de jogar antes da reforma”.

    De fato, o novo Maracanã não é mais o Maracanã.

  • Juliano

    1- A FIFA desrespeita, por causa de 40 segundos, o hino do país sede, anfitrião, maior seleção da história, financiador exclusivo da competição. É só mais um desrespeito. A CBF nada faz, aceita. As arquibancadas respondem, porque estas sim tem coração.

    3- Júlio Cesar, em entrevista, sobre a sensação de defender o penal no início do jogo: “você se sente um Neymar”. Genial!

    Paulinho: a elegância dos jogadores mais clássicos.

    Abraço!

  • fabio

    Vi uma entrevista do J. Cesar dizendo que o sorriso do Forlan foi resposta a um comentário dele, coisa do tipo “nao adianta, sei que você vai bater forte no meio”. Na avaliação do Júlio, o sorriso significa que esse era o plano, que teve que ser alterado.

  • Rita

    Salve Paulinho, apesar do Scolari.

    Jogos como Brasil x Uruguai e Brasil x Argentina são especiais. Sendo o último, o maior deles.
    E apesar do “medo” desse confronto, gostaria muito de um dia ver uma final de Copa do Mundo Brasil x Argentina.

  • gbkratos7

    O gigante acordou!!!!Viva o Brasil!!!

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo