COLUNA DOMINICAL



(publicada ontem, no Lance!)

MENTE SÃ

Os jogadores do Corinthians não se surpreenderam ao conquistar a Copa Libertadores. Nas comemorações no gramado do Pacaembu naquela noite de 4 de julho, não se viu nenhum corintiano reagindo de maneira apoteótica, como se não acreditasse no que estava acontecendo. Alegria, êxtase, até lágrimas. Mas longe do arrebatamento que é fruto de uma emoção inesperada.

A resposta contida a um título imensurável não deve ser creditada ao profissionalismo, ou à ausência de envolvimento emocional com a conquista. Apenas revelou a forma como o time se preparou para decidir o torneio, como pensava a respeito do adversário, o Boca Juniors, e como acumulou confiança após empatar o primeiro jogo em Buenos Aires.

O Corinthians – jogadores e comissão técnica – queria enfrentar o time argentino na decisão. Apesar do histórico imponente de troféus erguidos, muitos deles em solo brasileiro, o estilo de jogo do Boca era o preferido por uma questão de encaixe. A Universidad de Chile, oponente dos argentinos nas semifinais, praticava um jogo coletivo que sugeria muitas dificuldades. O Boca interpretava um futebol mais pausado, com Román Riquelme envolvido em todos os movimentos, sob medida para o sistema defensivo corintiano.

O empate na Bombonera foi a peça que faltava para convencer os jogadores de que o título seria conquistado no Pacaembu. Pelo resultado, que não obrigaria o time a se recuperar no placar agregado e correr mais riscos em casa, e pela comprovação, em campo, de que era perfeitamente possível conter o Boca Juniors. Na chamada “noite da libertação”, Cássio fez apenas uma defesa.

Um dos aspectos mais interessantes de uma final de Mundial de Clubes é a questão psicológica. O jogo é um evento ímpar, especialmente para os times sulamericanos. Há o contexto de Davi e Golias, um adversário que só se vê pela televisão, e os vários problemas gerados por um confronto inédito. Quando mundos diferentes se chocam, não existe parâmetro, experiência ou lição de casa que permita antecipar como as coisas acontecerão. A partida transcorre na tentativa e erro.

Claro que a análise do oponente ajuda uma equipe a se preparar para o tipo de jogo que enfrentará. Mas o encontro com jogadores de fama internacional pode ser uma distração, como ficou evidente no comportamento de alguns santistas diante do Barcelona, no ano passado. O Internacional, em 2006 contra os catalães, e o São Paulo, ao enfrentar o Liverpool no ano anterior, mostraram a atitude correta e – não por coincidência – voltaram campeões.

O Corinthians terá de resolver muitos problemas neste domingo, em Yokohama. Lidará com um time mais valioso e mais talentoso em termos individuais. Lidará com a própria maneira de encarar uma situação especial. E com os efeitos do desconhecido.

A favor, a capacidade de um grupo que se entende e se fortalece, o currículo de jogadores importantes e o notável apoio que virá das cadeiras do estádio. Se o time se comportar como fez no Pacaembu no dia 4 de julho, estará um pouco mais perto de seu sonho.

TESE

É indiscutível que o Chelsea, em momento bom ou ruim, é o favorito para ser campeão mundial. Favoritismo supõe teoria e, neste campo, a balança pende para o representante europeu. Mas poderia ser muito pior. Dos quatro semifinalistas da última edição da Liga dos Campeões, os outros três seriam adversários mais assustadores para o Corinthians. O campeão da América está mais distante do Real Madrid, do Bayern e principalmente do Barcelona do que do Chelsea. As chances seriam menores.

MAIS TESE

Fatores que podem pesar a favor do Corinthians: a diferença de entrega do jogador brasileiro nesse tipo de jogo, em comparação com o jogador europeu. O conhecido impacto do fuso horário no desempenho físico do time europeu, que sempre chega ao Japão mais tarde, no segundo jogo. E divisão de responsabilidade, maior para os ingleses.



  • BRITO

    gol do torres para o chelsea que o arbitro anulou, o jogador do chelsea não estava impedido.
    é sempre assim o corinthians ganha semmpre no apito
    já foi ajudado na libertadores contra vasco e agora ganha o titulo no apito.

    • Denis

      nossa serio q vc entrou aqui pra escrever isso??? aproveita o domingo pra relaxar ja q acordou cedo pra secar o timao….. mas hj nao deu…. VAI CORINTHIANS!!!

    • 3x campeão mundial

      Brito, se vc repetir esse post umas 1000 vezes pode ser que o que vc escreveu torne-se verdade…

    • Júnior

      Cada um faz o que pode par tentar dormir melhor. É legítimo

    • RENATO77

      Onde voce estava há 5 anos atrás? Rindo…e nós chorando.
      Ganhar o título mundial em cima do time da “máfia russa”, aquela que ia fazer do Corinthians a filial no Brasil em 2005…o resto é a historia, que cada um conta a sua…nós contamos a nossa e esse ciclo terminou hoje!!!
      Chega de chororô.
      Abraço.

    • Marcos Vinícius

      Retificando: O time ganhou dois brasileiros no apito,já que em 2011 foram contemplados com muita,muita benevolência e parcialidade dos árbitros.

      • Júnior

        tá tá tá… espero que com isso tenha ao menos uma boa noite de sono.

      • jonathan

        invejoso, se esconde e vai chorar coitado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ganhamos em 2011 no jogo

        • Marcos Vinícius

          Escondidos estão aqueles que acham que 2005 foi bonito. E olha que a turma é grande!!!! Sobre 2011…bem,foi bem mais fácil roubar o Vasco e fazer vista grossa para o que acontecia contra o time do diretor de seleções da CBF,do então treinador da seleção e do presidente que deu um estádio para o clube.

          Ganharam no jogo…de bastidores.

          • Rodrigo

            Ah, os Illuminati, sempre eles…

      • Ricardo Soares

        O choro é livre

      • Dunha

        Apito? kkkkkkk

        Chore, anti!

        Em 2011 o Corinthians foi claramente prejudicado nas últimas rodadas. Ganhou na bola, senta e chora.

    • William

      Vai no oculista …. Cego

    • jonathan

      cegoooooooooooo! vc nao olhou o mesmo lance que todos nos corinthianos entao!!!!
      vaiiiiiiii corinthians…..

    • marco antonio

      Brito,
      Seu comentario é uma píada!
      Vc é o unico que validaria um gol tão impedido quanto foi o de Torres.
      Inveja é realmente algo nojento.
      bem não requer continuar dando resposta a seu post, isso seria o mesmo que chover no molhado, sugiro que ao invéz de tentar com ignorância desqualificar uma conquista liquida e certa de parte do Corinthians, que vc seja humilde e acima de tudo coerente e reconheça que não houve apito amigo e tão pouco desmerecimento em importante conquista. Admita, seja digno e certamente tera o respeito de todos.
      Um Abraço! E um Salve a toda a Nação Corinthiana e ao escrete GUERREIRO de Parque São Jorge, os legitimos BI-CAMPEOES MUNDIAIS DE CLUBE DA FIFA.

    • Silas

      Meu Deus!!! Recalcado nada???? Quanta asneira…….. O rapaz esta sofrendo de dor de ….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk VAI CORINTHIANS!!!! CAMPEÃO DA LIBERTADORES E DO MUNDIAL INVICTO!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Matheus Brito

        Só dava para vencer o mundial invicto né cidadão?

    • Lerry

      Malandro(Brito), para de chorar….

  • Deve ser um anti ! bicampeão do mundo !!!!!! aqui é timão !!!!!!!

  • Marcos Vinícius

    Essa coisa de jogar o favoritismo para o adversário já é manjado,aconteceu a mesma coisa na semi da Libertadores,quando o Santos,mesmo em mau momento,era “favorito”. Virou clichê. E um clichê bem chato.

  • Marioh

    Ótimo comentário e análise . Acho também que o Chelsea mudou a maneira de jogar após a conquista da CL. Mudou de técnico, alterou para jogadores mais leves e rápidos. Nesta final notou se que o novo técnico ainda não encontrou o time ideal do Chelsea, colocou o Ramires muito recuado e deixar Oscar na reserva?
    Parabéns Corinthians, legítimo campeão.
    Cássio. calou a boca do Romário.

  • RENATO77

    O que é o que é:
    Melhor treinador de todos os tempos.
    4 letras.
    Começa com T.
    Termina com E.

    • Marcos Vinícius

      Fácil.Telê.

      • Ivan Alves

        Sensacional!

      • RENATO77

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Rodrigo

          Sou corintiano, mas essa trollada valeu, rsrsrsrsrs.

      • Matheus

        Sacanagem, acabou com a piada do cara.

        • RENATO77

          kkkkkkk…acho que voces NÃO entenderam….piada é se a resposta NÃO fosse Telê…eu SOU da geração 1982…

  • Anna

    Parabéns ao Corinthians! Eu disse que era possível e foi! Por favor, publique seu texto aqui do encarte especial do Bicampeonato mundial.

  • RENATO77

    Dilma esteve na Europa acertando tudo.
    Tudo armação.
    Abraço.

  • Marcos Vinícius

    Obrigado por aprovar apenas um comentário. Estou até agora pensando o que o fez deletar o outro,mas acho que estou perdendo meu tempo fazendo isso.

  • RENATO77

    ANTI-rábica nele!!!

  • Marcos Vinícius

    Cara,explica aí por que reprovou o mesmo comentário duas vezes. Só porque não gosto do Corinthians?

  • Corinthians Minha Vida

    Ok, ganhamos nos bastidores, mas não ganhamos em 45 minutos, nos vestiarios com violência, um titulo de liberadores serie B….CHORAAAAA

  • Matheus

    Que o Corinthians levou os Brasileiros de 2005 e 2011 no apito isso é fato, o que não muda em nada o brilho das conquistas da Libertadores (eliminando o Vasco, o Santos e um fraco Boca, mas ainda um Boca) e da conquista do mundial (embora como disse o AK, dos quatro semifinalistas da Champions, o Corinthians pegou o menos difícil de se vencer). O que os torcedores de outras equipes (me incluo nessa lista) tem que entender é que, com ajuda ou não, o Corinthians caminha a passos largos para se tornar uma potência do futebol mundial(escondida no Brasil) e que hoje, em termos administrativos, Marketing, finanças, contratos, elenco, torcida e força política, todos os outros clubes brasileiros estão, no mínimo, um degrau abaixo. Times como o Fluminense, atual campeão Brasileiro, mas que não caminha com as próprias pernas, não são exemplos de administração. Financeiramente hoje, talvez o São Paulo reúna condições de disputar algo com o Corinthians, os demais possuem apenas dívidas. Mas isso tudo foi cantado em verso e prosa por muita gente. Sabia-se que os novos contratos de TV, com uma disparidade de quase R$40 milhões, fariam do nosso futebol isso aí. Estamos caminhando não para o Campeonato Espanhol, mas para um campeonato Italiano, onde umas 4 ou 5 equipes disputam os títulos e as outras vivem de receber essas equipes em seus estádios.

    • Marcos Vinícius

      Meu caro,que fique bem claro que nunca questionei ou coloquei em dúvida a Libertadores conquistada pelo Corinthians. Mesmo no jogo contra o Vasco,onde disseram que o cruzmaltino foi prejudicado,discordei,e dei o mérito a quem de direito. Tanto a Libertadores como esse Mundial (e apenas esse) foram legítimos e incontestáveis.

      Mas tem meia dúzia de gatos pingados que acham,ou preferem acreditar assim,que os dois últimos Brasileiros e as duas últimas Copas do Brasil foram títulos “limpos”. Não foram.

      Concordo que o Corinthians aprendeu a trabalhar sua marca,a explorar comercialmente a paixão de sua torcida,e está muito a frente dos outros clubes brasileiros. Inclusive do são paulo,pois não vejo o são Paulo como um clube,o vejo como uma empresa muito bem estruturada onde o principal negócio é o futebol. O São Paulo não trabalha a paixão como o Corinthians,trabalha os números. Se os outros clubes não o fazem,paciência.

      Antes,quando começava o campeonato,todos diziam que tínhamos cerca de dez possíveis candidatos ao título. Hoje se resumem a quatro: São Paulo,Corinthians,Internacional e Fluminense. Os outros vão no embalo,aproveitando momento deste ou daquele jogador. Mas estrutura mesmo só esses quatro.

  • Paulo

    Caro BRITO: Dizer que o Fernando Torres não estava impedido é caso de oftalmologista.
    Se você tiver plano médico, marque uma consulta urgentemente, caso contrário não verá direito o fim do mundo ou a passagem do ano novo.
    Falar que não estava impedido e ser anti-corinthiano demais.
    Seja verdadeiro cara, não use seu anti para dizer bobagem. Isto foi ridículo.

MaisRecentes

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo

A vida anda rápido



Continue Lendo