COLUNA DA TERÇA



(publicada ontem, no Lance!)

SOB O OLHAR DE KIDIABA

O Todo Poderoso Mazembe, de triste memória para o torcedor do Internacional, prestou um serviço inestimável ao futebol sulamericano em dezembro de 2010. Ao eliminar o time brasileiro do Mundial de Clubes da Fifa daquele ano, os congoleses garantiram que os futuros campeões da Copa Libertadores jamais chegarão ao Japão pensando apenas na final. A humilhação sofrida pelo Inter serve como alerta de que é preciso vencer um jogo antes do encontro com os europeus.

Não foi a confirmação definitiva de que não há mais bobos, pois ainda há e sempre haverá. Foi a lembrança de que o esporte em geral, e o futebol em particular, são ambientes que rejeitam a soberba. De vez em quando, alguém paga um preço alto, que serve como punição exemplar. Por ter acontecido com um time brasileiro, o recado é mais significativo por aqui, na forma de “cuidado, olha o Mazembe…” toda vez que um torcedor esfrega as mãos pensando na chance de vencer o representante da Liga dos Campeões da Uefa. O Mazembe e a imagem do goleiro Kidiaba comemorando gols (certo, André Lima?) estarão presentes em todas as edições do Mundial de Clubes, independentemente de disputá-las ou não.

O candidato a Mazembe de 2012 é o Al Ahly, campeão africano. O time egípcio se colocou no caminho do Corinthians ao vencer o Sanfrecce Hiroshima por 2 x 1 na manhã de ontem, sem mostrar nada que o atual campeão da América não conhecesse. Tite pediu e recebeu relatórios detalhados sobre todos os potenciais adversários no torneio. O Al Ahly, em sua quarta participação no Mundial (perdeu para o Inter em 2006, quando ficou em terceiro lugar), foi bem observado. O conteúdo ajuda a garantir que se o Corinthians cair na semifinal, será porque foi superado, em um jogo, por um time inferior. Evento relativamente comum no futebol. Já o fracasso por falta de conhecimento ou seriedade não tem explicação. A tranquilidade do torcedor corintiano reside no método de trabalho de Tite, um treinador que não cogita pecar por omissão.

A novidade deste Mundial está na chance do surgimento de um outro tipo de Mazembe. Diferentemente do ano passado, quando não havia discussão sobre o status do Barcelona como melhor time do mundo, o Chelsea se agarra a um favoritismo teórico. O time inglês curte uma crise vocacional desde que conquistou a Europa pela primeira vez. Tentou estabelecer um sistema de jogo que oferecesse mais do que sacrifício defensivo e contra-ataque, mas a impaciência de Roman Abramovich abortou a experiência. Com Rafa Benítez no lugar de Roberto Di Matteo, o Chelsea se parece com aquelas mansões construídas mesclando conceitos arquitetônicos, sem conseguir transmitir o que pretendem.

O encontro dos ingleses com o Monterrey (3 x 1 no Ulsan Hiunday, também ontem) é ainda mais desnivelado do que a outra semifinal. Levando-se em conta o histórico das participações mexicanas no torneio (o próprio Monterrey não conseguiu ficar entre os quatro no ano passado), a balança pende claramente contra os campeões da Concachampions. Desde que, é claro, o Chelsea se preocupe em saber quem enfrentará e deixe suas questões internas fora do campo. Mas não se deve descartar a possibilidade de, num período tão turbulento, o Monterrey não ter recebido a devida atenção.

Cuidado. Kidiaba estará olhando.

CASA DO FUTEBOL

Bonita festa de inauguração (fora a imbecilidade dos arruaceiros, claro) do novo estádo do Grêmio, no sábado à noite. A casa gremista não foi construída para a Copa do Mundo e, mesmo pronta e funcionando, não receberá jogos da Copa das Confederações. Mas é um exemplo de estádio brasileiro “padrão Fifa” que não sofrerá com problemas de ocupação e contribuirá para o avanço do futebol no país. Não se pode dizer o mesmo sobre alguns dos palcos da Copa de 2014.

GÊNIO DO FUTEBOL

Já pensou se o jogador com mais gols marcados no mesmo ano fosse natural do Rio de Janeiro e se chamasse Lionel Messi da Silva? Quantos pachecos tentariam diminui-lo por “enfrentar zagueiros medíocres”? Quantas cobranças ele sofreria por “não ter ganhado uma Copa sozinho”? Quantos brasileiros simpatizantes do Real Madrid o achariam inferior a Cristiano Ronaldo (que é craque, diga-se)?



  • Roberto

    André, vc deve ter visto o vídeo com os 86 gols em sequência. Fica ainda mais impressionante. Gols de cabeça, pé direito, pé esquerdo, de falta, correndo com a bola dominada, tabelando, driblando o goleiro, por cobertura… Em comum é que tudo parece muito fácil. Gênio.

    AK: 43 gols em casa, 43 fora. Um abraço.

    • Marcelo

      com aquelas merdas de times da espanha…. granada, la coruña e cia ltda, André está certíssimo, se fosse brasileiro nego tava falando bobagem…

      AK: Meu ponto, na verdade, é o oposto. Um abraço.

  • Ronaldo

    André, estou aqui pensando como você avalia o desempenho do New York Knicks na temporada. Abraço!!

    AK: Empolgante, por enquanto. Um abraço.

    • Marcelo Morais

      Belissima virada dos Knicks ontem. Depois de tanto tempo de desempenho sofrivel, bom ver o time de NY empolgando sua torcida.

  • Emerson

    Sobre o Al Ahly: http://t.co/gTJ1ydZ3

  • Bruno

    Criticar por criticar é normal em qualquer lugar do mundo. Não faltam madridistas que preferem, irracionalmente, Ronaldo ao Messi, bem como não faltam argentinos que insistem em criticar e que falta uma Copa ao gênio Messi.

    Assim como não falta gente, para criticar por criticar, que não tem nada a ver com a história: brasileiros. Como jogador não vi jogar, mas como pessoa um dos maiores invejosos da história, sr. Edson Arantes do Nascimento, dizer que Neymar é melhor que Messi, sem qualquer argumento técnico? acompanhado de inúmeros pachecos e santistas? Depois de um 4 x 0 bem dado e inúmeros recordes quebrados, o sr. Pelé ficou com o rabinho entre as pernas, preocupando-se menos com o Neymar (excelente, craque, mas ainda não limpa as chuteiras do gênio) e preocupando-se mais com ele mesmo, em perder seu “reinado”…

    Por fim, é interessante e bem questionável o argumento do Pelé: faça 1.289 gols e conversamos. Então, o maior jogador da história seria Friedenreich, que fez mais de 1.300 gols?? Túlio Maravilha é melhor que Messi, Zidane e Ronaldo?? Para pensar, sr. Edson invejoso Arantes do Nascimento…

    • FERNANDO

      Você começou dizendo que críticas estão em todos os lugares do mundo, sem nenhum fundamento! E acabou se contradizendo, afinal fez a mesma coisa ao criticar Pelé!

      • José Luiz

        Que por sinal foi muito mais completo que o Messi…

    • marcio…..

      e retifique suas fontes…..os dados oficiais apontam em torno de 500 gols de Friedenreich……mas concordo em uma coisa, número de gols marcados não faz ninguém nem mais, nem menos craque…..um gênio se faz com a variedade infinita de recursos que Pelé tinha, habilidade tão perfeitamente talhada pras quatro linhas, que até mesmo quando atacou de goleiro foi feliz (pegando penalti)…..Messi é indiscutível tb, fantástico, sem dúvida…..mas não por números frios e sim pela importância e história, ainda esta e estará muito longe do Rei…..(que infelizmente com a boca, nào é sequer sombra do que foi com os pés…..nas palavras de Romário: Pelé calado é um poeta….) Pelé foi celebridade, conhecido e reconhecido nos quatro cantos do mundo, num tempo em que sequer tv as pessoas tinham para assistir. Claro que não é o caso de Messi, mas hoje em dia, basta um qualquer fazer meia duzia de gols pra virar “astro” no mundo da bola…….O irritante é este incansável complexo de vira latas do brasileiro, que insiste em diminuir e menosprezar nossos ídolos em detrimento as estrelas globalizadas de hoje.
      Platini, Di Stefano, Cruiff, Euzébio, Fontaine, Gerd Muller, Maradona, Zico, Sócrates, Garrincha, Junior……e tantos outros são craques eternos que transcendem os números….

  • Paulo Pinheiro

    Ibra é pachequista?

    É bom que o se diga que o Pulga não é o único a enfrentar zagueiros medíocres. Se os zagueiros são tão medíocres os outros poderiam aproveitar também.

    Ele é o melhor jogador da atualidade, sem dúvida. Mas acho que falta gente boa pra rivalizar também.

    Só pra comparar, quando Platini foi três vezes consecutivas bola de ouro ele competia com gente como Zico e Rumeniggie.

    AK: Algumas considerações: se você se refere à suposta declaração de Ibrahimovic, que circulou ontem, dizendo que também faria 90 gols, ela foi desmentida. Foi uma brincadeira do sueco com um repórter francês, por mais capaz que Ibra seja de dizer coisas assim. Platini ganhou três vezes seguidas a Bola de Ouro da France Football, numa época em que o prêmio era restrito a jogadores europeus (não apenas atuando na Europa). Di Stefano e Eusébio, por exemplo, ganharam o prêmio depois de se tornarem cidadãos espanhol e português, respectivamente. Zico, portanto, não podia concorrer. Um abraço.

    • Júnior

      Além da tal declaração ter sido desmentida, vale lembrar que o Ibra jogou no Barcelona, contra os mesmo zagueiros “medíocres”. Nada de 90 gols…

    • pablo

      Platini ganho 3 bolas de ouro , mais no competia con jogadores que nao sejan europeios . Ele ganho a bola de ouro en 1986 ….mismo ano que Diego Armando Maradona ganho a copa do mundo sozinho ., ele merecia entao ?? el foi o melhor jogador de aquele ano ?…porque ninguein fala de isso? …..imagina ganho 3 bolas de ouro sem competir con Maradona , Zico , Kempes , Socrates , etc…

    • Paulo Pinheiro

      Valeu pela informação, André.

      Ainda assim, o ponto principal é que falta gente boa pra rivalizar. Temos o Neymar e o Cristiano Ronaldo. Neymar ainda vai crescer e Cristiano Ronaldo, na minha humilde opinião, não é craque. É um centro-avante forte e rápido. Muito útil pra qualquer time, mas não é o craque, daquele que tira coelho da cartola.

      Falo isso não pra desmerecer quem o Messi é hoje. Ele é MUITO bom. É só pra dizer que historicamente fica prejudicada a comparação com craques do passado. Ele é o melhor do mundo, mas do meu ponto de vista não é um dos melhores de todos os tempos.

  • Jean

    O MESSI me lembra o ZICO. É tão completo quanto o Galinho e tem jogo bem semelhante com ambos no auge.
    Aliás, imaginem se ZICO fosse espanhol…

    • Rafa

      Na minha opinião, Jean, Messi hoje está no mesmo patamar de Zico, Platini e Cruyff, na história do futebol: gênios de clube; Se levar a Argentina à conquista do tri, passa Maradona, Garrincha, Zidane, Ronaldo, Beckenbauer e fica apenas atrás de Pelé no ranking dos melhores de todos os tempos.

  • Anna

    O Al Ahly não é o Mazembe. E seria uma dádiva se Messi tivesse nascido no Rio de Janeiro. Passou Maradona e chega assustadoramente perto de Pelé e Garrincha. Messi=Mito.

    • Pedro Paulo

      Boa, Anna. Simples assim.

  • Mathias

    André,

    sobre a discussão de que “no futebol não tem mais bobo”, que já vi aparecer aqui algumas vezes (sempre sob postura crítica sua), que tal explorar isso em uma coluna futura?

    Me lembro de uma frase que existe para o pôquer: “Se você estiver em uma mesa e depois de 20 minutos ainda não souber quem é o pato (expressão do jogo, sinônimo de bobo)… então o pato é você”

    Brasil já virou pato do futebol. É fácil desequilibrar nossos jogadores emocionalmente, ganhar do Brasil jogando na retranca ou pressionando a zaga, e por aí vai…

    • José Luiz

      Seleção que já teve Leão e Falcão agora tem que se contentar com Pato e Ganso…

      • Paulo Pinheiro

        Fora os galinhas, hehe

  • Marcos

    Messi é indiscutível. Não sou tolo de dizer que ele enfrenta defensores frágeis, mas só na comparação com Maradona, acho que não dá pra comparar a competitividade dos times espanhóis hoje com as defesas das equipes italianas nas décadas de 80 e 90, quando ó campeonato italiano era uma verdadeira NBA do futebol. Na época o craque do time adversário sempre era marcado individualmente o jogo todo, o que sempre dificultava mesmo para gênios e craques como Zico, Platini, Maradona, Gullit, Van Basten. Portanto quando analisamos o número de gols, acho que isso deve ser levado em consideração.

    • Paulo Pinheiro

      Expressou bem melhor que eu o que eu quis dizer acima.

  • Aimebek

    Não é que o Al Ahly seja um time bom, o problema é o que não é isso tudo como andam falando os repórteres torcedores desse time. Aliás se não fossem esses caras a realidade estaria próxima da verdade ou vice versa. É uma grandeza que não existe.

  • RENATO77

    Qualquer que seja o resultado, NÃO haverá crise no SCCP…pra desespero da concorrência.
    Pra quem é torcedor dos tempos do jejum e do caos administrativo, isso é muito bom!
    E em 2013 vem forte, se o Marin deixar.
    Abraço.

  • Maurilio 1977 Banzai

    André, Não se pode reduzir a ingênuos ou bobos os times que chegaram ao Mundial. Guardadas as devidas proporções, todos os times que estão no Mundial passaram por dificuldades nos torneios que disputaram para chegar lá. É evidente que não teremos todos os anos os mesmo representantes da Europa e da América do Sul onde as competições são mais equilibradas. Mas todo ano a Concacaf sempre tem um mexicano como representante, assim como a Africa, a Oceania e a Ásia. Sem contar com os times japoneses que estão se revezando nesse papel. Quanto à Messi, nem tenho muito o que comentar… Os argentinos tiveram Maradona e hoje tem Messi. O Brasil já teve Pelé, Garrincha, Pepe, Coutinho, Ronaldo, Rivaldo e hoje temos Lucas, Neymar, Oscar… Será que dá para comparar? O melhor do mundo só é jogador europeu porque joga por lá, manda eles virem jogar por aqui (no Brasil e na América do Sul) e veremos se são bons como os nossos brasileiros e sulamericanos são nos campos europeus.

    AK: O Hyundai Ulsan, por exemplo, é bobo. Jogou o Mundial. Quanto à sua última frase, sugere que você pensa que Messi precisa ganhar o Campeonato Paulista. Um abraço.

    • pablo

      Maurilio , ta esquesendo Di Stefano ; Kempes ; Moreno , Passarella , Aguero , Tevez , Batistuta, ….os brasileiros tem aquella costume de nao leer os jornais do fora do brasil . Zico fora de Brasil es reispetado mas nao craque….miuta gente nao sabe quem e ele….Di stefano e considerado como um dos maiores jogadores da historia do futebol….Zico e craque , con certeza . pra falar tem que ter data precisa.
      oscar , lucas , neymar ??? so vi jogar Neymar com o Velez , e a selecao Argentina, Barcelona …no consegio fazer as mismas coisas que en youtube contra Bolivar ; nautico, etc .. Neymar e craque , mais fora de brasil ninguein ve o brasileirao….so vemos as partidas internacionales onda ele joga.
      EN youtube ele dribla 5 jogadores ….contra barcelona , Velez , Argentina , copa america , etc …NINGUEIN.
      brasil ta com fome de craque….mais acho que vai ter que esperar un poco…

      • Paulo Pinheiro

        Zico cometeu o erro de transferir-se para uma equipe italiana BEM fraca. Visitante contumaz da segundona italiana.

        Quando disputou o italiano foi vice-artilheiro, um gol atrás do Platini, que por sua vez jogava na toda-poderosa Juventus, que tinha Dino Zoff, Rumeniggie, Paolo Rossi e outros craques.

    • Campeonato paulista é bem mais forte que o espanhol, e eu concordo que muitos daquele pernas de pau não jogariam nada aqui, é facil citar Messi, mas sera que Granada, Hercules, Celta entre muitos outros teriam chances no campeonato paulista?

      AK: A média de gols do Messi na Liga dos Campeões (artilheiro das 4 últimas edições) é semelhante à do Campeonato Espanhol. O Atlético de Madrid ganhou duas das últimas três edições da Liga Europa. Há quatro times espanhóis nas oitavas de final da atual Liga dos Campeões, mais do que qualquer outro país. Mas o Messi só vai convencer alguns quando ganhar o Paulistão. Um abraço.

  • Walter Miranda

    É muito comum esse papo de que, quando um jogador faz muitos gols, é porque enfrenta adversários fracos, maus marcadores, zagueiros medíocres. Mas é um argumento pífio, que não se sustenta. Puríssima dor de cotovelo: o Pulga enfrentou a Seleção Brasileira, que tem ótimos zagueiros, e meteu logo três gols. Bobagem pura de quem não

  • Alexandre

    Meu comentário não será sobre a qualidade indiscutível do Messi, um dos melhores jogadores de todos os tempos, sem dúvida o melhor dos últimos vinte anos, pelo menos.
    Meu comentário é sobre o recorde de gols que ele obteve neste ano.
    Acho engraçado como as pessoas aceitam acriticamente qualquer estatística divulgada.
    Para mim não faz sentido que os gols por amistosos de seleções valham na contagem final, mas os gols por amistosos de clubes não sejam contabilizados.
    Na época do Müller e do Pelé se faziam muito mais torneios “intertemporadas” do que hoje em dia, envolvendo quase sempre grandes clubes.
    Uma grande parte dos jogos que fizeram a fama do Madrid de Puskas e Di Stéfano, do Santos do Pelé e Cia, do Benfica de Eusébio, do Botafogo de Garrincha e de tantos outros timaços da época, foram em torneios como Ramón de Carranza, Tereza Herrera, Taça de Paris, etc.
    “Apagar” estes jogos, é, de certa forma, esquecer uma parte importante da história do futebol mundial, de uma época romântica que não voltará mais.
    Me desculpe, mas eu não concordo com este revisionismo. Pelé, por exemplo, fez mais de 1200 gols (Gerd Müller também), e não menos de 800 como aqueles que “descontam” estes torneios apregoam.

  • Tenho uma pergunta ao AK.Se o PELÉ fosse de pele clara ele seria o melhor jogador do mundo de todos os tempos?
    Pois na minha opinião o combate ao racismo mundial fez com que as “entidades esportivas” acordassem em elegê-lo o maior de todos.Há um contraditório na minha visão que me leva a te fazer esta pergunta.Di Stefáno foi cinco vezes seguido campeão pelo Real Madri da antiga Champions e fez gols em todas as decisões.55/56/57/58/59.

    • E…ganhou tres copas do mundo tambem?

      • Thiago Mariz

        Pelé ganhou 3 copas do mundo? Ronaldo então ganhou a de 1994, né? Ah, para.

        Ele foi campeão em 3 copas, mas ganhar, ganhou duas.

        • Rafa

          Thiago, Pelé esteve em campo em quatro copas e marcou gol nas quatro; Só porque não jogou a final de 62 ele não é tri-campeão?

      • O povo brasileiro,os 80% de analfabetos e imbecilizados pela grande mídia,supervaloriza copa do mundo.A minha indagação é muito mais profunda que imagina sua vã filosofia.Se por acaso o MESSI não ganhar nenhuma copa do mundo em sua carreira será eternizado no Barcelona pelas suas conquistas.O DI STÉFANO simplesmente é um Deus no REAL MADRID,o clube mais rico do mundo e também nunca ganhou uma copa do mundo.Sivori é uma lenda na Juventus de Turim e depois o primeiro MARADONA a jogar no Nápolis. Puskas é idolatrado na Hungria.Platini na França.Euzébio é REI de Portugal e eterno ídolo no Benfica.O nosso magistral Evaristo de Macedo foi ídolo no Barça e Real,coisa rara para um jogador.Zizinho,um grande craque ,também ídolo no Flamengo e São Paulo.Zico,Sócrates,Falcão,Dirceu Lopes,Ademir da Guia e tantos outros também nunca ganharam uma copa do mundo e foram magistrais jogadores.
        As comparações são só meios para criar pautas e nunca chegar a lugar algum.Mais creio que colocaram o PELÉ como o melhor de todos “os tempos”para aplacar o racismo exacerbado existente na época e deu “certo”.Fazer comparações em se tratando de épocas totalmente distintas foge totalmente a razão de ser.Por isso a minha pergunta remonta da época da eleição ,se é que teve algo parecido.Poderia me responder,por favor,se ouve eleição ou algo assim.

        • Alexandre

          Lamento, mas não vejo nada de profundo em sugerir que o Pelé tem o status que tem porque é negro. Isso é um disparate maior ainda do que dizer que ele é gigante ó porq

          • Alexandre

            …gigante só porque conquistou 3 copas.

  • lee

    Se algum dia alguém bem maluco resolvesse perder tempo pesquisando em cima desse pessoal que torce loucamente por messis, ronaldos, por clubes europeus, tenho quase certeza que a faixa etária nao passaria dos 15 anos de idade.

    É o mesm0 pesoalzinho que torce até pra platafoma de video-game, que exalta os lutadores de fora do mma, que diminuem o neymar, pelé…..e por aí vai.

    AK: Diante de tamanha exibição de conhecimento, a pesquisa é desnecessária. Um abraço.

  • Marco

    Boa tarde, André Kfouri, duas coisas:
    – qdo vc recebe críticas em que o leitor fala de “imprensa brasileira” ou “imprensa esportiva brasileira”, vc retruca dizendo que isto não existe; no entanto, na sua coluna de hj do Lance falou que a “imprensa britânica” entrou em modo de deboche ao falar do Corinthians; incoerência sua ou vc nunca comete equívocos?
    – como acha que será a final do Mundial entre o futebol-força (retranqueiro na linguagem popular) do Corinthians e o futebol-arte do Chelsea (pelo menos o que eles apresentaram contra o Monterrey)?
    att, Marco

    AK: Por favor, leia de novo. Na frase seguinte, está explícito ao que me refiro. Sobre a final do Mundial, será um jogo interessante em que o Chelsea é favorito. Se você qualifica o que os ingleses mostraram hoje como “futebol arte”, estamos falando sobre esportes diferentes. Um abraço.

  • café lima

    André,

    É incrível como muitos buscam argumentos para desmerecer Messi e Cristiano Ronaldo, para ficarmos em dois exemplos.

    A desculpa de que as zagas espanholas são frágeis não se sustenta, basta assistir aos jogos – os times, quando enfrentam Barcelona e Real Madrid, jogam com suas linhas super-recuadas – ou mesmo pegar as médias de gols dos atacantes em partidas do Campeonato Espanhol e Liga dos Campeões.

    O mais incrível de Messi é justamente ter transformado qualquer potência européia em um Zaragoza ou Tenerife. Os exemplos estão aí, Arsenal, Real Madrid, Milan, Manchester Utd, Santos, Brasil… todos ficaram parecendo times amadores correndo atrás do craque argentino.

    Grandes jogadores têm características diferentes (ainda bem), logo a qualidade de um não pode servir para desqualificar o outro.

    Um abraço

    • Rafa

      Comentário perfeito, café lima. Os críticos do Messi fingem ignorar que ele é o artilheiro da Champions há 04 anos seguidos, marcando gols (muitos!) em cima de times pequenos e grandes. Ah, o campeonato espanhol é uma baba? Pode ser, mas ele marcou 50 gols na temporada passada!Será que é tão fácil assim marcar quase noventa gols em um ano, cinquenta em mesmo campeonato? Se fosse, porque não ouvimos falar dessas proezas em campeonatos da América Central, Ásia, Oceania?
      Pode-se até não gostar do Messi, mas é preciso argumentos melhores para desqualificar seu futebol…

  • Thiago BH

    Chelsea é Brasil no Mundial!

  • josé

    por que não publibou o meu comentário ?

    AK: O link para as regras para comentários está do lado direito da página. Você infringiu alguma.

MaisRecentes

Invasões bárbaras



Continue Lendo

Flamengo 1 x 1 Independiente



Continue Lendo

Relíquia



Continue Lendo