JORNALISMO ESPORTIVO PREMIADO



Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Leandro Colon, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel, jornalistas da Folha de S. Paulo, ganharam o Grande Prêmio Esso de Jornalismo de 2012.

A série “O jogo suspeito e a queda de Ricardo Teixeira”, com 20 reportagens sobre as transações por trás do amistoso entre Brasil x Portugal, recebeu a principal condecoração do jornalismo brasileiro.

Um prêmio para os repórteres, para o jornal e para o jornalismo esportivo.

Pretensos jornalistas, equivocados na função ou enganados pela ideia de que um espaço na internet basta para exercer a profissão, devem estar um pouco confusos num dia como hoje.

Um prêmio tão importante para uma série de matérias investigativas ligadas ao futebol é algo que contradiz o que alguns “pensam” a respeito do que jornalismo deve ser.

Pode, e deve, ser várias coisas. Mas nenhuma é mais importante do que o exercício da crítica, da desconfiança, da investigação, da procura pela verdade oculta.

A noção de que, como já se disse, notícia é algo que alguém, em algum lugar, quer esconder.

O mesmo se aplica a quem, de cima para baixo, determina as linhas editoriais de veículos de imprensa. O Grande Prêmio Esso de Jornalismo de 2012 é um valioso lembrete.

Parabéns aos colegas premiados. Tremendo trabalho.



  • Willian Ifanger

    Parabéns aos profissionais envolvidos. Se o Sr. Teixeira está onde está hoje, se deve em grande parte pelo trabalho digno, ao jornalismo como tem que ser feito.

    E os “Profissionais-que-imaginam-a-festa” devem estar se contorcendo de raiva nessas horas.

  • Emerson

    Muito legal se premiar o jornalismo investigativo feito com competência. Alás o Brasil é um imeeeeeenso produtor de material nesta área, ainda assim tenho a impressão de que há muita coisa que consegue ser escondida por aí.

  • Anna

    O Jornalismo Esportivo agradece!

  • FC

    Muito bom Andre. Obrigado por nos trazer esta informacao.

    Se eu que amo o futebol e sempre acompanhei de perto o jornalismo esportivo fico indiginado com os pseudo-jornalistas-blogeiros-fofoqueiros, imagino gente boa, formada e preparada pra isso como voce.

    Tao chateado quanto quando vejo jornalista de grandes emissoras que nao passam de torcedores com o microfone em punho destilando veneno, por tras de uma suposta imparcialidade.

    Gde abraco,
    FC

  • [OFF TOPIC]

    Hey André!

    Li essa notícia no ESPN.com.br e fiquei pensando como seria se, no intervalo do SuperBowl, tivéssemos uma luta do UFC. Você acha que seria uma boa ideia? Eu particularmente não gosto muito de lutas, mas, do ponto de vista comercial, poderia ser interessante, não?

    Abraço!

  • Rita

    Parabéns aos jornalistas e a quem “de cima” não os censurou.
    Jornalista é uma profissão belíssima e no nosso país tem muita verdade oculta para noticiar…
    no esporte e na política então…

  • Marcelo

    Parabens ao Leandro pelo seu segundo premio esso.
    André me permito fazer duas perguntas off topic:
    A vaga à libertadores pela sulamericana é pra fase preliminar?
    Se o gremio ganhar ela vai para o vice da sulamericana ou o quarto do brasileiro?
    Pergunta extra: acabou a caixa postal ?

    AK: Vaga da CSA é para a fase preliminar. É assim: BRA 1 – Corinthians; BRA 2 – Fluminense; BRA 3 – Palmeiras; BRA 4 – Vice do BR12; BRA 5 – 3o do BR12. BRA 6 – 4o do BR12. A Caixa Postal está suspensa temporariamente. Um abraço.

    • Lucas

      André, com relação ao campeão da CSA, caso o vencedor seja um brasileiro (e agora só o São Paulo pode ser) salvo engano ele irá para a primeira fase da Libertadores, conhecida como pré libertadores, e não diretamente para fase de grupos. Isso porque o Corinthians como atual campeão irá diretamente para fase de grupos. Acho que vi essa informação no twitter do Leo Bertozzi.

  • Euripedes Soares da Silva

    André Kfouri, para um jornalismo seguro e premiado, como acima delineado, sugiro aos apaixonados por futebol conhecer o Link da mensagem a seguir. Nele, é possível redescobrir a arte do futebol – não apenas como um profissional de diploma ou diplomado pela experiência – também pela percepção de começar a ver o futebol como jamais visto pelos gramados do BR e do mundo.
    =Nada mais será como “dantes”. O futebol pelas entrelinhas, pelos detalhes… Conforme os deuses do futebol. O futebol posto somente nos gramados: sem firulas, falácias, invencionices. Mais que um Blog, será um livro para modificar a maneira de pensar, falar e escrever sobre futebol. A arte pela arte… Quando a genialidade dos movimentos sobrepõe a força dos músculos sem criatividade. Acredite! Vale a pena conhecer o trabalho em cada linha, em cada página. O prefácio já está no http://futebolem11mandamentos.blogspot.com.br/
    =No próximo dia 07 será postado o Primeiro dos Onze Mandamentos.
    Atenciosamente
    (Por gentileza, acusar recebimento)

MaisRecentes

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo