COLUNA DOMINICAL



A Coluna Dominical está publicada no post abaixo.

Meus editores no Lance! determinaram que o texto estivesse disponível no blog no mesmo dia da publicação do jornal, por razões óbvias.

O que levou a um sábado – normalmente um dia lento por aqui – bastante movimentado.

Todos os tipos de comentaristas virtuais apareceram em peso.

Os valentões anônimos, os inimigos do idioma, os desprovidos de educação, os professores de jornalismo, os maníacos perseguidos, enfim, aqueles que representam o efeito colateral do maravilhoso fenômeno da internet.

Claro que também compareceram leitores que, concordando ou não com a coluna, demonstraram a intenção de discutir o tema.

É para esses leitores que pessoas como eu trabalham.

Creio que o texto está claro. Na apresentação, na intenção, no conteúdo.

Mas como há muita gente que, em variados níveis de capacidade de compreensão, só “lê” o que quer, o espaço dos comentários se transforma em triste conversa entre loucos.

Há também quem não leia uma linha além do título e comente sem saber por quê.

Independentemente dos desencontros, existe um tipo de torcedor de futebol – em todas as torcidas – que PRECISA se sentir ofendido e PREFERE não ser informado.

Só esse tipo de patologia leva alguém a concluir, por exemplo, que o texto pretende “aposentar Rogério Ceni”.



MaisRecentes

Poupe



Continue Lendo

Pertencimento



Continue Lendo

Vitória com bônus



Continue Lendo