NOTINHAS PÓS-RODADA



Eis a vigésima-sétima jornada do BR-12:

* Com Juninho decisivo, o Vasco venceu (3 x 1 no Figueirense, em São Januário: Caio, Luan, Carlos Tenório e Juninho) a primeira com Marcelo Oliveira.

* Atenção: o Vasco está há 51 rodadas seguidas no G-4 do Campeonato Brasileiro.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Cruzeiro e Internacional (em Varginha). Borges perdeu um pênalti.

* O Atlético Mineiro (1 x 1 com a Portuguesa: Léo Silva e Bernard) deixou dois pontos no Canindé.

* Os mineiros buscaram o empate com um jogador a menos. Pelas circunstâncias do jogo, não foi ruim. Pelas circunstâncias do campeonato, foi.

* O Náutico venceu (2 x 0 no Atlético Goianiense, nos Aflitos: Kieza-2) em casa, no jogo que ficou marcado pelo abuso de autoridade do árbitro Leandro Pedro Vuaden. O juiz não iniciou o jogo enquanto uma faixa (“Não irão nos derrubar no apito) não foi retirada pela torcida local.

* Com bola rolando, a faixa voltou. Vuaden – que marcou um pênalti caseiro aos 16 minutos – não fez nada.

* A rodada foi ótima para o Palmeiras (3 x 0 na Ponte Preta, no Pacaembu: Barcos-2 e Marcos Assunção), que ficou a 3 pontos da saída da ZR.

* Próximas rodadas são perigosas: São Paulo (f), Coritiba (c), Náutico (f) e Bahia (f).

* O Corinthians jogou bem no segundo tempo da vitória (3 x 0, no Pacaembu: Paulinho e Romarinho-2) sobre o Sport.

* Bem como há tempos não se via.

* Coritiba e São Paulo ficaram num empate (1 x 1, no Couto Pereira: Everton Ribeiro e Osvaldo) lamentável.

* Mas nada que tenha sido tão horrível quanto os imbecis que ameaçaram uma menina de 13 anos, apenas porque ela pediu uma camisa para Lucas. Detalhes da barbaridade, que a polícia permitiu, estão aqui.

* Golaço de Fred, pênalti defendido por Diego Cavalieri. E o Fluminense (1 x 0 no Flamengo, no Engenhão) abriu 6 pontos de vantagem na ponta.

* A vantagem já é perigosa para outros pretendentes.

* O Bahia (2 x 0 no Botafogo, no Pituaçu: Fahel e Hélder) é o melhor time do returno.

* Tem os mesmos 17 pontos somados pelo Fluminense, mas 2 gols a mais de saldo.

* O Grêmio (1 x 1 com o Santos, no Olímpico: Werley e Bruno Rodrigo) poderia estar colado na vice-liderança.

* Permitiu o empate ao Santos, que teve Neymar expulso aos 7 minutos do segundo tempo.

______

“O melhor deste time é que buscamos os jogos, seja onde for, da mesma maneira, há cinco anos. Que temos a bola em quase todos, que ela é nossa.”

Messi, em entrevista ao El País.



  • LM_RJ

    Andre:
    Quem nao esteve ontem no Estadio Joao Havelange nao viveu
    Daqui a 50 anos os cariocas lembrarao pelos bares do Leme ao Pontal, de Ipanema a Realengo:
    Ah! aquele Fla x Flu…

    Sim, sei que o estadio nao estava lotado… o medo de violencia afasta as familias disso sabemos…
    Mas muitos vivos sairam de suas casas, os doentes de seus leitos e os mortos de suas sepulturas…

    Os fatos apontam o time do Fluminense o melhor time:

    tem o melhor ataque e a melhor defesa do certame, alem do artilheiro da competiçao (q poderia ter mais um gol em sua conta, do jogo contra o galo, mal anulado, bem como o flu teria 2 ptos a mais e uma vitoria a mais, importante criterio de desempate…)
    Para um tricolor o flu é sempre o melhor time …
    E mesmo quando os fatos não apontam o fluminense o melhor time, pior para os fatos…

    E o que dizer do videotape???
    Verdade seja dita: não podemos confiar demais no videotape. “O videotape é burro”.
    Mas o videotape mostra um golaço do Fred, num passe milimetrico e açucarado do DECO o melhor meia do certame…
    O videotape mostra Cavalieri agil como um felino, impedindo o gol de empate do rival…
    quem será o campeao nacional de 2012?
    Nao sei o certame esta em aberto
    Sabado o flu ja tem outra pedreira pela frente…

    Todos sabem, aqui no RJ o fluminense é o time da humildade…
    sempre foi…
    “Sendo um grande clube tem direito de ser humilde…”

    Enfim as sandalias da humildade estao calçadas por time e torcida do flu…
    E só poderão ser descalçadas no apito final da 38ª rodada…

    só assim o flu seguirá com chances de se tornar o campeão nacional de 2012…
    ST

  • Anna

    Juninho Pernambucano destruiu mais uma vez e fez um golaço! Excelente entrevista do Messi. Gracias!

  • Como está pobrezinho o futebol jogado no Brasil,o Flu virtual campeão em 2012 não demonstra nada demais,seus concorrentes mais próximos são o pífio galo mineiro,o Grêmio de Luxa e seus “pogetos”,o Vasco que perdeu meio time e continua entre os quatro,o Inter do vai ou não vai,uma irregularidade a serviço do futebol,o Sp do Ney Fraquíssimo,o Botafogo sem camisa e estigma de campeão e vamos nós…..Nenhum dos últimos campeões nacionais será marcado como um grande time,daqueles que ficam indelevelmente na memória do torcedor do time campeão e até dos adversários.A Mídia se omite e vai tocando o barco,logicamente não vai denegrir o seu produto
    de venda que se tornou este futebol globalizado e capitalista.

  • Juliano

    Não sou advogado do Neymar e não sou pago para defendê-lo. Errou bastante, principalmente no início de sua carreira, era o tipo do jogador marrento, mascarado, provocava, simulava, era cai-cai. Ninguém nega como ele melhorou em comportamento nos de 2010 para 2012. Mas paga o preço pela fama conquistada no seu início.

    O pontapé que ele levou, por trás, de Zé Roberto, custou apenas o cartão amarelo. No início do segundo tempo, Neymar enfileira o time do Grêmio, acelera, solta a bola na direita e leva outro pontapé, desta vez de Elano. Neymar cai mas logo levanta, foi observada a lei da vantagem. O lance segue e é escanteio, Neymar recebe o amarelo. Então ele deve sofrer faltas duras e ficar calado? Se ele que era o capitão do time não pode se dirigir ao apitador, quem pode? E não se dirigiu de forma acintosa, senão teria sido expulso ali. Como no jogo contra o Coritiba, fez 2 gols, não pode comemorar, deve ficar calado. Fazer gol é motivo de velório.

    O apitador do jogo Gremio x Santos foi o mesmo que apitou este embate no primeiro turno. Na Vila, o time porto-alegrense reclamara de erros em pelo menos 2 gols santistas. É reincidente. Erra para todos os lados. E o escalaram para apitar novamente o mesmo jogo. Compensou.

    Primeiro em uma falta de Adriano (que é sim muitas vezes violento) sobre Kleber. Adriano persegue o atacante, com as mãos para o alto, NÃO faz o movimento do bote (ou da agressão), está EM PÉ, Kléber cai. Cartão amarelo para Adriano. Nos minutos seguintes, em bola IGUALMENTE DIVIDIDA entre E. Pascoa e Kléber, o acatante cai. Cartão amarelo para o santista. Na expulsão de Neymar, Pará retribuiu todas as agressões, e apenas um jogador foi punido.

    Não estou julgando a intenção do juiz, mas a sua competência. A sua falta de competência prejudicou o Gremio no primeiro jogo, o Santos no segundo. Sua falta de competencia influenciou diretamente no trabalho de todos os envolvidos pelos dois times.

    E a perseguição ao Neymar (seja em comemorações, reclamações ou ‘cai-cai’) deve acabar. Ou continuaremos nossa saga em formar cada vez mais brucutus e jogadores menos inspirados para o futebol arte. É olhar para a seleção brasileira e perceber a mudança ao longo dos últimos 30 anos. Cada vez mais temos menos ‘jogador brasileiro’. E os brasileiros já não são protagonistas há muito tempo nos times europeus. Tivemos Ronaldo, Rivaldo, Kaká (no Milan) e R. Gaúcho (no Barça), desde então os jogadores brasileiros lá, desempenham funções importantes sim, mas não protagonizam nos seus clubes como Messi e C. Ronaldo. E no Brasil, quem quer o protagonismo são os juízes pouco competentes. Neymar deve parar de comemorar, deve apanhar e ficar quieto. Acabem com ele!

  • André, sem querer ser chato, mas já sendo, faltou citar o Figueirense como adversário do Vasco na respectiva nota.

    Abraço!

  • Massara

    Foi absurda também a reação de alguns torcedores corinthianos à presença de um torcedor escocês vestindo a camisa verde e branca do Celtic no Pacaembu.

    E lamentável a atitude do Paulo César Oliveira, que mandou Borges repetir a cobrança do pênalti, em virtude de uma invasão de atletas do Cruzeiro e do Inter na área, sendo que a bola entrou direto no gol (ou seja, nem o ataque nem a defesa se beneficiaram da invasão). Deveria, por coerência, ter mandado repetir a segunda cobrança, feita para fora, pois a invasão se repetiu, mesmo não tendo havido beneficiados. Está difícil demais assistir futebol com árbitros tão despreparados e aparecidos.

  • Edouard

    Não te pareceu que o Fla foi prejudicado no lance do pênalti? Se o árbitro desse a vantagem… Não achei que a zaga do Flu parou por causa do apito.
    Um abraço.

  • Matheus Brito

    Ak,

    tem algum rival próximo do Juninho na disputa de melhor do campeonato? talvez o outro “coroa” do Botafogo, Talvez fosse o Deco se jogasse mais partidas, Talvez o Bernard (apesar da ligeira queda) no mais, não há ninguém que rivalize a meu ver.
    Que partida o Fla x Flu, e o Fred simplesmente letal, como o Fluminense, que não joga nada há tempos mas é letal. Mata com meia oportunidade.

  • O futebol não esta fraco só no Brasil, esta fraco no mundo. talvez tenhamos no Brasil a pior copa em quesito qualidade.de todos os tempos, tambem ouço e leio que o futebol brasileiro ta em decadencia, a mesma coisa que Pires da França, e que jogava no Arsenal disse certa vez antes do mundial de 2002, porem os europeus tão sempre aqui procurando nossos atletas. cada clube no pais poderia vender de 3 a 4 jogadores para eles, porem os jogadores querem ficar aqui por causa da copa, o Brasil ta segurando os jogadores como ha muita não fazia. há hoje apenas duas seleções de peso, que podem se dizer candidatas ao titulo, Espanha e Argentina, no mais, não vejo outra tão superior ao Brasil. temos o campeonato mais dificil do mundo, nunca podemos dizer antes do campeonato quem sera o campeão, coisa que com duas chances acertaremos a maioria dos europeus. porem ha quem só veja desgraça no nosso futebol.

  • Marcos Vinícius

    http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2012/09/vasco/juninho-ainda-ve-altos-e-baixos-no-vasco-ha-52-rodadas-no-g4.htm

    Não são 51 rodadas.São 52 rodadas.Informação imprecisa. o time está desfigurado,mas a espinha dorsal (Prass,Dedé,Juninho,Felipe e Alecssandro) está conseguindo manter o time entre os quatro

    Atlético-MG em queda livre.Já disse anteriormente e vou repetir:O Galo não val pra Liberta do ano que vem. A torcida se empolgou com o começo alucinante do Galo,mas a queda de rendimento é algo normal,pela qual a maioria dos times,exceto o Fluminense (duas derrotas) passou.

    Não acho que foi excesso de autoridade,acho que Vuaden adora aparecer,não perde uma oportunidade. E o que vem acontecendo com o Náutico é algo generalizado. Claro que sou suspeito para falar isso,mas acho que o Vasco já perdeu uns sete pontos por culpa dos erros de arbitragem.Grêmio,Cruzeiro,Fluminense e Palmeiras,apenas para citar quatro jogos.

    O Palmeiras de Gilson Kleina em nada lembra o de Felipão. Um time vibrante,organizado e contundente.Algo acontecia.

    Justíssima a expulsão de Neymar. Enquadrou o árbitro,que deu vantagem num lance onde ele sofreu falta,e depois pisou em Pará. Muricy ainda teve a cara de pau de reclamar do árbitro.

    Não acho que foi pênalti para o Flamengo. Houve o contato,Diguinho encostou no jogador rubro negro,que fez uma cena enorme a o árbitro (Marcelo de Lima Henrique,que já apareceu numa rede social com a camisa do Flamengo) marcou. Pênalti que não é não entra,já dizia a velha guarda.

  • Fred

    1. FLU virtual campeão? é… ótimas essas notícias, principalmente pros times que estão na disputa pelo título! Não tem nada definido, ainda mais porque a tabela, de agora pra frente, é mais complicada pro Fluminense do que pro Galo e pro Grêmio. Calma lá.
    2. Concordo sobre o Neymar, não era pra expulsão; a fama, o cai-cai e a marra do jogador (que também me causam certa antipatia) fazem com que os arbritos, nessas situações, sejam mais rigorosos, o que não é justo.
    3. O time a torcida do Cruzeiro tem que parar de chorar com a arbritagem o penalti perdido, quem o perdeu foi o Borges. Na minha opinião, jogador profissional, de clube de 1ª divisão, com o salário que ganha tem mais do ue obrigação de, pelo menos, acertar o Gol! Se o goleiro fizer um milagre e pegar é outra coisa, mérito dele. Mas pra mim se o juiz voltasse 10 vezes a cobrança o jogador tinha a obrigação de ao menos acertar o gol as 10 vezes.

MaisRecentes

A vida anda rápido



Continue Lendo

Renovado



Continue Lendo

Troféu



Continue Lendo