NOTINHAS PÓS-RODADA



Rodada 21 do BR-12:

* O Palmeiras (0 x 0 com o Grêmio, no Pacaembu) não conseguiu marcar um gol mesmo jogando com um homem a mais desde os 18 minutos do primeiro tempo.

* Kleber mereceu o segundo cartão amarelo, no lance com Henrique. O primeiro cartão, logo no começo do jogo, é daqueles que só alguns jogadores recebem. Mas ele deveria saber disso.

* Sim, o Fluminense (2 x 2 com o Figueirense, no Orlando Scarpelli: Digão, Rafael Sóbis, Aloísio de João Paulo) perdeu dois pontos fora de casa.

* Bonita cobrança de falta de João Paulo, no gol de empate.

* Esplêndido passe de Juninho Pernambucano, no segundo gol do Vasco (2 x 0 na Portuguesa, em São Januário: Alecsandro e Tenório).

* Levando em conta o estado do gramado de São Januário, o passe foi ainda melhor.

* Diego Forlán marcou seus dois primeiros gols pelo Internacional, na goleada de virada (4 x 1, no Beira-Rio: Vagner Love, Forlán-2, Josimar e Leandro Damião) sobre o Flamengo.

* Grandes falhas de Muriel, no gol de Love, e de Ramon, no empate.

* Segunda derrota seguida do Santos para um time (Sport 2 x 1, na Ilha do Retiro: Hugo, Felipe Azevedo e André) do Nordeste.

* Ganso e Neymar não jogaram.

* Finalmente, depois de 77 dias, o Bahia ganhou (1 x 0 no São Paulo, no Pituaçu: Gabriel) em casa.

* Foi a segunda vitória seguida do Bahia.

* O Corinthians encerrou (1 x 0, no Pacaembu: Paulo André) a invencibilidade de 14 rodadas do Atlético Mineiro.

* Leonardo Silva não me parece impedido, na jogada que terminou com um gol do Atlético. A falta em Fábio Santos é clara.

* Todos os gols do Cruzeiro (3 x 0 no Náutico, no Independência: Borges, Élber e Wellington Paulista) saíram nos 15 minutos finais do jogo.

* Celso Roth mexeu para ganhar e foi recompensado.

* A Ponte Preta virou (3 x 1, no Moisés Lucarelli: Diego Giaretta, Giancarlo, Ferron e Cléber) o jogo contra o Atlético Goianiense com três gols que nasceram de cruzamentos para a área.

* O gol do Atlético também foi assim.

* Mesmo desfalcado, o Botafogo voltou a vencer (2 x 0 no Coritiba, no Engenhão: Elkeson e Lodeiro), após três rodadas.

* O “gramado” do Engenhão roubou um gol de Anderson Aquino.



MaisRecentes

Voltando a Berlim



Continue Lendo

Passo adiante



Continue Lendo

Futebol champanhe



Continue Lendo