NOTINHAS PÓS-RODADA



Nove rodadas do BR-12 já estão nos livros…

* Se o Atlético Mineiro (4 x 3 no Figueirense, em Florianópolis: Ronaldinho, Anderson Conceição, Julio Cesar, Ronny, Leonardo Silva, Bernard e Guilherme) mantiver o atual nível de atuação, brigará pelo título no final do ano. Manter o nível, claro, é a grande questão.

* Diferentemente de times que arrancaram no início do campeonato, nos anos recentes, o Atlético tem companhia na parte de cima da tabela.

* O Corinthians ganhou (2 x 1 no Náutico, no Pacaembu: Elicarlos e Danilo-2) pela segunda vez, a primeira desde que conquistou a Libertadores.

* Não, Danilo não apareceu por acaso.

* Com a segunda vitória seguida em casa, a Ponte Preta (4 x 1 no Coritiba: Roger-3, Pereira e Ricardinho) saltou três posições.

* É preocupante a situação do Coritiba, sentindo os efeitos da chamada “ressaca ruim”.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Internacional e Santos (no Beira-Rio), além de Juan ter sido expulso sem merecer.

* Fred marcou pela nona vez um gol no Botafogo (1 x 1 com o Fluminense, no Engenhão: Fred e Andrezinho). Não é pouco.

* Que bola de Márcio Azevedo, no lance do gol de Andrezinho.

* Cheguei a escrever que vencer o Cruzeiro no Independência, como fez o Grêmio (3 x 1: Marcelo Moreno-2, Kléber e Wellington Paulista), seria difícil. Errei?

* A vitória gremista teve participação decisiva de dois ex-cruzeirenses.

* O pênalti marcado em Ibson, na vitória do Flamengo sobre o Bahia (2 x 1, no Pituaçu: Hernane, Kleberson e Renato), foi vergonhoso.

* Ficou evidente a “lei da compensação”, pois o árbitro tinha expulsado Luiz Antonio num lance em que ele e Mancini disputaram a bola usando o braço.

* O Palmeiras jogou melhor e pressionou o São Paulo (1 x 1, na Arena Barueri: Luis Fabiano e Mazinho) até quando jogou com um homem a menos.

* Dupla falha de marcação de Douglas, dentro da área, no lance do gol de empate.

* É preciso destacar a melhora do estado do gramado da Ilha do Retiro, onde o Sport venceu a Portuguesa (2 x 1: Henrique, Gilberto e Moisés).

* Não dá para culpar Dida no lance do segundo gol do Sport. Ou dá?

* Espetacular desempenho de Fernando Prass, responsável pela vitória do Vasco (1 x 0 no Atlético Goianiense, em São Januário: Gabriel-contra).

* O Atlético tem apenas 2 pontos. Desse jeito, Adílson Batista acabará demitido…



  • Tiago Lima

    Caro, André. O treinador Adilson Batista já foi demitido do Atletico de Goias, apos ele Helio dos Anjos já seguiu o mesmo caminho… Rebaixamento a vista!

    AK: Ironia, amigo. Ironia. Ele foi demitido com os mesmos pontos que o time tem hoje. Um abraço.

  • M. Silva

    Acho que a maioria deve saber, mas não custa (e é justo) lembrar que a vitória do Atlético veio numa virada espetacular.

  • Tonny

    Caro André,

    De fato, o penalti marcado a favor do Flamengo não foi penalti. Entretanto, gostaria de salientar que, a meu ver, também foi vergonhosa a expulsão do Luis Antônio devido a dois cartões amarelos imerecidos. No geral, e não só por esses lances, a arbitragem foi fraquíssima, fraquíssima….

    Abraços

    AK: Você leu a outra nota sobre o jogo? Um abraço.

  • marcelo

    Se não aparecer outro Aragão,Wright,ou Márcio rezende desta vez ninguém para o GALO.

  • Marcos Vinícius

    Falcão,com toda sua elegância,definiu muito bem o resultado da partida entre Bahia e Flamengo.

    “Nunca fui tão prejudicado como hoje”

    Será que a compensação compensou,com o perdão da redundância? Veja,o jogo estava parelho,e o pênalti marcado (completo absurdo) foi o que decidiu o jogo.

    A renovação da nossa arbitragem era algo necessário e unânime,mas a qualidade é mais que precária. Vasco 3×2 Ponte Preta também foi decidido no apito. Daqui até o final do campeonato,o que mais poderá acontecer?

    Com todo o respeito que o Atlético-MG e sua campanha merecem,não creio que o Galo leva essa. O elenco,de muita qualidade,é uma bomba relógio,e Alexandre Kallil não tolera sequência de resultados ruins. Nas primeiras três derrotas,se acontecerem,o caldo entorna. E não esqueçam:Ronaldinho Gaúcho joga na cidade que brasileira que tem o maior número de bares!

    Dida falhou nos dois gols contra o Cruzeiro e agora de novo,contra o Sport. Acho que ele,Cicinho e o recém contratado pelo Inter zagueiro Juan são as provas que alguns jogadores com pouco mercado e em fase final de carreira estão aportando por aqui.

    O gol da vitória do Vasco foi creditado a Alecssandro,e não contra.Em caso de dúvidas…

    http://www.lancenet.com.br/vasco/Sumula-confirma-gol-Alecsandro-Atletico-GO_0_737926298.html

  • Paulo Bezerra

    Andre Kfouri, one of the country’s best football writers…. é o que escreveu Tim Vickery no blog da BBC em Brazil’s dual football mission at the London Olympics
    Concordo!

  • Eduardo

    André, na sua opinião quem são os candidatos ao título neste momento? é claro que muita coisa pode mudar, mas quem neste momento pode ser considerato favorito ou favoritos!

    AK: Ninguém. Um abraço.

  • Allifer

    no caso do atletico goiniense o nome do tecnico é jairo araujo, e o nome do dirigente, é adson batista, nada a ver com o tecnico adilson batista que a pouco tempo atras havia sim treinado o atletico e ja nao ta mais la faz um tempo, portando se alguem for mandado embora la será o tecnico jairo araujo

    AK: Sério?

  • Gustavo Coelho

    Perfeita análise André. Em todos os tópicos. Melhor ainda na ironia final. Muito sutil. Parabéns por ser imparcial.

    Deixe para mostrar um corintianismo elouquente quanto ficar velho igual teu pai!!! hauaha

    O meu também tá com a idade dele, variando das ideias futebolísticas…

    Abs

  • Fabio

    Mais gêlo, por favor.

  • Hey André!

    Gostaria de saber sua opinião sobre a notícia dos times mais valiosos do mundo:

    http://espn.estadao.com.br/noticia/269205_manchester-united-e-o-time-mais-valioso-do-mundo-em-lista-da-forbes

    NYK, time de basquete mais valioso do mundo?! Explicae, vai… 😛

    Abraço!

  • Matheus Brito

    Marcelo, Normalmente o Galo perde para sua própria inconsistência. Acho o time desse ano bem melhor que o dos últimos anos, mas o Brasileiro entrará agora na fase de 2 jogos por semana. Veremos se tem elenco, pois não basta ter um time. Aqui não é a Espanha onde o Barça vence tudo com 18 ou 20 jogadores. Vide o Vasco que tem tido em torno de 8 desfalques nas últimas rodadas e caiu assustadoramente de produção, mas está pontuando.

    O Pênalti em Ibson me lembrou o pênalti fantasma aqui no Clássico Ceará e Fortaleza. Quem não viu confira nesse link, é imperdível. O Jogador do ceará levou um golpe de vento e o Juíz marcou.
    http://www.youtube.com/watch?v=UzPqMnEebnE Impagável.

  • Teobaldo

    Pela ordem, Meritíssimo. O Atlético tem 22 pontos. O Atlético Goianiense, esse sim, tem 2 pontos.

  • Tonny

    Tens razão! Foi falta de atenção minha. Abraço.

  • Edouard

    O Atlético-MG faz ótima campanha, e não é por acaso. O time está bem encaixado.
    Mas ainda é cedo. Muito cedo.
    Em 2011, o Corinthians tinha 25 pontos em 9 rodadas e quase perdeu o título para si mesmo, ao longo do campeonato.
    Times que talvez brigassem pelo título estão com desfalcados ou com a cabeça em outro lugar, como o Santos, o Inter e o meu Timão. Não devem chegar, mas podem tirar pontos importantes dos atuais favoritos mais pra frente.
    Terminado o clássico em Barueri, um contrassenso: o SPFC está em 5º, com a mesma pontuação do Botafogo, último time do G4; o Palmeiras, em 19º, apenas uma vitória em 9 jogos; mas quem deve ficar de cabeça quente é o são-paulino porque, ao final do ano, o saldo deve ser melhor para os palestrinos. O Palmeiras foi melhor mesmo com um homem a menos em campo.
    Um abraço.

  • Franz Caldeira

    O Galo está sim na liderança, e assim devemos manter, fazer igual ao Corinthians ano passado, vencer por um gol de diferença, sem espetáculo, mas ser eficiente, ganhando o título no final, que é o que a massa mais quer, é o que importa. Que os críticos caiam em cima, falem mal, exagerem, se o Galo ganhar, BH vai ver uma festa nunca vista antes André, e isso eu garanto, a massa do Galo é apaixonada, é maluca, e gritar campeão depois de 41 anos vai ser o grande momento da vida de muita gente por aqui. Abraço.

  • Franz Caldeira

    Agora em relação aos demais resultados, eu concordo contigo. O Corinthians já começa a reagir (o que era previsto pelo time que tem), a Ponte aproveita da “ressaca ruim” do Coxa e ganha mais três pontos, Santos e Inter foi chato e sem graça, e na minha opinião o que prende o time do Inter e o impede de deslanchar é o técnico, o Dorival intervém muito, altera muito as posições, não demosntra e não passa confiança, além de ser reclamão com coisas que não vão mudar. Bota e Flu, empate com gols, jogo morno, mas placar justo, ênfase na forma retrancada de jogar de Abel, que só não está pressionado pela torcida (ainda) por que tem como sombra Renato gaucho (que não interessa nem tricolor). Cruzeiro e Grêmio, me surpreendeu, pensei num jogo mais equilibrado, com mais chances pro Cruzeiro por estar em casa, apesar de não ter mostrado muita coisa nos últimos jogos, caso do Grêmio também, mas o que se viu foi um verdadeiro vexame, não pq perdeu pro Grêmio, mas como perdeu, com um homem a mais, com a torcida azul vaiando e gritando olé quando os tricolores tocavam bola, além da sonora vaia após o gol de honra de Welligol, Welligol? É, assim que o chamam aqui, rs, depois do jogo sobrou até pro gramado do Independência, elogiado por todos, mas criticado pelp derrotado Celso Roth. São Paulo e Palmeiras, injusto para o Palmeiras até certo ponto, quem bate um pênalti com tamanha displicência (Valdívia) não pode reclamar, e o São Paulo, que me desculpem os que defendem, e com todo respeito ao treinador, mas Ney Franco não vai resolver o problema do São Paulo (títulos). Sport e Portuguesa foi justo, ganhou quem mereceu, jogou mais, teve mais chances, não foi um primor, e que me desculpem novamente, mas Geninho já devia ter aposentado, não pela idade, mas é um técnico que não demosntra nenhum empolgação com o trabalho, pelo contrário. Vasco vence graças a Fernando Prass, o que não deixa de ser justo, o goleiro faz parte da equipe, deve ser lembrado e elogiado como tal. Agora, o Atlético-GO, com ou sem Adílson, com ou sem Hélio dos Anjos, até com Guardiola, Joachim Low, Muricy, etc. Que me desculpem torcedores do dragão, mas vai cair. Até porque Atlético na série A só tem um. Grande abraço André. Parabéns pela coluna.

  • Cesar

    O que o juiz fez no lance de penalti para o Flamengo foi um absurdo. Mas os jogadores também poderiam parar de se jogar desse jeito nas áreas. Mas ai, jé é pedir muito, né….

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo