NOTINHAS PÓS-RODADA



Nove rodadas do BR-12 já estão nos livros…

* Se o Atlético Mineiro (4 x 3 no Figueirense, em Florianópolis: Ronaldinho, Anderson Conceição, Julio Cesar, Ronny, Leonardo Silva, Bernard e Guilherme) mantiver o atual nível de atuação, brigará pelo título no final do ano. Manter o nível, claro, é a grande questão.

* Diferentemente de times que arrancaram no início do campeonato, nos anos recentes, o Atlético tem companhia na parte de cima da tabela.

* O Corinthians ganhou (2 x 1 no Náutico, no Pacaembu: Elicarlos e Danilo-2) pela segunda vez, a primeira desde que conquistou a Libertadores.

* Não, Danilo não apareceu por acaso.

* Com a segunda vitória seguida em casa, a Ponte Preta (4 x 1 no Coritiba: Roger-3, Pereira e Ricardinho) saltou três posições.

* É preocupante a situação do Coritiba, sentindo os efeitos da chamada “ressaca ruim”.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Internacional e Santos (no Beira-Rio), além de Juan ter sido expulso sem merecer.

* Fred marcou pela nona vez um gol no Botafogo (1 x 1 com o Fluminense, no Engenhão: Fred e Andrezinho). Não é pouco.

* Que bola de Márcio Azevedo, no lance do gol de Andrezinho.

* Cheguei a escrever que vencer o Cruzeiro no Independência, como fez o Grêmio (3 x 1: Marcelo Moreno-2, Kléber e Wellington Paulista), seria difícil. Errei?

* A vitória gremista teve participação decisiva de dois ex-cruzeirenses.

* O pênalti marcado em Ibson, na vitória do Flamengo sobre o Bahia (2 x 1, no Pituaçu: Hernane, Kleberson e Renato), foi vergonhoso.

* Ficou evidente a “lei da compensação”, pois o árbitro tinha expulsado Luiz Antonio num lance em que ele e Mancini disputaram a bola usando o braço.

* O Palmeiras jogou melhor e pressionou o São Paulo (1 x 1, na Arena Barueri: Luis Fabiano e Mazinho) até quando jogou com um homem a menos.

* Dupla falha de marcação de Douglas, dentro da área, no lance do gol de empate.

* É preciso destacar a melhora do estado do gramado da Ilha do Retiro, onde o Sport venceu a Portuguesa (2 x 1: Henrique, Gilberto e Moisés).

* Não dá para culpar Dida no lance do segundo gol do Sport. Ou dá?

* Espetacular desempenho de Fernando Prass, responsável pela vitória do Vasco (1 x 0 no Atlético Goianiense, em São Januário: Gabriel-contra).

* O Atlético tem apenas 2 pontos. Desse jeito, Adílson Batista acabará demitido…



MaisRecentes

Poupe



Continue Lendo

Pertencimento



Continue Lendo

Vitória com bônus



Continue Lendo