PRÉVIA DA COPA (Corinthians x Boca Jrs.)



Alguns aspectos que podem ser decisivos no jogo de logo mais:

1 – Riquelme

O 10 do Boca é o único jogador “fora de série” nesta final. Dele, pode-se esperar tudo. É inacreditável que se tenha comentado que Riquelme jogou mal na partida de ida. Também surpreende a maneira como o Corinthians lhe deu espaço para trabalhar. Impedir que Riquelme construa o jogo do Boca é uma das obrigações dos volantes corintianos, especialmente Ralf.

2 – O contra-ataque do Boca

Nenhuma novidade. Até quem não presta atenção sabe como o time argentino se comportará no Pacaembu. Já seria assim se o Boca não fosse um clube com tradição e experiência em decidir como visitante. Bons times argentinos sabem se alimentar de ambientes inóspitos. Conseguem ignorar a pressão e transformá-la em armadilha para o mandante. Na maioria das vezes, quem está em casa tem mais volume, ataca e se descuida. O Corinthians não pode correr esse risco. A boa notícia é que o Boca também precisa vencer, portanto não poderá apenas esperar.

3 – O relógio e o gás

Ao contrário do que muitos corintianos podem pensar, cada minuto que passar com o placar em 0 x 0 conta a favor, não contra. Uma das virtudes do time e da torcida precisa ser a paciência. O Corinthians não tem nenhum motivo para abandonar a organização que foi sua marca no torneio. E se a decisão chegar à prorrogação, o aspecto físico será favorável. O Corinthians tem sido amplamente superior a seus adversários nos finais das partidas.

 4 – Danilo? Castán? Romarinho?

Se a noite terminar com a primeira Libertadores conquistada, é certo que alguém será o herói. É o que acontece nos grandes momentos. Na caminhada até a final, Danilo foi um jogador marcante. No jogo de ida, Romarinho surgiu e marcou um gol tão importante quanto surpreendente. Hoje é noite para quem tem ambição.

______

Obrigado pelas mensagens sobre a nova coluna no jornal. Espero continuar merecendo a leitura. Abraços.



  • Sérgio

    André,

    1977 parece mais importante que o dia de hoje, na minha opinião pelo que li e ouvi. Não pelo título, mas pelo contexto. Fato é que hoje será jogado no Pacaembu o 1977 da minha geração!!! Para você, uma vitória hoje seria a maior da história do Corinthians?

    Abraços.

  • Anna

    Corinthians tem que ir com cautela porque tem muita chance de ganhar a Libertadores, mas do outro lado tem o genial e genioso Riquelme. O capitão hoje deveria ser Chicão ou Alessandro porque estão no clube desde 2008 e podem fazer História. Vai Corinthians!

  • alex

    Hj é um dia q não consigo pensar em possibilidades táticas, eu só quero saber quem é o novo Tupãzinho!!!
    Abs,

  • Joao CWB

    Eu acho que dá Boca, apesar de que o Corinthians em plena Bombonera se comportou muito bem e não sabemos se o Boca terá a mesma calma aqui.

    André, sem querer ser chato mas eu já tomei duas garrafas de vinho e nada do meu comentário no Mais Gelo, rs.

    Abraço

    AK: Cara, não há nenhum comentário na fila de moderação do MG. Algo aconteceu. Poderia enviar novamente? Um abraço.

  • Joao CWB

    Ixi, mandei dia 19 de Junho se não me engano, e era comentário um pouco extenso.

    Lembro que realmente aconteceu algo estranho e desconfiei que não tinha sido enviado, e como sou vacinado em blogs tinha dado um Ctrl C, Ctrl V e pouco depois postei novamente achando que obtive êxito.

    Tentarei puxar da memória o que postei na época e assim que puder repetirei o procedimento.

    Obrigado pelo retorno.

    Abraço

  • Matheus Brito

    Taí uma coisa que eu não sabia, a Anna é Corinthiana.

    Falando do jogo, do Riquelme pode-se esperar tudo, até mesmo que não faça nada. O Corinthians (esse sim tem um jogo chato) dificilmente perde essa partida. Não sei se leva no tempo normal, principalmente porque não sabe atacar e o Boca também sabe defender. Acho que será um jogo tão nervoso e duro quanto foi a segunda partida contra o Vasco. Mas se o Corinthians repetir a postura de “bumba meu boi” daquele jogo, se não botar a bola no chão, vai ficar mais um ano sonhando e sendo “zoado”.

    Obs: Tá na hora da torcida Corintiana parar com essa campanha chata de que todo mundo é “Anti”, que só eles são apaixonados pelo clube, que pra eles tudo é mais difícil. Isso é chato, além de ser mentira e hipocrisia. Ou eles vão torcer para o Palmeiras contra o Coritiba para o “bem do futebol paulista”?

  • JULIANA

    Vou assistir o Jogo esperando por um bom espetáculo de bola rolando………..

    Sou são paulina e se o SCCP ganhar: vai ser por merecimento, mas se o CCBJ ganhar ahhhhhhhhhh vai ser uma delícia!!!!!!!!!!

  • Matheus, discordo de você. O Corinthians sabe sim atacar, tanto que todos seus jogos terminaram nos 90 minutos, ao contrário do Vasco e do Santos, por exemplo, que tiveram que decidir nos pênaltis.

    Eu creio que a Anna é vascaína (e muito), só vai torcer para o Corinthians. Quem torce contra só pode ser chamado de “anti”. Eu vou torcer pelo Coritiba e não me importo de ser chamado de “anti-palmeirense”.

    Abraço!

    PS.: A chave do jogo é keep calm and watch Riquelme 😉

  • BASILIO77

    M.Britto, claro que a imensa maioria torcerá para o Coritiba.
    A questão quando se trata de torcer CONTRA o SCCP, é a intensidade e com qual frequencia isso acontece.
    Numa final como essa de hoje, de libertadores, é claro que cada um acaba tomando um “partido”, é uma decisão…até na final da Eurocopa, a gente acaba escolhendo um preferido.
    Aposto com qualquer um que no proximo domingo, a torcida do Sport será ENORME…fogos em caso de gol dos pernambucanos…e coisas do tipo.
    Desculpe, mas não há comparação.
    Moro em santos, e em QUALQUER competição que o Corinthians participe, os caras aqui torcem contra. Da copinha juniores ào mundial da FIFA, passando pelo carnaval da gaviões…showbol…futsal…
    A diferença básica é essa.
    Abraço.

  • Jairo

    Parabéns ao SCCP pela conquista, foi merecedor, pois aliou competência e sorte nos momentos difíceis, mas discordo do Basílio ao dizer que a torcida contra o Corinthiasn é diferente, ora ou vc acha que quando o meu Flamengo joga até partida de bolinha de gude, os vascaínos, botafoguenses, tricolores e outros mais o apoiarão? Ou algum corintiano vai torcer para o Palmeiras hj contra o Coritiba? Claro que não, portanto só acho que tinha muita torcida contra sim, inclusive a miha rs, mas nada diferente se por exemplo quem estivesse na decisão fosse o Vasco ou o Fluminense.

  • Jairo,

    você como flamenguista, deve saber que a mobilização (a favor e contra) dos times de massa é muito maior. Por exemplo, um santista prefere muito mais ver o Palmeiras campeão, do que o Corinthians. Isso é fato. Além disso, perdi as contas de quantos torcedores de times do Rio, de Minas, do Nordeste que estavam torcendo contra. O mesmo aconteceria se o finalista fosse o Flamengo.

    Já se você o Botafogo, por exemplo, os torcedores do Rio torceriam contra, mas os demais, provavelmente torceriam a favor.

  • Matheus Brito

    Pedro e Basílio,

    Quer dizer que quando um Corintiano torce contra o palmeiras ou o Santos é com menos intensidade do que o contrário? Tá certo, e coelhos nascem de ovos de chocolate.
    Sou Vascaíno e lembro bem da Fla-Madri em 1998. Lembro muito bem também da torcida do Corinthians pelo Manchester em 99, fizeram até camisa. Essa rivalidade é perfeitamente saudável quando não ultrapassa os limites do razoável, da esportividade. Vejam que foto legal da camisa do Corinthians dividida com a do Manchester:
    http://noticias.bol.uol.com.br/esporte/2012/06/22/torcedora-simbolo-mostra-que-corintiano-ja-torceu-para-o-boca-na-libertadores.jhtm

  • BASILIO77

    Matheus, voce acha realmente que os indices de audiencia que giram em torno do nome SCCP são de origem APENAS de Corinthianos?
    Cara, não estou dizendo que não há “secadores” entre a torcida do Corinthians, infelizmente isso está em todas as torcidas….mas a ANTIcorinthians bate recordes…NÃO ME ORGULHO DISSO, a gente até tira um sarro em cima disso, mas se perguntar pra gente se gostaria que isso mudasse, se já estamos de saco cheio das teorias conspiratórias e de toda essa “atenção” que gira em torno de TUDO o que é ligado ao SCCP, 90% dos Corinthianos diriam que querem que SE ESQUEÇAM DA GENTE!
    Nisso, o ano de 2008 na série B foi MUITO LEGAL. Foi um sossego. Assisti aos jogos do meu time com certa tranquilidade, me senti um “torcedor normal”.
    Mas paro por aqui, quem acredita que ANTICORINTHIANISMO é igual a qualquer torcida “secadora”…fiquem a vontade. Talvez SÓ o Flamengo chegue perto disso.
    E eu, com toda sinceridade, quero que o Palmeiras vença a Copa do Brasil.
    Time grande tem que jogar contra time grande.
    Com todo respeito ao Coxa, não irão acrescentar nada na libertadores 2013.
    Abraço.

  • Junior

    Sobre ser “anti”, alguém acompanhou a pesquisa que saiu na Veja? Existem dados interessantes lá.

    O apelido “anti” não se deve ao fato de você torcer contra um rival, mas sim por unir torcida com um rival contra um time, em todas as ocasiões.

    Vejamos:

    Principal rival do Corinthians: Palmeiras
    Principal rival do Santos: Corinthians
    Principal rival do Palmeiras: Corinthians
    Principal rival do São Paulo: Corinthians

    Quando o jogo é entre qualquer grande de SP contra o Corinthians, os rivais torcem para o adversário. Já num jogo entre Palmeiras e São Paulo, não existe um consenso entre os corintianos sobre para quem torcer, vai mais de momento.

    Segundo a pesquisa da publicada na Veja online, no Rio, foi apurado que para torcedores de Flamengo, Fluminense e Vasco, o terceiro maior rival desses times não é o Botafogo, mas sim o Corinthians.

    Em outra oportunidade, foi pesquisado que torcedores do Grêmio, Inter, Galo e Cruzeiro, apontam o Corinthians como rival, depois de seus antagonistas, é claro.

    Até mesmo uma pesquisa recente, realizada com jogadores, colocam o Corinthians como o segundo time que nenhum jogador gostaria de perder. (quem liderou foi o folclórico Íbis).

    São por fatos como esses, e pela comovente junção de torcedores rivais conra o Corinthians (demosntrados aqui mesmo nos comentários do blog) que existe a categoria dos “Antis”

    PS: não fiquem tão bravos com tais brincadeiras. Isso não é nenhuma teoria conspiratória, tampouco estou dizendo que essas pesquisam sirvam de argumentos para qualquer coisa. É só uma provocação barata aos rivais.

  • Alexandre

    Sobre esta questão dos “anti”, há muitos aspectos a comentar:

    -Quanto maior é uma torcida, mais ruidosa e incômoda ela é, e mais puxa-saquismo na mídia ela gera (business as usual), logo, clubes como Flamengo, Corinthians e São Paulo (nesta ordem), acabam tendo sempre as maiores torcidas contrárias;

    -Equipes vencedoras geram inveja, por isso muitos secavam, por exemplo, o São Paulo nos áureos tempos, ou o Santos (por que motivo o Neymar seria tão odiado, senão pelo sucesso?) e o Corinthians dos últimos tempos;

    -Certos comportamentos são extremamente antipáticos aos adversários, como este do corintiano se considerar “O” mais apaixonado por seu clube sem qualquer base na realidade (particularmente, considero mais apaixonados não os torcedores dos times de massa, vitoriosos, e sim os dos times pequenos, como a Portuguesa, pois esses sim sabem o que é o amor incondicional, já que pouco terão em troca);

    -Vitórias consideradas ilegítimas e/ou ilícitas geram fortes reações das torcidas adversárias. Por exemplo, até hoje a quase totalidade dos não-corintianos contesta os títulos do mundial da FIFA de 2000 e do Brasileiro de 2005 (há inúmeros outros exemplos com outros clubes, como o Brasileiro do Botafogo em 95, ou aquele famoso FlamengoxAtlético/MG) mas só uns poucos fanáticos contestarão este título da Libertadores de 2012, por ter sido irretocável;

    -A rivalidade é o que dá graça ao futebol: nada mais natural que um sãopaulino torça contra o Corinthians, ou os torcedores deste contra o Palmeiras;

    -Com tudo isso, há que se lembrar que a torcida contra nunca é tão grande quanto parece (vide http://www1.folha.uol.com.br/esporte/1110989-cerca-de-30-dos-rivais-vao-torcer-pelo-corinthians-diz-datafolha.shtml ). Na verdade o ser humano tem tendência a dar importância para os sentimentos negativos vindos de terceiros e ignorar os positivos;

    -Por fim, todo torcedor adora um chavão. “Os anti pira”…

  • Alexandre, perfeito. Nada a acrescentar, apesar de discordar da questão dos títulos contestados, pois não acho que há motivo.

    No mundial, o Corinthians foi o representante do país-sede, assim como tantos outros nos mundias seguintes.

    Mateus, eu não disse que os corintianos não são secadores. Só disse que ele tem maior antipatia. Não vejo problema nenhum em torcer contra o time que quiser. Só acho que quem tá torcendo contra não deve reclamar de ser chamado de “anti”, porque não é uma ofensa, é uma constatação.

    Concordo com você com relação a alguns torcedores se acharem o mais apaixonado. eu discordo também. Acho que todos gostam muito dos seus times. Corintiano não é diferente nesse aspecto!

  • BASILIO77

    Junior, Alexandre e Pedro…disseram tudo.
    Parabéns!
    Tenho 47 anos, morador de Santos e só posso dizer uma coisa: “esses caras são chatos DEMAIS!!!”
    Se eu fosse torcedor do SFC, depois de 10 anos por “cima da carne seca”, começando com Robinho/Diego saindo da fila de maneira fantástica sobre o maior rival, e depois com Neymar/Ganso ganhando a libertadores, passando pelo TRI-paulista….gastar energia/tempo torcendo contra o SCCP em TODAS as rodadas de TODOS os campeonatos…EU NÃO PERDERIA MEU TEMPO, sinceramente.
    Mas não há rodada em que não tenha “santista” torcendo contra o Timão.
    Só tomando uma.
    Abraço.

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo