NOTINHAS PÓS-RODADA



A quinta jornada do BR-12:

* A vitória do Botafogo (2 x 1, no Beira-Rio: Dagoberto, Andrezinho e Fellype Gabriel) em Porto Alegre encerrou a invencibilidade do Internacional.

* Foi a terceira virada do Botafogo no campeonato.

* Um belo gol de Wellington Paulista comemorou a volta do Cruzeiro (1 x 0 no Figueirense, no Independência) a Belo Horizonte, após mais de dois anos mandando jogos no interior.

* O Figueirense estava invicto.

* O Flamengo venceu (1 x 0, no Engenhão: Botinelli) os reservas do Santos, mas ouviu queixas da torcida. Botinelli foi vaiado antes do cobrar o pênalti, numa manifestação pouco inteligente.

* Eu achei que foi pênalti em Ibson. Sei que sou minoria.

* No jogo número 400 da carreira de Fred, o Fluminense goleou (4 x 1, no Engenhão: Wellington Nem, Anderson, Ricardo Jesus, Fred e Lanzini) a Portuguesa.

* Deco passou para três dos quatro gols. As duas últimas assistências foram geniais.

* Luis Fabiano fez o gol do São Paulo (1 x 0 no Atlético Mineiro, no Morumbi) e foi expulso após receber o quinto cartão amarelo em quatro jogos.

* Fabrício, do São Paulo, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Será operado nos próximos dias.

* O Vasco, líder, perdeu os primeiros pontos (1 x 1 com o Palmeiras, na Arena Barueri: Mazinho e Juninho Pernambucano) no campeonato.

* O Palmeiras ainda não venceu.

* Com a primeira vitória, o Bahia (2 x 1 no Sport, no Pituaçu: Elias, Bruno Aguiar e Fahel) deixou a ZR.

* Bahia e Sport não se enfrentavam pela Série A do Campeonato Brasileiro havia mais de dez anos.

* A Ponte Preta foi mais um time a derrotar (1 x 0, no Moisés Lucarelli: André Luis) os reservas do Corinthians.

* O atual campeão brasileiro é o lanterna isolado, já com 12 pontos de desvantagem para o líder.

* Por falar em reservas, os do Coritiba golearam (3 x 0, no Couto Pereira: Pereira, Marcel e Tcheco) o Atlético Goainiense.

* O que comprova que o problema do time goiano era Adílson Batista, né?

* O Grêmio não usou escalação alternativa, mas perdeu para o Náutico (1 x 0, nos Aflitos: Ronaldo Alves).

* O gol do Náutico saiu aos 46 minutos do segundo tempo.



MaisRecentes

Voltando a Berlim



Continue Lendo

Passo adiante



Continue Lendo

Futebol champanhe



Continue Lendo