MAIS DAS COPAS



O São Paulo venceu o Coritiba (1 x 0) com um gol de Lucas.

Tudo normal na frase acima, certo? Vitória em casa, gol de um dos principais jogadores do time. Nada que chame a atenção de quem não viu o jogo no Morumbi.

Mas as palavras enganam. Lucas construiu a vantagem do São Paulo aos 43 minutos do segundo tempo, em jogada individual, quando o Coritiba tinha um homem a mais em campo.

Àquela altura, o 0 x 0 em casa – que já não é um resultado ruim para o mandante no primeiro jogo – estava ótimo. E a torcida do São Paulo, descontente.

Porque o Coritiba jogou melhor na maior parte do tempo. E pior no momento mais importante.

Quando Paulo Miranda foi expulso (corretamente) pelo segundo cartão amarelo, o que se esperava era que a situação do São Paulo se agravasse.

Aconteceu o contrário. O Coritiba confundiu as coisas, adotou uma postura de controle do placar (só criou uma chance) em vez de buscar um gol fora de casa.

E como os dois jogadores ofensivos do São Paulo permaneceram em campo, os riscos para os visitantes não diminuíram.

Luis Fabiano teve uma noite pouco característica. Desperdiçou chances que normalmente converte em gols, e levou azar numa cabeçada que tocou no travessão.

Mas Lucas se livrou de dois marcadores num movimenro diagonal e chutou cruzado. Castigo que o Coritiba mereceu pela falta de ousadia.

Ainda tem jogo no Couto Pereira, claro. Mas o time paranaense poderia estar em posição melhor.

______

Pelas semifinais da Copa Libertadores, o Boca Juniors abriu excelente vantagem sobre a Universidad de Chile: 2 x 0, na Bombonera.

Quem não viu o atual Boca jogar pode se surpreender. Não é um time que pressiona o oponente com marcação alta, e nem faz questão de controlar a posse.

O que este Boca faz, e faz muito bem, é fechar espaços e contragolpear.

Riquelme é o jogador que pensa e comanda as ações. Somoza é um excelente marcador pelo meio. Mouche e Ledesma criam perigo pelos extremos do campo. E Santiago Silva faz gols.

É um time calmo, consciente de suas qualidades. Procura a vitória, ou o resultado que lhe interessa, sem pressa.

Problemaço em jogos fora de casa. Nada indica que a U. de Chile sobreviverá.

______

Júnior Marques, estudioso do futebol argentino, escreveu tudo o que você precisa saber sobre o jogo de ontem.

A análise está aqui.



  • Alexandre

    “É um time calmo, consciente de suas qualidades. Procura a vitória, ou o resultado que lhe interessa, sem pressa”.

    Boca Juniors? Dá um “copy&paste” neste parágrafo, que não tem erro. Há doze anos…

  • Alexandre

    André,
    Gostaria, se possível, que você comentasse o show de horror da Euro-12.
    Hooliganismo, racismo, e todos os “ismos” que a boa e velha Europa exibe com orgulho.
    E pensar que tudo começou tão bem com aquelas visitas a Auschwitz antes da competição…

    AK: Certas cenas poderiam ter sido evitadas, como por exemplo marcar Polônia x Rússia, com todo o histórico bélico entre os países, para a data em que os russos comemoram o seu dia nacional. De resto, já era esperado, não? Um abraço.

  • Marcelo Morais

    Eh desanimador assistir a um jogo inteiro do SPFC versao 2012 (e, infelizmente, em 2010 e 2011 nao era muito diferente). Ontem, mais uma vez, desempenho sofrivel, principalmente no primeiro tempo. Desorganizacao, individualismo, falta de tecnica e criatividade. O 1×0 pareceu mais castigo para os visitantes – como voce bem resumiu – do que recompensa para os mandantes. Sim, tem jogo em Curitiba, mas acho que o SPFC serah presa facil.

    “O que este Boca faz, e faz muito bem, é fechar espaços e contragolpear.”
    Bom sumario. Continuo achando que o SCCP terah dificuldades contra o Boca na final da Libertadores. Principalmente porque o Boca utiliza armas semelhantes aas do SCCP.

  • Marcelo Morais

    Euro-2012:
    De fato, as cenas de confrontos entre torcidas e as demonstracoes explicitas de racismo sao lamentaveis. Mas, em compensacao, o nivel tecnico da competicao estah me surpreendendo. Acho a Euro uma copa bastante charmosa e agradavel de se ver, mas a Euro-12 estah bem acima da minha expectativa.

    Ateh agora, 16 jogos, nenhum 0x0 (salvo engano) e algumas partidas memoraveis.

  • Roberto Junior

    André, bom o nível da Euro dentro de campo, hein?

    Todo mundo buscando o jogo, muitos gols. Pra mim, desde a Copa de 86, o melhor torneio de Seleções a que assisti.

    Abraço!

    AK: Concordo. Mas acho um erro aumentar o torneio para 24 times. Um abraço.

  • Roberto Junior

    Concordo. Essas politicagens do Platini…

  • André,
    não achei a expulsão do Paulo Miranda por segundo amarelo justa. Pela jogada, devia ter sido vermelho direto!

    E não consigo entender como o cara ainda vai reclamar na entrevista, dizendo que o 1º amarelo foi injusto. Ele já tinha cartão e deu uma solada na orelha do adversário! Quer falar o quê?

    Agora, me surpreendeu a quantidade de sãopaulinos metendo a boca no Lucas ontem. Sei que temos uma das torcidas m,ais chatas (no pior sentido) do Brasil, que menos apóia os jogadores quando eles precisam (ou seja, quando estão mal), mas cornetá-lo depois de decidir o jogo com um gol de craque aos 43′ do segundo e com um a menos me parece extrapolar um pouco os limites.

    E acho que o que a torcida do SPFC faz com o Lucas é um pouco do que o Brasil inteiro faz com o Neymar. Eles são cobrados e comparados com jogadores com duas vezes mais anos de carreira que eles, como se tivessem que ter subido para o profissional já prontos e estáveis. Dá um tempinho pra molecada amadurecer…

    Só que para o SPFC, esperar esse amadurecimento pode não ser o melhor negócio do mundo. Pensa comigo: se tudo correr normalmente, é bem provável que o Lucas jogue a Copa. E daí, é MUITO provável que ele seja negociado logo em seguida. Ou seja, o SPFC vai ficar mais 2 anos com ele instável, amadurecendo, e depois ganhar uma bela grana.

    A Inter de Milão já mostrou que está muito interessada em levá-lo já esse ano. Se eu fosse o Juvenal, pegava a próxima oferta da Inter (que deve ser na casa das dezenas de milhões) e rebatia: eu aceito essa grana aí mais o Forlán. Seriam boas as chances da Inter topar, já que o uruguaio não cabe no time faz tempo.

    Resultado: o SPFC trocaria 2 anos de Lucas instável pelo resto da carreira do Forlán, que é craque e identificado com o clube. Se ele aguentar pelo menos mais 2 anos em alto nível, acaba equilibrando a balança futebolisticamente falando. E ainda recebemos o $ dois anos antes.

    Acho que isso faz ainda mais sentido se você pensar que os próximos dois anos serão os últimos do Rogério (se chegar a tanto) e do Luis Fabiano. Temos que aproveitar esse tempo da melhor maneira possível, colocando-os pra jogar em alto nível o quanto antes (leia-se, na Libertadores do ano que vem). A urgência desse momento joga contra a maturação dos garotos e vai acabar queimando alguns deles no processo.

  • Ainda sobre a Euro: que camisa linda essa da França..
    A fabricante podia caprichar assim na do Brasil também…

  • Marcelo Morais

    Caro Beto Petroni,
    Bem observado. Ha varios uniformes muito bonitos nessa Euro: o azul da Suecia, o azul da Inglaterra (usado no jogo contra a Suecia), o da Holanda e os uniformes de Portugal.

  • Marcelo Morais

    Concordo com você na da Inglaterra e da Suecia!

    abs!

  • Ado Marcelo

    Esse boca não é um time bom, o que não quer dizer que seja fácil ganhar deles.
    O Boca tem uma característica interessante, adquirida talvez ao longo de anos de sucesso na competição, é um time destemido.
    Não tem fluminense com Fred e Deco, Santos de Neymar, nada disso importa para eles., eles não respeitam ninguém, tão pouco desmerecem. Sem mencionar que se bobear eles vão te empurrando para a defesa.
    Quisera eu ter mais disso aqui no Brasil.

  • Robert silva

    sobre o jogo flu 4 x 1 lusa:
    A unica esperança desse flu em 2012
    chama-se thiago neves
    valencia é outro q nao pode ficar fora do time, o melhor marcador do flu
    deco temlampejos mas nao e constante
    fred idem
    ambos fisicamente frageis
    e o flu deveria jogar mais vezes em volta redonda onde a torcida sempre prestigia a equipe e vibra muito
    ao contrario do engenhao onde poucos tricolores tem comparecido

  • Robert silva

    Ao Ado Marcelo:
    Como Deco e fred estavam fora do mata mata da libertadores por contusao
    vc nao deveria afirmar q o boca atropelou o flu de deco e fred

    diga-se de passagem no jogo entre flu x boca q fred e deco jogaram na bombonera
    o resultado foi flu 2 x 1 boca

MaisRecentes

Presente



Continue Lendo

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo