CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

CALADA

Não é possível. Numa novela, a melhor caricatura das bobagens cometidas pela diretoria de um clube fictício não chegaria aos pés do que o “comando” do Flamengo tem feito. As cenas dos últimos capítulos desafiam a capacidade humana de se constranger publicamente.

Fosse um espião, um agente duplo, o vice-presidente jurídico do Flamengo seria incapaz de fazer um trabalho tão danoso. É o caso de se perguntar se Rafael de Piro realmente trabalha PARA o Rubro-negro. Sua atuação nos episódios envolvendo Ronaldinho Gaúcho sugere que Piro é membro da equipe de advogados contratados por Assis para defender seu irmão. O esforço para atrapalhar é notável.

A história do exame que teria flagrado álcool no sangue de Ronaldinho é um monumental gol contra. Mesmo que existisse, jamais deveria ter sido divulgado. Mas a incompetência é sistêmica. Ao que parece, há quem que não consiga ser bem sucedido nem mesmo quando opta por atitudes desprezíveis. Até a sordidez requer certo nível de categoria.

O advogado do Flamengo soltou a voz sobre a existência do dito exame, na semana passada. Tom ameaçador, peito estufado. Evidentemente ignora a baixeza do ato. Mas se falou, tem de mostrar. Se você soará como um crápula, ao menos seja um. Não se preste apenas a tentar. Nem isso conseguiu.

José Luiz Runco, médico do clube, respondeu por algo que diz respeito a seu departamento. Não há exame. Não houve. Não haverá. Runco pareceu indignado ao ver um outro tipo de doutor, mal informado, falando por ele. Com razão.

Então vejamos: o vice-presidente jurídico do Flamengo disse, com todas as letras, que o clube tinha uma prova de que Ronaldinho foi treinar alcoolizado. Uma afirmação explosiva. Só que é mentira. Se você acompanhou até aqui, talvez queira saber se Rafael de Piro tem um superior, um chefe? Porque em qualquer lugar, o RH já teria entrado em contato.

Sim, ele tem um superior. É Patricia Amorim, presidenta do Flamengo. Ocorre que ela não fala. Diz que o caso está sob “segredo de Justiça”. Ela quer que você acredite que o advogado do Flamengo pode mentir sobre o caso. Que o médico pode desmenti-lo. Mas ela? Ela não pode dizer nada.

De fato, Patricia é melhor calada.

DRAMA

Complicada a situação de Valdivia. São Paulo é uma cidade violenta para todos, e quem não tem raízes por aqui evidentemente questiona se quer ou não continuar enfrentando a falta de segurança. Se a decisão é deixar o Palmeiras, a única obrigação que ele tem é conduzir o processo com profissionalismo e correção. Que apresente alguém disposto a pagar a multa ou chegue a um acordo com o clube. Em campo, a relação fracassou.

CRAQUE

A seleção da Alemanha teve momentos exuberantes na vitória (2 x 1) sobre a Holanda, ontem. Os holandeses, que chegaram à Euro com status de favoritos, estão em situação delicada num grupo difícil. Bastian Scwheinsteiger entende tudo, é um senhor jogador de futebol. Marca e corre como alemão, pensa como espanhol e passa como o brasileiro um dia passou. Ele deu uma aula para Van Bommel e comandou uma grande atuação alemã.



MaisRecentes

Vencedores



Continue Lendo

Etiquetas



Continue Lendo

Chefia



Continue Lendo