COLUNA DOMINICAL



(publicada ontem, no Lance!)

QUEM SABE JOGA

“Quando você for treinador, vai querer colocar todos os meiocampistas em seu time. É a melhor maneira para que a equipe jogue bem.”

Javier Mascherano contou recentemente ao jornal espanhol El País que jamais esquecerá a frase acima, que ouviu de Pep Guardiola no dia em que jogou pela primeira vez como zagueiro no Barcelona. Aconteceu sem nenhum treino, nenhuma conversa, num jogo de Liga dos Campeões. Guardiola simplesmente escalou o volante argentino como central.

Os métodos do técnico catalão explicam a maneira como as coisas aconteceram no Barcelona nas últimas quatro temporadas. Um time em que jogadores de meio de campo atuaram em todas as posições, menos no gol. As ideias de Guardiola também contrariam regras douradas do chamado “futebol moderno”, em que a tática foi elevada ao nível máximo de importância na construção de uma equipe. O jogador foi rebaixado ao terceiro plano.

Pensa-se primeiro num ideal tático, depois numa proposta de jogo e, por fim, nos futebolistas adequados para executá-la. O processo explica a monotonia que se observa nos campeonatos ao redor do mundo. Explica também o sucesso de quem ousa fazer o raciocínio inverso e recuperar o lugar do atleta na hierarquia do jogo.

É um equívoco dizer que o Barcelona joga para Messi. O Barcelona joga para Xavi ativar Messi. O brilhantismo de Xavi, um jogador como nenhum outro, faz com que Messi apareça apenas no momento em que seus poderes extraterrestres são decisivos. Esse é o conceito que a seleção argentina nunca compreendeu.

Vestindo a camisa de seu país, Messi já foi encarregado de gerar o jogo, o que o prejudica pela sobrecarga. Pior ainda, foi incumbido de definir movimentos ofensivos que não foram desenhados para receber sua assinatura. Simplesmente foram entregues a ele. Até agora.

Um comentário do técnico Alessandro Sabella indica que a Argentina que veremos neste sábado é um time mais inteligente. “Messi precisa estar acompanhado para jogar seu máximo”, disse o treinador. Não se trata de encontrar um Xavi argentino, seria uma busca fadada ao fracasso. A questão é dar a Messi a companhia de jogadores capazes.

Na goleada de 4 x 0 sobre o Equador, no último sábado, Gago, Dí Maria e Aguero se alternaram como cúmplices de Messi, infernal navegando entre as linhas. Após o primeiro gol, os equatorianos cometeram o suicídio de soltar o melhor jogador do mundo. Há sinais de que, contra o Brasil, Sabella escalará um atacante a menos. Por precaução ou pela oportunidade de testar variações para um time que disputa as Eliminatórias para 2014.

O objetivo da Seleção Brasileira são as Olimpíadas, com desafios semelhantes. Neymar foi vilipendiado após a derrota para o México, responsabilizado pelos erros de um time em formação. O Brasil precisa descobrir a melhor maneira de ativá-lo. O que nos leva às “regras” do futebol de hoje.

A aparição de Oscar como gerador de jogo contra a Dinamarca foi saudada como uma alternativa a Ganso, novamente indisponível. Guardiola pensaria de outra forma. A julgar pelo que disse a Mascherano, ele arrumaria lugares para os dois.



  • BASILIO77

    Concordo com a ideia. Mas como já disse em outras oportunidades, os jogadores brasileiros DE ALTO NÍVEL precisam evoluir como pessoas. Particularmente NAO acho Mascherano “top”, mas o mercado acha. Entao pergunto, qual volante brasileiro “top” aceitaria jogar de zagueiro e mais, o faria com total e sincera dedicacao? Tenho duvidas…sérias duvidas.
    É comum ver nosso talentos fazendo a independencia financeira das suas próximas 5 geracoes, mas conquistando pouco em termos de titulos.
    O Brasil precisa investir na pessoa, no ser humano. Para que as ambicoes de seus jogadores nao fique limitada só ao dinheiro, mas que a consagracao profissional venho junto.
    Abraco.

  • danilo

    Quero deixar bem claro minha insatisfação em relaçao a seleçao de mano menezes..nao interessa se a seleçao jogou bem mas perdeu…o importante ai eh que PERDEU….o mano toda vez que pegou adversarios mais qualificados pipocou…..perdeu….ate quando isso meu deus???nao eh possivel que ninguem veja que esta na hora de mano entregar o cargo…vao esperar o que????que ele perca a copa?????sinceramente eu nao consigo acreditar que esse pessimo tecnico ira continuar no comando da seleção…é completamente lamentavel…vai perder a copa e vai falar: perdemos mas jogamos bem…perdemos mas o time demonstrou garra e determinaçao…ate quando povo brasileiro??????ate quando????? nao interessa que messi decidiu…..gente vamos acordar…falou em jogo mais dificil falou em DERROTA!!! isso ta claro que vai acontecer na copa do mundo…é fato….frança, alemanha, mexico tambem nao tinham messi…mas eram pouco mais qualificados…fato esse o bastante pra decretar derrota da canarinho… olha que nao estou falando nem de EMPATES BISONHOS com paises baixos, venezuela e paraguai(derrota pro paraguai nos penaltis com as historicas 4 cobranças para fora). tem gente que nao quer enxergar e pensa…”ah brasil jogou bem….na copa em casa eh outra historia” ..nao é nao….na copa a historia serah EXATAMENTE A MESMA….passa na primeira fase com times cômicos na chave…passa com uma goleada enganadora nas oitavas e sem sombra de duvidas CAI NAS QUARTAS OU NAS SEMIFINAIS….na copa nao tem so messi nao….tem alemanha…tem uruguai…tem espanha…tem holanda(nem fala ne)…enfim….chega a dar raiva quando le um monte de gente falando que valeu pela garra…me poupem……bom se esse mano nao for RETIRADO da nossa seleção a coisa vai pro buraco….e tem gente que se recusa a enxergar….

    Duas Notinhas sobre o jogo:

    Hulk….vc fez seu golzinho ????pega eles coloque em um vaso sanitario e DÊ DESCARGA!!!voce é o atacante mais fominha da seleção dos ultimos 190 anos….vc simplesmente se RECUSA A TOCAR A BOLA…incrivel sua capacidade de nao tocar pra um companheiro mais bem colocado e logo em seguida dar bicao pro alto…toca a bola meu amigo…tu eh atacante trombador …desgruda essa bola do peh….sem contar que perdeu dois gols inacreditaveis….so um burrasnomento(burro+asno+jumento)igual o mano menezes pra insistir em lançar voce como titular….vc é uma negação…

    Neymar..sem falar de seu futebol pq vc eh craque…vamos falar de outra coisa…..lembra na final do mundial que vc caiu de 4 contra o barcelona e protagonizou uma cena VERGONHOSA E HUMILHANTE ao ir mendigar uma troca de camisa com o messi e ele com o dedinho fez “nao…nao” e apontou pra outro lugar como se tivesse prometido a camisa pra outra pessoa e tu ficou com uma cara de bunda danada??????DE NOVO ONTEM NEYMARRR????larga de ser amador rapaz…reparem….ONTEM ACONTECEU EXATAMENTE A MESMA COISA…. acabado o jogo com mais um show de messi pra cima de neymar e o que aconteceu??la foi neymar novamente com aquela carinha feinha dele e seus cabelos pixaim pedir a camisa do cara…e o que messi fez?????falou que nao e apontou pra outro lugar fazendo o dedo como se a camisa dele ja tivesse dono…segundo jogo seguido que um jogador da nossa PENTA CAMPEÃ MUNDIAL se humilha pra um hermano e recebe um não como resposta…vc tem que guardar a sua camisa meu irmao….ela vale muito mas muito mais que a azul e branca do lado de lá…minha voh sempre me disse….VERGONHA NA CARA E CANJA DE GALINHA NAO FAZEM MAL A NINGUEM…é gente os tempos mudaram mesmo…nosso craque e idolo do futebol brasileiro armando um papelao desse dois jogos seguidos….é……a coisa ta feia nao….TA ASSUSTADORA…..

  • Willian Ifanger

    Sempre é bom ler você quando trata desse tema. É tão didático que deveria ser leitura obrigatória por quem gosta de futebol.

    Pra mim o futebol brasileiro, em qualquer competição, tem que se preocupar em mostrar o futebol com DNA brasileiro. O futebol brasileiro não precisa ganhar mais nada pra mostrar sua importância. E, pra mim, não adianta ganhar uma competição jogando futebol comum. Qual a graça disso?

    Garanto que qualquer torcedor de outro país, quando vê a seleção jogar, imagina que verá um “algo mais”, algo diferente. Se bobear são mais exigentes nesse aspecto do que nós mesmos.

    Apesar da qualidade técnica dos nossos jogadores não estar na melhor “safra”, garanto que daria pra montar uma bela Seleção pensando nessa filosofia.

    E o problema não está nos jogadores, mas sim nos dirigente e técnicos e suas mentalidades falidas. E não se aposta/investe em ninguém com idéias novas. Nem dirigentes, e nem torcidas. O mundo hoje é dominado pela urgência de resultados, pela falta de paciência.

    Sorte do Barcelona, sua torcida e seus admiradores que ali dentro há “muito mais que um clube de futebol”. Deveria ser o farol a ser seguido.

  • BASILIO77

    Nossos jogadores “top” sao criancas mimadas. Chegam aos 30 anos confundindo “alegria de jogar futebol” com infantilidade. Auto-confianca com soberba.
    Porque?
    Porque desde cedo, desde o fraldinha, o que se destaca é mimado. O time depende dele, ele SABE…e NINGUÉM o contraria.
    Porque aos 13 anos, já com fama no meio em que atua, comecam as questões financeiras. As promessas e pequenos “presentes”. A família acha tudo lindo.
    Aos 15, já com empresário, tem seus “direitos” absolutamente garantidos…pois o muleque joga MUITO…daí pra frente a relacão deles com o futebol é sempre uma relacão chantagista.
    Toda esse contexto é difícil mudar, pois se contrariar os desejos do “craque” iniciante, ele vai embora! Ou para o exterior ou para um clube rival local, sempre com bracos abertos para, quem sabe, faturar uma boa grana numa transferencia e ainda “tirar uma onda” da concorrencia.
    Vale pra TODOS os clubes e pra todos jogadores promissores.

    Com a evolucão física e tática, aliada à uma técnica razoável, nossa tal “alegria de jogar futebol” já não nos garante vitorias. É preciso algo mais.
    E aí é que está, ao meu ver, o melhor aspecto do Barcelona a ser seguido. Vejo atletas sérios e comprometidos, profissionais no melhor sentido da palavra. Sem que isso vire uma obsessão por títulos e resultados. Exige-se dedicacão.
    A ausencia de dancinhas, cabelinhos e firulas desnecessárias NÃO ganham, nem perdem jogo. Mas simbolizam o que quero dizer.

    Que nossa torcida não se engane, mas se o treinador não é o ideal, engana-se quem acredita que Muricy, o mais badalado atualmente, conseguiria coisa muito melhor.
    Falo de DESEMPENHO, não “apenas”de resultados…que muitas vezes são enganosos.
    É fácil criticar a cobranca por resultados imediatos…duro é praticar isso quando o time é o do SEU coracão.

    Pelo que tenho ouvido de boa parte da torcida, parece que em caso de insucesso da selecão brasileira, o vilão já foi escolhido. O mordomo, digo, o treinador.
    Mais uma vez nossos jogadores “top” serão preservados. Baladas, carrões e todo aquele visual de rapper americano continua, e o pior, acreditando que o problema da selecão brasileira NÃO são eles.
    Mas são.

    Nos últimos 10 anos, os únicos brasileiros que frequentaram as listas TOP10 na Europa foram: R9, R10, KK, RC6 e Adriano. E a frequencia vem caindo desde 2004…
    Em 2005 Robinho saia do Brasil, com a expectativa geral de que seria o melhor do mundo…ou pelo estaria na concorrencia. Ganhou MUITA GRANA, mas pouco destaque profissional.
    Enfim, acho que tá faltando ambicão aos nossos jogadores top. Pra eles, só dinheiro basta. Ninguém busca o protagonismo, a excelencia. Uma pena, pois acredito que eles tenham esse potencial.
    Abraco.

  • Thiago Mariz

    Interessante como essa ideia da tática suprimindo o atleta já é um paradigma incutido na cabeça de muitos, inclusive na minha. Lendo seu texto, no final, quando você fala sobre Oscar e Ganso em que você diz que Guardiola pensaria de outra forma, a lógica que surgiu em minha mente foi: “Mas como iriam arrumar lugar pros dois, se o Brasil joga com apenas um meia de ligação?”. Imediatamente pensei: “Ah, era dessa lógica corrente que ele falava!”

  • Lucas

    Ficou claro mais uma vez que não existem mesmo parâmetros de comparação para Messi e Neymar. O primeiro é homem e o segundo é um moleque. O primeiro é atleta e o segundo é um brincalhão. O primeiro joga e o segundo espera os juízes (aqui no Brasil sempre protecionistas com ele) marcarem as faltas. O primeiro é objetivo e rápido, como tem que ser o melhor do mundo, da escola do Riquelme, Maradona e muitos outros; o segundo é um fanfarrão, malabarista de circo com a bola, foca de programa de TV. Mas, na quarta-feira agora, na semifinal da Libertadores do Mensalão, tudo isso será utilizado contra ele, já que com arbitragem do carioca (malandrão e autoritário) Marcelo Lima, o Todo Poderoso Timão (o time do povo, do ex-presidente Lula e do petista Andrés Sanchez, que manda mais do que o presidente da CBF) irá conseguir desestabilizá-lo emocionalmente em jogo no Urbano Caldeira (Vila Belmiro), já que o time da malandragem, do jeitinho, da imprensa sempre conivente com o Coringão e dos grevistas do metrô de São Paulo, só precisa que um erro de arbitragem o favoreça… Tipo: gol anulado do Santos num determinado momento da partida ou gol impedido do time da massa “fiel” de São Paulo!!! É no jogo fora de casa, que o esquema do Corinthians do PT, mais fica claro! E daí, no jogo de volta, mais “um jogo de cena” de cartas marcadas (afinal de contas, a carta do coringa serve pra isso) e a “suada” (a imprensa tem que ajudar a perpetuar a imagem de time sofredor, afinal de contas, ajuda a criar mais fanáticos apaixonados que irão se esquecer convenientemente do Mensalão em ano eleitoral no país, quando chegar a hora da festa do título da Libertadores da Vergonha! Fiquem sossegados que para isso, até o “tira-teima” ajuda!!! Agora entendi porque esta reta de chegada tá com uma cara mais regional! É mais fácil roubar Vasco, Santos, do que qualquer outra indisposição internacional, né?! Se bem que com o clima nacionalista e ufanista que o PT do Timão quer implantar até a Copa de 2014, tanto faz como tanto fez… Os fins justificam os meios e viva a “cachoeira” de erros de arbitragem que também vai ajudar a encobrir o Mensalão!!! Vai Corinthians!

  • Lucas, como sempre demonstrando todo seu corintianismo enrustido. O post fala sobre Messi, Mascherano, Guardiola, Oscar etc. Porém, um fã do Timão não pode deixar de mencionar o Corinthians nunca!

    É isso aí, Lucas! Isso que é amor por um time!

  • Impressionante como as pessoas não enxergam que esse Brasil e Argentina foi um jogo de uma equipe principal que disputa uma eliminatória, contra um time sub 23, que só disputa amistosos e jogou com uma zaga que não é titular nem no próprio time.

    Enfim…em casos patológicos de quem simplesmente não consegue enxergar o óbvio, nem adianta argumentar.

  • Lucas Costa

    QUEM SABE JOGA…… e quem não sabe que fique quieto e vá aprender!

    é cada vez pior as desculpas, as explicações da derrota, da vitória, da opção tática, da escolha do jogador A ou B. É sempre, “o futebol é assim”, “o jogo se resolveu em detalhes”. Mas que detalhes???

    O futebol brasileiro deve começar a pensar menos no “por que” e mais no “como”. como reaprender a jogar futebol?

  • Não é desculpa. É lógica e biologia. ?Um time com jogadores já formados contra um time de garotos entre 19 e 22 anos tem sim uma discrepância física e psicológica.

  • Massara

    Eu entendo a diferença de estilos e de propostas de jogo. Mas se eu tivesse que escolher entre Aguero e Higuaín pra escalar no meu ataque, o madrilista comeria banco facilmente.

    Abs.

MaisRecentes

Escolhas



Continue Lendo

Gracias



Continue Lendo

Abraçados



Continue Lendo