SHOW DE FALHAS E GOLS



Brasil x Argentina (3 x 4: Rômulo, Messi-3, Oscar, Hulk e Fernández) foi um show de horrores defensivos.

As duas defesas ofereceram ao público americano uma clínica de falhas. Menos preocupante para a Seleção Brasileira, que não teve Thiago Silva e David Luiz (zaga que deve ser titular em Londres), machucados.

O amistoso foi “vendido” como mais um “duelo” entre Neymar e Messi, o que não faz mal. Eles são os dois principais jogadores de suas seleções, nada mais natural do que divulgar o encontro como atração do jogo.

O problema, uma vez mais, é a comparação.

Leitores do blog sabem o que penso sobre Neymar. Também sabem o que penso sobre Messi.

Talvez um dia a situação mude, mas qualquer comparação entre Messi e Neymar é muito prejudicial ao jovem astro do Santos. Atrapalha o desenvolvimento de um garoto que tem talento para ser um grande.

Lembremos da manchete de um portal de notícias brasileiro, após a aula do Barcelona na final do Mundial de Clubes da Fifa: “Messi ofusca Neymar (…)”.

Puro nonsense.

Messi joga entre os melhores e brilha com assustadora frequência. No futuro, a carreira de Neymar deve nos proporcionar condições semelhantes para análise.

Deixemos essa ladainha de lado e entremos em outra, a de que Messi não joga bem pela Argentina.

Com os 3 gols marcados neste sábado, ele chegou a 28 pela seleção. Maradona fez 34. Messi ainda terá muito tempo para superar as subjetividades insistentemente usadas para diminui-lo.

Talvez o maior pecado da defesa do Brasil tenha sido não tratar o melhor jogador do mundo com a vigilância que ele exige. Messi fez dois gols diante de Rafael e um no qual avançou em diagonal e teve espaço para chutar de fora de área.

Neymar mostrou personalidade, iniciativa, apresentou-se para jogar na maior parte do tempo.

Merece o elogio até no lance em que invadiu a área com a bola dominada e, desequilibrado, chutou a grama no momento de concluir.

O zagueiro argentino claramente o empurrou e, se Neymar caísse, o árbitro poderia marcar pênalti. Mas ele preferiu seguir, o que é sempre melhor.

A Seleção Brasileira se entendeu bem do meio de campo para a frente. Bom sinal.

Mais uma atuação animadora de Oscar, com dois excelentes passes para Hulk no primeiro tempo. O meia do Internacional foi o jogador que melhor capitalizou a série de amistosos, jogando com a tranquilidade e a inteligência que o caracterizam.

Só não entendo por que ele é visto como uma alternativa a Ganso (tratei do assunto no Lance! de hoje. A coluna estará aqui amanhã).

Diante da seleção principal da Argentina, o time olímpico do Brasil perdeu, mas mostrou um esboço do que pode ser em Londres.

De fato, perdeu porque havia um jogador comprovadamente genial em campo.

Que não se faça confusão sobre seu nome.



  • Willian Ifanger

    Eu também gostei da atuação da Seleção…esse time com um sistema defensivo mais experiente seria o rumo que eu tomaria pra 2014.

    Só que é extremamente brochante ver um Brasil e Argentina num país neutro. Alguém já imaginou o que seria esse jogo em Nuñes ou no, humm, sei lá, Morumbi? O que seria esse 3o gol de Messi em Nuñes?

    E cada dia me convenço mais que aquela premiação de melhor jogador da FIFA deve ser suspensa enquanto o Messi estiver jogando…é muito constrangedor pros concorrentes.

  • Realmente foi uma bela atuação de Messi, mas o juizão contribuiu e interferiu no resultado. E se Neymar faz 2X0 no pênalti não marcado? Mas como não existe “se”, então fiquemos com a boa apresentação. Tirando os gols extraterrestres, o jogo foi 3×1 Brasil.

  • Athila Marques

    bom, além de MESSI…PELÉ E RONALDO… tb tem 3 gols em um jogo do super clássico…

    existe outro jogador que tb fez 3 gols em um único jogo??

  • Daniel

    É interessante quando você fala em show de horrores das defesas. Porque o jogo franco é uma característica do futebol de antigamente, com seus 7×5 e 6×4, que os românticos tanto suspiram ao se recordarem.

  • Juliano

    Excelente como sempre André. Me permita pontuar mais alguns detalhes:

    Penso como voce a respeito de Neymar, mas olhando como Messi fez os 3 gols, me parece que entre outras coisas, ainda falta pro Neymar o poder de conclusão que o argentino tem. Arremata a gol na hora certa. Nem um passinho a mais, nem uma bola esticada demais. É mais letal. Goleiro e defensores não têm a menor chance. É letal! Neymar chegará lá, certamente.

    Nos 3 gols do Messi as falhas do sistema defensivo são muito evidentes, como você bem disse, o que alivia é saber que a dupla de zaga nao era a titular.
    Mas os volantes sim… e eles não apareceram no vídeo nem próximos do Messi em nenhum dos gols, e deveriam estar compondo o sistema, povoando essa faixa de campo. Sandro abusou de errar com a bola no pé hoje. E sem a bola nem se viu. O buraco entre os dois zagueiros era tão grande que nem precisava ser o melhor do mundo pra fazer 3 gols (no terceiro sim, que pintura!). E teve ainda o lance da falta do Danilo, que era merecedora até de vermelho, pois Messi só iria parar dentro do gol. O camisa 13 não tem a menor condição de jogar na seleção… pelo menos hoje, não parecia ter.

    Concordo plenamente quando diz não entender Oscar como alternativa para PHG. É preciso testá-los juntos, e inteligentes que são, pode dar muito certo! Infelizmente, conhecendo MM como conhecemos, pode não acontecer. Assim como não consigo entender como Lucas foi mal aproveitado nessa série de amistosos. Claro que é um jogador de estilo completamente diferente, mas craques cabem no mesmo campo. Hulk, apesar do gol e do esforço, não fez uma partida assim tão boa, perdeu 3 gols no primeiro tempo. No primeiro tempo o Brasil jogou com 10, porque Damião não estava em campo. Oportunidade foi dada, insistentemente.

    Que mania essa de ter o tal “jogador de área”, se em todos os gols do Brasil nestes 4 jogos ele não fez nenhum (fundamental apenas no gol de Oscar hoje). É possível montar um ataque muito ofensivo e competente sem centro-avante, o Barcelona cansou de mostrar exemplos, cansou de ensinar. Queria um dia ver em campo PHG, Oscar, Lucas e Neymar, mas acho que com MM isso será impossível.

    Na lateral direita estamos com um problema, apesar de que Rafael foi menos pior que Danilo. Marcelo não jogou o que costuma jogar, mas tem crédito.

    No fim, o jogo de hoje foi muito bom sim, e ver a seleção jogando assim dá alguma esperança. Uma pena que MM se mantenha no cargo, com uma safra tão talentosa, outro treinador faria melhor, certamente. De qualquer maneira, a impressão que ficou, ao menos pra mim, é muito boa.

    PS: como o Maradona tem poucos gols pela Seleção… achei que tivesse mais. Na seleção brasileira, 10 jogadores tem mais de 34 gols, sendo 34 a marca do 11°, Rivaldo. A marca atual de Messi, 28, é a mesma marca de Luís Fabiano por aqui, em 15°. Como o futebol é engraçado…

  • Jorge Casoni

    Como sempre sensato André, diferente da grande maioria da imprensa que é oito ou oitenta. Parabéns. Você e seu pai são grandes jornalistas.

  • Thiago Mariz

    Não sei se no Sudeste a expressão é comum, mas aqui pelo Nordeste, quando tem alguém que vai brincar e é muito menor que os outros, ou o oposto, muito maior, sendo, portanto, injusta a brincadeira, a gente diz: “Não vale contar o do fulano, ele é café com leite”.

    Pois é. Messi deveria ser café com leite.

  • claudio

    A comparaçao entre Messi e Neymar é absurda e incoerente. Messi já tem 25 anos e várias e várias temporadas. Para comparar teria que ver o que o argentino fez quando tinha 20 anos e comparar com Neymar agora. Aposto que que seria muito interessante isto. Comparar com essa diferença só enche a bola do Neymar.

  • Rita

    “E cada dia me convenço mais que aquela premiação de melhor jogador da FIFA deve ser suspensa enquanto o Messi estiver jogando…é muito constrangedor pros concorrentes.”

    Willian Ifanger, no melhor estilo AK, vc disse tudo. rs.

  • Daniel

    claudio:
    No ano que o Messi fez 20, 2007, ele foi eleito o segundo do mundo, sendo o Kaká o primeiro.

  • BASILIO77

    Taticamente foi um jogo ruim, verdade. E fiquei com a impressao, so impressao de que os argentinos nao jogaram com a mesma dedicacao e vontade que os brasileiros. Acho que o jogo era mais importante para os jovens brasileiros que tentavam se afirmar.
    Ao contrario do que muitos pensam, acho que MM vai testar Oscar ao lado de Ganso. Penso que o Hulk nao vai a olimpiada e que Neymar passara a ocupar o espaco pela esquerda que Hulk ocupou nesses amistosos ao lado de Damiao. Na olimpiada acho que MM jogara assim, já em jogos de “gente grande”, fico na duvida.
    Vendo o jogo ontem e alguns jogos da eurocopa, conclui que existem pelo menos 3 selecoes europeias melhores que Brasil e Argentina. Que fase!
    Abraco.

  • Fernando

    André, não perca seu tempo falando sobre o que “gênios” pensam sobre Messi na Argentina e/ou que Neymar “amarele” na seleção! Tudo é escrito sem análise e com a paixão aflorada. Obviamente Messi é o melhor do mundo e, Neymar, em constante evolução, poderá sê-lo também, afinal ainda tem 20 anos. Assim como Messi, depende de um time para melhor desenvolver seu futebol. Messi demorou a brilhar pela seleção, mas a cada partida só melhora. É o destino de Neymar também.
    Abraço

  • Junior

    André, voc^sabe dizer quem foi o maior artilheiro da seleção da argentina (número de gols e jogos). Também gostaria de saber se foram muitos os jogadores que conseguiram um hat trick nesse confronto. Se possível quantas vezes aconteceu e quem os fez.

    AK: Você quer só os nomes dos jogadores ou descrições detalhadas de todos os gols, com local, tempo, etc? Um abraço.

  • Sergio

    André, adicionando ao que o Júnior pediu, nao conseguiria disponibilizar os videos das vezes em que um hattrick ocorreu contra a seleção brasileira!

    Ironias a parte, acho que o PVC já tem esses dados e isso nao ocorria desde o traumatico Paolo Rossi…

  • junior

    Não imaginei que eram perguntas tão complexas para você responder. Obrigado

    AK: Não são. Pesquisinha rápida online resolve. Um abraço.

  • Marcelo

    Neymar está quase chegando ao nível de futebol de Robinho.
    E Mano Menezes é tão competente quanto Celso Roth ou Joel Santana.
    A atual seleção brasileira ainda é muito pior do que a de Dunga.

    Continuando assim em 2014 vai dar Messi, e sem Maracanazo porque desta vez o Brasil nem à final chega.

  • Dyl Blanco

    Os argentinos é que devem ter ficado preocupados depois do jogo de ontem. Os meninos do Brasil encarando sem medo uma seleção de peso, experiente e competente como a Argentina. Levaram um calor, não conseguiam triangular e se limitaram a jogar no erro dos garotos. E quando os meninos passarem a errar menos, quando aprenderem a controlar a ansiedade e a volúpia ? Vai ficar difícil de encarar. Já estamos na fase final da renovação, uma espécie de polimento no acabamento. O produto final vai ficar bom.

  • Junior

    Pois é, encontrei que o artilheiro da seleção argentina é o Batistua 56 gols. Hat trick no confronto não encontrei, só me lembro de cabeça o do Ronaldo.

    A sua segunda resposta foi mais útil, pois quando se pergunta alguma coisa é porque não se sabe a resposta. Imaginei que você, que trabalha com o assunto poderia saber a resposta ou ao menos me indicar algum link para encontrar os dados. Perguntei porque seu poste fala sobre o confronto.

    Me parece que a atividade de administrar o blog anda um tanto quanto estressante, ou perguntar ofende?

    abraços

    AK: Nenhum dos dois. O que parece é que está difícil levar as coisas com um pouco de bom humor. Parabéns pela pesquisa. Um abraço.

  • Luiz Mello

    “Merece o elogio até no lance em que invadiu a área com a bola dominada e, desequilibrado, chutou a grama no momento de concluir.

    O zagueiro argentino claramente o empurrou e, se Neymar caísse, o árbitro poderia marcar pênalti. Mas ele preferiu seguir, o que é sempre melhor.”

    O árbitro deveria ter marcado o pênalti independente dele ter caído, pois a falta existiu de qualquer forma.

    Esse é um grande ponto que às vezes passa batido na discussão sobre jogadores que “se jogam” em campo. Se cair é necessário para arrancar do árbitro a marcação de uma falta que aconteceu, qual o incentivo para ficar de pé? É complicado.

    Para ficar claro, eu concordo com você e prefiro sempre que meu atacante fique de pé e busque a jogada, ao invés de se atirar. Além de ser mais limpo e digno, normalmente é mais produtivo. Só acho que o comportamento da arbitragem muitas vezes é o principal estímulo ao “cai-cai”, mais até que a suposta malandragem dos jogadores.

  • Teobaldo

    Bem, já que vários amigos estão fazendo perguntas fáceis, também farei uma (esta realmente muito fácil): Algum jogador já foi eleito o melhor do mundo jogando fora da Europa? Salvo meu engano essa eleição tem origem na década de 50, a partir do jornal francês L’Equipe.

  • Leandro Azevedo

    Alguém falou no twitter e achei bem no ponto do jogo: “O Brasil foi melhor que a Argentina, mas o Messi foi melhor que o Brasil”.

    Quando foi acionado, matou o jogo.

  • Massara

    Pênalti do Zabaleta no primeiro lance em cima do Neymar.

    O segundo, em que ele tropeçou, foi jogada normal.

    Messi está subindo degraus para se posicionar ao lado (ou acima) dos maiores gênios da história do futebol. Compará-lo a qualquer jogador da atualidade é má vontade com o comparado. Inclusive, na mina opinião, o CR7.

    O Mano tem que levar o Thiago Silva e o Davi Luiz. Juan e Bruno precisam de rodagem.

    Abs.

  • Leandro Azevedo

    Acho que o Mano vai levar Thiago Silva e D. Luiz, mas isso força ele a deixar de lado Marcelo ou Hulk.

    Ele fez questão de jogar com o Hulk em todos os jogos, e até jogando bem e o Marcelo é a opção na esquerda. Você levaria qual trio, André? E qual o trio acha que o Mano vai levar?

  • junior

    Vai ver que o humor não é tão bom quanto se imagina.
    André, não estou aqui para gerar atrito algum com você. Se eu acompanho seu blog e até comento nele é porque gosto do seu trabalho, faz sentido?

    abraços

    AK: Também não era a minha intenção. Um abraço.

  • Emerson

    Júnior e André, lembro de em 99, o Rivaldo ter marcado 3 gols contra a Argentina em Porto Alegre.
    Fiz algumas rápidas pesquisas pela internet e não encontrei outro jogador que tenha feito “hat-trick”, no confronto, além dos já citados Ronaldo e Messi. Ah, e de bônus: o maior artilheiro do confronto é Pelé, com 8 gols e ao que me consta(posso estar errado) Maradona jamais marcou neste clássico.

  • Marcelo

    André,

    Vejo muitos jornalistas dizendo q este é o time olimpico do Brasil mas na verdade para mim é o time principal mesmo. Com exceção da zaga e Daniel Alves q não jogaram por problema de contusão, falta algum jogador para formar o time principal? Ramires, Kaká, Robinho, Lucio, Maicon, Julio Cesar não foram por opção do tecnico que já não os vinha chamando mais. O que acha? Abraço

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo