NOTINHAS PÓS-RODADA



E vamos que vamos, com a rodada de abertura do BR-12:

* O Palmeiras (1 x 1 com a Portuguesa, no Pacaembu: Luan e Rodriguinho) levou um gol de cabeça. O pequenino Rodriguinho estava livre.

* Felipão disse que deixará o clube no final do ano. O Palmeiras está de acordo. O fato fará parte da “narrativa” durante todo o campeonato.

* É difícil explicar a atuação fraca do Flamengo (1 x 1 com o Sport, na Ilha do Retiro: Marquinhos e Vagner Love), após tanto tempo de preparação.

* O empate foi lucro para o rubro-negro carioca.

* O gol da vitória do Figueirense (2 x 1 no Náutico, no Orlando Scarpelli: Fernandes, Araújo e Caio) saiu aos 48 minutos do segundo tempo.

* Gol que premiou a pressão do time da casa, com um jogador a mais nos últimos 10 minutos.

* Num encontro de campeões estaduais, o Internacional (2 x 0 no Coritiba, no Beira-Rio: Leandro Damião e Dagoberto) não bobeou na estreia.

* Damião já fez um. Vai contando.

* O Atlético Mineiro (1 x 0 na Ponte Preta, no Moisés Lucarelli: Escudero) foi um dos dois únicos times que venceram fora de casa na primeira rodada.

* Foi a primeira vitória dos mineiros sobre a Ponte, em Campinas, na história do Campeonato Brasileiro.

* O outro visitante que venceu foi o Fluminense (1 x 0 no Corinthians, no Pacaembu: Leandro Eusébio), no jogo de escalações alternativas dos dois times, envolvidos com a Libertadores.

* Com time misto, fora de casa e contra um adversário que deve, em tese, lutar pelo título. Vitória importante do Flu.

* O líder do campeonato é o Botafogo (4 x 2 no São Paulo, no Engenhão: Jadson, Herrera-3, Luis Fabiano e Vitor Júnior), que virou o jogo contra o São Paulo.

* Herrera entrou no intervalo (no lugar de Abreu) e fez 3.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Cruzeiro e Atlético Goianiense (no Parque do Sabiá), além do fato de o estreante Celso Roth ter dito que poderia ter sido pior.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre Bahia e Santos (no Pituaçu), além do fato de o Santos ter jogador com seu time B.

* O Vasco (2 x 1 no Grêmio, em São Januário: Felipe Bastos, Fernando e Alecsandro) também poupou titulares, mas Alecsandro entrou e decidiu.

* Marcelo Moreno perdeu um pênalti, quando o jogo já estava 2 x 1.



  • Anna

    Alguns diziam que Fernando Prass não agarrava pênalti, mas ele conseguiu. E Felipe Bastos fez um golaço! Espero que o Vasco renove com ele, Juninho e Eder Luis. Grande abraço, Anna

  • Robert

    O caso do flu ontem nao foi time reserva nao
    os titulares são deco, fred, wellington nem, valencia, diguinho todos fora do jogo contra o boca
    os reservas q pegarão o boca 4ª (wagner, jean, sobis, he-man, carleto, são todos reservas q começarão jogando na 4ª)

    então ontem o flu venceu com um time predominantemente jovem
    o 3º time do flu digamos assim

    7 dos 11 titulares feitos na divisao de base
    muitos jogadores de 18, 19 anos,
    como o atacante Marcos junio q defendeu o flu na final da copinha poucos meses atras

    entao qto ao coringa nao sei, mas o fluminense tava mais p/ sub-20 do q p/ time reserva

    Abs e parabens pelo blog

  • Marcos Vinícius

    Na minha opinião,o time do Flamengo é fraco e mal administrado. Não por Joel,que não tem culpa,mas por uma diretoria ineficaz,egoísta,inexperiente e que não tá nem aí para a torcida. Não sei se Ibson será suficiente,mas com o time que tem,a exceção de Vagner Love,vai brigar para não cair.

    Leão é impressionante. Com a idade está ficando ainda mais arrogante e presunçoso. Disse,com todas as letras e acentos,que “é humilhante perder para um adversário inferior”. Absoluta falta de respeito com um dos times mais tradicionais,e de qualidade,do Brasil.

    Se você tem pouco a dizer sobre Cruzeiro x Atlético-GO deve ter esquecido da atuação do goleiro Roberto,do Dragão,que fechou o gol e garantiu o empate.

    Na verdade quem decidiu o confronto entre Vasco x Grêmio foi Juninho,que entrou junto com Alecsandro no intervalo. Impressionante seu vigor e qualidade técnica,mesmo aos 36 anos.

  • Marcelo Morais

    O sacode que o SPFC tomou ontem aa tarde mostra bem a patetica situacao desse time.
    O Brasileirao 2012 serah de fortes emocoes para os saopaulinos.

  • Rodrigo CPQ

    E no chazinho do vestiário antes do jogo do Pacaembu, decidiram prejudicar o Corinthians. Pênalti claro não marcado em cima do Willian. Tem que ser muito inocente para acreditar em esquema….

  • Marcos Vinícius

    Rodrigo CPQ…

    Amigo,para o bem do futebol e da torcida brasileira,ainda bem que você não é árbitro!

    Ninguém viu pênalti em cima do William,a jogada foi absolutamente normal,houve o contato mas não foi falta.

    Sei não,mas parece que é você quem tá tomando o chazinho,e ele é boliviano.

    Nota: O árbitro Célio Não Sei de Que inventou um pênalti contra o Vasco ontem. Renato Silva subiu,cabeceou a bola para baixo e quando ele ainda estava no alto ela bateu em seu braço. Parecia o Péricles Bassols. Menos mal que o Prass pegou

  • Magnus

    Ao Marcos Vinícius:

    pelo bem da imparcialidade tu deve narrar também o lance do gol anulado do Grêmio.

  • Rodrigo

    Marcos, confesso que ri com o tal do chá boliviano… foi boa…

    Mas negar que foi pênalti? Caramba… essa foi forte…

  • Marcos Vinícius

    Magnus

    Pelo bem da imparcialidade gostaria que você dissesse se o André Lima empurrou ou não o Rodolfo na jogada do gol.

    Fala sério,amigo! O atacante do Grêmio empurrou o defensor vascaíno em cima do goleiro,a falta foi claríssima. O problema foi que o distinto senhor Célio Não sei de Que demorou a marcar a infração.

  • Marcos, foi pênalti sim! O replay mostrou claramente que o Carleto pisou no pé do Wilian, impedindo que ele continuasse a jogada. O fato de você reconhecer ou não a infração, não muda o fato de ela ter realmente acontecido.

  • Marcos Vinícius

    Claro,foi pênalti em cima do William,o Chicão não puxou o Élton,o Tinga se jogou na frente do Fábio Costa,e aquela bola do Fábio Luciano no que colocou o Corinthians na final do Mundial de Clubes de 2000 entrou. Esqueci alguma coisa?

    Não foi pênalti,houve o contato mas não foi falta,inclusive o comentarista da Globo,Renato Marsiglia,também disse isso.

    Mesmo vendo o replay o comentarista de arbitragem disse que não foi. Mas reconheço que é difícil quebrar certos tabus.

    O fato de algumas pessoas que estão acostumadas com o beneplácito da arbitragem não reconhecerem isso não muda o fato de não ter sido.

  • RENATO

    Depois vem gente dizer que “anticorinthianismo” é mania de perseguição…
    Nem Freud explica.
    Abraço.

  • Renato, assino em baixo.

    Marcos, o fato de eu achar que esse lance isolado foi um erro da arbitragem não significa que eu seja um alienado que acha que o juiz nunca erra a favor do Corinthians.

    Eu reconheço que há erros que favorecem o Corinthians, assim como há para todos os outros times.

  • Magnus

    Marcos, não vai adiantar discutir contigo porque tu já decidiu o que tu quer ver.

  • Rodrigo CPQ

    É a tal memória seletiva. Ou enxerga o que quer. O cara bate na tecla de erros anteriores, como se houvesse negação dos mesmos. Não é o caso. O que queremos dizer é que os juizes erram para todos, mas tem gente que ignora isso. Enxerga apenas o que é conveniente enxergar. Pega o que viu e encaixa na tal teoria da conspiração. Acreditam piamente que os juízes tomam um chazinho com biscoito antes dos jogos, combinando qual dos times vai ferrar. O foda é que esses caras nunca apareceram aqui para falar dos erros em cinco jogos seguidos contra o Corinthians no final do ano passado. Arbitragem caseira à favor do Emelec, no Paraguai?? Magina!!! Sim, o mesmo juíz foi caseiríssimo contra o Fluminense, na Bombonera. E não aceitam opinião contrária, pois torcemos para o time da Globo.
    Só como exemplo: o tal do impedimento da semana passada (que acho que não foi) gerou tanta discussão que, por si só, isentaria bandeira e juíz de serem massacrados. O pênalti não marcado à favor do Corinthians foi beeeeeeeeeeeeeeem mais claro, e ninguém fala nada. O juiz não marcou, o jogo seguiu e pronto, já era. Não acredito que no tal chá decidiram ferrar o meu time. Esses caras devem deixar de curtir ótimos jogos só pra ficar procurando pelo em ovo (pelo ainda tem acento?).

  • Rodrigo CPQ

    “O fato de algumas pessoas que estão acostumadas com o beneplácito da arbitragem não reconhecerem isso não muda o fato de não ter sido”.

    Marcos Vinícius, não entendi tchongas. E não me refiro-me ao “beneplácito”.

  • Rodrigo CPQ

    Ooooooooops, pulga atrás da orelha aqui… corrigindo o que escrevi mais acima, sobre o impedimento da semana passada: acho que HOUVE impedimento. Inverti tudo na hora de escrever, desculpe.

  • Matheus Brito

    Anna, entre renovar com o Felipe Bastos (que significa comprá-lo, já que o Benfica não empresta mais) e usar esse dinheiro para ficar com o Eder em definitivo, prefiro a segunda opção. Digo mais, para ficar com Eder e Allan, valeria muito a pena não renovar com o Bastos e de repente vender o Rômulo, que está bem valorizado.

MaisRecentes

Dilema



Continue Lendo

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo