MAIS LINKS DA LIGA



O técnico Roberto Di Matteo disse que somente “duas partidas perfeitas” classificariam o Chelsea para a final da UCL.

Uma já aconteceu. Em Londres, os ingleses venceram por 1 x 0 e terão a vantagem do empate na próxima terça-feira, no Camp Nou.

As estatísticas da partida estão aqui, e mostram completa superioridade do Barcelona em todos os aspectos do jogo, menos o único que aparece no placar. Futebol é assim.

Mais do que os 72% de posse de bola na casa do adversário, impressiona o número passes (que não estão no site da Uefa) trocados pelos visitantes: 803, quase quatro vezes mais do que o Chelsea (250).

O time inglês foi escalado de forma a povoar o meio de campo, Messi recebeu excelente – às vezes tripla – marcação e a dupla de zaga formada por Terry e Cahill quase não falhou.

Era incrível a parede azul formada na frente da área de Cech, exemplo do que se chama de “estacionar o ônibus” na defesa.

O gol de Drogba, finalizando um contra-ataque (Messi perdeu a bola) em que Lampard e Ramires foram perfeitos, saiu no único chute no alvo do Chelsea em todo o jogo.

Não há nada de errado em assumir uma postura totalmente defensiva diante de um adversário como o Barcelona. Desde que se entenda que não há como enfrentá-lo – ou seja, que um time não possui jogadores para tanto – de igual para igual.

O Real Madrid merece ser criticado por atuar assim. O Chelsea, não.

A estratégia é arriscadíssima, mas de quando em quando funciona. Foi o que aconteceu nesta quarta, quando o Barcelona chutou duas bolas na trave, perdeu chances por preciosismo e mostrou-se impaciente.

No conceito de “partidas perfeitas” de Di Matteo, é evidente que há uma esperança de que o Barcelona não consiga produzir como de costume.

Não apenas uma vez, como vimos. Mas duas. E a segunda, no Camp Nou, onde é mais difícil “estacionar o ônibus” do que em Stamford Bridge.

E onde o Barcelona só não fez gols em um jogo nesta temporada.



MaisRecentes

O início



Continue Lendo

Desconforto



Continue Lendo

Irmãos



Continue Lendo