OS LINKS DA LIGA



A Liga dos Campeões da Uefa já tem dois semifinalistas.

Um deles é o Bayern Munique, anfitrião da decisão deste ano, que derrotou o Olympique por 2 x 0 na Allianz Arena.

Mesmo placar do jogo de ida, com a tradicional eficiência do futebol alemão.

O Bayern já sente o cheiro da final em casa. O problema é que, para alcançá-la, terá de passar pelo perigosíssimo Real Madrid (a não ser que a maior zebra da história da Champions aconteça hoje).

O outro semifinalista, pela quinta temporada seguida, é o Barcelona.

No Camp Nou, o atual dono da taça venceu o Milan por 3 x 1.

Messi fez dois gols, chegou a 14 e empatou com Altafini (1962/63) como maior artilheiro de uma edição.

Mas os comentários sobre o jogo foram dominados por uma decisão infeliz do árbitro holandês Bjorn Kuipers, que marcou um pênalti de Nesta em Busquets no final do primeiro tempo, quando o placar mostrava um interessante – para o Milan – 1 x 1.

Pênalti de agarra-agarra na área, que sempre colocará o próprio árbitro numa situação complicada.

Se marcou um, tem de marcar todos. Ao só marcar um, o critério vai para o espaço e o jogo, para um caminho que não deveria.

Uma das grandes verdades do futebol é a que diz que arbitragem boa é aquela que não aparece.

Isto dito, em meio a tanta gritaria, fico com a declaração de Clarence Seedorf: “O árbitro pode ter errado, mas não perdemos por isso.”

Que aula de classe.

Atribuir a classificação do Barcelona a um erro do apito é o recurso de quem não viu – ou viu mas não quer ver – os dois jogos.

As quartas de final da Champions continuam logo mais, com Real Madrid x APOEL e Chelsea x Benfica.

Volte para ver os gols.



  • André, logicamente que é lamentável discutir o jogo por causa de uma decisão infeliz do árbitro.
    Mas, como não tem jeito..rs..

    André, eu tentei procurar o lance, mas fiquei na dúvida.. O maior problema no lance pelo que escutei dos jogadores do Milan, foi o fato dele ter apitado antes da bola entrar em jogo.

    De qualquer forma, o Barça ia passar. Torço agora por uma final entre Bayern e Barça.

  • ricardo

    André,
    O Arnaldo Cesar Coelho (era a unica emissora que tinha para ver o jogo no bar onde eu estava) disse que o Messi estava impedido no lance do primeiro gol, quando a bola voltou pra ele.
    Hora, se o Xavi toca (tenta) pra trás e essa bola bate no jogador do Milane vai em direção ao Messi, ele está impedido ???Nem todo resvalo na zaga tira o impedimento, mas esse mudou totalmente a direção da bola, apesar de não ter sido intencional.
    Se o Arnaldo está certo, qual o toque na bola que dá origem ao impedimento ???
    Gostaria muito de ter sua opinião.

    AK: O jogador do Milan tenta dominar a bola, e ela chega ao Messi. Não foi um desvio. Achei que o árbitro acertou nesse lance. Um abraço.

  • Anna

    O que vale é a classificação do Barcelona, um dos melhores times do mundo.

  • Edney

    Acho que o grande problema no primeiro lance é que independente do desvio, o lance beneficiou quem estava em posição de impedimento. Já no segundo, realmente fica difícil entender, pois é lance que acontece a todo momento, em todos os jogos.. acho que o árbitro deveria ter consciência da interferência no resultado de um grande jogo que um lance desses promove…
    Seedorf sabe tudo de futebol, e realmente não foi por isso que o Milan saiu, entretanto, se essa for a justificativa sempre, todos os erros em favor do Barça estarão perdoados, pois eles quase sempre serão merecedores… dificil imaginar um jogo no qual todos joguem mal.
    Tambem acho que há mais paciência com lances faltosos cometidos por jogadores do Barça. Mascherano cometeu uma falta que se fosse contra o Barça, provavelmente o jogador veria o vermelho na hora.
    Enfim, dessa lado não se vê como Chelsea (ou Benfica, em outra zebra) possam parar esse time em dois jogos..
    Do outro lado, o Madrid pegará uma senhora pedreira ao enfrentar o Bayern … mas ainda é pra mim o único time capaz de ganhar do Barça em jogo único…
    Abraço
    Edney

  • Guilherme Gios

    André,

    O mundo inteiro sabe que o Barça é o melhor do mundo e que o Milan teria que ser perfeito numa partida para passar, mas que, novamente, como contra o Chelsea em 2009, o juiz ajudou e muito.

    1 a 1 estava dando Milan, aquele pênalti não existe nem o apita-tudo-brasileiro.

    Isso com certeza revolta qualquer time, você está dando a vida, sabendo que só assim terá chance e o juizão te enterra. Nos últimos anos, podemos dizer que além de melhor do mundo, o Barça tem dado muita “sorte” com a arbitragem, até quando perde como da Inter de Mourinho (com aquela expulsão do Thiago Motta). Se isso continuar, a hegemonia durará por muito tempo ainda.

    Concorda?

    Um abraço.

    AK: Concordo com a frase do Seedorf, que estava em campo e pode falar melhor do que nós. E acho curioso que, quando se fala de Inter x Barcelona dois anos atrás, se esqueça que o gol que decidiu o confronto tenha sido o terceiro dos italianos no primeiro jogo, em completo impedimento. Arbitragem erra, infelizmente. Um abraço.

  • Leonardo Lopes

    Minha conclusão sobre tudo isso é que a arbitragem é caseira em qualquer lugar do mundo…

    Pra mim foi penalti no Puyol na primeira partida. O juiz não marcou e beneficiou o Milan, time da casa.

    Ontem marcou em um lance que não foi e beneficiou o Barcelona, time da casa…

  • Leandro Azevedo

    A maneira que eu vejo o lance do segundo penalti é um pouco diferente.

    O lance começa com o tradicional “agarra-agarra” mas no momento que o Busquets se livra do Nesta e ganha a frente, se torna simplesmente um BAITA puxão na camisa enquanto ele ficaria a frente do marcador – se ele tivesse feito exatamente a mesma coisa esperando um lançamento, não existiria dúvidas alguma.

    Entendo o argumento de que se marcou um tem que marcar todos, mas achei que esse lance passou de um mero “agarra-agarra” para falta mesmo com o puxão final.

    Acho que estou na minoria que achou acertada a decisão.

  • RENATO

    Seja aqui ou em qualquer lugar do mundo do futebol, as grandes marcas, recordes e títulos são alcançados por méritos…mas sempre por aqueles que estão “de bem com os homi”.
    Sem desmerecer o Barça, que É o melhor time do mundo, não se pode esconder que o clube É “bem visto” pelos poderosos que comandam a UEFA.
    Abraço.

  • Álvaro

    André,

    concordo com você, se marca um agarra-agarra, tem de marcar todos. mas todos quais? Você viu mais algum lance parecido?

    abraço

    AK: Eles acontecem em praticamente todos os escanteios. Um abraço.

  • Alexandre

    Acho normal que a arbitragem esteja sendo mais discutida que o desempenho dos times, pois de um time irretocável como o Barcelona se espera uma vitória irretocável, e foi isso que o árbitro impediu.
    No segundo pênalti, quando a bola entra em jogo o Nesta já estava agarrando o Busquets há alguns segundos e o Puyol também já estava agarrando o Nesta há alguns segundos.
    Isso que tornou a decisão do árbitro tão arbitrária (sem trocadilhos): ele escolheu marcar o pênalti (que houve), como poderia ter marcado a falta de ataque do Puyol (que também houve), como poderia ter deixado a jogada continuar, que seria o mais sensato.
    Para piorar, o histórico recente não ajuda muito, vide o jogo contra o Chelsea naquela semi há três anos.

  • Francisco Jose Muniz

    André, o grande problema nesses lances de penalti na área, na minha opinião, é que o arbitro só tem uma visão do lance, e essa visão, infelizmente a TV ainda não no dá. Nos próximos anos poderemos ver os árbitros com câmaras acopladas na cabeça e nos mostrar a sua visão dos lances. E sempre que vejo esses lances, me lembro da Copa de 98, Brasil x Noruega, o juiz marcou penalti do Junior Baiano, nenhuma TV pegou o lance, a imprensa caiu de pau no juiz e eis que depois apareceu uma foto do instante que o juiz viu.

  • Bem, só pra deixar minha opinião sobre os pênaltis: achei que nenhum deles foi.

    No primeiro, na câmera por trás do gol dá pra perceber que o zagueiro tenta recolher as pernas ao perceber que Messi dá as costas para ele. Além disso, o argentino demora uma eternidade para cair, tal qual um cavador de faltas nato (coisa que ele não é, registre-se; aliás, fiquei surpreso com tal cena).

    No segundo, ambos se puxam e se empurram e se engalfinham e… o catalão cai, e o juiz dá pênalti porque só viu o catalão cair.

    Há várias teorias (proteção ao Barça, arbitragem caseira, ruindade do árbitro), mas prefiro não discutir sobre isso.

    Abraço!

  • Caio

    Em primeiro lugar, não houve pênalti em nenhum dos dois lances.E, tratando-se de futebol, nem sempre o melhor vence. Aliás, muitas vezes o melhor não vence, vide Holanda na copa de 74, Brasil na copa de 98, Barcelona no campeonato mundial de 2006, entre outros.
    Portanto, não é porque o Barcelona é (MUITO) melhor que a vitória foi justa. Eles foram ajudados pelas infelizes decisões da arbitragem. E, no futebol atual, no esporte de alto rendimento de forma geral, em que qualquer pequena decisão tomada faz enorme diferença, estes erros de arbitragem não podem ser relevados, não podem ser ignorados em prol da “justiça da bola”. Aliás, arbitragem é o maior problema (dentro do campo) do futebol atual, do futebol dos detalhes. Já passou da hora de ser revista. Mas isso é outro papo…
    O Barcelona é melhor e foi melhor nos dois jogos. Mas fez gols, que é o que realmente importa, de forma irregular. E ponto.
    Nenhum jogo deve ser decidido pela justiça. Ele deve ser decidido pelas regras. As regras sim devem ser aplicadas de forma justa e coerente PARA OS DOIS COMPETIDORES! E isso não foi feito.

  • Joao

    Concordo que o juizão errou.

    Por que os erros normalmente (mas nem sempre) a favor do Barcelona ???

    Ora é o time que tem de 60% a 70% da posse de bola, que mais tempo frequenta a área adversária, que chuta mais a gol, que dribla mais, etc e tal.

    Então é meio óbvio que os erros dos juizes irão lhe favorecer pois os lances polêmicos sempre ocorrem a seu favor, e não contra a sua meta… Assim como as expulsões dos times adversários. Um time que tem essa posse de bola raramente está em posição defensiva para roubar a bola e fazer faltas.

    A matemática e a estatística explicam os erros. O que minimizaria seria a eletrônica, e apenas comprovaria a superioridade do Barça, provavelmente.

    Abraço,

  • André, não havia uma estatística sobre uma tal porcentagem mínima de posse de bola que o Barcelona conseguia diante de todos os adversários – algo tipo 62%? Tenho uma vaga lembrança sobre, mas tenho também a impressão que minha memória está a me trair (não achei nada sobre o assunto em pt.wikipedia.org… ;p). Ou a estatística era somente sobre “X mil jogos” sem terminar com menos posse de bola do que o adversário?
    Obrigado e um abraço!

  • O Seedorf é incrível. Parece que quanto mais velho, melhor. Eu não lembro de tantas boas e ótimas atuações dele, pelo próprio real madrid ou outros times, quando era mais jovem.

    Parece que a idade só ajuda… E que vigor físico!

  • Nilton

    O que eu realmente queria era que fosse Real e Barça na Semi, para termos 2 jogões de futebol, e não ter quer esperar que possa haver apenas um jogão.

  • Paulo Pinheiro

    Concordo plenamente com a opinião do Caio.

    E acrescento o seguinte: o futebol é um esporte com poucas regras.

    A vantagem: torna-o muito mais atraente e popular, por ser simples.

    A desvantagem: excesso de casos “interpretativos” em lances de jogo.

    Isso coloca no árbitro excesso de responsabilidade (é ele quem tem que tomar a decisão ali, na hora, segundo sua interpretação, ao invés de apenas aplicar uma regra ricamente descrita), menos transparência (por que interpretou dois lances iguais de forma diferente? – caso desse jogo), além de confundir a cabeça de um jogador que não sabe se pode ou não pode jogar desse jeito ou daquele porque não conhece o árbitro e suas idiossincrasias.

    A coisa vai mais longe: tem quem diga que no Brasil os árbitros “amarram demais” o jogo, aplicando muitas “faltinhas” “desnecessárias”.
    Eu destôo e acho que o Brasil (e a América do Sul como um todo) é o paraíso dos defensores. Deixam bater à vontade. Não preciso treinar. Não preciso me superar pra chegar na bola antes do adversário. Se não der eu derrubo e pronto. O árbitro dá a falta e é só.

  • Flavio Mariani

    André Kfouri, e complementando seu comentário sobre Barcelona e Inter há dois anos, tivemos também um gol legítimo de Bojan no segundo jogo, que daria a classificação para o Barcelona. O lance pode ser visto a partir de 3:58 desse vídeo http://www.youtube.com/watch?v=7KtHjSn0zQw .

  • Marcos Vinícius

    E a Libertadores,que acontece em nossas terras e tem seis times brasileiros envolvidos,nada?

  • Francisco Ferrer

    O Barcelona não precisou do árbitro para ganhar, mas não discutir sua atitude é ridículo, parece aquele discurso “Oh, aceitemos que o Barça (ja que o Lance nem disfarça) vai ganhar e questões de arbitragem são menores.” O Barcelona classificaria, mas não precisava do árbitro e não precisa da proteção da imprensa, porque até onde sei o Lance é do Brasil, não é o Sport. Também falem mais da Libertadores, meu avô é espanhol/catalão, veio pra cá com 15 anos e seu time, como o meu, é o Fluminense, gostava do Barça e achava que ajudavam o Real, agora ajudam o Barça e acho que isso revoltaria ele.

  • Juliano

    Off Topic: não ter NBA na ESPN com o esperadíssimo jogo do OKC de Durant contra o Heat de Wade (e James) em detrimento desses jogos horrorosos dessa fase da Copa do Brasil é de doer…

    E o Inter conseguiu empatar com o Santos, no que ficou muito, muito barato, tamanhas defesas do seu goleiro, Muriel. O Inter ganhou do Santos, disparado, no número de faltas. O número de faltas sofridas só pelo Neymar nao dá o total de faltas cometidas pelo esquadrão alvi-negro. E ele não simulou nenhuma. Levantou-se e jogou bola. E que bola tem jogado. Hoje, é meio time do Santos, meu medo é o dia que ele não puder jogar, como o Santos vai se virar. Assim como, hoje, Muriel foi meio time, ou mais, do Inter.

    Que gol do Kaká. E o MM convoca Ronaldo Gaucho, que acaba de perder com seu Flamengo do Emelec. Ronaldo Gaucho está numa fase da carreira onde, Vágner Love (!?) dá mais resultado pro time do que ele.

    Que partida do Arouca. Não duvido o MM convocar o Sandro Silva. Afinal, ele faz tudo errado mesmo.

    Pra fechar: o que tem o Cristiano (apenas Cristiano, ou existe outro de tamanha expressão e futebol em Portugal ou no Real) que a cada dia que passa marca mais gols? Parece querer provar que, sim, ele joga bola. Já me convenceu. Faz tempo. Mesmo assim não queria ele no meu time.

    Abraço! Sucesso!

  • Robert silva

    momento libertadores:
    no caso do fla, a classificação não chegaria a ser um milagre
    fla precisa vencer por 1 a zero em casa e torcer pelo empate entre seus rivais
    milagre muito maior foi o do flu na 1a fase da libertadoresem 2011
    precisava vencer não por 1 mas por 2 gols de diferença e na argentina!!!!!
    e torcer pelo empate entre seus rivais nacional e america-mex no uruguai
    e o flu mesmo assim se classificou!
    uma unica diferença: no caso do fla em 2012 o empate eliminará os dois times olimpia e emelec, no caso do flu 2011 o empate classificou o america-mex

  • [DICA]

    André,

    se criar um post sobre a Libertadores, pode chamar de “Os Links da Liguinha”…

    Abraço!

  • luisa

    futebol virou o simbolo da hipocrisia… todos q viram penalti são os mesmos q nao viram nenhum em stamford bridge sendo q foram obvios… posse de bola nao justifica erro a favor como muitos pregam por aí… um impedimento desumano de se marcar q beneficiou a inter nao justifica a expulsao de van persie, a expulsao de pepe q nao encosta em alves e muito menos a expulsao de Motta no mesmo jogo por simulação de piquet (ele olha cinicamente para o juiz enquanto se debate no chao), sem falar q a uefa deveria tirar alves, piquet e busquetes por simulação flagrante de flata e a UEFA NUNCA retalia o barça. e nao é porque um jogador prejudicado diz nao foi a causa da derrota q a derrota passa a ser justa nao é mesmo. comentarista adora conveniencias … BARÇA É O FLAMENGO DOS ANOS 2000.

    AK: Vixe…

  • luisa

    vixe, agora ficou sem fala… vc usa um erro a favor do inter pra ter argumento mas nao aceita outros erros como contra argumento…nao vai jogar fora a oportunidade tentando ser imparcial em assuntos tao poleimcos, fique sempre com a maioria…

    AK: Fazia tempo que você não nos brindava com sua ignorância indignada. O estado clínico agora é um pouco mais grave, como era de se esperar. Mas seja sempre bem-vinda.

  • RENATO

    ufa!!!
    ainda bem que deve ser carioca..senão ia ter que ouvir o nome do meu time….kkkkkkkkkk….

  • luisa

    ignorancia? com fatos q vc ignora… suas respostas sao sempre de altissimo nivel, escondem toda sua indignacao…

    AK: Eu tento manter o alto nível por aqui, obrigado.

MaisRecentes

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo

Futilidade



Continue Lendo