MAIS LINKS DA LIGA



A quarta-feira foi histórica na Liga dos Campeões da Uefa.

Em Nicósia, o APOEL deu prosseguimento a uma campanha de sonho para o futebol do Chipre. Venceu o Lyon por 1 x 0 e depois nos pênaltis, por 4 x 3, e se tornou o primeiro time cipriota a chegar às quartas de final.

Jogadores brasileiros se envolveram em dois momentos decisivos. Manduca marcou o gol do APOEL e Michel Bastos perdeu o último pênalti do Lyon.

Apesar da trajetória inédita do time nesta Champions, o APOEL é o adversário que todos os outros classificados vão querer pegar no sorteio.

No Camp Nou, o Barcelona goleou o Bayer Leverkusen por 7 x 1 (10 x 2 no agregado).

Cinco dos sete gols catalães foram marcados por Lionel Messi, primeiro jogador na história da UCL a fazer tantos gols num jogo só.

Atenção especial para as duas vaselinas (uma com cada pé) no primeiro e no terceiro.

Messi chegou a 12 gols nesta edição da Liga dos Campeões, 49 no geral pela competição e 228 com a camisa do Barcelona.

Ele está a 8 gols de se tornar o maior artilheiro da história do clube. Com 24 anos.

Eu realmente não sei mais o que dizer.

A UCL volta na semana que vem.



  • Anderson

    O Messi é um monstro mesmo. E o Neymar? Você viu André?
    Você não acha que com 19 anos ele faz coisas que o Messi não fazia com essa idade?
    As comparações são inevitáveis, mas, o melhor é que ainda poderemos assistir esses caras jogarem por muito tempo.
    Abs.

  • J. Fernandes

    Eu sei, André: Messi é o maior jogador de todos os tempos.

    Anderson, ou vc está brincando ou não viu o Messi jogando, no seu início, no Barcelona.

    Saudações

    J. Fernandes
    Aracati-CE

  • Rodolfo

    Pelo que eu me lembro o Messi já fazia coisas impressionantes com a idade que o Neymar tem hoje, mas não com a mesma regularidade de hoje. Até porque, a concorrência para ter uma vaga no time titular do Barcelona naquela época era feroz, e o próprio Messi chegou a ter algumas lesões na época.

    Salvo engano, Messi já era titular do Barça que ganhou a UCL 2005/2006, mas se contundiu no jogo de ida contra o Benfica nas quartas e perdeu o resto da competição. O mesmo ocorreu no mundial de clubes no final daquele ano, em que o Barça não pode contar com Messi e Eto’o, coisa que pouca gente se lembra. Sorte do Inter, que encarou Giuly e Gudjohnsen.

  • Anna

    Sete de março foi um dia especial na Liga dos Campeões com a atuação soberba do Messi e foi também para Neymar que fez um gol antológico, à la Maradona. Foi um presente especial para todos nós!

  • Joao CWB

    Não há como questionar que Messi é gênio, que é de outro planeta.

    Talvez não seja do mesmo planeta que Pelé, mas provavelmente da mesma galáxia.

    Porém quando surgem as inevitáveis comparações, um argumento me parece válido: Ronaldo, Romário, Maradona e tantos outros brilharam e fizeram a diferença em equipes que praticamente eram apenas eles os craques, muitas vezes levando o time nas costas. Messi, além da sua genialidade tem outros cracaços ao seu lado. Sem eles o argentino brilharia, mas será que faria tantos gols e quebraria tantos recordes?

    Abraço

  • Marcel de Souza

    É incrível pensar onde o Messi pode chegar. Também incrível a campanha do APOEL, porém nesse caso, ao contrário do Messi, eu acho que não chega mais longe não. 1 abraço,

  • Juliano

    Messi melhor do mundo. Neymar melhor do Brasil. Meteu hat trick no Inter de 3 volantes. Dorival escalava o Santos sem volantes. Contra o Santos, exagerou. Triste o número de faltas cometidas pelo Colorado, com 8 amarelos.

    Ganso foi bem, nada além disso. E hoje, se Neymar não resolvesse, quem o faria? É, o time do Muricy tem problemas.

    O que impressiona nos 2 gols do Neymar é a velocidade sem perder o controle da bola.

    O Santos jogou como se não tivesse feito diferença ter jogado contra o Corinthians no domingo. Agora, sim, após 2 jogos contra times importantes, concordo em colocar o time alternativo frente o Mogi.

  • Marcelinho

    André,

    De onde vc tirou o conceito de “vaselina” para os lances de gol do Messi? É seu ? rs

    Pergunto isso, pois estive na Copa da África, e ao assistir a disputa de pênaltis entre Uruguai x Gana, no momento em que Loco Abreu caminhava para a cobrança, os torcedores do Uruguai já previam o lance: “mira, mira..la vaselina!!!”.

    Abraços,
    Marcelinho

    AK: O termo é muito usado no handebol no Brasil. Os espanhóis o utilizam no futebol também. Eu acho mais legal do que “cavadinha”. Mas obviamente é a mesma coisa. Um abraço.

  • Marcelo Morais

    “Eu realmente não sei mais o que dizer.”
    Nao precisa dizer nada. Apenas agradeca e aproveite a oportunidade de testemunhar a criacao de um mito (no seu caso, algumas vezes in loco).

    AK: Isso eu não deixo de fazer. Um abraço.

  • A questão não é se Neymar, 20 anos, é melhor que Messi, com 20 anos.

    O que talvez vocês não pensaram é se Neymar, COM 24 anos, chegará perto do que o Messi atual faz…

    Mas nem nos sonhos mais lindos dos brasileiros!

    http://felldesign.wordpress.com/2012/03/07/super-quarta-super-messi/

  • André Bastos

    O Barça deve ser processado pela UEFA por prática de bullying contra os adversários.
    Só assim o futebol volta “ao normal”.

    SRN

  • Leandro Azevedo

    O único argumento que resta aos que teimam em falar coisas negativas do Messi é dizer que a “vaselina” já está ficando manjada e chata de ser ver…

    Arruma outro “trick” ai Messi!!! hehehe

    E pra que comparar? Apreciar é muito melhor…

  • Willian Ifanger

    Imaginem o que o coitado do goleiro pensa quando o Messi chega, cara a cara, sozinho, com tempo pra pensar. O goleiro sabe que ele vai dar a “cavadinha”, mas não há o que fazer. Só torce pra ele errar. 99% dos atacantes daria uma cacetada, provavelmente faria o gol, mas a chance de errar é tão grande quanto.

    Penso que o Messi se preocupa, mais que acertar o gol (já que ele sabe que vai fazer isso), jogar a bola mais longe possível do goleiro. Ele não SÓ chuta pro gol.

    Mas não tem muito mais o que ficar falando…está tudo na nossa frente.

  • robert

    momento libertadores:
    Que show deu o fluminense na bombonera
    dentro de campo uma otima e justa vitoria
    e na arquibancada com quase 4 mil torcedores

    Todo mundo sabe q aqui no RJ a torcida que tem $$$$$$$ para viajar p/ fora do brasil, durante a semana, é a tricolor

    como dizia nelson rodrigues:
    “quando o Fluminense precisa de número, acontece o suave milagre: os tricolores vivos, doentes e mortos aparecem. Os vivos saem de suas casas, os doentes de suas camas e os mortos de suas tumbas”

    ST

  • Leonardo Lopes

    André, fico imaginando o que acontecerá se a Argentina vier a ganhar a Copa no Brasil… E o pior: Messi provavelmente entraria naquela de “ganhou a copa sozinho”.

    Qual seria o próximo argumento contra ele?

    Acho que os detratores se matariam…

    Abraço.

  • Marcelo Coelho

    Tive o privilégio de ver Messi ao vivo em 2008.

    Em 2014 saberemos se ele segue os caminho de grandes como Zico, Puskas, Platini e Baggio ou de gigantes como Pelé, Maradona, Romário e Zidane.

    Se não der Brasil, torço por Messi!

  • Wallace

    André, quem é o maior artilheiro da Champions numa única edição? E no geral?
    Abraço

    AK: Messi e Van Nistelrooy. Raul.

  • André Bastos

    AK, permita-me usar seu espaço para levantar com os colegas do blog e com você também, claro, algumas idéias.

    Quando todos dizem que para ser “o cara” é preciso ganhar uma Copa, de uma maneira quase absurda, muitos concordam. E quando todos aqueles que foram igualmente brilhantes não levam o caneco, muitos apontam essa “mancha”.

    O ponto a que quero chegar(sem nenhuma pretensão, claro) é o seguinte:
    -Quanto vale um ótimo mês(não estou falando de $$), o mês da copa, apenas a cada quatro anos, na carreira de alguém que faz chover durante os outros 46 ou 47 meses?
    -Qual a real dimensão da copa para chancelar a carreira de um craque?
    -Fracassar em todos os torneios que se disputa e arrebentar no mundial salva alguém das críticas?
    -A copa ainda tem esse peso todo?

    Cada dia que passa acho que a Copa perde espaço para as conquistas dos clubes. Para Messi é mais fácil ganhar a UCL do que a Copa do Mundo. Jogar e vencer torneios que duram a temporada toda parece ressoar cada vez mais forte que a Copa, na minha opinião.
    Acho que o mundial é apenas um adendo para quem já está com lugar garantido na história.

    SRN

  • Juliano

    André Bastos, pro Messi é mais fácil ganhar a UCL porque ele joga no Barça. Se a seleção Argentina jogasse a UCL, não seria assim tão fácil. E fácil também porque disputa todo ano, já a copa…
    Fácil também porque nesse Barça, ele tem muito menos pressão do que toda uma nação Argentina, sei lá desde quando sem vencer o Mundial.

  • Ricardo Inocencio

    Não diga mais nada….apenas levante-se e aplauda de pé como os torcedores culés fazem em quase todo jogo no Camp Nou (e também fora dele).

    Lionel Messi, histórico.

    Que bom que eu posso ver isso com meus olhos e fazer parte dessa geração.

  • leonardoatleticano

    André, acho que em muito pouco tempo, nós brasileiros , seremos os únicos da Terra a discutir quem é o maior de todos os tempos, acho que o resto do mundo está se decidindo rapidamente.

MaisRecentes

No banco



Continue Lendo

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo