FRIO, FÃS E FESTA



O oficial do controle de passaportes em Miami disse “bom dia”. E ouviu: “e aí, feliz com os Giants?”

Ele me olhou por cima dos óculos, incrédulo. “Como você sabe?”, perguntou.

Simples. Três semanas atrás, em férias, entrei nos Estados Unidos com minha família por Miami. O oficial da fronteira achou que eu usaria meu visto de jornalista, viu que eu trabalhava na ESPN e iniciou uma conversa sobre futebol brasileiro, Copa do Mundo e os playoffs da NFL.

Os Giants jogariam contra o Green Bay Packers no dia seguinte, motivo de ansiedade do policial. Finalizado o processo da nossa entrada, ele nos desejou boas férias, nós lhe desejamos boa sorte, e a vida seguiu.

Nesta quarta-feira, 5 da manhã em Miami, eu estava de volta ao mesmo aeroporto e, surpresa, à mesma fila onde o oficial fazia seu turno. Dessa vez, a conversa foi apenas sobre o Super Bowl e as chances dos Giants no próximo domingo.

Mundo pequeno.

A foto acima é do hotel JW Marriot, em Indianapolis. Nele fica o centro de imprensa do Super Bowl XLVI. O capricho na organização caracteriza a forma como a cidade recebeu o evento.

Das 45 edições do Super Bowl, 15 foram realizadas no estado da Florida. Não dá para competir com o clima de lá, agradável até no inverno.

Fazer um Super Bowl no frio é o desafio que Indianapolis encarou com a ideia de se reposicionar aos olhos dos americanos.

Para isso, estudou a organização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver, em 2010. O plano era convencer as pessoas que valeria a pena visitar a cidade e ver o jogo, mesmo sob o risco de temperaturas negativas.

Indianapolis tem os hotéis e o estádio. Quer mostrar que também há o que fazer nas ruas.

Estive aqui em 2002, cobrindo o Campeonato Mundial de Basquete. A cidade está absolutamente transformada.

Num calçadão no centro, os organizadores fizeram o “NFL Festival”. Um grande corredor com bares, restaurantes e dois palcos para apresentações musicais. Imagine como fica no fim da tarde, quando as pessoas começam a sair do trabalho.

Por cima delas, aventureiros despencam por seis cabos de aço de 500 metros em tirolesas.

O Super Bowl é o maior evento esportivo de um dia no mundo. Em Indianapolis, parece que durará bem mais do que isso, e com um presente do clima: numa época em que o termômetro fica abaixo do zero, os dias têm sido surpreendentemente amenos.

Nesta quinta, contato com os jogadores dos dois times. Todos têm de ficar uma hora respondendo perguntas.

Eles devem adorar.



  • Anna

    É um dos eventos esportivos mais legais! E vai dar New England Patriots com show de Tom Brady! Não sou muito fã da Madonna, gosto mais de seus sucessos antigos, dos anos 80, mas estou ansiosa pelo show do intervalo. Nada vai barrar Bruce Springsteen, mas está prometendo. Convidei até a minha irmã que é super fã para vir aqui pra casa pra ver o jogo e assistir ao show. Ela virá. Imperdível. Grande abraço, Anna

MaisRecentes

Presente



Continue Lendo

Em frente 



Continue Lendo

Acordo



Continue Lendo