SEM DRAMAS



Com o perdão da torcida do Internacional, o Mazembe prestou um serviço inestimável a todos os times brasileiros que disputarem o Mundial de Clubes.

Não haverá outro vexame na semifinal.

A vergonha que o Inter passou em 2010 impedirá que qualquer adversário, venha de onde vier, seja tratado com soberba.

E assim metade do caminho para a decisão estará percorrido.

O Santos passou pelo Kashiwa Reysol graças ao talento individual. Neymar (que cartão de visitas…) e Borges marcaram lindos gols, mesmo que o goleiro japonês tenha claramente errado de profissão.

Coletivamente, o time não foi bem. Teve menos posse de bola que o campeão japonês (48% a 52%) e, à primeira vista, mostrou um ponto fraco com Durval no lado esquerdo da defesa, que saltaria aos olhos até de quem não estivesse prestando atenção.

Mas em nenhum momento deu a sensação de que a classificação para a decisão estava em risco.

Tenho minhas dúvidas se o desempenho na semifinal – que parecia resolvida em meia hora – deve ser levado em conta para o jogo do título. A entrega numa final é completamente diferente.

E se o adversário do domingo for mesmo o Barcelona, importa pouco o que o Santos exibiu contra o Kashiwa.

O que importa é o que fará no jogo que todos queremos ver.



  • Anna

    O que vale é domingo. Vou torcer pro Santos. Único momento em que vou torcer contra o Barça.

  • Leandro Azevedo

    O Neymar no Domingo não pode começar o jogo fazendo as firulas que fez perdendo a bola e armando contra-ataques pq o Barça não vai perdoar.

    O Elano foi fraco no apoio ao ataque hoje e o Ibson até que entrou bem… seria uma opção caso o Muricy sinta vontade de mexer ali, e entrar com o Léo no Domingo, nem que use ele apenas em um tempo é com certeza a melhor opção.

  • Jorge Casoni

    Concordo com tudo André, só acho que o goleiro Japonês não falhou, e ainda pegou uma bola cara a cara do Danilo. É um bom goleiro.

  • Lucas Costa

    André,

    Estava conversando com meu irmão sobre como o Santos deveria jogar contra o Barcelona e chegamos a um consenso que o time do Muricy deve jogar da forma como sempre jogou durante o campeonato. Sem retrancas e planos mirabolantes para parar o Barça.

    No último ano, o time que realmente conseguiu dar trabalho para Barcelona foi o Arsenal no primeiro jogo da Champions. E deu trabalho porque tratou de jogar bola, jogou da forma como sempre atuou, para a frente, futebol bonito. E a partida foi espetacular, e o Arsenal ganhou! Eu sei que no jogo de volta tomou um baile, mas o Santos precisa de um jogo só!

    Eu tenho a impressão que o Barcelona respeita e teme muito mais um time que também procura jogar bonito dentro de suas caracteristicas do que um “catadão” (por melhor que os jogadores sejam) que tem como único objetivo parar o seu futebol. No ultimo ano, os times que pensaram pequeno o Barcelona dominou, destruiu. Os poucos que tentaram jogar bola, tiveram no mínimo uma morte honrosa, vide o Milan a poucas semanas.

    O Santos pode surpreender o Barcelona, no sentido de faze-los pensar “esses loucos realmente acham que podem ganhar” + “não é que a molecada aí joga bola mesmo”.

    Acho que é por aí que tem que ser. Assim, no mínimo um jogão vai ser.

    Valeu!!!

    PS: Vc não tem a impressão que se o Santos vencer, o Real Madrid vai pousar um helicoptero no meio do gramado (pilotado por Mourinho) no fim do jogo para sequestrar o Neymar?

  • Joao CWB

    Torcerei pelo Santos, mas acho que se o Barcelona jogar com seriedade passa por cima do Santos, atropela.

    Esse time do Messi não tomou conhecimento dos maiores times do mundo, com os maiores craques e não será contra o Santos que de acima da média só tem Neymar e Ganso, esse quando resolve jogar, que o Barça vai tropeçar.

    Mas repito:isso se o Barça jogar com seriedade, como quem deseja ganhar uma UCL. Caso isso não ocorra, o Santos que jogará o jogo da vida, poderá levar vantagem na determinação.

    Abraço

  • Emerson Luiz Fonseca

    veja a situação.
    uma final de um jogo de futebol entre brasileiros e gringos,onde os gringos são os favoritos.
    O melhor do mundo vai estar em campo(ele veste branco),mas não é o melhor do mundo porque esta fora do alcance dos olhos do mundo. Domingo é o dia do talento fazer a diferença como 50 anos atras quando de fato os grigos eram os favoritos.

  • Thiago Mariz

    Fato bem observado pelo Leandro Azevedo:

    Se Neymar fizer metade das firulas que fez no começo do jogo, perderá a bola com mais frequência e (com todo respeito) a bola não irá para os pés de Jorge Wagner, mas de Xavi, Iniesta ou Messi. E aí a conversa é outra.

  • Thiago Mariz

    Apenas um adendo: Neymar é melhor que Messi? Sério? Ah, ufanismo maldito…

  • Concordo que o triunfo do Mazembe sobre o Inter serviu de lição para os times brasileiros, mas mesmo assim o Santos (em certos momentos do jogo) parecia não ter aprendido a lição, pois se não fosse o gol relâmpago de Neymar e aquela falta cobrada com êxito pelo Danilo as coisas poderiam se complicar.

  • Emerson Luiz Fonseca

    Thiago: sou corinthiano,não sou torcedor de sofá, passei 23 anos da minha vida dentro de estadio vendo na real o que um jogador pode fazer dentro do campo. Neymar nem tem cabelo no saco ainda,e já mostra o que é fazer diferença. Não tem essa de ufanismo, é fato. Vc tem razão, o ufanismo e uma merda,mas não neste caso. Valeu.

  • Alexandre

    Leandro Azevedo e Thiago Mariz,
    O Neymar fez um golaço no começo do jogo, aos 19 minutos, e vocês ressaltam que eles fez “firulas”???
    Todo mundo tem o direito de não gostar de quem quer que seja, mas tudo tem limites, né!
    O Santos errou vários passes e não jogou bem coletivamente.
    Se o Barça vencer, o que é muito provável, certamente não será por causa do Neymar, mas apesar dele.

  • Carlos Futino

    Thiago,

    Tá bom, Neymar não é melhor que Messi AINDA. Mas não se engane, ele tem potencial para chegar pelo menos no mesmo nível. Se vai chegar, não sei, mas tem futebol para isso.

    (Só para constar, não sou santista. Então não tem nada de clubismo nessa avaliação)

  • Lucas

    Trata-se de sua opinião, simplesmente! Não houve soberba por parte do Sport Club Internacional ao enfrentar o Mazembe e sim um mal dia do time gaúcho que pode muito bem acontecer com qualquer Corinthians da vida… A não ser, é lógico, que o time do povo em tempos de governo dos socialistas do PT, façam o lobby político forte de sempre junto a FIFA e mudem as regras do campeonato do mundo como conseguiram fazer de 2010 para 2011. O Santos de Neymar joga futebol-arte e se não houverem acidentes de percalço, jogará de igual para igual com o grande Barcelona! Qualquer um dos dois que ficar com o título, irá merecê-lo sem nenhum tipo de questionamento. Se for o Santos FC dos brasileiros que curtem um ôba-ôba, será disparado o melhor time do Brasil e do Mundo, além de poder com toda a certeza, repetir a dose na Libertadores 2012! Talvez por isso também, tenha que “perder” este ano! Só há lugar para um time do povo em nosso país… Forte abraço! Esta é a minha livre opinião!

  • Daniel

    Claro que houve soberba … só falavam na final contra os europeus !! Perderam feio para um modesto time do Congo que poderia ter feito 3×0 ou até mesmo 4×0 sem nenhuma injustiça !!!! O maior fiasco que um clube brasileiro protagonizou no exterior !O MAZEMBAÇO não será esquecido ….

  • D. da MATA

    Futebol arte com alguma organização, ou, o futebol total da escola holandesa implantada no clube catalão à mais de 35 anos? De um lado, o improviso individual, a crença de que você pode “sair driblando” todo mundo o tempo todo, a tal “mágica” que só os brasileiros acreditam ter… porém com a seriedade de Muricy Ramalho, um técnico que com o passar dos anos foi melhorando. Do outro o futebol coletivo, fundamentos técnicos levados a sério, a qualidade do jogo de passe… vantagem numérica por setor, compactação, pressing, valorização da posse de bola, fazer o adversário abrir caminhos em sua própria defesa, e um jogador que aos 6 anos ao brincar com outros de 10 anos ouve de um adulto… “Hei garoto! Vai lá pro ataque que nem os outros meninos!” e o menino de 6 anos responde… “Não senhor… preciso ficar mais recuado para passar a bola, para eles fazerem o gol”… Que garoto é esse? Messi? Errado… era Xavi, que com 6 anos de idade, já pensava melhor que muitos jogadores profissionais com mais de 25 anos. Esse é o cérebro do time catalão. O Santos deverá MARCAR fortemente XAVI. Além de saber jogar 100% da defesa e no ATAQUE! Boa sorte ao futebol! Que todos tenham um ótimo domingo para nunca mais se esquecer na vida!

MaisRecentes

Invasões bárbaras



Continue Lendo

Flamengo 1 x 1 Independiente



Continue Lendo

Relíquia



Continue Lendo