NOTINHAS PÓS-RODADA



Trinta e sete já se foram.

O campeonato merece ser decidido no domingo derradeiro, em que todos – TODOS – os jogos valem algo.

* O Santos (1 x 1 com o Bahia: Souza e Neymar – 12.052 pagantes na Vila Belmiro) se despediu do BR-11, e o Bahia disse “olá” para a Série A em 2012.

* É muito bom ver o Bahia, e o que ele representa, na primeira divisão.

* Três pontos gigantes para o Flamengo (1 x 0 no Internacional: Ronaldinho – público ND no Cláudio Moacyr), em jogo com impacto direto na tabela da próxima Copa Libertadores.

* Como já se disse aqui, pelo elenco/time que tem, ficar fora do torneio sul-americano seria decepcionante para o Internacional.

* Alguma surpresa que o clássico paulista (Palmeiras 1 x 0 São Paulo: Marcos Assunção – 18.364 pagantes no Pacaembu) tenha sido decidido como foi?

* O Palmeiras deixou o Pacaembu com um sorrido de canto de boca. Domingo que vem tem mais.

* O jogo no Olímpico era uma espécie de pré-Sul-Americana, e o Grêmio (2 x 2 com o Atlético Goianiense: Anselmo, Willian Magrão, Marquinhos e Anderson – 7.493 pagantes) estará nela.

* O Atlético pode se classificar na última rodada.

* O Atlético Mineiro (4 x 0 no Botafogo: Daniel Carvalho, André-2 e Leonardo Silva – 18.281 pagantes na Arena do Jacaré) não cai mais.

* O Botafogo precisa demitir o Caio Júnior imediatamente. Desse jeito, ele vai conseguir tirar o time da Libertadores…

* O Coritiba (1 x 0 no Avaí: Jeci – público ND no Couto Pereira) é um dos times do ano no Brasil.

* Estava em décimo lugar até outro dia. Está às portas da Libertadores.

* A impressão é que o Atlético Paranaense (América 2 x 1: Kempes, Paulo Baier e Gilson – público ND na Arena do Sabiá) está pedindo para cair.

* Imagine o potencial de drama do clássico paranaense do próximo domingo.

* O empate entre Ceará e Cruzeiro (2 x 2: Osvaldo, Anselmo Ramon, Ortigoza e Daniel Marques – 17.331 pagantes no Presidente Vargas) só aumentou o medo de ambos.

* É indescritível (sem Fábio e Montillo no clássico mineiro, e com Cuca no banco adversário) a situação do Cruzeiro. Mas será que o torcedor do Bahia tem algum interesse em detonar o Ceará?

* O Corinthians ganhou (1 x 0 no Figueirense: Liedson – público ND no Orlando Scarpelli) o quarto jogo seguido, e só por isso está perto do título.

* Descobrimos muita coisa a respeito do Figueirense nas últimas rodadas. Mas, com Libertadores ou sem, a campanha terá sido ótima.

* São impressionantes a confiança e a valentia do Vasco (2 x 1 no Fluminense: Alecsandro, Fred e Bernardo – 34.132 pagantes no Engenhão). Insana bola de Alecsandro no lance do segundo gol.

* O Fluminense deve se penitenciar pelo número de gols perdidos no clássico.

______

MÃO À PALMATÓRIA: no ano passado, quando a CBF anunciou que os turnos do BR-11 terminariam com clássicos, duvidei da eficiência da medida. Também argumentei que era uma interferência na balança de forças do campeonato, porque alguns times fariam dois clássicos em sequência e outros, apenas um.

Fato é que, diferentemente dos últimos anos, não há clima de desconfiança em relação a algumas atuações, o que é muito bom.

Fica a lição que vale a pena observar se algumas coisas funcionam ou não, antes de opinar.

O último domingo do campeonato será irreal, com emoção em todos os estádios. A realização dos clássicos tem muito a ver com isso.



MaisRecentes

Porte



Continue Lendo

Segunda vez



Continue Lendo

Paralelos



Continue Lendo