LIÇÃO VASCAÍNA



Vasco x Universidad de Chile (1 x 1) foi um belo jogo de futebol. Mais um, nesta temporada, que o Vasco nos ofereceu.

Como já escrevi aqui, é bonita a forma como o time tem encarado seus jogos de peito aberto.

A situação de ontem não era simples. O time chileno é ótimo e o desgaste tem sido um adversário a mais para o Vasco.

Ficou evidente, nos primeiros momentos, que a ideia era conseguir uma vantagem o quanto antes, para poder aplicar ao jogo um ritmo mais contido, mais seguro.

O gol saiu. Mas a qualidade dos chilenos, combinada aos problemas do Vasco, impediu que o placar fosse, pelo menos, mantido.

Ficou difícil? Ficou. Principalmente porque o adversário é muito bom.

E porque as obrigações simultâneas começam a cobrar seu preço. Felipe e Elton foram vítimas do jogo em São Januário.

Dependendo do que acontecer no fim de semana, no Campeonato Brasileiro, talvez chegue a hora de escolher um caminho.

Mas independentemente de como a temporada vascaína terminará, uma lição terá sido clara para todos: o importante, no futebol, são os troféus.

Ao brigar enquanto puder por dois títulos que oferecem o que o Vasco já tem, o time investe em sua grandeza e no sorriso de seu torcedor.

Se não ganhar nenhum, sentirá frustração, sim.  Mas passará longe do arrependimento por não ter deixado tudo o que tinha pelo caminho.

Sua torcida dormirá tranquila.



MaisRecentes

Pertencimento



Continue Lendo

Vitória com bônus



Continue Lendo

Anormal



Continue Lendo