NOTINHAS PÓS-RODADA



Trigésima-terceira do BR-11:

* Eram 14 jogos de invencibilidade do Botafogo no Engenhão. Até o Figueirense (1 x 0: Júlio César – 21.104 pagantes), em chamas, aparecer.

* E que golaço de Júlio César.

* Ainda não dá para dizer que o Atlético Mineiro (2 x 0 no Grêmio: André e Marquinhos Cambalhota – 17.387 pagantes na Arena do Jacaré) não vai cair. Mas três vitórias seguidas foram bons argumentos.

* São cinco pontos acima da ZR.

* A virada do Bahia (4 x 3: Wellington, Souza, Lucas, Cícero, Lulinha e Fahel – 31.230 pagantes no Pituaçu) sobre o São Paulo foi inesperada e emocionante.

* E a festa da torcida do Bahia, depois do jogo, foi um sinal de vida do futebol.

* De todos os “líderes” que perderam na rodada, o “melhor” resultado foi o do Vasco. Derrota para o Santos completo (2 x 0: Neymar e Borges – 15.617 pagantes na Vila Belmiro), fora de casa, normalíssima.

* Mas a arbitragem cometeu um erro grave ao anular um gol de Diego Souza, num lance em que nada houve.

* Gigantesco resultado do Ceará (2 x 1 no Avaí: Thiago Humberto, Felipe Azevedo e William – público ND na Ressacada), em jogo com óbvias implicações na formação da tabela da Série B em 2012.

* O Avaí spo ganhou quatro jogos em casa.

* A goleada no Engenhão (Flamengo 5 x 1 Cruzeiro: Anselmo Ramon, Deivid-2, Thiago Neves-3 – 34.436 pagantes) diz muito a respeito dos dois times. O Flamengo arranca, o Cruzeiro sucumbe.

* O Cruzeiro fez 1 x 0, perdeu um pênalti e, na sequência, levou um gol que não aconteceria se o goleiro não estivesse em campo. Sinais?

* Se o Corinthians não ganhar o BR-11, o jogo em Uberlândia (América 2 x 1: Fábio Júnior, Chicão e Amaral – público ND no Parque do Sabiá) será lembrado como um dos motivos.

* Nenhum time que tenha objetivos na parte de cima da tabela pode explicar uma derrota para o lanterna.

* O atual campeão foi o time que melhor aproveitou a rodada, com uma ótima atuação no Beira-Rio e a décima-oitava vitória (Fluminense 2 x 1 Internacional: Rafael Moura, Oscar e Rafael Sóbis – 33.850 pagantes) no campeonato.

* Deco passou para os dois gols.

* Após os 2 x 0 para o Coritiba (Davi e Leonardo – 7.513 pagantes na Arena Barueri), já são oito rodadas – quatro derrotas seguidas –  sem vitória do Palmeiras.

* O Atlético Mineiro, desesperado até pouco tempo atrás, tem só dois pontos a menos do que o Palmeiras.

* Nieto virou o confronto de Atléticos na Arena da Baixada (Paranaense 2 x 1 Goianiense: Anselmo e Nieto-2 – 11.200 pagantes), com sua marca registrada: a cabeça.

* Uma derrota em casa teria sido trágica para o Furacão.



MaisRecentes

Desconforto



Continue Lendo

Irmãos



Continue Lendo

Na mesa



Continue Lendo