NOTINHAS PÓS-RODADA



Trigésima do BR-11.

E parem as máquinas, porque estamos a poucas horas de ver TODOS os times com o mesmo número de jogos.

* Será que o Figueirense (2 x 1 no América-MG: Rodriguinho e Júlio César-2 – público ND no Orlando Scarpelli) já sonha com a Libertadores?

* Sim, o Figueirense (a 6 pontos do G-5) já sonha com a Libertadores.

* A rodada perfeita para os times cariocas começou no sábado, com a vitória do Flamengo (1 x 0 no Ceará: Deivid – público ND) no Presidente Vargas.

* Problema para o Flamengo: tem pelo menos duas vitórias a menos do que os concorrentes.

* Segunda derrota seguida do Santos, em casa, para o Grêmio (1 x 0: Escudero – 3.477 pagantes na Vila Belmiro).

* Foi a primeira vez que o Grêmio ganhou do Santos, na Vila, em campeonatos brasileiros.

* O Botafogo (2 x 0 no Atlético Paranaense: Antônio Carlos e Abreu – 17.832 pagantes no Engenhão) pode ser líder na quarta-feira.

* Só um time (Avaí, -16) tem saldo de gols pior do que o do Atlético.

* A arrancada do Fluminense (2 x 1 no Palmeiras: Fred-2 e Valdivia – 3.649 pagantes) prosseguiu no Canindé.

* Fred fez cinco gols em dois jogos.

* Dois gols, passe para mais um, e a virada do Internacional (4 x 2 no Avaí: Róbson, D’Alessandro-2, William, Kléber e Nei – 12.282 pagantes no Beira-Rio) vai para a conta de D’Alessandro.

* E ele fez tudo isso no segundo tempo.

* Vencer o Cruzeiro em Sete Lagoas manteve o Corinthians (1 x 0: Paulinho – 17.004 pagantes na Arena do Jacaré) na ponta.

* O jogo quase foi contaminado por um pênalti para o Cruzeiro, inventado pelo árbitro Pablo dos Santos Alves.

* Em casa, inspirado por uma conversa de Ricardo Gomes com os jogadores, o Vasco (2 x 0 no Atlético Mineiro: Elton e Fágner – 12.282 pagantes em São Januário) voltou a vencer.

* Para a sorte do Atlético, os outros ameaçados também perderam.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 (11.896 pagantes no Couto Pereira) entre Coritiba e Bahia, mesmo placar do primeiro turno.

* Dá para dizer que perder para o Atlético Goianiense (3 x 0 no São Paulo: Gilson, Felipe e Anselmo – 23.906 pagantes) no Serra Dourada, é normal.

* E a diretoria do São Paulo, que não erra, demitiu mais um técnico.



MaisRecentes

Sete dias



Continue Lendo

Em voo



Continue Lendo

Não estamos prontos



Continue Lendo