NOTINHAS PÓS-RODADA



Vigésima-sexta do BR-11:

* Um gol de pênalti, aos 47 minutos do segundo tempo, decretou o empate (Atlético Paranaense 1 x 1 Fluminense: Paulo Baier e Fred – 12.224 pagantes) na Arena da Baixada e provocou revolta de atleticanos.

* E no país da Copa do Mundo, o trio de arbitragem precisou de auxílio policial para sair do estádio.

* O Figueirense não vencia (3 x 2 no Santos: Julio Cesar-2, Borges, Wellington Nem e Léo – 7.059 pagantes na Vila Belmiro) havia cinco rodadas. O Santos não perdia havia oito.

* Borges é incrível.

* Um gol irregular encerrou a sequência de dez jogos sem vitória do Flamengo (2 x 1 no América-MG: Kempes, Deivid e Thiago Neves – 6.886 pagantes no Engenhão).

* Kempes fez um, mas perdeu outro de um jeito que não dá para acreditar.

* Abreu é sensacional, mas teve o terceiro gol do Botafogo (2 x 2 com o São Paulo: Abreu-2, Henrique e Rivaldo – 22.348 pagantes no Engenhão) a seus pés e perdeu. 3 x 0 ali, e esquece.

* Jogada marota, a do empate, de Rogério para Rivaldo.

* Terceira nota, porque vale: a jogada de Maicosuel no primeiro gol é um dos grandes momentos do campeonato. E naquele gramado, é coisa para heróis.

* Lindo gol de Bollati, o primeiro da vitória do Internacional (2 x 1: os outros foram de Renan Oliveira e Fabrício – 19.576 pagantes no Beira-Rio) sobre o Atlético Mineiro.

* O Inter tem o segundo melhor ataque do campeonato.

* A expulsão de Emerson Sheik, autor do gol da vitória do Corinthians (1 x 0 no Bahia – 23.765 pagantes no Pacaembu) poderia ter sido evitada.

* Ao reclamar de dor na coxa, Sheik ouviu um pedido de Tite para “sinalizar” que estava machucado. Caiu em campo, levou amarelo por cera, ironizou o árbitro e viu o vermelho. Dois jogos fora.

* Diego Souza (Vasco 3 x o: os 3 dele – 6.348 pagantes na Arena do Jacaré) judiou do Cruzeiro.

* Esse é um cara que sempre foi capaz de decidir jogos, mas nem sempre jogou conforme seu potencial.

* O Grêmio venceu (2 x 1 no Avaí: Mario Fernandes, Douglas e Pedro Ken – público ND) na Ressacada, onde alguns times tiveram muita dificuldade.

* O time gaúcho está equidistante (8 pontos) do G-5 e do U-4.

* Bom jogo no Presidente Vargas, e primeira vitória do Ceará (3 x 2 no Coritiba: Roger-2, Bill-2 e Edmilson – público ND) sob o comando de Estevam Soares.

* Extraordinário gol de bicicleta de Roger. Desses que, quem viu, guarda para contar aos netos.

* Sim. Com dois jogadores a menos, e num campão como o Serra Dourada, o Atlético Goianiense conseguiu fazer o gol de empate (1 x 1: Henrique e Thiago Feltri – 12.422 pagantes) no Palmeiras.

* Felipão: “foi a maior vergonha da minha vida”.



MaisRecentes

Anormal



Continue Lendo

Saída



Continue Lendo

Em controle



Continue Lendo