NOTINHAS PÓS-RODADA



Vigésima-sexta do BR-11:

* Um gol de pênalti, aos 47 minutos do segundo tempo, decretou o empate (Atlético Paranaense 1 x 1 Fluminense: Paulo Baier e Fred – 12.224 pagantes) na Arena da Baixada e provocou revolta de atleticanos.

* E no país da Copa do Mundo, o trio de arbitragem precisou de auxílio policial para sair do estádio.

* O Figueirense não vencia (3 x 2 no Santos: Julio Cesar-2, Borges, Wellington Nem e Léo – 7.059 pagantes na Vila Belmiro) havia cinco rodadas. O Santos não perdia havia oito.

* Borges é incrível.

* Um gol irregular encerrou a sequência de dez jogos sem vitória do Flamengo (2 x 1 no América-MG: Kempes, Deivid e Thiago Neves – 6.886 pagantes no Engenhão).

* Kempes fez um, mas perdeu outro de um jeito que não dá para acreditar.

* Abreu é sensacional, mas teve o terceiro gol do Botafogo (2 x 2 com o São Paulo: Abreu-2, Henrique e Rivaldo – 22.348 pagantes no Engenhão) a seus pés e perdeu. 3 x 0 ali, e esquece.

* Jogada marota, a do empate, de Rogério para Rivaldo.

* Terceira nota, porque vale: a jogada de Maicosuel no primeiro gol é um dos grandes momentos do campeonato. E naquele gramado, é coisa para heróis.

* Lindo gol de Bollati, o primeiro da vitória do Internacional (2 x 1: os outros foram de Renan Oliveira e Fabrício – 19.576 pagantes no Beira-Rio) sobre o Atlético Mineiro.

* O Inter tem o segundo melhor ataque do campeonato.

* A expulsão de Emerson Sheik, autor do gol da vitória do Corinthians (1 x 0 no Bahia – 23.765 pagantes no Pacaembu) poderia ter sido evitada.

* Ao reclamar de dor na coxa, Sheik ouviu um pedido de Tite para “sinalizar” que estava machucado. Caiu em campo, levou amarelo por cera, ironizou o árbitro e viu o vermelho. Dois jogos fora.

* Diego Souza (Vasco 3 x o: os 3 dele – 6.348 pagantes na Arena do Jacaré) judiou do Cruzeiro.

* Esse é um cara que sempre foi capaz de decidir jogos, mas nem sempre jogou conforme seu potencial.

* O Grêmio venceu (2 x 1 no Avaí: Mario Fernandes, Douglas e Pedro Ken – público ND) na Ressacada, onde alguns times tiveram muita dificuldade.

* O time gaúcho está equidistante (8 pontos) do G-5 e do U-4.

* Bom jogo no Presidente Vargas, e primeira vitória do Ceará (3 x 2 no Coritiba: Roger-2, Bill-2 e Edmilson – público ND) sob o comando de Estevam Soares.

* Extraordinário gol de bicicleta de Roger. Desses que, quem viu, guarda para contar aos netos.

* Sim. Com dois jogadores a menos, e num campão como o Serra Dourada, o Atlético Goianiense conseguiu fazer o gol de empate (1 x 1: Henrique e Thiago Feltri – 12.422 pagantes) no Palmeiras.

* Felipão: “foi a maior vergonha da minha vida”.



  • Anna

    Diego Souza estraçalhou o Cruzeiro!!! Três gols e uma atuação impecável! E o terceiro gol é uma pintura, o mais bonito da rodada e quiçá do BR-11. Domingo contra o Corinthians um jogo decisivo que vale a liderança. A rodada foi perfeita para o Vasco que abre dois pontos de vantagem. Muuuuito feliz!!!! ;)))

  • eduardo pieroni

    Boa André, as ultimas rodadas serão de matar o mineiro do coração, e se fosse no mineirão seria pior, porque atletico,crizeiro e america estão numa draga só, o cruzeiro esta sem preparo fisico o atletico entrou em desespero tudo é o juiz, não tem meio campo e nem defesar, REVER é brincadeira só pode ser.

  • eduardo pieroni

    Boa André, será???? que o Sr Ricardo Teixeira não tem vergonha quando as tvs mostram os gols para a europa,asia e outros lugares dos gramados brasileiros,especialmente o engenhão,cara é ridiculo o pais que vai sediar uma copa do mundo os times jogando em pastos.deveria ser Polo mas pelo que saiba e vejo os campos de polo dão de 1000 a 0 nos de futebol.

  • LM_RJ

    “inteligente é quem aprende com seus erros. o sábio aprende com o erro dos outros”
    ocorre q o imbecil é aquele q nao aprende nunca
    sediar olimpiadas tambem é um saco sem fundo
    qual o legado das olimpiadas 2004 p/ grecia?
    dividas?
    brasil abra seu olho…povo manso é povo otário

  • Raimundo Cerqueira Junior

    Diego Souza “judiou” do Cruzeiro… O verbo “judiar” não deve ser usado, muito infeliz

    AK: Patrulhinha boba.

  • Marcos Vinícius

    Não fosse um erro de arbitragem e provavelmente,muito provavelmente mesmo,o Flamengo estaria sem treinador hoje.

    O árbitro de Atlético-PR x Fluminense teve atuação quase perfeita.O problema não foi ele,mas a torcida do Furacão que ficou quicando com um gol de mão que foi devidamente anulado e um pênalti que foi no fim do jogo.Discutir o que?

    Se o Botafogo não se encolhesse tanto estaria a dois pontos do líder e com um jogo a menos.E pode colocar o gol perdido pelo Abreu na conta do gramado do Engenhão.O Botafogo perdeu Maicossuel por 4 meses no ano passado devido as péssimas condições do mesmo gramado.Daí,ficam duas conclusões:A diretoria do clube se acomodou,pois a mais de um ano acha que o gramado oferece boas condições para a prática de futebol,e a mesma diretoria acha que perder um jogador e alguns preciosos pontos no campeonato é pouco,pois ainda não fez nada a respeito.O que falta perder?

    Ontem,o atacante Diego Souza(sim,ele jogou de atacante) arrebentou.Mas o meia vem fazendo a diferença no Vasco.Chegou ao clube pouco depois que Ronaldinho chegou ao Flamengo,mas sem chamar a atenção,sem alarde,sem mídia,sem estádio (a Gávea é estádio?não me lembro de ter visto um jogo sequer lá) cheio para recebe-lo,enfim,chegou quase ‘na moita’.Mas tá matando a pau.Talvez seja porque se preserva,não aparece nas colunas sociais nem dá festas que viram a noite em sua casa.

  • Marcos Vinícius

    Felipão disse que empatar contra o Atlético-GO no Serra Dourada foi a maior vergonha de sua vida.

    Será que ele esqueceu que quando comandava a seleção brasileira a mesma foi derrotada pela poderosíssima Honduras por 2×0?

    Ou ele esqueceu ou acha que a torcida do Palmeiras é maior que a da seleção!!!

    AK: Sofrer o empate com 2 jogadores a mais, foi o que ele disse. Um abraço.

  • Leandro Azevedo

    O Vozão ontem finalmente venceu uma e num bom jogo de futebol que teve domínio dos dois times em momentos distintos do jogo com boas chances e aberto para os dois lados.

    Roger, como você bem escreveu, fez um golaço e o Edmilson também fez um de falta “a la” Juninho Pernambucano.

  • Joao CWB

    Anna, gol do Diego Souza o mais bonito da rodada até vai, mas do BR-11 creio que não. Lembra do golaço do Neymar contra o Flamengo? E o de bicicleta do Leandro Damião?

    André, você tem opinião formada a respeito da atitude de Mário Fernandes?

    Abraço

    AK: Para mim, o gol mais bonito da rodada foi o do Roger. Sobre Mário Fernandes, duas coisas: um jogador deve servir a Seleção, se quiser. Deve divulgar publicamente seus motivos, se quiser. Se ele merece alguma crítica, seria apenas por não comunicar a recusa no dia em que foi convocado. Um abraço.

  • Anna

    João, é verdade. Tem o do Neymar e o do Leandro Damião. Mas o gol do Diego Souza está no Top 3. 😉 Grande abraço a todos, Anna.

  • Anna

    André, o gol do Roger foi bonito tb, mas o do Diego Souza foi mais. 😉

  • Leonardo

    Também acho boba a patrulha com o verbo “judiar”.
    Tão boba quanto a de jornalista que patrulha comemoração de jogador.

    AK: Que brilhante comparação! Como se jornalista “que patrulha comemoração de jogador” entrasse em contato com o jogador para patrulhá-lo. Tendo em vista o tempo que você demorou para comentar, não poderíamos esperar algo que não fosse absolutamente genial. Um abraço.

  • eduardo pieroni

    Boa André, o cidadão voltou(KKKKKKKKK) pena que o time dele vai para segundona de novo, mas a cachaçaele continua tomando como foi cobnstatado ai no texto a cima.(brincadeira)

  • Robert

    Os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo da Fifa não beneficiam os moradores das cidades e países que os sediam, mas sim as grandes empresas que os patrocinam. A opinião é da socióloga americana Kimberly Schimmel, convidada pelo Centro de Estudos Avançados (CEAv) da Unicamp a ministrar uma série de palestras na Universidade entre os dias 12 e 19 de setembro

  • Marcos Vinícius

    Olha,sei que sou suspeito por falar isso,mas acho que o gol do Diego Souza foi um dos mais bonitos do Brasileirão,sim.Mais bonito que o do Damião e o do Roger,que foram gols plasticamente muito bonitos,ainda mais o do Roger,pelo grau de dificuldade,pois ele não estava na direção do gol,ele deu a bicicleta puxando a bola para o canto esquerdo do goleiro.No gol do Damião ele estava na direção do meio do gol,o que facilita.O do Diego Souza foi uma jogada mais elaborada,ele se livrou do zagueiro,deu um chapéu no goleiro e ainda tomou a frente do defensor que vinha marcá-lo.

    Mas acho que,até agora,o gol mais bonito do BR-11 foi o do Neymar contra o Flamengo,o menino inventou um drible em cima do Angelim.O do Diego Souza fica em segundo.

    André,em um campeonato tão equilibrado como esse você acha que tem algum jogador sobrando tecnicamente em relação aos demais?

  • Paulo Pinheiro

    Ainda estou procurando a tal irregularidade no gol do Flamengo. Falam da posição do Renato Abreu. Ele está adiantado ANTES da bola partir e na mesma linha quando ela enfim parte. Depois disso só rebote para o Thiago Neves.

    AK: Renato não está na área. Deivid está impedido. Um abraço.

  • Rodrigo

    Putz, implicar por causa do tal do “judiar” é fióda… Deus me livre…

  • Paulo Pinheiro

    Só em tempo. Referia-me ao Deivid mesmo. Foi um lapso na hora de redigir.

    De toda forma, acho que ele está na mesma linha do zagueiro. Confunde porque ANTES do passe ele está adiantado. O lance é rápido e difícil. Por isso, ainda que tenha havido mesmo um erro do assistente, espero que não seja comparado com aquele impedimento de 2m em que o time do Avaí marcou gol contra o Flamengo.

MaisRecentes

É do Carille



Continue Lendo

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo