CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

SOL, PRAIA, PASSES E GOLS

Jornalistas esportivos contemporâneos de Lionel Messi usufruem de um bônus incalculável. Além de, como todos os interessados, poderem vê-lo fazer o que faz, também desfrutam dos renovados motivos para escrever sobre o genial argentino. Preparadores físicos, fisiologistas, médicos e demais cientistas do esporte estão convidados a se juntar ao banquete.

Precisamente dez dias atrás, enquanto o futebol europeu finalizava o período de treinos e jogos chamado de pré-temporada, Messi estava num iate. Acompanhado pela namorada e por Daniel Alves e sua mulher, curtia o sol e passeios de jet ski em Ibiza. A folga tardia se deu por causa da participação de Lionel na Copa América. Guardiola, chefe de Messi no Barcelona, lhe ofereceu um mês de descanso. Disse-lhe que só se apresentasse pensando na Supercopa da Europa, jogo contra o Porto no dia 26/8. Mas o camisa 10 tinha outros planos: queria jogar a Supercopa da Espanha, contra o Real Madrid.

Messi voltou ao trabalho no dia 8. De acordo com informações divulgadas por repórteres catalães, em forma exuberante. Bastaram cinco dias de treinos específicos de preparação física para que sua escalação no jogo de ida ficasse a critério do técnico.
O domínio merengue foi evidente no primeiro tempo. Tanto que, por 45 minutos, o Real Madrid conseguiu superar o Barcelona em seu recurso mais precioso – o controle da bola. Messi, ainda com a pele salgada pelas águas de Ibiza, fez basicamente duas coisas: o passe para o golaço de David Villa, e o segundo gol do Barcelona. Não fosse por ele, os catalães não teriam saído do Bernabéu comemorando um 2 x 2.

Ontem, Messi estava um pouco mais solto. Foi buscar a bola no campo de defesa, iludiu dois marcadores e deu um gol para Iniesta. Tabelou com Piqué e fez o segundo, com um toque maldoso de pé direito. E quando a decisão tomava o rumo da prorrogação (exagero para quem está voltando de férias), tramou com Adriano e entrou na área para ganhar o título.

O Barcelona disputou os dois jogos com uma preparação aquém da que gostaria. O esforço foi tamanho que exigirá uma semana de recuperação.

Messi? Provavelmente está bravo com a greve da Associação dos Jogadores na Espanha.

HERÓI

Com Messi, a torcida do Barcelona sorri e comemora. Seus gols e assistências produzem orgulho e títulos. Mas mesmo quando a conversa se restringe à rivalidade pura com o Real Madrid, o argentino encanta. Messi é o jogador que mais gols marcou (14) em Casillas. E Casillas é o goleiro em que Messi marcou mais gols. A temporada mal começou e ele já fez três gols e criou mais dois em jogos contra o rival. Idolatria sem limites.

VILÃO

Horrorosa a atitude de José Mourinho, que durante a confusão após a justa expulsão de Marcelo, agrediu um assistente do Barcelona. Aproximou-se e, pelas costas, enfiou o dedo no olho do colega. Com foto e vídeo claros, deve ser punido com rigor. O gesto é revelador. Mostra como o treinador mais bem pago do mundo lida com a frustração, e ajuda a explicar por que seu time vê tantos cartões vermelhos quando enfrenta o rival.



  • eu sempre fui um dos que acreditava que messe precisaria vencer uma Copa para ser um o Maior de TODOS OS TEMPOS, bom estou certo que estive errado todo esse tempo, a cada partida ele comprova que é muito eu disse MUITO melhor que todos os outros jogadores, até mesmo Cristiano Ronaldo o segundo melhor está a anos luz do hermano, é inacreditavel o que ele faz com a Bola nos pés e ele não precisa carregar país algum nas costas ele mostra do dia a dia nos deleitando com o fino da bola que é um dos maiores da história e com apenas 23 anos, se ele vai ser melhor pior ou igual a Pelé serão apenas detalhes isso sim é Fato… twitter: @ramonalmeida07

  • Messi, é o verdadeiro special one.

  • Opa. Total ignorância separar sujeito e predicado na frase anterior.

    Corrigindo: Messi é o verdadeiro special one. Também poderia ser: Mourinho, é o verdadeiro special one!

  • eduardo pieroni

    Boa André, um time como o REAL não pode ter PEPE e MARCELO como jogadores são muito fracos, o futebol esta acabando mesmo,antigamente este dois nem no guarani de campinas com todo respeito jogariam.

  • Anna

    O gesto de Mourinho foi horroroso e mostra que ele não sabe perder e acaba passando essa tensão e esse comportamento para os seus jogadores, por osmose.

  • BASILIO77

    Pelo título, pensei que o texto referia-se à Ronaldo Gaucho…
    Abraço.

  • Almir Vieira

    “Desfrutam”, prezado André! Abraços…..

  • Joao CWB

    O orgulho do Mourinho é tão grande que não se aguenta dentro dele, vaza pelos póros. O cara é o maior retranqueiro, não consegue entender como funciona uma máquina de toques e ataque envolvente.

    Messi é um dos melhores dos últimos anos, mas é demais querer compará-lo a Pelé. Acho que às vezes a piazada confunde video-game com a realidade. Um dos maiores diferenciais do Messi é a vontade e determinação para jogar futebol, esse é o cara que ama o que faz.

    Abraço
    Joao – Curitiba/PR

  • Nelson Luis Bertoni

    Isto para mim prova que ele se preserva um pouco nas folgas. Que sabe o seu valor e é bom de cabeça e bem orientado. Prova também que o time sabe que sem ele é mais dificil. Agora se fosse brasileiro, ia voltar de férias somente no dia,ou seu treinador implraria pra ele voltar mais cedo pra não desagradar os outros jogadores, voltaria em péssima forma, exigiria ser a estrela máxima incensada, ficaria cheio de dengo e mimos, usaria um ridiculo boné enorme de mal gosto virado, e de tanta balada levaria meses para ficar em forma plena.

  • Edouard Dardenne

    Sou dos que acha, em corrente cada vez mais minoritária, que Messi não poder ser equiparado aos maiores do mundo se não vencer uma Copa ou se, ao menos, nunca jogar durante tal competição o que se espera dele.
    É claro que haverá gênios que infelizmente não venceram. Estes se dividem em dois. Haverá aqueles que não venceram porque são de nacionalidades que não apresentam uma escola de futebol e aí não poderiam vencer mesmo, porque não se ganha uma Copa do Mundo sozinho; e aqueles que são de um país altamente competitivo, como é o caso da Argentina.
    Acho, assim, que só não seria justo “impor” a Messi a tarefa de conduzir um time nacional na Copa se ele fosse de um páis periférico em termos futebolísticos. Mas não é. A Argentina tem duas Copas do Mundo em boa parte porque seus times tinham um camisa 10 brilhante como maestro.
    Messi é gênio, um craque invulgar, peça rara, joga demais mesmo. Merece um lugar no Olimpo? Ainda não. É um Deus do Esporte? Não, também. Um semideus, talvez, mas ainda tem que vencer esta última barreira.
    Um abraço.

  • Nilton

    André,
    o Mourinho foi contratado pelo Real por ser um grande vencedor (e acho que tambem por ter eliminado o Barça da Liga pelo Inter), mas acho que ninguem imaginaria que seria tanto mau perdedor. Acredito que Real e Mourinho terão chance de ganhar alguma coisa se:
    A Catalunha separar da Espanha ou;
    O Real munda a sua sede para outro país.
    Pelo menos em quanto o Messi estiver no Barça.

    PS. sempre a chance de ganhar uma Copa da Espanha se um time eliminar o Barça nas primeiras rodadas quando este geralmente joga com time reserva ou misto.

    Concordo com o Joao CWB quando diz que o grande diferencial do Messi é vontade e determinação para jogar futebol, que ero o que diferenciava o Pelé dos outros jogadores de sua epoca.
    Se o R10 não tivesse dessanimado com o Futebol acredito que pelo menos um titulo de melhor do Mundo o Messi teria perdido.

  • [OFF TOPIC]

    Interessante vídeo do Calçade com o Gerd Wenzel sobre o Muro de Berlim e os resultados esportivos das Alemanhas.

    Abraços, e bom fds!

  • Diogo

    André, só vi agora: http://esporte.ig.com.br/futebol/video+mostra+provocacoes+de+messi+no+classico+contra+real+madrid/n1597165176740.html

    Fantástico! Ele além de tudo é humano. Dá pra acreditar? Eu adorei…

    Diogo.

  • Thiago Mariz

    Esse vídeo postado pelo Diogo eu também achei o máximo. Ele é humano!

  • Wagner

    – André, parabéns por saber viver a história no momento exato. Messi é fantástico, já é um dos maiores de todos os tempos. Pena que alguns terão que esperar 30 anos para verificarem isso…

    – Messi vs COPA – É absurdo medir a qualidade de um jogador por um torneio de 1 mês realizado de 4 em 4 anos… temos inúmeros exemplos de fantásticos jogadores que não ganharam uma Copa e de outros medonhos que ostentam o título. Ronaldo Fenômeno venceu 94 sem jogar… como protagonista venceu a Copa mais estranha de todas (2002) onde Itália e Espanha sairam de forma absurda e fez final com o terceiro time da Alemanha. Outros dados do torneio – 2002 o melhor jogador da Copa foi o Oliver Kahn, em 2010 foi Forlán… entre os melhores do mundo, qual será a posição de Forlán???????

    – Messi vs Provocação – Sim, ele é humando… tão humano quanto Pelé, que jogou a bola nos pés do adversário para provocar uma dividida e praticamente quebrar a perna do mesmo. Tão humano quanto Maradona, que conta aos risos o episódeo da água em 90. Tão humano quanto Zidane que agrediu o zagueiro da Itália em 2006…. e por ai vai

MaisRecentes

Flamengo 1 x 1 Independiente



Continue Lendo

Relíquia



Continue Lendo

Feliz Natal



Continue Lendo