NOTAS PÓS-RODADAS



BR-11, décima-primeira jornada:

*Após o empate (2 x 2 com o Atlético Goianiense: Rhodolfo, Bida, Rivaldo e Anselmo – 23.487 pagantes no Morumbi) que marcou a estreia de Adílson Batista, jogadores do São Paulo trocaram pequenas farpas.

* O gramado do Morumbi é um dos poucos que estão em boas condições, no momento.

* Pouco a dizer sobre o 0 x 0 entre América-MG e Figueirense (752 pagantes na Arena do Jacaré). Jogo de menor público no campeonato.

* E após 10 rodadas, o Atlético Paranaense ganhou (2 x 1 no Botafogo: Morro Garrcia-2 e Alexander – 12. 714 pagantes na Arena da Baixada) pela primeira vez.

* Quatro jogos sem vitória para o Botafogo.

* Na rodada em que conseguiu seu sexto empate (1 x 1 com o Ceará: Renato e Felipe Azevedo – 4.737 pagantes no Moacyrzão), o Flamengo tornou-se o único time invicto do campeonato.

* Thiago Neves estava certo. Era melhor não jogar contra o Ceará (para não ouvir as reclamações da torcida após o resultado).

* E o Bahia (0 x 0 com o Coritiba – 21.151 pagantes no Pituaçu) não ganha em casa…

* O Fluminense teve de fazer dois gols – o primeiro foi mal anulado – para ganhar (1 x 0: Marquinho – 6.547 pagantes no Raulino de Oliveira) do Palmeiras.

* O tricolor é o único time que ainda não empatou no BR-11.

* Com dois gols do ex-atleticano Diego Souza, o Vasco venceu (2 x 1 no Atlético Mineiro: Magno Alves fez o gol mineiro – 16.006 pagantes) no Ipatingão.

* O Vasco está no G-4.

* Não é verdade que o Cruzeiro (1 x 0 no Corinthians: Wallyson – 34.462 pagantes) tenha jogado “como time pequeno” no Pacaembu. A escalação de Roger ao lado de Montillo interferiu na atuação de Ralf e Paulinho, e atrapalhou o Corinthians.

* Foi pênalti de Ramon, quando o Cruzeiro já vencia por 1 x 0.

______

Guardadas as devidas e consideráveis proporções, a conquista do Uruguai (3 x 0 no Paraguai: Suárez e Forlán-2) na Copa América foi como o título da Espanha na Copa do Mundo: fez bem ao futebol.

O maior campeão do continente é um país onde se faz um trabalho competente, sob o ponto de vista humano, no futebol.

Fora esse aspecto, foi ótimo ver jogadores exibirem felicidade autêntica por uma conquista. Sem máscaras ou estrelismos.

Bonita festa.

______

O bilionário checheno Bulat Chagaev faria sucesso como cartola no Brasil.

Chagaev comprou o clube suíço Neuchatel Xamax em 12 de maio. No dia seguinte, demitiu o técnico, os supervisores e os patrocinadores.

Em 28 daquele mês, o Neuchatel perdeu a final da Copa da Suíça para o Sion por 2 x 0.

Chagaev mandou o segundo técnico embora.

Após a estreia no Campeonato Suíço, derrota para o Lucerne por 3 x 0 há uma semana, o dono do Neuchatel ordenou que o goleiro brasileiro Gallato fosse para o banco.

Ontem, o clube perdeu de novo, por 2 x 0 para o Basel.

E Chagaev demitiu o terceiro técnico, junto com o brasileiro Sonny Anderson, que tinha o cargo de manager.

Cobramos demais dos nossos dirigentes, que são muito pacientes e acreditam no trabalho a longo prazo.



  • Leonardo atleticano

    André, Venezuela e Paraguai não perderam para o Brasil, e se despediram com duas raquetadas.
    Voce não achou alguns nomes da convocação de Mano, mais estranhos do que o famoso Afonso?
    Quanto ao cartola, esse pelo menos rasga dinheiro dele, aqui ele fica rico e rasga o do clube.
    Meu Galo é terrível demais, é muito sofrimento, tenho vontade de entrar em uma clínica de reabilitação e larga dessa droga.
    Dupla de atacantes mortais essa do Uruguai, zaga firme, belo goleiro e conjunto fantástico, merecido demais. Um abraço.

  • Gilson

    Boa Tarde André!
    Acho que você se equivocou, com relação o lance do zagueiro do Corinthians. Não foi penalti não, foi ponto de bloqueio. E nesse jogo ainda teve mais um lance inusitado, onde o juiz errou novamente. O zagueiro Chicão deu um Hipon no atacante do Cruzeiro e o juiz ignorou. Brincadeiras a parte, a rodada ontem teve diversos erros de arbitragem, e cada vez mais se faz necessário a ajuda eletrônica, pois alguns erros poderiam ter sido evitados com a ajuda(casos dos penaltis no jogo do AtléticoMG e na bola que ficou na dúvida se entrou ou não).

  • Paulo Pinheiro

    Concordo.
    Aliás, diria que na Copa América venceu a melhor Seleção, com o melhor craque. Foi uma aula de como jogar futebol sul-americano. Messi e Neymar ficaram devendo pra próxima.

    Curiosidade: nesta rodada do Brasileirão coincidiu a primeira derrota do líder com a primeira vitória do lanterna.

    Sobre o Flamengo, acho que jogou como o Corinthians o fez contra Bahia, Atlético-GO e Internacional: segurando resultado de 1×0 quando poderia ter continuado ofensivo. Pena que o Flamengo tem um zagueiro chamado Wellington…

    Gozado ver o Felipão reclamando que o Fred está “apitando o jogo”. Apitou muito mal, viu? Aquele gol foi legítimo.

    André, sua opinião: o jogo Santos x Corinthians foi adiado em parte porque o Santos estava desfalcado de seus três titulares, cedidos à Seleção. Mas foi adiado para uma data em que isso vai novamente acontecer.
    Também lembro que em cima do jogo Flamengo x Corinthians o Mano convocou o Thiago Neves (que na época estava voando) para dois amistosos, e depois devolveu. Nunca havia convocado antes e nunca voltou a convocar.
    Mano, Andrés, Teixeira… tem coisa errada aí?

    AK: O jogo foi adiado porque estava no meio das finais da Libertadores. Mas o fato é que o motivo importa menos do que o erro na remarcação, uma data-Fifa. Sobre as convocações, vale lembrar que Elias e Jucilei estavam na Seleção quando o Corinthians empatou com o Vitória, no ano passado, jogo que valia a liderança do campeonato, nas últimas rodadas. Um abraço.

  • Anna

    Nem acredito que o Vasco está na área vip da tabela. Feliz demais com a convocação de Dedé pra Seleção Brasileira, muito merecida. E adorei a bela vitória do Uruguai na Copa América, o título da Celeste Olímpica. O futebol venceu porque, fala sério, se Paraguai ganhasse, ia ser o ó.

  • Juliana

    Concordo que o Uruguai ter ganho a sua 15ª COPA AMÉRICA fez um bem paa o futebol!!!!!!!!

    E como foi Bonito ver a FELICIDADE nos jogadores……….

    Sobre o BR-2011: Bobeada do SPFC podia estar na frente ………..

  • Marcos Vinícius

    Pra ficar completa a festa feita pelo checheno só falte ele anunciar Eurico Miranda como o novo manager do clube suiço.

    Claro,nem mesmo o mais fanático corinthiano acreditaria que o time podia terminar o Brasileirão invicto.Mas perder para um irregular Cruzeiro em pleno Pacaembu era ainda menos provável.Parabéns pro Joel,armou muito bem seu time.

    Tem penalti mal batido.E tem o penalti que o Alecsandro bateu.

    Pelo que vi,ou o Loco Abreu volta logo ou o Botafogo terá sérios problemas nos próximos jogos.Caio Júnior,bom treinador,parece estar meio perdido.(Nota:Abaixo de ridícula a cena da “cavadinha” do Loco no vestiário)

    Thiago Neves disse que forçou seu terceiro amarelo para ficar do fora da partida contra o Ceará,segundo ele “o adversário mais fácil da sequência de jogos que o Flamengo tem pela frente!”.Este ano foi a terceira vez que Flamengo e Ceará jogaram.Foram dois empates e uma vitória do Vozão.Será que ele lembrou disso?

    Ano passado,Carpegiane fez excelente campanha com o fraco time do Atlético-PR.Pegou o São Paulo,time muito superior ao Furacão,e foi devidamente fritado pelos jogadores.Agora,com outro comando,vem à tona que o ambiente interno não era dos melhores.Então fica a pergunta:de quem foi a culpa pela campanha ruim,tanto no Paulista como na Copa do Brasil?

    Parabéns ao Uruguai,atualmente a melhor seleção da América do Sul.

  • Andre Araujo

    Olá, André,

    Desculpe-me desde já com o post longo, mas ainda não gosto muito dessa história de que a vitória de time A ou B façam bem ou mal ao futebol.
    Acompanho com certa torcida a seleção paraguaia desde 1998 (ou até um pouco antes). O time de Chilavert, Gamarra e Arce tinha motivos pra fazer com que toda minha turma de corinthianos, palmeirenses e são-paulinos acompanhassem àquela seleção. E aquela seleção era uma retranca, sem dúvidas, mas mostrou muito potencial, muitos jogadores indo pra Europa, e etc. De lá pra cá passou mais de uma geração, e o time do Paraguai na última copa era extremamente diferente desse de 98. Com bons atacantes, jogando mais ofensivamente, com Santa Cruz, Barrios e Cardozo (sem contar o Cabañas). Deu um trabalhão pra Espanha, e não seria absurdo se tivesse ganho o jogo, até pelo futebol apresentado.
    Enfim. Essa seleção da Copa América é fruto do mesmo trabalho de Gerardo Martino, com a mesma base da Copa de 2010, e tem sido alvo de muitas inúmeras críticas da imprensa daqui (não te incluo nessa lista) como um time “covarde” por chegar na final só com empates (esteve coim o jogo nas mãos contra Brasil e Venezuela, e os perdeu justamente por não se trancar na defesa com a vantagem). Não dá pra mascarar o fato de que o Paraguai não jogou nada contra Brasil e Venezuela, e que se trancou atrás por não ter criatividade nenhuma no seu setor ofensivo. Onde quero chegar é na seguinte questão: porque o time ofensivo de vários atacantes de 2009 a 2010 foi a retranca de 2011? Pois bem, acho que o Paraguai é vítima, e não personificação dos defeitos do futebol moderno. Nenhum meia de criação e jogadores esgotados pela temporada jogando na seleção nacional. Santa Cruz e Lucas Barrios saíram machucados de semi-final e final sem jogar nem 20 minutos. Cardozo nem foi convocado.
    Lógico que a vitória dessa seleção Uruguaia é muito merecedora deste título, mas não vejo que um título para o Paraguai como algo ruim, uma seleção que também manteve o trabalho, com uma boa dupla de zaga, um bom goleiro. Talvez também serviria para colocar em xeque essa disputa por pênaltis, que pode até não ser loteria, mas que não demonstra a superioridade de um time sobre o outro.
    Nada contra o título uruguaio, mas isso não significa que a seleção paraguaia não tenha seus méritos e seja muito guerreira também.
    Desculpe-me mais uma vez por um comentário tão longo.

  • Renato
  • Paulo Pinheiro

    Marcos Vinícius,

    Eu entendi onde você quer chegar sobre as declarações do Thiago Neves. Mas sejamos sinceros:

    Marque que time você escolheria para enfrentar numa final (se pudesse escolher):

    A. Ceará, você mandante
    B. Santos, na Vila Belmiro
    C. Grêmio, você mandante
    D. Cruzeiro, em Sete Lagoas

    Eu cravo no “A”. O raciocínio do Thiago faz sentido. Seria o jogo ideal para “limpar cartão” NESSE contexto.
    Não é que o Ceará seja fraco. Os outros é que são MUITO fortes.

    Eu insisto com a sugestão de que jogador que cumpriu suspensão automática deveria voltar pendurado, só eliminando um cartão a cada três (ou dois, ou quatro) jogos sem tomar outro.

  • John

    André, peça ao seu amigo PVC para atualizar o blog dele. Faz 1 semana que aquilo tá parado. Ele está passando as férias com seu pai por alguma praia paradisíaca, só na água de coco e camarão?
    Abraço

    AK: Estava em BsAs no domingo… Um abraço.

  • Leandro Azevedo

    Vou entrar no papo sobre o Thiago Neves…

    No caso de uma final de campeonato, eu ate concordaria com o argumento de enfrentar o Ceara (mesmo sendo torcedor do Vozao), mais por um fator historico e titulos que qualquer coisa. Mas num campeonato de pontos corridos em que TODOS os jogos valem os mesmos 3 pontos (existe o argumento para jogos de 6 pontos, mas vencendo sao sempre 3 pontos na tabela) nao existe essa de escolher adversario… e se for para olhar adversario, o Gremio HOJE dentro do campeonato eh o time “menos” complicado dos quatro – repito nesse momento do campeonato.

    E outra, se os caras queriam zerar os cartoes qual a logica de fazer isso junto e deixar o time sem dois jogadores que exercem uma funcao parecida para armar as jogadas? E se perder pro Santos, como fica?

    Abraco

  • Joao CWB

    André, sei que não tem a ver com o tópico mas se algum dia tiver um tempo e achar relevante a notícia que segue no link logo abaixo, gostaria que comentasse a respeito. O “grande” Petraglia conseguiu que o conselho do clube aprovasse a proposta que ele apresentou para as conclusões da Arena da Baixada usando recursos do próprio clube. É ou não é um ponto positivo e a prova que é possível fazer o correto quando se age com competência e criatividade?
    Link da notícia: http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/07/26/conselho-aprova-proposta-de-petraglia-para-obras-da-arena-da-baixada.htm
    Abraço
    João – Curitiba/PR

  • Rafael Wuthrich

    André, ontem o blog tava malz das pernas…dá uma conferida com o pessoal da manutenção, porque travou tudo.

    AK: Domingo e ontem. Problemas técnicos nos blogs. Um abraço.

  • Marcelinho

    André,

    Uma sugestão. Para analisar o lance de fair play ou não do Kleber contra o Flamengo, você teve que ver o lance que originou aquela situação, não?

    No caso do penalti do Ramon, antes da bola chegar ao domínio do Vitor, ele o empurra, ganha o espaço pro cruzamento, e aí sim o lateral corinthiano coloca o braço na bola.

    Abraço.
    Marcelinho

  • Marcos Vinícius

    Paulo Pinheiro:

    Cara,sinceramente,não creio que seja possível escolher adversário para não jogar pq este é “menos difícil”que aquele.Se ele dissesse que o time precisa mais dele no jogo contra o Santos,esse sim o mais difícil,seria compreensivel.Mas nenhum dos 19 adversários que o Flamengo tem pela frente em cada turno pode ser considerado mais fácil.Acho que, além de ele estar errado por escolher adversário para jogar (o Flamengo o contratou para,teoricamente,jogar todos os jogos),também vacilou quando disse isso em público.O Flamengo foi recentemente eliminado pelo Ceará na CB,e deveria saber que o adversário é carne de pescoço.

    Pegou mal a atitude dele e também o que ele disse.

    P.S:Independente da tradição do time,já viu a posição do Grêmio na tabela?O time não é MUITO forte,embora,como todos,mereça respeito.

  • Alexandre

    Suponho que a expressão “sem máscaras ou estrelismos” seja uma indireta para jogadores da seleção brasileira.
    Se for, discordo que este tenha sido um dos motivos da eliminação precoce.
    Perdemos porque o nosso time é formado por não mais do que bons jogadores, sendo os melhores entre eles ainda inexperientes, e principalmente porque o técnico ainda não conseguiu fazer o time jogar taticamente bem.

    AK: Suposição equivocada.

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo