CAMISA 12



(publicada ontem, no Lance!)

HUMOR FINO E INTELIGENTE

Os pubs londrinos estavam em festa ontem. Os clientes mal entravam e já eram recebidos com bebidas e comidinhas, tudo de graça. Nada a ver com a classificação de Andy Murray (que é escocês) para as semifinais de Wimbledon. Tudo a ver com o futebol. A Fifa determinou que a seleção inglesa é a quarta melhor do mundo. Mais uma rodada, por favor.

Pelo menos é nisso que a proprietária do futebol mundial quer que você acredite. A última atualização do ranking da Fifa estampa o time inglês com 1146 pontos, dezesseis à frente da Seleção… Brasileira. Se você ainda estiver aí, Espanha, Holanda e Alemanha são as três primeiras.

O ranking leva em conta as atuações das seleções nos últimos quatro anos e é revisto a cada mês. Avalia o resultado, se o jogo foi amistoso ou por competição oficial (os pontos variam conforme a importância do torneio), a qualidade do adversário e até a força da confederação à qual o time pertence. Joga-se tudo numa espécie de capacitor de fluxo e, alguns minutos depois, a pontuação aparece.

O processo é revolucionário. De algum jeito, conseguiu arrumar um quarto lugar para a Inglaterra, seleção que não apareceu entre as semifinalistas nas últimas cinco Copas do Mundo e nas últimas três Eurocopas. Mas os ingleses empataram com a Suíça em 2 x 2, pelas Eliminatórias da Euro 2012, dia 4 passado em Londres. O tal capacitor descobriu que foi um grande resultado.

Já a Argentina, jogando com escalação genérica, perdeu amistosos para Nigéria e Polônia e despencou cinco posições. Está abaixo de Croácia e México, e apenas sete pontos acima da irresistível Noruega. O Brasil? O empate com a Holanda e a vitória anoréxica sobre a Romênia rebaixaram a Seleção para o quinto lugar. Portugal e Itália estão na cola.

Diga o que você quiser sobre o ranking da Fifa, mas não que ele não serve para nada. O chaveamento da Copa do Mundo é baseado nas posições ocupadas pelas seleções, assim como as folgas durante as Eliminatórias em cada continente. O ranking também oferece um exercício desafiador: entender como a Inglaterra pode ser, hoje, a quarta melhor seleção do mundo.

Talvez seja humor suíço.

CARÊNCIAS

Falta de educação, de respeito, de senso de ridículo e de conhecimento da Língua Portuguesa. Carlos Alberto Torres misturou tudo em seu ataque a Tostão, por causa da possível aposentadoria para campeões mundiais. Além de ofender Tostão, Torres o chamou de demagogo. Quem faz demagogia é quem diz o que não pensa, tenta iludir os outros. Tostão faz o oposto ao não concordar com o benefício e recusá-lo. Um show de ignorância.

PEGADINHAS

A Medida Provisória das obras da Copa e da Olimpíada foi para o Senado com alterações. O artigo que dava à Fifa o poder para refazer preços de obras contratadas foi retirado. Também caiu o sigilo dos orçamentos, que estarão sempre à disposição dos órgãos fiscalizadores. Conquistas da opinião pública e dos veículos de imprensa que denunciaram um texto subserviente e permissivo. Episódio que apenas reforça a necessidade da vigilância.



MaisRecentes

Filme



Continue Lendo

Perversidades



Continue Lendo

Arturito



Continue Lendo