A FINAL DA LIBERTADORES (com palpite)



PEÑAROL X SANTOS

Hoje, Centenário

22/6, Pacaembu

Previsão: Santos. Sou obrigado a me repetir: em mata-mata, quase sempre o melhor time prevalece. E creio que não há dúvidas sobre qual é o melhor time. É verdade que final de Libertadores (ainda mais essa, com elementos nostálgicos, que nos remetem a momentos que estão no passado, mas são eternos) é uma conversa diferente. E há particularidades dessa decisão que a tornam perigosa para o Santos:

1) Primeiro jogo fora – Se fosse mandante na ida, a chance do Santos construir um resultado que encaminhasse a decisão seria enorme. Bem maior, acredito, do que a chance de recuperar uma eventual derrota sofrida no Centenário. Ser obrigado a fazer diferença de gols no time uruguaio, na volta, é uma situação que o Santos deve evitar a qualquer custo.

2) Mudança na regra de gols – como se sabe, não há “gol qualificado” na final da Libertadores, o que é melhor para o Peñarol. Explico: um possível título uruguaio tem um roteiro claro – vencer em casa e suportar a volta. Estratégia que algumas equipes não-brasileiras já executaram à perfeição nesse tipo de competição. Com a alteração na regra, levar gol em casa (o que deve acontecer) deixa de ser um drama para o Peñarol, desde que vença o jogo.

O Santos é superior, mas não pode nem pensar em tratar o Penãrol sem o máximo respeito. O time uruguaio não chegou à decisão com favores de seus adversários. Ninguém é finalista da Libertadores sem mérito. E além de sua camisa e sua tradição, o Peñarol vai jogar essa decisão com orgulho. Orgulho faz diferença.



  • Orgulho faz diferença. Taí uma verdade fundamental do futebol. Muito mais diferença que camisa, na minha opinião.

    Abraço

  • Leonardo atleticano

    André, tem tudo para ser um baita jogo, creio que o Santos precisa adotar uma postura menos defensiva, no último jogo, recuou demais e contou com a sorte para não passar sufoco. Neymar tem tudo para provar mais uma vez que é gigante, e Muricy carimbar mais um título em sua coleção. Espero que a arbitragem seja boa, marcar o Neymar com muita força e atitude é necessário para quem quer vencer o peixe, tomara que não aconteça violência, e acontecendo, que seja punida.

  • Leandro Azevedo

    Acho que ainda caberia um terceiro ponto ai… a escolha de um campo menor (Pacaembu) para um time que precisa de espacos para executaro seu futebol e furar uma possivel retranca caso o Penarol venha vencer a partida de ida hoje a noite.

  • Marcos Vinícius

    Na verdade,o grande X da questão é a defesa do Santos.Se Muricy,famoso por montar defesas sólidas,conseguir fazer o mesmo com a sofrível defesa do Santos,as chances do time da Vila levantar o caneco é grande.Pesa contra o desfalque de Edu Dracena.Do meio pra frente,e só ali,o Santos é o melhor time do Brasil,com Elano,Arouca e Neymar,além do possivel retorno de PH Ganso.

    O Santos é superior.Mas o time uruguaio é bem.Há de se tomar cuidado.

  • Alexandre

    Também acho que a decisão vai ser perigosa para o Santos, mas por motivos diferentes dos apontados:
    1) Desfalques. O Santos joga a primeira partida sem 4 titulares (Ganso, Leo, Edu Dracena e Jonathan);
    2) Hinchada. O Santos ainda não jogou num estádio com uma torcida tão fanática e atuante como a do Peñarol;
    3) Postura defensiva demais. Em todos os jogos “fora” em que o adverário foi ofensivo o Santos teve problemas e passou sufoco, graças à postura extremamente defensiva adotada pelo Muricy. O time sequer conseguiu contra-atacar com sucesso.

    Quanto aos motivos apontados pelo André, discordo. Analisando-se mais de 600 embates históricos em mata-matas de campeonatos de clubes disputados na América do Sul entre 1988 e 2004, quando a regra era exatamente igual à desta final (sem a vantagem do gol fora) a taxa de sucesso dos times que jogaram a segunda partida em casa foi de cerca de 55%. Ou seja, a cada 20 disputas, em 9 o primeiro mandante se classificou e em 11 o segundo mandante se classificou. Jogar a segunda em casa, portanto, é ligeiramente melhor.

    AK: Estou falando desse jogo, desses dois times, dessa final. Um abraço.

  • Bruno Gallão

    Andre, meu palpite é que da Penãrol, meus motivos:

    1 – O santos está com 4 desfalques (a zaga que já é ruim, é a mais prejudica nisso tudo).

    2 – O que favoreceu o santos até aqui foi o gol fora, não existe mais (o que é ridículo).

    3 – Sendo o 1º jogo na casa do penãrol com sua torcida em massa e pressionando, deve sair com uma vitória hoje (2×1 ou 3X2), o que facilita na decisão de volta.

    4 – O Penãrol é Brasil hoje a noite..rsrs…

    por fim discordo de vc, o melhor time (sem dúvida o Santos) não será campeão esse ano.

  • Anna

    Aposto no Santos, mas vai ser um jogo muito difícil. Confio no trio Elano-Neymar e PH Ganso.

  • Anna

    PH Ganso nao joga. Vacilo meu. Devido aos compromissos, só agora vejo o Bola da Vez com o Kaka. Seu texto de abertura é brilhante, perfeito e a narração do William Tavares foi também perfeita. 😉

  • Emerson L. Fonseca

    Eu aprendi que estatísticas não definem nada antes de uma partida de futebol, não valem nada antes do apito final, que me desculpe o PVC (mestre), mas enquanto o melão rola, os números que realmente valem estão no placar. Quando acaba o jogo, ai sim as estatísticas podem dizer o que foi o jogo. Diferente do palpite que esta longe da ciência exata e mais próximo do sobrenatural. O futebol tem coisas alem do céu e da terra. Ainda bem!
    Meu palpite: Santos 3X1. (de virada).

  • Lippi

    André, vc reparou que o Peñarol não tem NENHUM patrocínio na camisa? Existe algum motivo especial para isso?

MaisRecentes

Flamengo 1 x 1 Independiente



Continue Lendo

Relíquia



Continue Lendo

Feliz Natal



Continue Lendo