NFL: DONOS COMEMORAM



(Ok, para entender o problema, é só clicar em “nfl” nas categorias do lado direito da página e passear pelos posts. Está tudo lá.)

Faz tempo que não escrevo sobre o assunto. Desde o começo de abril.

Àquela altura, aguardava-se a decisão da juíza Susan Nelson sobre o locaute que impede qualquer relação entre donos e jogadores da NFL.

Em 25 de abril, a juíza Nelson decidiu a favor dos jogadores. Ordenou a suspensão do locaute enquanto a questão principal (sua legalidade, como explicado em posts anteriores) não fosse julgada.

O post de 6 de abril terminava dizendo que o lado “perdedor” da decisão apresentaria recurso. Foi o que a NFL fez, e com sucesso.

Quatro dias depois, período em que os jogadores tentaram voltar a utilizar as instalações dos clubes, um tribunal de apelações concedeu uma liminar à Liga, determinando que o locaute voltou a valer.

Essa liminar foi julgada hoje e, de novo, a NFL “venceu”.

A mesma corte decidiu por 2 votos a 1 manter o locaute em vigor até a audiência do dia 3 de junho, que julgará a legalidade do mesmo.

A vitória dos donos é importante por alguns aspectos:

1 –  Na medida em que o caso vai galgando as esferas da Justiça americana, fica mais complicado reverter as decisões.

2 – Os juízes que votarão em 3 de junho são os mesmos que votaram hoje. Obviamente, eles parecem tender para os argumentos da Liga (o caso é trabalhista, não deveria ser discutido na Justiça… a dissolução da Associação dos Jogadores foi apenas uma estratégia… etc, etc, e etc).

3 – Em caso de nova decisão a favor da NFL, os recursos podem protelar o caso em mais de 2 anos, cenário terrível para todos e um caminho que os jogadores não devem buscar.

Sendo assim, esperemos até o começo de junho.

Se há uma boa notícia é que as decisões sobre os recursos têm sido rápidas. A audiência está marcada para o dia 3/6, mas a decisão a respeito dela deve demorar algumas semanas. Seja qual for o veredicto, haverá tempo para os dois lados sentarem-se à mesa e discutirem um novo contrato coletivo de trabalho que permita a realização da(s) próxima(s) temporada(s).

Como explico no item 3 acima, o lado perdedor da decisão sobre a legalidade do locaute ficará numa encruzilhada: continuará a brigar na Justiça, essencialmente enterrando qualquer possibilidade da temporada se realizar. Ou aceitará o que o outro lado oferece como condições para uma nova relação trabalhista.

A julgar pelas notícias de hoje, o “favoritismo” está com a NFL.

ATUALIZAÇÃO, terça-feira, 10h24 – Para ajudar, pense da seguinte forma: dois caras que trabalhavam juntos tiveram um problema. Tentaram resolvê-lo na base da conversa e, por que ambos não estavam muito a fim de papo, não conseguiram.

Decidiram, então, brigar. Mas com regras.

Levaram a questão para um ringue de boxe, com árbitro e juízes contando pontos.

Os dois “lutadores” sabem que não têm capacidade de nocautear o adversário. Mas podem impressionar os juízes na troca de golpes e castigar o oponente de tal forma que ele desistirá da luta.

E aceitará voltar ao estágio da conversa, em posição de inferioridade nos pontos de discordância mais sensível.

A vitória “por pontos” ao final do combate também é possível, mas demorará tanto que impedirá ambos de trabalhar por um longo tempo.

Neste momento, os donos de clubes acabaram de encaixar um golpe e lideram na contagem dos juízes.

Os jogadores estão no córner, ponderando o que fazer.



  • Tendo a temporada 11/12 é o que importa, esperamos que eles possam entrar em um acordo. Estamos todos ansiosos para essa próxima temporada.

    http://tocaepassa.blogspot.com/ @tocaepassa

  • André, o que o público americano está achando dessa briga? Eu estou achando péssimo. Não consigo imaginar mais tempo de abstinência do Monday Football…

  • murilo sc

    Ola Andre, me permita sair do texto, mas voce saberia me responder se a espn ou outra emissora de tv do Brasil vai transmitir os jogos finais da conferencia leste entre Chicago x Heat? Obrigado. parabens por seu trabalho e sucesso. abs.

    AK: Canal Space. Um abraço.

  • Nilton

    Murilo SC,

    Os jogos dos Bulls e Miame, esta sendo transmitido pelo TerraTV ao Vivo, e apos os jogos (em alguns jogos) pelo Esporte interativo em TV Aberta.

  • Leandro Azevedo

    Os donos conseguiram ontem uma vantagem na questao do Lockout, mas o esperado e que os jogadores “vencam” no caso de Antitrust, o que poderia mais uma vez balancear as coisas pois uma grana entraria para eles.

    Nao sei se voce teve tempo, mas a coluna de ontem do Peter King mostrou um papo com o Chris Collinsworth e um outro jornalista com um cenario de coisas que podem acontecer dependendo dos julgamentos como o fim do draft e ate de free agency… e o potencial para a criacao de “Super Teams” como existe hoje no baseball.

    Abraco

  • Willian Ifanger

    Incrível o seu conhecimento sobre o assunto.

    Não sei como são os bastidores da NFL (como um todo), mas pra mim, se tudo correr dentro da transparência e da legalidade, é uma aula de como se negociar uma situação, por ambas as partes.

    AK: Essa é a parte fascinante do problema. E que revela nosso gigantesco atraso. Um abraço.

  • Everton Novaes

    Você tem notícias sobre o locaute da NBA? Seria uma pena ter dois em um espaço de 12 anos…

  • Marcel Souza

    Sensacional a sua analogia no final, parabéns!! E com certeza o desenrolar da situação é uma aula.

  • Touché! Que capacidade de síntese e analogia perfeitos. Com a atualização, em poquíssimas linhas, está resumida a celeuma de meses (passados e vindouros). Você é excelente escritor, e sabe disto; regozije-se.

  • Anna

    a analogia fez com que todos nós entendêssemos melhor! Muito bom! O imbroglio continua!

  • Emanuel

    André, off-topic, você viu isso aqui? http://www.youtube.com/watch?v=MJNUIaEe9eM

    AK: Sensacional. Obrigado. Um abraço.

  • Luiz Felipe

    Nem tem como né, AK. Se os profissionais aqui saíssem da faculdade, mesmo que estivessem lá para só jogar bola, com certeza teriam tais condições.

    Mas a realidade do brasil é que a maioria abandona o ensino médio antes de chegar ao profissional. Daí não tem como, mesmo. Sobretudo se pensarmos na banalização do ensino superior no brasil.

    um abraço

MaisRecentes

São Paulo joga, Corinthians soma



Continue Lendo

Sqn



Continue Lendo

Gato



Continue Lendo