ALGO ERRADO NO REINO DE KOBE



Se Phil Jackson entrou pela última vez numa quadra de basquete no domingo passado, sua despedida foi melancólica.

Não pela derrota dos Lakers para o Dallas Mavericks e a eliminação humilhante dos playoffs da NBA.

Perder é do jogo.

A questão é como os atuais bicampeões perderam, como reagiram à derrota, como transformaram a despedida do técnico mais vencedor da História da Liga num espetáculo de displicência, falta de foco, vontade e classe.

Principalmente vontade e classe.

Jackson, o senhor dos 11 anéis (fora 2 como jogador), obviamente tem sua parcela de responsabilidade.

Só como um exemplo, ele disse antes do jogo de domingo que uma das tarefas do time era impedir os arremessos de 3 pontos dos Mavericks.

Dallas acertou 20 bolas de 3. Só Jason Terry matou 9, igualando um recorde de playoff.

É apenas uma prova da péssima atuação dos Lakers, e talvez um sinal de que o time simplesmente aceitou sua inferioridade e esperou o jogo – e a série – terminar.

Não custa lembrar que estamos falando dos atuais bicampeões. Do time que tem o maior competidor (podemos debater eternamente a respeito do melhor jogador da Liga) da NBA, Kobe Bryant.

É evidente que há algo errado.

Lembro do último dia de Natal, em que o Miami Heat foi até Los Angeles e ganhou por 16 pontos.  Andrew Bynum disse “nós não confiamos uns nos outros” depois do jogo e a reação geral foi “quem esse cara pensa que é para falar essas coisas?”.

Parece que Bynum estava certo.

O que me impressionou no jogo de domingo foi a forma como dois jogadores dos Lakers externaram sua frustração.

Lamar Odom deu uma cotovelada em Dirk Novitzki e foi ejetado. Logo depois, Bynum fez igual com J. J. Barea. Mesmo destino.

Bynum ainda se despediu do jogo com elegância, ao tirar a camisa ainda na quadra.

Além de faltas flagrantes, punidas corretamente com exclusão, Odom e Bynum tentaram machucar adversários. Não há como descrever de outro jeito.

Depois, ambos declararam que estavam levando um baile, perderam a cabeça e fizeram faltas graves propositalmente. Como se fosse a reação mais normal e compreensível que existe.

Estou curioso para saber das suspensões que receberão. Apesar de achar que não serão rigorosas o suficiente.

Tudo isso no time de Kobe Bryant, no último jogo de Phil Jackson, que poderia ter repreendido seus jogadores publicamente, mas não o fez.

Talvez tenha sido só um de seus arrependimentos no domingo.

ATUALIZAÇÃO, 21h46 – Bynum foi suspenso por 5 jogos e multado em US$ 25 mil pelo show em Dallas.

A suspensão é pelo ataque a Barea. A multa é por ter tirado a camisa na quadra.

Estou surpreso, confesso. A punição foi mais rigorosa do que eu imaginava.

O pivô dos Lakers se desculpou publicamente por seus atos, disse que está envergonhado e que vai procurar Barea.



  • Paulo A

    É, Kobe não é Michael…

  • thiago

    Parece que Kobe e Gasol não estão mais se falando, algo a ver com o divórcio do espanhol… mas, pelos site da NBA, parece que Howard deve ir por Lakers. Aí ou Bynum, ou Odom, ou Gasol saiam. Talvez dois deles. Acho que o time ano que vem com Kobe e Howard, além do Fisher e pelo menos um dos três citados vai ficar bom.
    Parece que também rola uma insatisfação com o programa de TV do Odom…
    O novo técnico deve ser um tal de Brian alguma coisa, que´trabalhava com o Phil Jackson. Pelo menos é o lobby do Fisher.
    Enquanto isso, meu Celtics vai perdendo de 3 a 1 pro Heat.. mas acho q ainda vamo ganhar.. o KG infelizmente não jogou bulhufas ontem, mas o Rondo e o Pierce vão fazer esse jogo virar !!!

  • Fabio

    Resuminho do Game 4 …

    http://www.youtube.com/watch?v=E5OQp4YfkdA

    /F.

  • Leandro Azevedo

    O Phil Jackson vinha dizendo desde o comeco da temporada que esse time precisa de algo mais, e o Mitch Kupchak nao conseguiu reforcar o time antes do trade deadline.

    O Phil fez o que podia, ate coisas que nao sao caracteristicas dele como “bater” no Gasol pedindo mais garra e atencao durante o jogo… estava gesticulando e gritando mais em timeouts para tentar acordar o time. Muito se fala realmente sobre uma possivel “intervencao” da mulher do Kobe que ocasionou no fim do noivado do Gasol, o que dizem ter repercutido mal no time e na performance dele. Mas nada justifica a maneira que o Lakers jogou e a forma patetica que encerraram a carreira do Phil.

    Quanto ao novo tecnico, as especulacoes no nome do Coach K vao surgir de novo, mas deve ser mesmo o Brian Shaw. Por mais que tenha sido algo desmoralizante, o “descanso” para alguns jogadores vai ser essencial e ate uma boa para a temporada do ano que vem.

    Abraco

  • Marcos Vinícius

    Também vi o jogo,mas achei que a causa da derrota acachapante foi algo além de “reconhecer a inferioridade”.Parecia que o time entrou em quadra derrotado,mesmo que a bola não subisse os Lakers sairiam derrotados,e nem desconfio o qp disso.O time não é tão ruim,não chegou ao playoff por sorte,mas pareceu que eles entraram em quadra derrotados.

    Mas,independente do que aconteceu,Phil Jackson sempre será lembrado como o maior vencedor da NBA.

  • Marcel Souza

    Li no site da NBA que a primeira frase do Phil Jackson na entrevista coletiva após o jogo foi “estou contente que a temporada acabou”. Para um cara competitivo e “zen” como ele, dizer isso depois de tomar um baile desses, é no mínimo estranho. Além disso, ele não quis adimitir que esse foi o seu último jogo. Eu acho que ele fica um tempo parado, mas vai acabar voltando de uma forma ou outra. De qualquer modo, é um grande técnico e um grande campeão.

    Agora fico na curiosidade pra ver como esse time do Dallas continua nos play-offs. André, você sabe me dizer o que acontece nesse caso que um time encerra a série tão cedo e a outra série ainda parece que vai longe, com pelo menos mais uma semana pela frente? O time descansa e “se cura” ou continua jogando amistosos ou algo do tipo? Eu sempre tento fazer paralelos com o nosso futebol, e esse caso seria meio sui generis, um time ficar esse tempo todo parado esperando o adversário. 1 abraço,

  • Anna

    Os Lakers estavam irreconhecíveis dessa vez. Depois dos Knicks, eu torço por eles. Depois que estudei mais a fundo as regras de basquete comecei a me interessar ainda mais pelas punições. Phil Jackson não merecia se aposentar com essa performance pífia do time californiano.

  • Nívio

    Eis aí uma grande diferença entre Kobe Bryant e Michael Jordan.
    André, você considera o Phil o maior técnido da história da liga?
    PS: quem ganha a liga esse ano é o heat, aquele time de um tal de LeBron e um tal de Wade, conhecem?

  • Alexandre Casella

    “…espetáculo de displicência, falta de foco, vontade e classe. Principalmente vontade e classe.”

    Pô, André… Por um momento, achei que você estivesse falando do meu Palmeiras…

  • Edney

    Phil Jackson já vinha dando sinais claros de que o time não tinha a liga necessária. Um cara experiente como ele conhece bem o seu vestiário, e esses problemas só foram agravados com esses fatores extra-quadra. Tais sinais já foram dados em temporadas passadas, mas em algumas ocasiões os Lakers foram salvos pela magia do Kobe, que realmente faz a diferença quando está ligado e querendo. Mas, de fato, não se pode compará-lo ao inigualável Jordan, esse sim fazia chover em quadra. Por outro lado, fiquei feliz pelo prêmio obtido pelos Mavs, que vem mantendo uma boa regularidade em temporadas passadas, mas sempre esbarrava em algo. Impressionante tem sido a preformance do trio de estrelas do Heat, juntos contribuem com aprox. 70/80 pontos, realmente é difícil pará-los. E finalmente tenha grande satisfação de ver renascer os Bulls, de quem me tornei fã, graças, claro, ao Jordan. Rose também está estupendo, e as finais serão prá lá de interessantes, com grandes duelos. Abraço. Você deveria planejar (ou seu chefe) uma grande entrevista com Phil Jackson, repassando a carreira toda dele, seria uma ótima pedida. Edney

  • Willian Ifanger

    Infelizmente, foi uma “despedida” melancólica para o Phil Jackson. Ainda acho que o cara volta e termina de vez a carreira no Chicago Bulls. Na verdade esse elenco do Lakers nunca me pareceu muito coeso….tem muita estrelinha ali que se acha só porque veste a camisa sagrada amarela.

    Mudando um pouco o assunto, mas nem tanto, tem noites que não tem nada pra se ver na tv. E ontem ao mesmo tempo dois jogos fantásticos: RedWings x Sharks e Bulls x Hawks. Acho que estraguei o botão do controle de tanto mudar de canal. Nenhum jogo se decidia, incrível. RedWings fará história. E como é bom ver o eterno Mike Modano jogando.

    Aliás, outro grande jogo em Chicago. Fazia tempo que uma sério não era tão equilibrada assim, com times tão bons. O jogo foi frenético. E eu precisando dormir…

  • Alex

    Chega de comparação! só quem é ignorante ainda tenta comparar KB com MJ. MJ está bem acima, mas pra quem não lembra ou não viu…. MJ nunca ganhou título sem Pippen e Pippen nunca ganhou título sem MJ. MJ jogou 6 temporadas pra poder ganhar o primeiro título, enquanto KB jogou 3. NÃO COMPAREM O QUE NÃO CONHECEM !!!!!! KB ganhou títulos com Shaq e com Gasol. MJ é o maior de todos, mas KB está com certeza entre os 5 maiores, e isso já é muito.

    Quanto aos Lakers estava na cara que eles não queriam chegar em mais uma final (seria a 4ª seguida). Mostraram um cansaço muito acima do normal, além dos possíveis problemas de relacionamento.

  • Leandro Azevedo

    Eu esperava menos jogos, e mais dinheiro na punicao…

    E pra alguem que ia ficar “light” essa semana com compromissos, o blog ta “bombando” hehe

  • eduardo pieroni

    Boa André, mas qual é a novidade???????

  • Diego Brandao

    Detalhe, Andre. A suspensao do Bynum vai custar 700k pelos jogos perdidos. Isso sim e uma multa de verdade! Nao sei se voce esta acompanhando de perto, mas a serie entre Memphis e Oklahoma esta sendo a melhor dos ultimos anos da NBA. Fica a dica.

  • Willian Ifanger

    Leandro,

    Eu ia comentar exatamente isso. Ele está tirando a (nossa) barriga da miséria.

    Vai ver que ele ficou com saudades de “escrever pra gente” e está tirando o atraso.

    Que continue assim.

  • Gerson SSA

    Os dois expulsos foram tão ridículos quanto o marcelinho do fla, ao criar confusão em Franca, aonde os árbitros covardes não expulsaram ele.

MaisRecentes

Campeão de novo



Continue Lendo

Inglaterra 0 x 0 Brasil



Continue Lendo

Domingo discreto



Continue Lendo