EL CLÁSICO 3.0



Vamos separar este jogo (Barcelona 2 x 0: Messi-2) como CP e SP.

CP é “com Pepe”. O que torna desnecessário explicar o que é SP.

A forma como o Real Madrid decidiu enfrentar o Barcelona tem Pepe como ator principal. Sim, ele é mais importante para “o sistema” do que qualquer outro jogador do time.

Mesmo esse que você está pensando.

Se e ideia é romper, travar, conter, Pepe é pé-de-0bra qualificado. E a ideia é essa mesmo.

O problema é que, nessas condições (ou talvez em todas, mas estamos falando dessas), a permanência de Pepe em campo fica sempre sob risco.

O luso-brasileiro se especializou numa área que não existe no futebol. A área do cartão laranja. Conforme o árbitro, dá certo ou dá errado.

Nesta quarta, deu errado. Pepe deu uma entrada em Daniel Alves com o pé acima da altura máxima permitida e levou cartão vermelho. Tipo de lance que geraria a mesma polêmica se o cartão mostrado fosse o amarelo.

Pessoalmente, achei a expulsão correta.

E o principal beneficiado foi Messi. Apenas 15 minutos se passaram entre a expulsão e o primeiro gol. Marcelo, que não tinha perdido nenhuma para Pedro, escorregou e foi superado por Affelay.

Mais 10 minutos e o Bernabéu viu outro gol que dificilmente esquecerá. Um gol com a habilidade, a crueldade e a assinatura do melhor jogador do mundo. Um gol de videogame.

O toque de pé direito foi ridículo.

Mourinho fez um monólogo contra os árbitros e várias insinuações de favorecimentos ao Barcelona. Memória seletiva, como é comum.

Ele também disse que o confronto está decidido. Pode ter sido mais um “golpe midiático”, mas acho que o português tem razão.

O sistema do Real Madrid contra o rival funciona, basicamente, para não perder. A outra metade da equação não foi resolvida.

Mas e a Copa do Rei? A Copa do Rei foi vencida na prorrogação, em circunstâncias incomuns. E o Real Madrid só chegou ao tempo extra porque, obviamente, não perdeu.

Digamos que esse primeiro jogo das semifinais da UCL terminasse em 0 x 0. O time de Mourinho estaria em ótima situação, indo ao Camp Nou para fazer um gol e lutar até o final.

Mais do que um, e sem levar nenhum, é realmente muito difícil. Jogando desse jeito, quero dizer.

A questão é que jogar de outro jeito pode ser pior.

______

Messi (11 gols, artilheiro da UCL) nunca tinha feito um gol em semifinais de Liga dos Campeões.

O Real Madrid tinha vencido todos os jogos, e sem levar nenhum gol, em casa.

Cristiano Ronaldo finalmente disse que não gosta de jogar num esquema tão defensivo, mas que tem de se adaptar.

Guardiola colocou o “canterano” Sergi Roberto em campo só para cutucar. É para reforçar a tese do “time da cantera contra o time da carteira”.

______

5h32, novo recorde do blog.

Hora de fechar.



  • Sergio B T Mendes

    Se o Pep Guardiola tivesse Twitter eu mandaria ele falar na proxima coletiva dele que o Mourinho tambem se juntou a ele na Categoria de Tecnicos que criticam os acertos dos árbitros. Apesar de polemica, a expulsao do Pepe foi merecida. Nao por realmente ter machucado Daniel Alves no lance, mas porque ele entrou certamente para quebrar o brasileiro. O Pepe mereceu essa expulsao por tudo o que ele fez na carreira como jogador, uma hora ele tinha que aprender. Pior, aprendeu na Champions e prejudicou (e MUITO) o time. Espero que ele nunca mais faça isso, pois o Real tinha tudo para ganhar(ou empatar) o duelo novamente.
    A proposito, estava torcendo para o Real, pois torcer para o Barcelona não tem graça.

    Abraços,

    Sérgio Brant Teixeira Mendes

    PS: Sou seu fã!

  • Acho que Mourinho ”Murinho” pode fechar a fase da retranca, porque esse muro ficou baixo demais pro Barcelona. Ótimo texto André!

  • Guilherme

    Boa observação do Sergio, Mourinho entrou para o grupo que ele criou para o Guardiola e reclamou de um acerto do árbitro. Expulsão absolutamente justa.

    Sobre o jogo, dois posts atrás, eu falei que achava que a entrada do Keita no lugar do Pedro poderia ser uma boa para o Barcelona equilibrar no meio. Ele acabou entrando no lugar do Iniesta, mas, no fim, foi uma boa para o Barça. Claro que o jogo ficou muito mais truncado e “feio”, mas para o time catalão estava bom, se pensarmos na eliminatória em dois jogos. A expulsão do Pepe (absolutamente justa) definiu tudo mesmo e foi ótimo para os catalães.

    Agora, acho que a eliminatória está definida. Barcelona estará em Wembley para outra final contra o Manchester, um jogo de tirar o fôlego. Será incrível ver duas equipes tão ofensivas brigando pelo troféu novamente.

    Um abraço

    PS – Paulo Soares acaba de informar que você estará em San Sebastián para Barça x R. Sociedad. Bom, não sei se você já conhece a cidade, mas prepare-se para pensar em voltar em breve. Além de uma cidade linda, com um ambiente incrível, os restaurantes bascos são inesquecíveis (acho que terá bom material para o outro blog).

  • Aldir Mendes

    Mourinho, mau perdedor……..

  • Áthila Marques

    Onde MESSI, vai parar, vc sabe dizer?

    Para ele ultrapassar ‘DOM DIEGO’ ele terá que ganhar uma copa, correto? ESTAMOS EM MALS LENÇOIS!! 2014 é em nosso país!!!!

    EU LEU SEU BLOG DIARIAMENTE!!!

  • Paulo Pinheiro

    Prezados,

    1. Na minha opinião o lance do Pepe era de amarelo. Foi o típico “jogo perigoso”, ou “sola”, como se costuma dizer. Em slow motion se nota que ele toca (ilicitamente, perigosamente) a bola, jamais a perna do Daniel (que gira antes que o choque mais sério ocorra). Também acho que é da interpretação do árbitro dar o vermelho ou não. O problema é manter esse critério até o final do jogo para ambos os lados. Mas é só minha opinião.

    2. Estão comparando este gol do Messi aos que o Zico costumava fazer. Na realidade o Zico se valia muito mais da habilidade, praticando os dribles em espaços menores, no estilo futsal, escondendo a bola. No caso do Messi ele se vale bem mais da velocidade, partindo na vertical, sempre chegando antes do zagueiro. Obviamente que isso não desmerece o golaço que foi. Mas acho que o Willian, do Flamengo, ontem colocou esse tipo de gol em liquidação (no terceiro contra o Horizonte). Mostrou que quando se está com mais explosão que seu marcador e não se toca forte demais na bola então qualquer um pode fazer um gol assim (até o Willian!).

    3. Conforme o André falou, o jogo se divide em CP e SP. E na fase CP foi outro jogo chato. Como diz Humberto Gessinger: “Se Barcelona e Real Madrid fizerem um jogo chato, vai por terra grande parte da cultura ocidental, né? O paradoxo do ‘topo de linha'”

  • Ricardo Inocencio

    Pepe foi irresponsável. A consequência não tardou a chegar. Fato.

    Na questão dos “canteranos”, ontem na transmissão da Rede Globo, o Milton Leite chegou a dizer que dos 11 jogadores do Barça, nove eram “produtos” da base.

    Porém, a informação foi absurdamente equivocada, já que haviam 4 jogadores titulares que não foram formados na base catalã, a saber : Daniel Alves, Mascherano, David Villa e Keita.

    E o Messi é impressionante. Temos que agradecer por vermos um fora de série desses em ação nos dias atuais, onde o talento e a genialiadade são escassos.

    Grande abraço e bom descanso !!!

  • Anna

    Messi é gênio e Mourinho agiu de forma desnecessária ao reclamar da arbitragem. Não precisava disso. Nem ele, nem o Real. Achei o jogo truncado demais até a expulsão do Pepe quando o craque decide: messi. Esse foi o resumo perfeito do terceiro round que você fez, agora falta o derradeiro. Barça com a vaga encaminhada, mas o discurso de Mourinho de que é impossível, eu não acredito. Ele vai lutar até o fim. Uma final de Champions sem o Barça é simplesmente impensável. Como você disse no texto do Abre o Jogo, brilhante, perfeito, por sinal: futebol que prima pela estética, desencanado, moderno, do coletivo e eu acrescento, se me permite, democrático. Esse futebol não pode ficar fora de uma final. Não, mesmo.

  • O jogo de ontem premiou o técnioc que apostou no craque em detrimento daquele que apostou no açougueiro!

    PS.: Há um tempo, Pepe falou que ia encerrar a carreira. Bem que ele podia reavaliar essa decisão…para o bem do futebol!

    Abraços e parabéns pelo trabalho!

  • Daniel Lobo

    Não entendo Káka e Benzema ficarem no banco para Adebayor e Pepe jogarem pifiamente. O Real tem que ser escalado com Casillas , Sergio Ramos, Arbeloa e Marcelo , Xabi Alonso, Diarra, Ozil e Dí María , Cristiano Ronaldo e Benzema deixando Kaká para segundo tempo. Essa formação normal aumentaria muito a possibilidades de vitória do Real Madri mas o portuga preferiu não praticar futebol.

  • Leonardo atleticano

    André, o toque de bola do Barça é coisa de outro mundo, o Messi é de outro mundo e a arrogância do Mourinho idem.
    Messi para mim já está em um patamar superior a outros grandes monstros que já passaram por nosso planeta. Com todo respeito, não vi Pelé jogar, seus gols foram maravilhosos, seus números são fantásticos, mas quem comparar a genialidade dos dois não pode ser agredido.
    É prazeroso demais ver o jogo do Barça, e assisti-los prevalecer sobre a força é um alento aos que adoram o jogo bem jogado.
    Messi é gênio, é mágico e não tem pedalada, não tem chute no vento, não tem lambreta, não tem firula. ele é movido a um só objetivo, fazer gols. Sejam dele ou de seus companheiros.

  • Alexandre Reis

    André poderia escrever muito sobreo jogo ontem, mas irei ser breve.

    Fiquei com vergonha de gostar do Madri ontem, um clube com a história, um time com os valores que tem jogar igual a um time pequeno e batendo o tempo inteiro.

    O tal tecnico que é considerado o melhor do mundo, perde facil pra alguns brasileiros.

    Perder ou vencer faz parte do esporte, mas é preciso perder com dignidade e honrando suas tradições. Um time que tem: CR, KK, Iguain, Di Maria, Ozil, Benzema entre outros, precisa no minimo tentar jogar futebol.

    E ainda bem, mais uma vez venceu o talento.

    Abs

    Alexandre Reis

  • Mário

    Os técnicos que saem bem nos jogos “mata mata”, tipo Mourinho, Felipão, M.Menezes, etc, são geralmente retranqueiros. Também procuram catimbar antes do início dos jogos, principalmente contra qualquer árbitro indicado, ex: este juiz alemão do jogo de ontem e o Paulo Cezar indicado para o jogo Palmeiras e Corinthians que já está sendo criticado pela turma do Felipão.
    O Mourinho ao invés de criticar o árbitro deveria ter colocado um time mais ofensivo, pois, jogava em Madrid. Perdeu uma ótima oportunidade de colocar o Kaká.

  • Felipe

    Cartão laranja foi perfeita! O grande problema do Pepe é que ele faz m*%# quando não precisa. Ele marca muito bem, rouba a bola bem e tudo. Só que quando é totalmente desnecessário ele ser mais viril ele vai lá e dá porrada. Não consigo entender isso.

  • Nilton

    Que estoria é esta de..

    “5h32, novo recorde do blog.
    Hora de fechar.”

    ainda tem o El Clásico 4.0.
    bom descanso, tu merece.

  • Caio

    Tb acho que foi falta. O Pepe é um bicho, pelamordedelz…
    UM CAVALO! Bota ele no octógono!

    E o Messi? E o Messi seu André Kfouri???????????
    É mto gênio, inacreditavel o que ele faz.

    Maradona que se prepare pra dividir a lâmpada com mais alguém!!

  • Leandro Azevedo

    Se o jogo de volta fosse no Brasil, a torcida com certeza iria cantar para o Mourinho e Real:

    “E ninguem cala esse chororo!!”

    O Pepe e, na minha opiniao, um jogador que tem um EXCELENTE agente de futebol para conseguir os contratos que consegue e muito pouco futebol… ele eh o marcador “chato” e que bate ate o juiz dizer chega.

    Agora o mais legal e entrar no site do As e Marca hoje… eles conseguem pegar a opiniao de TODO mundo que achou injusta a expulsao, mas ainda nao li sobre uma pessoa (nao ligada ao Barca) que tenha achado justa nos diarios madridistas. A se tivesse acontecido contra o Real… estariam pedindo cadeia para o cidadao.

    Abraco

  • Ricardo M. Gasbarro

    André, esse comentário(do Calçadena transmição, e seu agora) de que o Pep colocou o Sergi para mostrar a cantera é inoportunuo.
    A cantera esta na escalação do Barcelona.
    Abraços.

    AK: Sergi Roberto não entra nem nos jogos da Liga Espanhola. Um abraço.

  • Ricardo M. Gasbarro

    Corrigindo Transmissão, desculpe.

  • Cássio Parra

    André, sobre o Eric Clapton, eu disse que não acredito mas foi força de expressão.
    Li a notícia no uol na coluna da Mônica Bérgamo. A fonte é quente.
    Será dia 12 de outubro no Morumbi.
    Mas também vai ter no Rio e em Porto Alegre.
    Abraço.

    AK: Eu sei. Quis apenas concordar que era bom demais para ser verdade. Um abraço.

  • Nilton

    Com relação ao lance do primeiro gol, é interessante ressaltar alguma dois itens importante:

    1 – no inicio da jogada Messi tenta entra na area porém é cercado por uns 4 jogadores no semi circulo da grande area, então ele da um passe para traz o jogador domina e lança na direita para o Affelay.

    2 – O Macerlo não perdeu nenhuma para o Pedro pois sempre fechou a linha de fundo, nas jogadas que antecederam o gol sempre o jogador abria a bola para o meio da area pois Marcelo fechava o fundo, neste lance em especifico Marcelo tentou fechar o lançamento e o Affelay percebeu e cortou para o fundo e deu a impressão que ele escorregou.

  • Marcelinho

    André,

    Uma coisa ficou clara. A retranca do Mourinho se repetiu, como fez com a Inter ano passado. Talvez seja mesmo a única forma de vencer o Barcelona, mas um time milionário como o Real não poderia tentar enfrentá-los de outra forma?

    O que vc achou do Kaka ter ficado no banco?

    Ah, mais uma pergunta, você estava no estádio, como foi a reação da torcida apóso jogo.. lá pelo visto também tem o chamado “chororô”, né?

    Abraços

    AK: Tem. É igual. Um abraço.

  • tibúrcio barros

    Acredito que o um erro do árbitro foi ter demorado em mostrar o cartão, independente da cor. Pois se fosse amarelo passaria a percepção aos jogadores do Barcelona que cedeu à pressão dos jogadores do RM. E no caso do vermelho, ficou para estes últimos que foi pressão dos jogadores do Barça.
    Se foi correta ou não, acredito que para padrões europeus foi correta. Eles não aceitam este tipo de jogada. Acho que seria interessante a ESPN procurar outras jogadas semelhantes em que os jogadores vão na bola, mas com a sola do pé junto e foram expulsos. Eu só consigo me lembrar de um caso que foi a copa de 2002, Brasil e Inglaterra em que o Ronaldinho entrou de sola em uma bola que estava no chão contra um jogador inglês, perto da grande área da Inglaterra. Foi expulso direto. E olha que era o Ronaldinho e não qualquer outro jogador de defesa do Brasil e visualmente menos impactante que o do jogador Pepe.
    Abraços,
    Tibúrcio Barros

  • Cesar

    André, o Pepe jogou assim na final da Copa do Rei (bateu o tempo todo), jogou assim na Copa do Mundo (bateu o tempo todo)… Na minha opinião é só isso que ele faz, bate o tempo todo, tentando intimidar os adversários, mostrando que ele é mais macho que os outros porque bate o tempo todo. Já o Mourinho é daquela linha de treinadores que nunca perde para o adversário, sempre perde para o árbitro. Aqui no Brasil a gente tem vários que seguem essa cartilha.

    Abraço.

  • eduardo pieorni

    Boa André, Seria Ilario ver o BARÇA jogar no estadio dos AFLITOS em recife, só bola de cabeça e de canela.

  • Edison

    não vou entrar no mérito se a expulsão foi ou não justa, mas foi o que decidiu a partida.

  • Jade

    O jogo foi chato, mas no final melhorou por causa da genialidade de Messi. Vamos aguardar o próximo!

  • Alex

    é impressionante ver o Barça jogar… não porque dá show (até porque não dá), mas pela impossibilidade de se tomar a bola desses caras. Aí vem um tal de Messi quebrando a banca e arrebentando com qualquer defesa.

    Barça o melhor do mundo mesmo….

  • Rafael Wuthrich

    Em um jogo modorrento até a expulsão, e pouco brilhante, salva-se sempre Messi. Sem ele, o Barcelona é um time comum, como qualquer outro.

  • Daniel Alano

    André,

    Antes de mais nada gostaria de dizer que admiro profundamente o seu trabalho como repórter e comentarista de esportes americanos dos quais sou fã confesso.

    Essa é a primeira vez que comento no seu blog e gostaria de deixar uma pergunta que me pareceu óbvia vendo o jogo mas que não vi praticamente ninguém da mídia comentar: achei a expulsão do Pepe justíssima, o que me incomodou foi o fato de o juiz não ter expulsado o Mascherano minutos antes e ter expulsado o Pepe. As jogadas foram muito parecidas só que o Mascherano deu um pontapé e o Pepe uma solada.

    A meu ver essa é a reclamação mais pertinente em relação a arbitragem no Santiago Bernabeu e não se o Pepe merecia ou não ser expulso mas sim a diferença de critérios da arbitragem que a meu ver favorecem o Barcelona, principalmente nos jogos contra o Real Madrid e olha que eu só torço para o futebol bonito.

    Saudações.

    Daniel

  • Edouard Dardenne

    Pra mim, o Pepe foi expulso, como bem disse o Sergio B T Mendes, por tudo o que fez na carreira. O que é lamentável, pois as jogadas devem ser interpretadas no contexto da partida e não da carreira do atleta. Análises do tipo fulano é maldoso mesmo, ou beltrano nunca foi disso não servem pra nada senão para papo de boteco.
    Não achei que o lance fosse para expulsão, um amarelo e um pito estavam de bom tamanho.
    É minha opinião que o Real foi prejudicado pela arbitragem, como de resto, vem ocorrendo nos anos anteriores contra o Barça.
    Me parece que a personalidade do Mourinho não ajuda muito, e cria uma certa antipatia, como ocorre com alguns técnicos aqui no Brasil.
    Foi engraçado porque minutos antes da expulsão, para quem como eu assistia ao duelo pela Globo, o Caio Ribeiro deu uma secada no Pepe. No estilo “grande partida, mas ele tem o hábito de estragar tudo em minutos”.

    Que bom trabalho você está fazendo!

    Esperamos, para o seu retorno, mais pitacos sobre o causo da NFL.

    Um abraço.

  • Felipe Valverde

    Mourinho melhor tecnico do mundo?! Isso é piada… Um treinador que uma seleção mundial nas mãos e arma um esquema totalmente defensivo – e ainda jogando 02 jogos em casa e 01 em campo neutro, não pode ser o melhor do mundo.
    Afirmo isso desde o ano passado, com o esquema ultra defensivo que ele aplicou na Inter ele demonstrou ser covarde e vaidoso. O esquema dele é para ELE sair vitorioso, e não os jogadores…
    Mourinho falou que é melhor que Guardiola pq ganhou a Champions com azarões, mas acho mais complicado, em uma competição de mata mata, ser o campeão com o favorito.

    Abraços

    Felipe

    PS: Viu o fim do Locaute na NFL?

  • FARIA

    Otimas colocaçoes de sobre pepe e o cartao laranja e que o mourinho sabe a forma de nao perder para o barça mas nao sabe a forma de ganhar, foi assim com a inter e é assim agora (visto q tentou jogar de igual no primeiro turno do espanhol) com o real. Tenho notado que se voce joga contra o barça com 9 na defesa e um no ataque se consegue bons resultados (empates e as vezes vitorias, foi assim q o rubin kazan se deu bem).
    Esse time do barça so tem uma falha, como o time titular e MUITO BOM nao tem reservas a altura entao é um time que faz poucas substituiçoes, contra o Real na copa do rei somente uma substituiçao e aos 105min de jogo nao e possivel correr durante mais de 1h e 30 tendo jogado 3 dias antes.

    *Ano passado a inter so foi pra final da UCL pq um vulcao entrou em erupçao na europa e obrigou ao barça ir ate a italia de van(quase um dia de viagem). O jogo estava 1 a zero barça com a inter na defesa, entao o cansaço bateu a inter fez 3 gols e no segundo jogo abdicou de atacar principalmente com a expulsao do Motta, aew ate o Ethoo foi pra defesa.

    AK: O terceiro gol, de Milito, que decidiu o confronto, foi irregular. Memória seletiva… um abraço.

  • Rafael

    AK, para variar, concordo integralmente com seu post. Sério, você é brilhante.

    Só uma correção: o Pulga tem 11 gols na UCL, e não 12.

    Abraço!

    AK: Obrigado pela correção. Nunca me dei bem com números e, de madrugada, fico ainda pior. Um abraço.

  • Anna

    Off topic: Alguém perguntou aqui no blog quando começam a vender os ingressos dos shows do Eric clapton. para quem vai ao show em São Paulo, que será dia 12 de outubro, começam a vender no dia 23 de junho no site http://www.livepass.com.br Quem vai aos shows do Rio e de Porto Alegre começam respectivamente nos dias 15 e 23 de junho a vender. 😉

  • Esse Messi é um pentelho, acabou com a graça do El Clasico 4.0!

  • Guilherme

    Sei que é preciso ter algum cuidado ao ler texto dos jornais esportivos da Espanha. Que o trabalho da imprensa de um lado e de outro é absolutamente parcial…

    Agora, acho que o comentarista tem razão em algo que escreveu, quando diz que a permanência do Mourinho por mais um ano no Madrid é impossível.

    “Ni Florentino ni el madridismo pueden soportar otra temporada como la actual. Demasiada tensión. Demasiado esfuerzo emocional. Demasiada guerra sucia. La estrategia podía mantenerse porque se presumía la victoria. Pero ahora que se ha perdido ya no tiene sentido continuar por el mismo camino…”

    http://www.sport.es/es/noticias/lluis-mascaro/20110429/dimision-mourinho/987349.shtml

    O que acha?

    AK: Acho um tema interessante. Acima de tudo, acho  complicado um técnico ganhar o que o José ganha para fazer o time mais caro da História jogar como pequeno e ficar reclamando da arbitragem. Não o contrataram para isso. Mas há uma ironia: se o adversário não fosse o Barcelona, o Real Madrid jogaria de outra forma. Repito o que escrevi outro dia: Capello ganhou títulos jogando feio e teve de ir embora. O único argumento de Mourinho seria o título da UCL, o décimo do Real Madrid. Acredito que lhe darão tempo para a segunda temporada, quaondo ele mesmo diz que seus times ficam melhores. Mas ele já tem a desculpa para sair. Um abraço.

  • Edney

    Bom dia André, como sempre, grande texto.
    Concordo com quase tudo, inclusive penso que o Real não tem time para ganhar do Barça numa disputa em 2 jogos. Algumas peças merengues não estão rendendo o esperado, ou por contusão (Kaká, Higuain voltando), ou por psicológico (Benzema, Ozil, Alonso e Di Maria, que parecem ter se acovardado). Estavam todos perdidos, e pra mim o grande problema foi a ausência do Ricardo Carvalho, que dá um pouco mais de segurança lá atrás… parecia tudo tremendo e só no bicão.
    A questão polêmica da expulsão, o divisor de águas do jogo, como você bem frisou, pra mim poderia ter sido administrada melhor pelo árbitro, já que ele não manteve, como não manteria o mesmo critério, pois teria que expulsar muita gente.. pra mim Mascherano deveria ter sido expulso em lance contra o próprio Pepe, e outros amarelos e vermelhos poderiam surgir tranquilamente.. critério é critério.
    Agora, dada a plásticidade sinistra do lance onde o Dani Alves gira com a perna (vamos lembrar que ele é baiano e deve jogar bem capoeira..rs), onde todos são levados a achar o pior, por que até agora NINGUÈM mostrou uma imagem sequer da perna dele ? Se o lance pegou como ele insinuou que pegou, deve ter uma bela marca na canela dele.. é só mostrar e acaba a polêmica… ou o Pepe foi expulso apenas pela intenção ? Se foi, ai o critério do árbitro foi o passado dele e não o lance em si…
    Num jogo dessa magnitude, e naquela altura, pegado, a administração dos cartões é a função mais importante do árbitro… como ele fez com outros, poderia ter advertido com amarelo e dado o ultimato, tipo na próxima, rua…
    Faltou bom senso, na minha visão.
    Você que está por ai, pega o Dani e pede pra ele mostrar a perna e vê o que ele fala…rsrs
    Abraço e parabéns pelo trabalho.. e que sorte a sua aproveitar tudo isso…Edney

    AK: Não tenho dúvida da minha sorte… tem sido um privilégio. Sobre o lance com o Daniel, não pegou. E ele tem sido criticado até nos jornais de Barcelona por ter sido “teatral”. Aliás, vários jogadores do time me pareceram dispostos a uma cena no jogo de quarta-feira. Quanto ao árbitro, concordo com a falta de critério, atuação confusa. Mas não o critico pela expulsão. Entrada muito feia, sem a mínima preocupação com a bola ou o adversário. Como escrevi, Pepe vive no limite. Obrigado e um abraço.

  • Ola Andre – alguns tem discutido que o Daniel Alves nao foi totalmente tocado e que teria sido teatral.

    Ora, o que ele deveria ter feito? Se ele nao tirasse a perna a tempo estaria de molho por varios meses. Ele foi obrigado a tirar a perna da dividida sob pena de se lesionar seriamente.

    Acho que a expulsao foi justa, Pepe e um animal.

    abs!

    AK: O que se reclama é ele ter agido como se tivesse sido tocado. Um abraço.

  • Anderson

    André, vai dar palpites da Libertadores e da Copa do Brasil?

  • Fala Andre,

    Eu entendo quem nao goste da reacao do Daniel Alves, mas nao vejo aquilo apenas como um teatro.

    Como voce mesmo disse, Pepe se especializou no “cartao laranja”. No momento em que ele vai para o lance daquele jeito, ele sabia que podia tomar um amarelo, ou um vermelho. Ele resolveu correr o risco de tomar um cartao vermelho. O que ele nao levou em consideracao era o que poderia acontecer com o Daniel Alves caso o golpe de carate dele realmente o tivesse acertado.

    Sinceramente, acho que se o Pepe realmente tivesse acertado o golpe, o Daniel Alves estaria com a perna quebrada. E o que eu acredito pelo movimento do lance. Pra mim, o fato do Pepe ter ou nao acertado e irrelevante. Ele entrou pra quebrar. E o Daniel Alves apenas fez questao de mostrar isso a todos.

    Se a perna do Daniel Alves tivesse sido quebrada no lance, ninguem estaria discutindo o cartao vermelho. Pra mim, ele nao mediu consequencias para intimidar o Daniel Alves, que em troca nao mediu esforcos para garantir a expulsao de Pepe. Nada mais justo.

    E pra finalizar: Se teve um jogador que simulou quedas e faltas, foi o Di Maria. Jogou muito, mas apelou demais pra encenacao, muitas vezes sem nem mesmo ser tocado.

    Como sempre, respeito as opinioes contrarias, mas acredito que o Daniel Alves apenas reagiu a uma agressao, ainda que esta agressao nao tenha sido “consumada”

    abs!

  • Henrique

    Os Jornais Catalães dizem que o vídeo que estão divulgando até em programas da televisão espanhola, no qual o Pepe NÃO TOCA o Daniel Alves é fake, mas eles não mostram um vídeo que comprove que o pepe TOCA o Daniel Alves. É óbvio que não tocou, e o Barcelona todo e a própria Catalunha sabe disso. Foi fundamental para o Barcelona aquela expulsão e eles queriam mesmo era isso, o Pedro mesmo colocou a mão no rosto sem ninguém tocar… Um timaço desses, se comportando como um timinho do futebol brasileiro, ridículo! Dá lhe Manchester!!

    AK: Quando se fala sobre futebol, é preciso considerar a regra do jogo. Esquecê-la convenientemente ou escolher momentos para lembrar que ela existe é casuísmo. A expulsão do Pepe não se resume a “tocou ou não tocou”. Um abraço.

MaisRecentes

Gracias



Continue Lendo

Abraçados



Continue Lendo

A diferença aumentou



Continue Lendo